browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

África: Surto de Ebola é o mais grave da história

Posted by on 14/04/2014

Morte

OMS diz que surto de ebola na África é um dos mais graves da história

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que o atual surto epidêmico de ebola na África Ocidental está entre os mais assustadores desde o aparecimento da doença, há 40 anos. O número total de mortos já passa dos cem, a maioria na Guiné.

A propagação da mortal doença, com um novo surto tendo se iniciado no sul da Guiné, é uma das mais preocupantes desde o aparecimento do vírus Ebola, pois esta se espalhando pelo continente africano.

Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Total de mortos já passa dos 100. Segundo a organização mundial de saúde, a propagação da mortal doença, iniciada no sul da Guiné, é uma das mais preocupantes desde o aparecimento do vírus Ebola, há quatro décadas. 

Fonte: http://dw.de/p/1BeKG

Edição Rafael Plaisant – Data 09.04.2014

Keiji Fukuda, o diretor-geral adjunto da OMS, afirmou na terça-feira (08/04), em conferência de imprensa em Genebra, que a agência está preocupada com a disseminação do vírus. Ele adiantou que o surto, que eclodiu no sul da Guiné, pode estar se propagando em direção à capital, Conacri, e ao país vizinho, Libéria, o que seria, segundo ele, particularmente preocupante.

ebola

Trabalhadores da OMS, vestidos com roupas especiais, inspecionam casa na Guiné

“Nunca tivermos antes um surto de ebola nessa parte da África”, comentou Fukuda. A OMS enviou dezenas de trabalhadores de ajuda humanitária para a região, para tentar conter a o avanço da doença. “Este é um dos focos de ebola mais desafiadores que já enfrentamos.”

As formas mais graves da doença apresentam uma taxa de mortalidade de 90% e não existe vacina, cura ou tratamento específico. De acordo com os últimos dados divulgados na terça-feira pela OMS, há 157 casos de ebola registrados só na Guiné, dos quais 101 resultaram em mortes. Segundo a OMS, 67 casos foram confirmados por análises laboratoriais.

Surto já provocou a morte de mais de 100 pessoas

Vinte casos foram registrados na cidade portuária de Conacri, e 21 casos na Libéria, dos quais dez foram fatais. Foram também confirmados casos em Serra Leoa, em que se suspeita que as pessoas tenham contraído a doença na Guiné. No Mali, há nove casos suspeitos, mas dois testes revelaram-se negativos.

ebola-mapa

“Não devemos dar demasiada importância aos números”, recomendou Stéphane Hugonnet, médico especialista da OMS que regressou recentemente da Guiné. “O mais importante é a tendência e a propagação da infecção. Aparentemente, há um risco de outros países estarem sendo infectados. Portanto, devemos permanecer vigilantes a todo custo.”

As Origens

O vírus foi detectado pela primeira vez em 1976, em dois surtos simultâneos no Sudão e na República Democrática do Congo. Desde 1976, o ebola causou a morte de pelo menos 1.200 pessoas, dos 1.850 casos detectados. Os surtos mais fortes foram registrados na República Democrática do Congo, em 1976 (318 casos), 1995 (315 casos) e 2007 (264 casos); no Sudão, em 1976 (284); e em Uganda, em 2000 (425 casos).

Os surtos surgem normalmente em aldeias remotas da África Central e Ocidental, próximo a florestas tropicais, de acordo com a OMS. Neste momento, o vírus, que tem cinco estirpes, só existe no continente africano, mas já houve casos nas Filipinas e na China.

ebola-vírus

Desde a sua descoberta, diferentes estirpes do Ebola causaram epidemias com 50 a 90% de mortalidade na República Democrática do Congo, Gabão, Uganda e Sudão. A segunda epidemia ocorreu em 1979, quando 80% das vítimas morreram. Em maio de 1995, a cidade de Mesengo, a cento e cinquenta quilômetros de Kikwit, no Zaire, foi atingida pelo vírus, que matou mais de cem pessoas. Agora surge nova epidemia na Guine. O primeiro desse tipo de vírus apareceu em 1967, foi o Marburg, a partir de células dos rins de macacos verdes de Uganda.

O ebola provoca febre, causando dores musculares, fraqueza, vômitos, diarreia e, em casos mais graves, falência dos órgãos e sangramentos intermitentes internos e externos. Para evitar o contágio humano, a OMS recomenda evitar o contato com morcegos e macacos e o consumo da sua carne crua, assim como evitar o contato físico com pacientes infectados, em particular com os seus fluidos corporais.

As chances de sobrevivência aumentam se os pacientes são mantidos hidratados e se são tratados de infecções secundárias.

MD/lusa/afp/dpa

Para saber mais:

  1. http://thoth3126.com.br/angelina-jolie-e-parte-de-um-esquema-de-controle-muito-sutil-e-inteligente/
  2. http://thoth3126.com.br/vacinas-podem-ser-mortais/
  3. http://thoth3126.com.br/loucura-vira-epidemia-no-planeta-44-milhoes-de-pessoas-estao-dementes/
  4. http://thoth3126.com.br/grandes-surpresas-dentro-de-vacinas/
  5. http://thoth3126.com.br/diet-coke-zero-e-mortal/
  6. http://thoth3126.com.br/medicina-da-idade-media-amputar-para-prevenir-o-cancer/
  7. http://thoth3126.com.br/o-colapso-moral-da-medicina-ocidental/
  8. http://thoth3126.com.br/monsanto-herbicida-glifosato-encontrado-na-urina-humana-por-toda-a-europa/
  9. http://thoth3126.com.br/virus-mortal-some-de-laboratorio-nos-eua/
  10. http://thoth3126.com.br/o-colapso-do-nosso-mundo-comecou-veja-14-sinais-disso/
  11. http://thoth3126.com.br/nestle-nega-que-a-agua-seja-um-direito-humano-fundamental/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

4 Responses to África: Surto de Ebola é o mais grave da história

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *