browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Céu noturno de fevereiro: Marte e Mercurio se encontram

Posted by on 05/02/2013

Uma olhada no Céu de fevereiro!

 Mercúrio e Marte estarão  espetacularmente  perto um do outro logo após o pôr do sol em 07 e 8 de fevereiro de 2013. Esta é uma rara oportunidade para se ver os dois planetas juntos em um único campo de visão.

Durante o mês, quase imediatamente depois do pôr do sol você verá um farol brilhar muito acima do horizonte norte – tão alto que estará quase bem acima, no topo do céu. Esse ponto aceso é o brilhante planeta Júpiter.

Tradução e imagens: Thoth3126@gmail.com

Fonteshttp://www.skyandtelescope.com/community/skyblog/observingblog/Mercury-Meets-Mars-189259571.html e

http://www.skyandtelescope.com/community/skyblog/observingblog/Tour-Februarys-Sky-by-Eye-and-Ear-185221252.html

O mês começa com a Lua quase em nenhum (fase de lua nova, dia 10) lugar à vista, pelo menos durante a noite. Mas também quase imediatamente depois do pôr do sol você verá um farol brilhar muito acima do horizonte norte – tão alto que esta quase em cima, no topo do céu. Esse ponto aceso é o brilhante planeta Júpiter.

A Lua visita jupiter

A Lua crescente (dia 17) estará situada perto de Júpiter (desta vez sem eclipsá-lo) brilhante durante duas noites em fevereiro de 2013. Diagrama Sky & Telescope

Um pouco para a esquerda e abaixo de Júpiter esta um pequeno aglomerado de estrelas chamado de Plêiades, Aglomerado estelar M-45 (ou, às vezes, chamadas como as Sete Irmãs – Subaru em japonês, Kymah em hebraico, Soraya em persa, Tzab-ek em maia, Mul-Mul em babilônico, em grego πλεîν Plein, etc… ).

Segundo os astrônomos essas estrelas teriam se formado todas juntas há cerca de 100 milhões de anos atrás. Basta olhar um pouco para a esquerda de Júpiter para ver a estrela brilhante e vermelha Aldebaran (desenho anterior acima), marcando o olho  da  Constelação de Taurus, o signo zodiacal do Touro.

As Plêiades, Aglomerado estelar M-45 ou, às vezes, chamadas como as Sete Irmãs (Alcyone, Asterope, Electra, Maia, Mérope, Taigeta e Celaeno), grupo de estrelas/sóis consideradas sagradas e conhecidas pelas principais culturas antigas – Subaru em japonês, Kymah em hebraico, Soraya em persa, Tzab-ek em maia, Mul-Mul em babilônico, em grego πλεîν-Plein.

Outro planeta brilhante, Mercúrio, estará visível em meados de fevereiro. Procure-o começando sobre o baixo horizonte 9 ou 10 graus à oeste na medida que o crepúsculo escurece. Olhe por onde o Sol se põe, e depois olhe um pouco acima do mesmo local cerca de 45 minutos mais tarde.

Bem mais ao leste, procure as três estrelas do Cinturão de Órion (no Brasil chamadas de Três Marias), um trio de estrelas que formam uma linha diagonal. A parte inferior esquerda do cinturão é Betelgeuse, e para a parte superior direita esta a brilhante estrela diamante azulada chamada como Rigel.

Constelação de ÓRION, o Caçador, no centro as estrelas conhecidas como as Três Marias no Brasil, mas chamadas em astronomia como Mintaka, Alnilam e Alnitak, e que compõe o cinturão de Órion cujo alinhamento é idêntico ao das três pirâmides de Gizé, no Egito.

Fevereiro pode ser frio (é inverno no hemisfério norte) onde você mora, mas suas noites podem oferecer muitos locais com céu surpreendente. Para encontrá-los, faça o download do vídeo deste mês com 7 ½ minutos de duração.

Mercurio encontra Marte

http://www.skyandtelescope.com/community/skyblog/observingblog/Mercury-Meets-Mars-189259571.html

Postado Por Tony Flandres, 31 De Janeiro De 2013

Mercúrio e Marte estarão perto espetacularmente  um do outro logo após o pôr do sol em 07 e 8 de fevereiro de 2013. Esta é uma rara oportunidade para se ver os dois planetas juntos em um único campo de visão:

Marte aparece menos de 1° superior (de arco) lado direito de Mercúrio muito mais brilhante e baixo na direção oeste-noroeste depois do pôr do sol em 7 de fevereiro. Este encontro acontecerá bastante cedo na bela noite de aparição de Mercúrio , ele vai estar consideravelmente maior, uma semana depois.

Mas, enquanto o ar estiver limpo e sua visualização tiver uma visão desobstruída para o oeste, você não deve ter problemas para observar  Mercury meia hora depois do pôr do sol como um  minúsculo alfinete de luz brilhante espetado no céu. Marte estará apenas um décimo tão brilhante e pode exigir binóculos ou um pequeno telescópio para ser visto.

Marte (acima) estará a cerca de ¾ de grau lado superior direito de Mercúrio no dia 7 e menos de ½ meio grau no lado inferior direito de Mercúrio no dia 8 de fevereiro. Isso significa que eles devem se encaixar em um único campo de visão telescópica, com potência de 80×, no dia 7, e mais de 100× no dia 8.

Isso é o suficiente para ver a ampliação de ambos os planetas  supondo que você consiga visualisá-los cedo, enquanto eles ainda estão relativamente alto no horizonte e que a atmosfera esteja limpa.

Marte aparece apenas 4″ de diâmetro e quase perfeitamente redondo, enquanto Mercúrio (acima) tem uma forma convexa 80% iluminado e 5,8″ de altura. Marte é realmente maior do que Mercúrio, mas ele parece menor porque esta mais longe – quase do lado oposto do Sol – da Terra. Veja nosso vídeo SkyWeek para mais informações sobre Mercúrio e Marte.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *