browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

C.I.A. admite existência da ÁREA-51 em documentos…

Posted by on 04/11/2016

CIA reconhece claramente em documentos a existência da “MISTERIOSA” ‘ÁREA 51’ no estado de Nevada.

Ufólogos e crentes na existência de extraterrestres estão celebrando o mais claro reconhecimento da CIA da existência da ÁREA 51, o local fica dentro do Nevada Test Site Range, dentro da Base Nellis da USAF, em Nevada, um local top-secret que tem sido objeto de teorias conspiratórias elaboradas durante décadas.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

FONTE: http://www.theglobeandmail.com/

Por Hannah Dreier LAS VEGAS – A Associated Press

A história da CIA divulgada nessa quinta-feira não se refere apenas a ÁREA 51 pelo nome e descreve algumas das atividades que aconteceram lá, mas coloca a base da Força Aérea dos EUA em um mapa, ao longo do leito seco do lago Groom Lake, no deserto de Nevada. Ele descreve alguns aviões legais, embora nenhum deles tenha forma de disco voador-UFO.

Os documentos recentemente desclassificados admitem a existência da ÁREA 51, embora não haja nenhuma menção de acidentes de OVNIs que foram publicados nos jornais, extraterrestres greys com olhos negros e grandes ou cenários para encenação dos pousos na lua.

Eu estou pensando que eles provavelmente estão testando as águas agora para ver como as pessoas reagem sobre a grande mentira e encobrimento (do assunto UFO e ETs)“, disse Audrey Hewins, uma mulher de Maine que dirige um grupo de apoio para pessoas como ela que acreditam ter sido contatados por extraterrestres. “Nós estamos esperando que a CIA esteja liderando até a divulgação total” da existência de alienígenas na Terra.

Não é algo que você possa olhar para nós e simplesmente mentir a respeito, porque sabemos que eles (os UFOs e ETs) estão aqui e estão aqui há muito tempo“, disse ela.

O Arquivo de Segurança Nacional da Universidade George Washington usou solicitação dos registros públicos  para obter a história da CIA dos projetos  mais secretos da Guerra Fria, da ÁREA 51, como o programa avião espião U-2.

O colega sênior Jeffrey Richelson do Arquivo de Segurança Nacional  primeiro reviu a história em 2002, mas todas as menções de base militar mais misteriosa do país havia sido apagadas. Então, ele pediu acesso aos documentos e à história mais uma vez em 2005, na esperança de obter mais informações. Agora com muita certeza, ele recebeu uma versão dos documentos de algumas semanas atrás, com as menções da existência da ÁREA 51 restaurado.

Vista aérea, em foto de satélite da área de Groom Lake/ÁREA 51.

O relatório é improvável que vá parar com as teorias da conspiração. O documento de 407 páginas, ainda contém muitas rasuras, e quem pode dizer que os detalhes rasurados que faltam não envolvem os “homenzinhos verdes e os UFOs”?

Alguns ufólogos e outras pessoas acreditam que as revelações que farão a terra tremer virá de  trabalhadores da ÁREA 51, e não de um documento oficial.

O governo provavelmente não irá liberar o que sabe”, disse o ufólogo Robert Hastings. “Minha opinião é que quem está voando nestas embarcações (UFOs) vão quebrar a história e irão se revelar, em algum momento no futuro. A CIA não vai liberar qualquer coisa que eles não queiram falar a respeito.

Não é a primeira vez que o governo reconheceu a existência da instalação super secreta da ÁREA 51 com cerca de 8.000 quilômetros quadrados (subterrâneos). Os ex-presidentes Bill Clinton e George W. Bush se referiram à “localização perto de Groom Lake” e insistiram na manutenção contínua do sigilo, e outras referencia de governo datam dos anos 1960.

Mas Richelson, bem como aqueles que estão convencidos de que “a verdade está lá fora” está vendo o documento como um sinal de afrouxamento do sigilo sobre as atividades do governo no deserto de Nevada.

Um aviso muito claro de “área restrita” encontrado nos limites da Nellis Air Force Base, parte do complexo da ÁREA 51.

O local é conhecido como ÁREA 51, entre aficionados sobre UFOs, porque essa era a designação da base em mapas antigos do local de teste de Nevada. A história da CIA revela que funcionários renomearam para “Paradise Ranch” para tentar atrair trabalhadores qualificados, que ainda podem ser vistos ao longo de Las Vegas voando de e para o local em aviões sem identificação.

Começando com o projeto do avião U-2 em 1950, entre outros, a base tem sido o campo de testes para uma série de aviões ultra-secretos, incluindo o SR-71 Blackbird, o F-117A Stealth Fighter e  o bombardeiro B-2 stealth. Alguns acreditam que existam hangares subterrâneos na base que também armazenariam veículos alienígenas, provas do “incidente de Roswell” – a suposta queda e resgate de UFO em 1947,  no Novo México, incluindo cadáveres de corpos dos tripulantes extraterrestres.

A história da CIA menciona um “efeito colateral inesperado” dos aviões em teste voando em alta altitude:. “Um enorme aumento nos relatos de objetos voadores não identificados”. O avião U-2 e os aviões Oxcart, que voaram mais alto do que os civis acreditavam ser então possível, seriam os responsáveis por metade dos  avistamentos de UFOs durante os anos 1950 e 60, de acordo com o relatório.

Mesmo para aqueles que não acreditam nesse fato, o mistério em torno do local – situado a cerca de 160 quilômetros a noroeste de Las Vegas, em quilômetros de deserto contínuo vazio e seco, salpicado com árvores de cactus chamadas de Joshua Tree – tem sido uma benção.

Uma árvore Joshua fica de guarda ao longo da estrada Extreterrestrial Highway no leste do estado de Nevada, ao longo da fronteira oriental da ÁREA 51. Fotografia por Laura Rauch, AP

Uma empresa de eventos Nevada bikes produz um “X Rides”, um evento que integra passeio de mountain bike e de estrada perto de um determinado passo fortemente vigiado do deserto de Nevada. Uma equipe menor de beisebol do campeonato de Las Vegas ‘é chamado de “Fifty One (51)”.

Restaurantes de cidades pequenas ao longo da Rota estadual 375, designada oficialmente como a Rodovia Extraterrestre, vendem camisetas e souvenirs aos turistas em seu caminho até o limite da Área 51, que consiste em uma placa de aviso sinalizando não-invasão, com uma câmera de vigilância e um guarda armado estacionado em um colina.

Saiba mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/area-51-entrevista-de-david-adair/
  2. http://thoth3126.com.br/aliens-eles-estao-entre-nos/
  3. http://thoth3126.com.br/area-51-entrevista-de-david-adair-parte-2/
  4. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua-ii/
  5. http://thoth3126.com.br/site-do-fbi-cita-a-queda-de-ufos-em-roswell/
  6. http://thoth3126.com.br/c-i-a-ex-agente-fala-sobre-queda-de-ufo-em-roswell/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

3 Responses to C.I.A. admite existência da ÁREA-51 em documentos…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *