browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Antartica:Brasil e Chile encontraram rios formados pelo aquecimento global

Posted by on 19/06/2013

Mudanças climáticas… O descongelamento do continente gelado da Antártica se acelera devido às mudanças climáticas.

ANTÁRTIDA: Brasil e Chile acham RIOS formados pelo aquecimento global

Para o glaciólogo Ricardo Jaña, este fenômeno traz novas dúvidas sobre os efeitos do aquecimento global na Antártida e será um bom ponto de partida para pesquisas futuras. “O que chama a atenção do fenômeno da mudança climática é a velocidade com a qual ela esta acontecendo nesta parte do planeta”, frisou.

Thoth3126@gmail.com

Agência EFE e Portal Terra:

Uma equipe de cientistas brasileiros e chilenos descobriu rios superficiais gerados pelo aumento da temperatura em uma geleira situada a cerca de 1 mil km do Polo Sul. O glaciólogo Ricardo Jaña, do Instituto Antártico Chileno (Inach), disse nesta quinta-feira à agência EFE que a descoberta foi “algo inesperado”, já que nessa região da Antártida as temperaturas se mantêm quase sempre abaixo de zero” 

A descoberta foi feita por cientistas brasileiros e chilenos no interior do continente gelado

Os riachos de água podem ser vistos em uma das geleiras que alimentam a geleira União, uma cordilheira de gelo com cúpulas que superam os 4 mil metros de altitude. Jaña disse que os 17 cientistas que participaram da expedição viram primeiro os rios de água corrente e posteriormente a área congelou-se novamente, o que deixou marcas de erosão na camada mais superficial de gelo.

O especialista explicou que a aparição dos rios se deve à presença de uma área livre de gelo perto da geleira. “As rochas estão expostas, absorvem o calor e o transferem à neve e ao gelo circundante. O gelo se funde em uma boa proporção e a água forma os riachos”, detalhou. 

A diminuição do gelo nas calotas polares parece ser irreversível

Para o glaciólogo chileno Ricardo Jaña, este fenômeno traz novas dúvidas sobre os efeitos do aquecimento global na Antártida e será um bom ponto de partida para pesquisas futuras. “O que chama a atenção do fenômeno da mudança climática é a velocidade com a qual acontece nesta parte do planeta”, frisou.

Os riachos de água podem ser visto em um das geleiras que alimentam a geleira União, uma cordilheira com cúpulas que superam os 4 mil m de altitude  Foto: EFE

O glaciólogo é um dos cientistas chilenos que participaram da expedição Criosfera, liderada por especialistas brasileiros e financiada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Durante a expedição, os cientistas instalaram e puseram em funcionamento um laboratório automatizado para estudar a atmosfera a apenas 670 km do Pólo Sul. Além disso, extraíram um pedaço de gelo de cem metros de comprimento que permitirá conhecer novos detalhes do clima do passado recente na Antártida. 

Para saber mais sobre mudanças climáticas:

http://thoth3126.com.br/antartica-com-o-degelo-aparecem-piramides/http://thoth3126.com.br/eventos-incriveis-acontecendo-na-antartica/http://thoth3126.com.br/antartica-estranhas-aberturas-e-base-nazista-neuschwabenland/ e http://thoth3126.com.br/novo-telescopio-no-polo-sul-spt-south-pole-telescope/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

One Response to Antartica:Brasil e Chile encontraram rios formados pelo aquecimento global

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *