browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Brasil: corrupção na Petrobras, problemas à vista para gente grande

Posted by on 09/10/2014

petróleo-chuva

A represa da CORRUPÇÃO finalmente se rompeu, uma enorme catarse à vista… Ex-diretor e doleiro detalham corrupção na Petrobras em depoimentos gravados em áudio e dão nome aos “bois”

O ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa confirmou em depoimento de áudio gravado que o esquema de corrupção financiou a campanha eleitoral de 2010 de parlamentares e de partidos. Ele depôs durante duas horas na Justiça Federal, em Curitiba, no processo em que é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro desviado das obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Fontehttp://zh.clicrbs.com.br/

Jornal Zero Hora com Agência Estado

Em áudios divulgados nesta quinta-feira pela Justiça Federal do Paraná (ouça abaixo), o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef contam detalhes sobre o esquema de corrupção envolvendo a empresa.

paulorcosta

Desde que a Polícia Federal prendeu Paulo Roberto Costa, o ex-executivo mais poderoso da Petrobras, Brasília não dorme mais. Dezenas de grandes empresários, entre eles diretores das maiores empreiteiras do país e das gigantes mundiais do comércio de combustíveis, todas com negócios na Petrobras, também não dormem mais. Paulo Roberto Costa era diretor de Abastecimento da Petrobras entre 2004 e 2012. Era bancado no cargo por um consórcio entre PT, PMDB e PP, com o aval direto do ex-presidente Lula, que o chamava de “Paulinho”. Ele guardava provas de todas as suas transações que agora estão sendo analisadas pela Policia Federal …

O ex-diretor da Petrobras, que era funcionário de carreira da estatal, afirmou que chegou ao cargo com a missão de montar um esquema de propinas para políticos, e que havia outros grupos atuando de forma semelhante em outras diretorias:

– Havia um esquema de grupos atuando na Petrobras, cada um com seus interesses, cada um com seu operador.

Declarou, ainda, que, no caso das diretorias nomeadas pelo PP, os pagamentos eram divididos na proporção de 1% para esse partido e 2% para o PT sobre valores superfaturados de contratos da Petrobras com empreiteiras e fornecedores.

– Em média, se colocavam 3% para agentes políticos. (…) Do 1% do PP, 60% iam para o partido e 20% para despesas. Dos outros 20%, 70% vinham para mim e 30% ficavam com Janene (José Janene, ex-deputado e um dos responsáveis pela indicação de Costa para a diretoria da Petrobras) e depois com Youssef – contou, na gravação.  

youssef-doleiro

Youssef confirmou informações do ex-diretor e avançou nos detalhes de como funcionava o esquema de corrupção na Petrobras.

Youssef confirma informações do ex-diretor e avança nos detalhes. Ele revelou como seria feita a distribuição da propina paga por empreiteiras para financiar partidos. Segundo ele, 60% do dinheiro desviado da Petrobras abastecia políticos. Disse que João Vaccari, ex-tesoureiro do PT, e o lobista Fernando Soares seriam operadores do esquema.

Na gravação, o doleiro relata: “Era 1% de todos contratos: 30% para doutor Paulo Roberto (Costa, ex-diretor da Petrobras), 60% para agentes políticos, 5% para mim e 5% era para João Claudio Genu (ex-assessor do PP e do deputado José Janene, morto em 2010)”.

politicos-Brasil

ÁUDIO: na primeira parte do depoimento, Paulo Roberto Costa fala sobre seu ingresso na Petrobras (2min30s), a indicação de José Janene (4min10s), o processo de cartelização das empresas que participam de licitação na Petrobras (8min45s), os percentuais da propina (10min30s), a forma de entrega dos valores (16min50s), os repasses da Transpetro (23min) e o recebimento de dinheiro depois da saída da Petrobras (24min30s).

Confira o depoimento em áudio a seguir:



Antes de Genu, seria Janene quem receberia a parte do PP, segundo o relato. Ambos já tinham sido condenados no processo do mensalão. Youssef explicou como seria feita a suposta distribuição da propina paga por empreiteiras contratadas pela Petrobras e que, segundo ele, teria financiado partidos políticos — entre eles PT, PMDB e PP, alvos da operação Lava-Jato, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, na Justiça Federal de Curitiba.

O doleiro revelou que foi por meio dos operadores do esquema (João Vaccari, ex-tesoureiro do PT, e o lobista Fernando Soares) e das empreiteiras que ele ficou sabendo que todas diretorias da Petrobras teriam esquemas de propina igual àquele em que ele próprio atuava na diretoria de Abastecimento.

crime-organizado-governo

“”De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto” (Senado Federal- 1914- Rui Barbosa)

No caso específico da empreiteira Camargo Corrêa, Youssef revelou que sua propina seria de 10% sobre todo produto comprado e que repassaria comissões para executivos da própria empresa. “Da Camargo Corrêa foi 10% de cada venda. De outras empresas, menos”, afirma no depoimento. Questionado pelo magistrado Sérgio Moro sobre os pagamentos de comissão aos próprios diretores, ele respondeu que estava dentro de seu percentual.

O doleiro também listou 10 grandes construtoras do país como integrantes de um “cartel” montado para fraudar as licitações da Petrobras por intermédio do ex-diretor Paulo Roberto Costa e pagar propina a políticos do PT, PMDB e do PP. Afirmou ainda que diretores das empresas tinham comissionamento sobre o esquema.

poçocoletivo

Desta vez parece que não haverá como escapar à justiça. Os corruptos e os corruptores terão que enfrentar as consequências de seus atos e serão expostos à opinião pública, isso em meio à eleição presidencial …

Disse, a um dos procuradores da Operação Lava-Jato: “Era entregue uma lista que iam participar no certame (licitação) e já era dito quem ia ser o vencedor. Era uma lista repassada pelo Paulo Roberto Costa. Logo que iam existir os convites era passada a lista”.

Entre as empresas citadas estão a Camargo Corrêa e a Toyo Setal, que pagariam 1% nos contratos feitos com a diretoria de Abastecimento e de 2% a 5% nos termos aditivos de contratos. Youssef acusou especificamente a Odebrecht e a Toyo por pagamentos de comissão feitos no exterior. As empresas citadas já negaram anteriormente qualquer relação comercial com Youssef e negam irregularidades nos contratos.

* Zero Hora com Agência Estado

Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/ex-diretor-da-petrobras-vai-falar-o-que-sabe/
  2. http://thoth3126.com.br/petrobras-incompetencia-e-corrupcao-atrai-inferno-astral/
  3. http://thoth3126.com.br/petrobras-e-o-estopim-de-uma-grave-crise/
  4. http://thoth3126.com.br/equinocio20marco/
  5. http://thoth3126.com.br/abril-e-o-brasil/
  6. http://thoth3126.com.br/revoltas-populares-unem-se-contra-governos-incompetentes-e-corruptos/
  7. http://thoth3126.com.br/pao-e-circo/
  8. http://thoth3126.com.br/os-anjos-caidos-the-watchers-os-vigilantes/
  9. http://thoth3126.com.br/petrobras-ex-diretor-faz-acordo-e-denuncia-corrupcao-bomba/
  10. http://thoth3126.com.br/petrobras-empreiteiras-propoem-acordo-para-revelar-corrupcao-na-empresa/
  11. http://thoth3126.com.br/brasil-represa-da-corrupcao-se-rompe-vem-ai-um-diluvio/
  12. http://thoth3126.com.br/brasil-represa-da-corrupcao-se-rompe-tsunami-a-vista/

Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

11 Responses to Brasil: corrupção na Petrobras, problemas à vista para gente grande

  1. jeane

    Por isto tudo nao voto em nenhum desses politicos sem-vergonhas que estao ai se candidatando. Nao da pra confiar em ninguem, em nenhum partido. Sao todos corruptos do mesmo saco. As familias abastadas, se perpetuam no poder… Sao cinicos fantoches e atendem somente ao sistema que nos aprisiona. Nao existe um politico capaz de peitar o sistema… E eles “conhecem” muito bem a podridao dos bastidores do poder… Eles ja entram corrompidos. Eles usam mascara o tempo todo. Fingem, roubam, mentem, nao fazem nada, ganham muito bem para nos roubar e fazer leis duras que nos prejudicam, e riem das nossas caras. Somente a justiça Divina. pode mudar isto, porque parece que nao conseguimos fazer nada contra este estado de coisas. E desanimador. Suas “excelencias” me dao nojo.

  2. Berenice Nunes

    Apoio inteiramente seu depoimento ,no que tanje, …é… chegarem ao poder e aí se corrompem. É UM CIRCULO VICIOSO QUE SE PERPETUA PELAS FAMÍLIAS, ASSIM COMO ERAM NOS FEUDOS, SÓ SE LOCUPLETANDO ENCHENDO “AS BURRAS” PARA VARIAS GERAÇÕES… COM A CERTEZA DA IMPUNIDADE
    TUDO PELA PERPETUAÇÃO DO PODER ESSE É O .SISTEMA DE MANTER O “CONTROLE” SOBRE NÓS DA “MANADA” SEMPRE OBEDIENTE ! .MAS ISSO VAI ACABAR…CHEGAREMOS AO ÂMAGO DESSE INFERNO E DESTROÇA-LOS.

  3. Márcia

    Thoth estas revelações bombásticas e recorrentes da corrupção Brasileira têm relação com a purificação e ordem divina universal onde a nação brasileira será reestruturada por seres do bem? O que apenas não compreendo é :serão os povos de Agharta que sairão do interior ou uma raça superior provinda do espaço que virá mudar o governo?E estas mudanças virão a ocorrer antes das mudanças catastróficas, provavelmente se assim for há a probabilidade (da chegada da raça superior) ser muito grande de ocorrer neste ano mesmo ou até em 2015 não é mesmo!Muita paz e luz a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *