browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Chile: é esperado tremor ainda maior que 8,2º na região

Posted by on 05/04/2014

earthquake

USGS: “Este ainda (terremoto de 8,2º de 01/04/2014)  não é o grande terremoto que é esperado para o norte do Chile

“Pode ser amanhã, pode ser daqui a 50 anos, não sei quando isso vai acontecer. Mas o ponto chave aqui é que este evento de magnitude 8.2º não é o grande terremoto que esperávamos para esta área. Na verdade, ainda estamos potencialmente esperando por um terremoto ainda maior”, disse o sismólogo Mike Simons, USGS.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Ao contrário do que foi afirmado pelo CSN-Centro Sismológico Nacional do Chile,  especialistas dos EUA (USGSestimam que ainda poderia ocorrer  um terremoto “ainda maior” naquela mesma área.

Fonteshttp://www.emol.com/ e http://earthquake.usgs.gov/

AP / Emol – Quarta-feira, 2 de abril, 2014, 13:52

SANTIAGO -Chile – Especialistas do Serviço Geológico dos EUA (USGS-United States Geological Survey) estimam que o  terremoto de magnitude 8,2 que atingiu o norte do Chile na noite do dia 01 de abril, ainda não é o grande terremoto que é esperado acontecer para essa área, então não se descarta a possibilidade de acontecer um novo terremoto de magnitude superior.

chile-quake-7,8º

“Pode ser amanhã, pode ser daqui a 50 anos, não sei quando isso vai acontecer. Mas o ponto chave aqui é que este evento de magnitude 8.2º não é o grande terremoto que esperávamos para esta área. Na verdade, ainda estamos potencialmente esperando por um terremoto ainda maior”, disse o sismólogo Mike Simons, USGS.

Os especialistas baseiam suas suposições sobre um brecha sísmica que afeta a área desde o sul do Peru até a Península de Mejillones, onde houve um grande terremoto registrado no ano de 1877. Naquela época, o terremoto teve uma magnitude de 8,8 e foi seguido por um tsunami que causou danos extensos, incluindo até o Havaí e o Japão, do outro lado do Oceano Pacífico.

“Nós sabemos que essas duas placas (a de Nazca e a da América do Sul) se juntam em torno de 6-7 centímetros por ano, e se você multiplicar isso por 140 anos, então as placas devem ter se sobreposto cerca de 11 metros ao longo da falha, e pode-se estimar o tamanho do terremoto que esperamos aqui “, disse Simons.

nazca-placatectônica-sul-americana

Esta abordagem difere da que é indicada pelo Centro Sismológico Nacional (CSN) do Chile, que indicou que o terremoto na noite passada diminui a probabilidade de que um mega sismo seja registrado na região, mas agora o cenário mais provável é que a falha geológica na região pode produzir novos terremotos, mais perto de 8ºgraus e magnitude menores (n.t. no dia seguinte a publicação desta matéria ocorreu outro grande terremoto de 7,8º graus Richter no mesmo local).

Isso ocorre porque o terremoto dividiu em três a brecha geológica e sísmica, ativando seu segmento intermediário entre Pisagua e Punta Patache, cobrindo cerca de 200 milhas de comprimento, onde a placa de Nazca se moveu cerca de 6-7 metros por baixo da placa Sul-Americana.

chile-mapa_13510-L0x0

Existe uma falha geológica sísmica que afeta a área desde o sul do Peru até a Península de Mejillones, onde houve um grande terremoto registrado no ano de 1877.

Representantes da  CSN disseram que ainda resta segmentos geológicos desativados que estão localizados ao norte e ao sul das falhas geológicas entre Ilo e Pisagua; e entre Punta Patache e Península de Mejillones  e é provável que estas duas regiões sejam ativadas de forma independente. “Como a área do meio ambiente e que tenha sido ativada, um cenário de um grande terremoto e é menos provável de ocorrer. Terremotos de forte magnitude seria de esperar um pouco mais baixo, em torno de 8,1, não 9,5 magnitude”, disse diretor CSN, Sergio Barrientos.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico (no Havaí), do governo norte-americano, divulgou uma animação que simula as 30 horas de propagação do tsunami provocado pelo terremoto de magnitude 8,2º que atingiu o norte do Chile na noite de terça-feira:

“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se APROXIMA RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Vocês vão ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes. Deverão acontecer FORTES TSUNAMIS e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e uma emissão de energia solar que fará importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Excerto do post: http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-explosivo/

—————————————————————————————-

Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/chile-forte-tremor-de-8o-graus-tsunami-de-dois-metros/
  2. http://thoth3126.com.br/yellowstone-forte-tremor-no-super-vulcao-hoje/
  3. http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/
  4. http://thoth3126.com.br/mudancas-climaticas-o-impacto-sera-grave-abrangente-e-irreversivel/
  5. http://thoth3126.com.br/carta-de-um-politico-da-noruega-sobre-2012/
  6. http://thoth3126.com.br/brasil-o-territorio-sagrado-para-a-deusa-e-seus-filhos/
  7. http://thoth3126.com.br/vulcao-cumbre-vieja-mega-tsunami-pode-atingir-o-brasil/
  8. http://thoth3126.com.br/o-futuro-dos-eua-por-ned-dougherty/
  9. http://thoth3126.com.br/profecias-de-joao-um-cavaleiro-templario/
  10. http://thoth3126.com.br/costa-oeste-dos-eua-e-futuro-grande-terremoto/
  11. http://thoth3126.com.br/chile-novo-e-forte-tremor-de-78o-richter-quinta-feira/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *