browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Anomalia Eletromagnética sobre o Brasil cresce e se intensifica

Posted by on 02/10/2016

saa-anomalia-magnetica-atlantico-sulAMAS – Anomalia Eletromagnética sobre o Brasil

A região onde o campo eletromagnético é mais fraco em toda a superfície terrestre, a Anomalia Magnética do Atlântico Sul-AMAS ou SAA do inglês, South Atlantic Anomaly, está crescendo e se intensificando. Antes restrita ao sul da África, essa área atualmente cobre a maior parte da América do Sul e quase todo o Atlântico Sul e o BRASIL inteiro, sendo mais forte SOBRE SÃO PAULO…

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

NOVOS MAPAS DA ANOMALIA MAGNÉTICA DO ATLÂNTICO SUL QUE CRESCE E SE INTENSIFICA, COBRINDO TODO O BRASIL

Fonte: http://spaceweather.com/ em 02/10/2016

Pesquisadores sabem há muito tempo que um dos cinturões de radiação de Van Allen mergulha para baixo em direção à Terra bem sobre a América do Sul, criando uma zona de alta radiação chamada “The South Atlantic Anomaly ” (SAA).

saa_strip-amas

O mapa publicado na semana passada na revista científica da American Geophysical Union, Space Weather Quarterly descreve a anomalia com nova precisão, forma e tamanho

Desde a sua descoberta em 1958, o SAA (South Atlantic Anomaly) tem mudado de forma, ficando cada vez maior e se intensificando. Um mapa publicado na semana passada na revista científica da American Geophysical Union, Space Weather Quarterly descreve a anomalia com nova precisão, forma e tamanho:

Quando uma nave espacial em órbita baixa da Terra passa através dessa anomalia, “a radiação solar e cósmica provocam falhas na eletrônica das naves espaciais e satélites e pode induzir a leituras falsas pelos instrumentos”, explica Bob Schaefer da Johns Hopkins University Applied Physics Lab, principal autor do paper com a comunicação dos resultados. “Nós realmente usamos esses sinais espúrios para mapear o ambiente de radiação a uma altitude de 850 km.”

AMAS

Campo magnético total da Terra, sobre o Brasil na área azul mais escura (acima) existe a AMAS, a Anomalia Magnética do Atlântico Sul (Anomalia Magnética do Atlântico Sul, AMAS ou SAA do inglês, South Atlantic Anomaly; ), observar que as linhas de campo na região formam uma figura que se assemelha a um bico de um pato, por isso é chamada “El Pato”.

Especificamente, eles olharam para pulsos de ruído em um fotômetro ultravioleta transportado a bordo de muitos satélites orbitando a Terra do Programa de Satélites Meteorológicos para Defesa (Defense Meteorological Satellite Program-DMSP), que são satélites polares. Quando protons de alta energia que passam através da SAA e atinge esses sensores, produzem sinais espúrios – ou, no caso do presente estudo, os dados valiosos para análise. Ao monitorar a taxa de pulsos UV-Ultra Violeta espúrias, os pesquisadores foram capazes de rastrear os contornos da anomalia magnética e acompanhar a sua evolução ao longo de um período de anos.

Eles descobriram que a anomalia está lentamente à deriva norte e oeste com taxas de 0,16°/ano e 0,36 deg / ano, respectivamente. Atualmente, ela esta mais intensa sobre uma região ampla centrada em São Paulo, Brasil, incluindo grande parte do Paraguai, Uruguai e norte da Argentina. Eles também detectaram uma variação sazonal: Em média, a anomalia SAA é mais intensa em fevereiro e novamente em setembro-outubro. Neste enredo, contagens médias anuais foram subtraídos para revelar o pico de padrão duplo:

annual_strip2-amas

Existe uma variação sazonal: Em média, a anomalia SAA é mais intensa em fevereiro e novamente em setembro-outubro.

Uma máxima coincide com o EQUINÓCIO DE PRIMAVERA (SETEMBRO-Hemisfério Sul), mas não com o outro. Os autores não foram capazes de explicar a origem deste padrão inesperado. 

As questões de atividades do ciclo solar, também interferem, na medida que os dados revelaram uma anti-correlação yin-yang com as manchas solares. “Durante os anos de alta atividade solar, a intensidade da radiação é menor, enquanto que durante anos solares mais tranquilos a intensidade da radiação é maior”, escreve Schaefer.

De acordo com o pensamento ortodoxo, a anomalia magnética do Atlântico Sul-SAA desce a partir do espaço para dentro da atmosfera terrestre cerca de 200 km da superfície da Terra. Abaixo dessa altitude, seus efeitos devem ser mitigados pela blindagem da atmosfera da Terra e do campo geomagnético.ç

earth-changes-amas-saa

Contagem taxa de prótons e elétrons maior que 0,5 MeV em órbita baixa da Terra, medida pelo satélite da NASA / SAMPEX.

Para testar essa ideia, a Spaceweather.com e Earth to Sky Calculus empreenderam um programa para mapear a anomalia SAA por baixo usando balões meteorológicos equipados com sensores de radiação. Na próxima semana vamos compartilhar os resultados do nosso primeiro voo a partir de um local de lançamento no Chile. Fique ligado!

{Nós,  brasileiros, somos abençoados de fato}

Saiba mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/amas-a-anomalia-magnetica-sobre-o-brasil/
  2. http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/
  3. http://thoth3126.com.br/mudanca-nos-polos-magneticos-a-ciencia-se-dobra-as-profecias/
  4. http://thoth3126.com.br/canada-sons-de-novo-muito-estranhos-sao-gravados-filme/
  5. http://thoth3126.com.br/mudanca-nos-polos-norte-muda-muito-rapido-polo-sul-se-arrasta/
  6. http://thoth3126.com.br/vulcao-cumbre-vieja-mega-tsunami-pode-atingir-o-brasil/
  7. http://thoth3126.com.br/campo-magnetico-da-terra-esta-mais-instavel/
  8. http://thoth3126.com.br/o-cinturao-de-fotons-acelera-as-mudancas/
  9. http://thoth3126.com.br/mudanca-dos-polos-nortesul-esta-acontecendo-agora/
  10. http://thoth3126.com.br/sinkholes-surgem-por-todo-o-planeta/
  11. http://thoth3126.com.br/mudanca-no-campo-magnetico-acelerou-drasticamente-nos-ultimos-06-meses/
  12. http://thoth3126.com.br/novos-sinkholes-surgem-na-siberia-russia/
  13. http://thoth3126.com.br/inversao-dos-polos-e-a-reversao-do-campo-magnetico-da-terra/
  14. http://thoth3126.com.br/a-quarta-dimensao-esta-a-nossa-frente/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

3 Responses to Anomalia Eletromagnética sobre o Brasil cresce e se intensifica

  1. MARIA

    NO QUE ISSO INFLUENCIA NO SER HUMANO E NATUREZA NO GERAL?

    • Janper@terra.com.br

      Pelo que sei quanto menor a radiação maior o contato com os seres Elevados

  2. VAULDIR COSTA ANUNCIATO

    O UNIVERSO, A NATUREZA E O BRASIL NO SÉCULO 21, NA ANOMALIA MAGNÉTICA DO ATLÂNTICO SUL.

    NESTA MATÉRIA CLARAMENTE O QUE PARECE ABSURDO ISSO VEM ACENAR AQUI EM UMA PREVISTA MUTAÇÃO EM TODOS OS SENTIDOS NO PLANETA E QUE O BRASIL ESTÁ COMO FOCO DESTE FENÔMENO…

    SUGERE QUE EM DADO PERCURSO PODEREMOS VER UMA REVOLUÇÃO MAGNÉTICA E ATMOSFÉRICA E QUE O SER HUMANO EM GERAL PODERÁ REAGIR CONTRÁRIO E UMA FAIXA REAGINDO EM ACORDO..

    A UMA APONTADA MUTAÇÃO; ASSIM OU TEREMOS NO BRASIL UM MASSACRE MAGNÉTICO NATURAL DO SEU AMBIENTE E POPULAÇÃO E O RESTANTE PELO GLOBO RESISTINDO, OU ENTÃO TOTALMENTE AO INVERSO, COM O RESTANTE DA POPULAÇÃO MUNDIAL EXPERIMENTANDO UMA PRESSÃO MORTAL SOBRE SEUS MEIOS AMBIENTES E SUAS ADAPTAÇÕES E SOBREVIVÊNCIA MAGNÉTICA ATMOSFÉRICA

    TENDO POR SUA VEZ NO CASO DO BRASIL ESTA REGIÃO POVO E NATUREZA EXPERIMENTANDO UMA ADAPTAÇÃO DE BOA PARCELA HUMANA AQUI, A UMA MUTAÇÃO PARA RESISTIR UMA NOVA ATMOSFERA NATURAL E ELETROMAGNÉTICA NO BRASIL E NO PLANETA.

    QUEM VIVER VERÁ.
    BRASIL ACIMA DE TUDO
    ANUNCIATO-
    OSASCO-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *