browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Bradesco pode pagar até RS$ 10 bilhões pelo HSBC do Brasil

Posted by on 05/06/2015

bradesco-hsbc-brasil

BRADESCO PODE DESEMBOLSAR ATÉ R$ 10 BILHÕES PELO HSBC NO BRASIL

Nas outras propostas, o Santander Brasil, que quer acelerar a sua expansão no Brasil para ter maior escala, ficou próximo do valor ofertado pelo Bradesco, entre R$ 9 bilhões e R$ 10 bilhões; o Itaú Unibanco, por sua vez, teria ofertado R$ 8 bilhões, no piso do mercado; para o Bradesco, além de ter uma oportunidade de se aproximar mais do Itaú Unibanco em termos de ativos, a compra teria especial importância em termos das sinergias que pode trazer ao banco.

Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Bradesco pode pagar até RS$ 10 bilhões pelo HSBC do Brasil

Dia 3 de Junho de 2015

http://veja.abril.com.br  e  http://www.brasil247.com/

SÃO PAULO – Na última semana, foram entregues algumas propostas de grandes bancos para adquirirem o HSBC Brasil. Segundo informações do jornal Valor Econômico, os bancos interessados em comprar o HSBC Brasil entregaram as suas propostas indicativas de preço apurando que pelo menos o Bradesco (BBDC4) e o Santander Brasil (SANB11) fizeram ofertas pela subsidiária.

Já o jornal americano Wall Street Journal destacou em matéria desta tarde que, além de Bradesco e Santander, o Itaú Unibanco (ITUB4) também entregou proposta, segundo quatro fontes próximas ao assunto ouvidas pelo jornal. O WSJ ressalta que o processo de venda está no estágio inicial e mais rodadas devem acontecer na próxima semana. O processo de venda é assessorado pelo Goldman Sachs, que convidou pelo menos cerca de dez interessados para analisar o banco. A expectativa é de que a venda seja finalizada até agosto.

hsbc-suiça

Mas, de acordo com informações da Agência Broadcast, o Bradesco saiu na frente para comprar as operações brasileiras do banco brasileiras do HSBC.

Segundo fontes ouvidas pelo serviço em tempo real da Agência Estado, o banco está disposto a pagar até R$ 10 bilhões para adquirir o HSBC no Brasil. Já o Santander Brasil, que quer acelerar a sua expansão no Brasil para ter maior escala, ficou próximo do valor ofertado pelo Bradesco, entre R$ 9 bilhões e R$ 10 bilhões. O Itaú Unibanco, por sua vez, teria ofertado R$ 8 bilhões, no piso do mercado. Segundo as fontes, as ofertas foram enviadas ao banco a duas semanas atrás.

Na semana que vem, de acordo com informações do Broadcast citando um executivo do mercado, começam as apresentações com os três bancos que foram para a reta final da disputa. Apesar do grande interesse dos estrangeiros de entrarem no Brasil, principalmente, os chineses, nenhum passou para essa etapa. E quem vencê-la vai para a final para negociar o HSBC Brasil com exclusividade, quando ocorre o processo de due diligence (investigação e auditoria das informações).

HSBC.

A sede do HSBC em Londres. De acordo com uma investigação do Senado dos EUA, o banco não agiu com controles sobre a lavagem de capitais das drogas. Fotografia: Facundo Arrizabalaga / EPA

A compra do HSBC representaria uma última oportunidade para o Santander crescer no Brasil via aquisição. Já no caso do Bradesco, além de ter uma oportunidade de se aproximar mais do Itaú Unibanco em termos de ativos, a compra teria especial importância em termos das sinergias que pode trazer ao banco.

O Santander Brasil (SANB11) falou em meados do mês que vai fazer uma oferta de compra da unidade do HSBC no país e teria condições de absorver uma operação desse porte, conforme destacado pelo presidente-executivo do banco espanhol no país, Jesus Zabalza. “Um banco com patrimônio de cerca de 4 bilhões de dólares para um nível de capital como o nosso é assumível”, disse Zabalza a jornalistas.

No final de maio, o diretor de relações com investidores do Itaú Marcelo Kopel, confirmou que a instituição também estava interessada em comprar o banco. “Estamos olhando não só essa operação, mas inúmeras no País e lá fora. Ao nosso ver, participamos do processo competitivo, mas pode acontecer que outros bancos sejam mais agressivos”, disse, durante uma reunião com analistas e investidores na Apimec-MG.

Conforme destacou o Deutsche Bank em relatório, enquanto a unidade do HSBC Brasil é relativamente pequena, com apenas 2% de participação no mercado de ativos, a avaliação é de que a aquisição poderia adicionar valor para outro banco que pretende aumentar a sua presença no Brasil, tais como Santander, BTG Pactual (BBTG11), Citibank e talvez Inbursa. Vale ressaltar que este último banco, do bilionário Carlos Slim, comprou em 2014 a subsidiária do sul-africano Standard Bank no Brasil.

hsbc-banking-scandal

O analista do Deutsche Tito Labarta destaca ainda que o HSBC é um dos dez maiores players no Brasil, sendo o sétimo maior banco em atuação no País com 2,2% de participação no mercado de ativos e 1,9% dos empréstimos e com 853 sucursais, correspondendo a 3,7% do sistema. O banco possui ainda R$ 57 bilhões em depósitos para uma cota de mercado de 2,9%. A carteira de crédito do banco é composta principalmente por empréstimos comerciais (70%), enquanto empréstimos a pessoas físicas correspondem a 22% e 8% são hipotecas. Labarta estima um valuation potencial dos ativos do banco de R$ 10 bilhões a 14 bilhões (US$ 3,5 bilhões a US$ 4,6 bilhões).

No programa de corte de custos, o HSBC pode anunciar ainda milhares de cortes de empregos em um evento na semana que vem, como parte da estratégia de retomada do maior banco da Europa pelo presidente-executivo Stuart Gulliver, disse a Sky News na segunda-feira.

O plano pode também levar Gulliver a vender as operações no Brasil e na Turquia e reduzir o banco de investimento do HSBC. De 10 mil a 20 mil empregos serão cortados, disse a Sky News, citando fontes não identificadas. O número ainda não tinha sido finalizado e Gulliver revelará o plano em uma apresentação a investidores em 9 de junho, disse a emissora.

SATÃ-300x225

Mais informações sobre “grandes bancos”, drogas e corrupção:

  1. http://thoth3126.com.br/o-trafico-de-opio-em-hong-kong-illuminatis/ 
  2. http://thoth3126.com.br/h-s-b-c-opio-e-drogas-a-origem-do-banco-ingles/
  3. http://thoth3126.com.br/a-verdade-sobre-os-grandes-bancos-ocidentais/
  4. http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-entrevista-com-banqueiro-suico/
  5. http://thoth3126.com.br/a-situacao-global-uma-atualizacao/
  6. http://thoth3126.com.br/category/reptilianos/
  7. http://thoth3126.com.br/hsbc-bancolavanderia-do-dinheiro-das-drogas/
  8. http://thoth3126.com.br/hsbc-novamente-cometendo-ilegalidades-agora-na-suica/
  9. http://thoth3126.com.br/hsbc-promotoria-suica-investiga-o-banco/
  10. http://thoth3126.com.br/banqueiros-gangsters-muito-grandes-para-serem-presos/

Permitida a reprodução desde que respeite a formatação e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

One Response to Bradesco pode pagar até RS$ 10 bilhões pelo HSBC do Brasil

  1. Fausto AMARAL DE BARROS

    Por partes:
    – Também 99% dos “grandes bancos” do planeta estão nas mãos dos sionistas;
    – A negociata da vez, no Brasil, será pilotada pelo Goldman Sachs (hehe…);
    – Após a definição de quem levará o butim, haverá o desfecho com o próprio HSBC.
    Fosse sério o Brasil, tão logo ficasse caracterizada uma falcatrua, todos iriam para a cadeia e todo o patrimônio passaria para os cofres públicos. Ah!… Não existem leis no momento para tal procedimento? Simples: que sejam feitas e editadas — retroagindo ao ano de 1500. Somos tão pródigos em fabrica-las, por que as que são à favor da população “não pegam”?
    Só para ilustrar:
    Quando a Força Aérea Brasileira deteve aquele avião dos Estados Unidos entopetado de cocaína e o incorporou, apareceu por aqui um quasímodo esquálido do quinto escalão do “Governo dos EEUU” e, em cinco minutos de papo, conseguiu do Fernandinho 2 a liberação da ferramenta que pertence a uma empresa privada daquele país. Empresa que, sabidamente, só aluga aviões para narco-traficantes.
    Mais tarde (no atualmente), o sujeito declarou: “Desde menino eu sonhava em ser presidente, mas de uma sinagoga!” — e sorriu orgulhoso para a platéia.
    Esperar o quê?!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *