browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

China: Um golpe no mercado mundial de OURO

Posted by on 18/03/2015

O que isso significa para os proprietários de ouro de todo o planeta

Nota do Editor: Esta edição da Review & Outlook é baseada em uma série de posts que fiz no blogu USAGOLD ao longo do mês de setembro.

A China importou uma quantidade sem precedentes de barras de ouro em 2013. Tanto assim, que, se fosse para manter o ritmo atual, seria importar quase o equivalente da produção mundial durante um ano.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

 China: Um golpe de estado no mercado mundial de OURO

Relatório Especial – por Michael J. Kosares

Fonte:  http://news.goldseek.com/GoldSeek/1383244196.php

Quando essa notícia primeiro vazou para fora da China sobre as quantidades de ouro que está sendo imobilizada por meio de sua trade Shanghai Gold Exchange, os números pareciam muito grandes para ser verdade. A pergunta óbvia se tornou “Qual é a fonte dessa extraordinária quantidade de barras de ouro que a China comprou?”

Foi somente em outubro, quando a Reuters informou que grande parte desse ouro tinha sido enviado para a China desde fundos negociados em bolsa com sede em Londres para a Suíça para a refinação para as tradicionais pequenas barras de ouro da Ásia e depois para Hong Kong e Xangai, que a imagem completa entrou em foco e os extraordinários números ganharam credibilidade.

Mais abaixo, detalhes de como o mecanismo de comércio de ouro da China trabalha, as razões para isso, e por que o interesse da China em ouro deverá manter-se de suma importância para o mercado global de ouro por muitos anos vindouros. Eu atualizei as estatísticas originais de relatórios recentemente publicados no site da Koos Jansen com sede na Holanda – uma fonte de pesquisa especializada no comércio de ouro na China. Para ficar a par da situação da China, bem como de outros desenvolvimentos no mercado de ouro em uma base diária, eu convido você para visitar a nossa página do blog no link acima.

Parte Um – O Conduto de ouro de London-Zurich-Hong Kong-Xangai

De acordo com um relatório recente da agência Reuters, as exportações de ouro do Reino Unido para a Suíça passou de 85 toneladas para 1.016 toneladas nos primeiros oito meses de 2013 – um aumento de doze vezes. Alguns observadores do mercado de ouro atribuem o enorme aumento de compra e venda de ouro aos fundos negociados em bolsa (exchange traded funds-ETFs) – uma explicação que cobre apenas metade da história ……. se tanto. Quando se descobre e se aprende para onde esse ouro se destinou e por que foi para aquele destino (CHINA), a verdadeira importância dessa negociação extraordinariamente grande de ouro começa a tomar forma.

A Suíça, de acordo com o site da Koos Jansen, exportou mais de 600 toneladas de ouro para Hong Kong até agosto de 2013. Hong Kong, por sua vez, exportou mais de 700 toneladas de ouro para o continente chinês no mesmo período através da Shanghai Gold Exchange. Até agosto de 2013 a Koos Jansen coloca o total de mobilização de ouro chinês através da SGE em um volume impressionante de 1.672 toneladas.

Agora, com este relatório de exportações do extraordinário aumento de compra de ouro a partir do Reino Unido, outra peça do quebra-cabeça se encaixa e começamos a ter uma visão bastante clara do que essas enormes aquisições de ouro acarretam. A Suíça e Hong Kong estão agindo como um canal intermediário do ouro ocidental (europeu) em seu caminho para a China – e, provavelmente, pelo menos em parte, até chegar às reservas chinesas em seu Banco Central.

Até que ponto essa mobilização de compra maciça de ouro pela CHINA é o resultado de algo para ainda ser identificado na pressão externa sobre os depósitos de ouro de Londres, ou, se simplesmente são negócios como de costume, isso ainda não foi determinado, mas os movimentos de ouro desse porte geralmente não ocorrem em um vácuo. Os fundos de hedge estavam em movimento de modo de liquidação, de venda de ouro ETF desde abril, a pedido, ao que parece, de alguns negociantes de ouro que emitiram recomendações de venda generalizada para seus clientes (que inclui os fundos).

A venda de certificados ETF (exchange traded funds-ETFs) de ouro tem sido acusada repetidamente para a rápida queda no preço do metal. Se tudo isso foi uma manobra para baixar o preço do metal no papel e canalizar quantidades substanciais de ouro físico para a China, quem é o vencedor neste jogo e quem é o perdedor? E por que isso está sendo feito?

O mercado de ouro é incuravelmente sem transparência (não importa o quão diligente ou persistente sejam os argumentos em contrário), e é provavelmente por isso que muitos estão intrigados com ele. No entanto, ao mesmo tempo, aqueles que inocentemente compram seu próprio ouro para fins de preservação de valor dos seus ativos pode ter certeza que eles nunca sofrerão perdas e danos colaterais nestes casos, desde que não se permitam perder a paciência com o mercado ou, em primeiro lugar, esquecer as razões pelas quais eles compraram ouro.

Começando a ter dúvidas sobre o REAL VALOR das moedas nacionais?

Ouro nunca é possuído e/ou procurado por aqueles que (por pura ignorância) pensam que tudo está bem com o mundo e as moedas dos seus países. Ele é procurado por aqueles que acreditam que as coisas podem dar errado, ou de fato, que as coisas já passaram do ponto de dar tudo errado. Que verdadeiro crente pode ser alguém de posse de uma incrível riqueza, como foi o caso de Bernard Baruch em 1930, ou pode ser uma grande nação como a Alemanha ou a China de hoje. Quando o Secretário de Estado do Tesouro perguntou a Bernard Baruch por que ele estava comprando muito ouro, a resposta veio rapidamente de que ele “estava começando a ter dúvidas sobre o valor REAL da moeda.”

A China e Alemanha – a primeira, uma nação responsável por comprar quase todo o ouro no mercado aberto e a segunda nação, a mais rica da Europa, através do seu extensivo programa de repatriamento do estrangeiro de todo o seu ouro – sem dúvida, estão agindo duvidando até mesmo de suas próprias moedas. Até agora, nós não sabíamos ainda o grau em que essas dúvidas estavam se manifestando nos corredores ocultos do mercado de ouro do mundo inteiro. . . .Agora sabemos.

Nos primeiros oito meses de 2013 a China também PRODUZIU 270 toneladas de ouro de suas minas e, teoricamente, quase mais quatro vezes esse volume por meio de seu conduto dourado de compra de ouro entre Londres – Zurique – Hong Kong – Shanghai. Nos próximos anos, as operações de importação de ouro da China provavelmente vão ser consideradas um grande golpe de estado financeiro.

Andrew Critchlow, Business News Editor do The Daily Telegraph, explica que o consumo de matérias-primas da China faz com que:

“Seja apenas uma questão de tempo antes que a moeda chinesa o renminbi substitua o dólar como moeda internacional principal para comercialização de commodities (soja, milho, arroz, trigo, e outros alimentos tais como a carne), recursos energéticos como gás e petróleo e minério de ferro em TODO O PLANETA.”Ele chega a uma conclusão sinistra:

“A farsa do teto da dívida do GOVERNO DOS EUA em Washington e a crescente relutância da China em continuar financiando a economia dos EUA através da compra de seus títulos da dívida pública do Tesouro dos EUA (Treasury Security- Bill, Notes, Bonds e TIPS [Treasury Inflation Protected Securities],) e somando para a dívida da América algo próximo a US$ 17 trilhões de dólares (£ 10,5 trilhões de libras) uma enorme montanha de débito sugere que esta mudança tectônica no sistema internacional de comércio global pode estar tão próximo como virar uma esquina.”

Enquanto a atenção dos (especulativos) mercados financeiros ficou anexada na discussão teatral no congresso dos EUA do orçamento de Washington, o Reino Unido e a China entraram discretamente em uma mudança de jogo de acordo de swap de moedas que vai permitir que os dois países efetuem o comércio de bens e serviços diretamente em suas próprias moedas, reduzindo assim a UTILIZAÇÃO do dólar. “De repente”, disse Kathleen Brooks, diretora de pesquisa da Forex.com, potencialmente não há mais nenhum risco em dólar. 

Os dois países seguiram rapidamente o acordo de swap (trocas comerciais) com um acesso mais fácil aos mercados financeiros chineses para os investidores britânicos, incluindo, podemos supor, as empresas financeiras de Londres, e o mesmo foi permitido para os bancos chineses em seu acesso ao mercado do Reino Unido. Contornando (ABANDONANDO) o dólar, deste modo o Reino Unido e a China estão enviando uma mensagem forte sobre o futuro do dólar como moeda de reserva (até aqui) única do mundo – tudo tomando o rumo de uma des-dolarização dos negócios internacionais no mundo”, como a agência de notícias estatal Xinhua da China publicou.  

Zhu Baoliang, economista no Centro Estatal de Informação da China, uma unidade do Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, a poderosa agência de planejamento estatal de pesquisa, disse ao Financial Times: “Nós precisamos continuar a diversificar. Mesmo sem este debate da dívida mais recente dos EUA, ainda seria necessário para a CHINA diversificar.”

Com este esforço, parece que a China e a Europa têm atravessado uma espécie de Rubicão e mudando o campo de atuação nos mercados financeiros. É uma coisa países como o Irã ou a Líbia desafiar a primazia do dólar, mas é outra coisa completamente diferente quando a China e a Europa resolvem fazê-lo.

Para saber mais sobre manipulação e fabricação de crises:

  1. http://thoth3126.com.br/o-ouro-e-o-fim-do-mundo/
  2. http://thoth3126.com.br/eua-barras-de-ouro-falsas-em-fort-knox
  3. http://thoth3126.com.br/o-ouro-dos-eua-nao-existe-mais/
  4. http://thoth3126.com.br/russia-investe-pesado-em-ouro/
  5. http://thoth3126.com.br/a-visao-das-provacoes-dos-estados-unidos-por-george-washington/
  6. http://thoth3126.com.br/eua-golpe-de-estado-a-vista-obama-um-ditador/
  7. http://thoth3126.com.br/algo-muito-grande-e-definitivo-esta-para-acontecer/
  8. http://thoth3126.com.br/barack-obama-segredos-e-mentiras-sem-fim/
  9. http://thoth3126.com.br/o-futuro-colapso-dos-e-u-a-previsto-por-jornal-da-russia/
  10. http://thoth3126.com.br/eua-a-beira-da-falencia/
  11. http://thoth3126.com.br/a-maior-fraude-financeira-da-historia-mundial/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

9 Responses to China: Um golpe no mercado mundial de OURO

  1. Popys

    Segundo o ex-militar americano, Bob Dean, a Hierarquia Estelar deu um ultimatum à NOM: “Recolham o ouro de que necessitam e partam deste planeta”
    http://www.youtube.com/watch?v=oCT6KlWoB3g

    Curiosamente, os principais países envolvidos no intercambio substancial do ouro são Londres e Reino Unido (os cérebros da NOM), Austrália, Alemanha, Suíça e China.

    • Nomad

      Que viagem a sua, PQP! A compra do ouro e metais é feita pura e simplesmente pois espera-se que as moedas atinjam novamente o buraco negro da crise mundial.

  2. zé s sobrinho

    O “sector list industry” mostra ouro, alumínio, prata e cobre como ‘mercados’ do segmento “basic materials”. Embora petróleo tenha uma importância fundamental para países idosos ou adolescentes, http://goo.gl/4sbwSI, ele não aparece como mercado puro, mas associado a exploração, refino, gasodutos e etc.
    Curiosamente o fogo foi descoberto a bem mais tempo, associado a madeira, contudo madeira não aparece como um ‘mercado puro’ o que poderá mudar substancialmente com o surgimento dos blends, ou biodrocarbonetos, derivado da mistura de energias sólidas renováveis ou não, como biomassa e carvão mineral, por exemplo trazendo para a madeira um up-grade:

    No meio do caminho o ouro, por não ser capaz de lastrear a riqueza real e virtual criada, perdeu o padrão, mas, afinal, quanto movimenta nos mercados reais e virtuais, hoje, todas estas commodities e/ou a madeira algum dia alcançará o privilégio de ser um mercado puro como o é as demais commodities por consequência do surgimento e crescimento dos blends sólidos?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *