browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Chuva de Meteoros Perseidas e Delta Aquarids

Posted by on 28/07/2016

 meteoro-meteorito-asteroide-01Chuva de meteoros Perseidas

Com as duas próximas chuvas de meteoros, você pode ver um monte de estrelas cadentes riscarem os céus noturnos. E você já tem todo o equipamento mais necessário para isso: os seus olhos.

Uma nova pesquisa da NASA’s Meteoroid Environment Office demostra que existe uma chuva de meteoros anual que produz mais bolas de fogo do que qualquer outra – é a chuva de meteoros chamados de Perseids. .

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

Chuva de Meteoros Perseidas e Delta Aquarids

http://www.skyandtelescope.com/ e http://www.spaceweather.com/

O Pico máximo da queda de meteoros de Perseidas deste ano está no virar da quinzena em agosto nos dias 12 e 13. Prepare-se para ver muitas bolas de fogo caírem do céu a partir do final de julho.

Abaixo: O Astrônomo amador Fred Bruenjes capturou dezenas de fotos de longa exposição da chuva de meteoros Perseidas em 2004 e organizou a exposição de 59 deles nesta imagem composta a seguir. Perceba que os meteoros parecem se originar a partir do mesmo ponto chamado de radiante. Fred Bruenjes 

Quando um fluxo de meteoros risca o céu noturno, chamamos isso de uma estrela cadente. Você pode ver os meteoros em qualquer época do ano, mas as taxas significativamente mais altas acontecem desde o final de julho a meados de agosto. Os poderosos meteoros Perseidas ocorrem em uma chuva de meteoros com pico máximo em torno de 12 e 13 de agosto, e vários picos menores acontecem até se juntar aos Perseidas. A mais forte delas é o Delta Aquariids, que surge em seu auge entre as noites de 28 a 31 de JULHO, afunilando-se lentamente até o final de agosto.. 

O evento é visível tão ao norte como no Canadá e na Europa do Norte, embora a taxa da queda de meteoros por hora aumente à medida que você se move mais para o sul. No auge do evento, observadores do céu ao norte podem esperar para ver cerca de dez meteoros por hora, e os observadores do sul podem ver o dobro.

Em qualquer noite as melhores taxas de queda será em torno de meia-noite, com o pico em torno de três horas da madrugada, e diminuindo com a aproximação do amanhecer. A Lua começará na próxima semana com um crescente declínio para fase nova, de modo que ela não vai atrapalhar, depois ela vai resaparecer na medida que segue a passagem da semana, para a fase crescente deixando o céu um pouco mais mais claro no momento em que chegar ao pico da queda dos meteoros Perseidas.

perseidas-2015

Perseidas em 2015.

Otimize sua observação da queda de meteoros se os céus não estão muito nublados, se posicionando depois da meia-noite (madrugadores podem tentar mais perto do amanhecer cerca das 03:00). Encontre um lugar longe das brilhantes luzes das grandes cidades e desobstruídos por grandes árvores ou edifícios. Aquário estará abaixo do Grande Quadrado da Constelação de Pegasus, a meio caminho entre o horizonte e o zênite (diretamente para cima de voce).

Os meteoros vão aparecer brilhantes e luminosos, deixando faixas amarelas no céu, vindo desde a estrela Delta (δ) da constelação de Aquários também conhecido como Skat ( da palavra árabe para canela por causa de onde a estrela se encontra na constelação), que será a terceira mais brilhante estrela em Aquário em cerca de 3ª magnitude.

Perseid_Vic_radiants

Este mapa do céu mostra o radiante da chuva de meteoros Perseidas da constelação Perseus no céu nordeste durante o pico da tela de meteoros em 12 de agosto e 13 de 2015. As Perseidas parecem irradiar-se a partir de um ponto na fronteira de constelações Perseus e Cassiopeia .

A estrela Fomalhaut será o objeto mais brilhante (Alpha da Constelação de Piscis Austrinus) nesta parte do céu, para que você saiba que você está no lugar certo se você estiver olhando a cerca de 10° (aproximadamente a largura de seu punho em relação ao comprimento do braço) acima do pontinho brilhante. Reúna um pequeno grupo de amigos, pegue algumas cadeiras de gramado ou um cobertor, talvez até alguma música de fundo, e dirija-se para o campo para uma boa conversa e para assistir a queda dos meteoros. Se você estiver fora, quando os dois chuveiros se sobrepõem no calendário, veja se você consegue identificar a qual constelação o meteoro pertence – Delta Aquariids vai disparar a partir de Aquário e Perseidas da Constelação de Perseus. 

Vídeo abaixo sobre meteoros Perseid Fireballs – ScienceCasts, da NASA: 

E não se esqueça de manter as luzes brancas acesas no mínimo! Você terá uma melhor chance de perceber a queda dos meteoros se seus olhos estiverem ajustados para ver na escuridão. Se você tem um local para observação  de meteoros, ou um lugar em mente, a NASA tem um aplicativo on-line bacana que irá dizer-lhe a contagem de meteoros esperado com base em sua localização e para a data que você escolher.

Uma atualização rápida para Iniciantes.

Se você é novo para a observação de estrelas, as coisas podem ficar confusas quando começamos a falar sobre os cometas, asteróides, meteoróides, meteoros, meteoritos … ugh! Para melhor compreensão usemos da simplicidade, vamos dizer que os cometas são pedaços de gelo que brilham espetacularmente perto do Sol enquanto o gelo SE derrete em gás e poeira, que refletem a luz do sol formando a cauda. Asteroides são mais parecidos com pedaços de rocha, feitas principalmente de rocha e metal. Meteoroides são as peças quebradas de cometas ou asteroides  e muitos encontram seu caminho caindo na atmosfera da Terra.

Em St. George, Kansas, Rick Schmidt capturou a queda espetacular deste meteoro Leonid quando ele explodiu ao entrar na atmosfera brilhando como uma lua cheia na noite de 17 de Novembro, 1998.

Se queimar, eles são meteoros – o que nós chamamos como estrelas cadentes – da palavra grega que significa “no ar”. Se forem meteoroides atravessam a atmosfera e caem na Terra, então é um meteorito. A fonte mais provável da chuva de meteoros  Delta Aquariids são fragmentos do Cometa 96P/Machholz que foi descoberto por um astrônomo amador. 

Saiba mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/chuva-de-meteoros-perseidas-de-2013-12-e-13-de-agosto/
  2. http://thoth3126.com.br/explosao-e-queda-de-meteoro-na-russia-destruicao-e-feridos/
  3. http://thoth3126.com.br/argentina-meteoro-explode-e-ilumina-provincia-
  4. http://thoth3126.com.br/meteoro-explode-nos-ceus-dos-eua-sexta-a-noite/
  5. http://thoth3126.com.br/meteoro-na-argentina-explosao-em-novas-imagens/
  6. http://thoth3126.com.br/meteoro-explode-sobre-a-espanha/
  7. http://thoth3126.com.br/licoes-do-impacto-de-meteoro-na-russia/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

2 Responses to Chuva de Meteoros Perseidas e Delta Aquarids

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *