browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

Cometa ISON começa a dar show nas madrugadas…

Posted by on 16/11/2013

Cometa ISON esta aumentando seu brilho dramaticamente:

Relatos de visões já a olho nu do cometa ISON estão chegando de todo o mundo. Observadores experientes já colocam a magnitude do cometa em 5,5 em 16 de novembro. Isto significa que ele esta agora 10 vezes mais brilhante do que estava a apenas três dias antes da explosão.

 A olho nu, o cometa ISON aparece como uma leve mancha de pálida luz verde baixo no céu antes do amanhecer. O ponto de vista através de um telescópio é mais dramático.  

A cauda do cometa tornou-se uma multidão desenfreada de flâmulas gasosas que se estende por mais de 3,5 graus no céu. O Astrônomo amador Waldemar Skorupa enviou esta imagem ao lado do cometa ISON feita na madrugada de 16 de novembro, desde Kahler Asten, na Alemanha.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

COMETA ISON (FINALMENTE) ENTRA EM “IGNIÇÃO” E AUMENTA SEU BRILHO ENORMEMENTE

Fontehttp://spaceweather.com/

A súbita explosão de brilho do Cometa ISON catapultou-o para o limite da visibilidade a olho nu. “Eu estive acompanhando a imagem do Cometa ISON todas as manhãs”, relata o astrônomo amador Charles Coburn. de Rescue, CA.

“Hoje (manhã de 14 de novembro), para minha surpresa, eu poderia vê-lo na tela de visualização do meu DSLR  ao vivo.” Estas duas imagens a seguir mostram o cometa em dias consecutivos como fotografados por Coburn usando a mesma câmera e a mesma configuração de telescópio:

Relatórios como o de Coburn vêm de todo o mundo. Aparentemente, durante as primeiras horas de 14 de novembro o Cometa ISON aumentou seu brilho por um fator de cerca de 6. Em termos de magnitudes astronômicas, saltou de 8 para 6. Se a tendência continuar, ele poderá ser um objeto visível a olho nu fraco, mas fácil de se ver até o final desta semana.

O pequeno aumento repentino na luminosidade em 13 e 14 pode ser causada por um novo veio de gelo na abertura de núcleo do cometa. A vaporização rápida de gelo pela radiação solar é uma maneira infalível para aumentar a visibilidade de um cometa. Mas, como a NASA’s Comet ISON Observing Campaign observou o Cometa ISONnós não temos nenhuma idéia do que aconteceu. ” O núcleo do cometa está escondido da vista por uma atmosfera verde nebulosa, por isso os eventos no interior dele permanecem ainda um mistério.

Cometa ISON fotografado em 15 de novembro pelo astrônomo amador Mike Hankey de Auberry, Califórnia. A Cabeça brilhante do cometa e a cauda desenfreada são conseqüências de uma explosão em novembro 13-14 que impulsionaram significativamente o nível de atividade do cometa.

A cauda apresentada hoje (16) é tão longa, que ele não poderia caber todo no campo de visão. Quanto tempo faz isso? Agora a cauda do cometa ISON se estende por mais de 8 milhões de quilômetros por detrás do núcleo do cometa. Para efeito de comparação, isto é 21 vezes a distância entre a Terra e a Lua.

Porque tanto gás e poeira está sendo vomitada a partir do núcleo do cometa, é impossível ver claramente o que causou a explosão de Comet ISON em novembro 13-14. Uma possibilidade é que as veias frescas de gelo estão se abrindo no núcleo do cometa, vaporizando furiosamente na medida em que o ISON se aproxima do sol. Outra possibilidade é que o núcleo pode ter sido completamente fragmentado.

A cauda apresentada hoje (16) é tão longa, que ela não poderia caber toda no campo de visão. Agora a cauda do cometa ISON se estende por mais de 8 milhões de quilômetros por detrás do núcleo do cometa.

“Se assim for, ainda vai levar vários dias até que saibamos isso com certeza”, diz Karl Battams, astrônomo da NASA’s Comet ISON Observing Campaign.com “Quando núcleos de cometas desmoronam, não é como uma explosão de estilhaços. Ao invés disso, os pedaços lentamente se afastam a velocidades ligeiramente diferentes entre si.

Dado que o núcleo do ISON está envolto em uma enorme quantidade de poeira de dispersão da luz e gás, agora, será quase impossível determinar isso por pelo menos alguns dias e talvez não até o cometa atingir o campo de visão da espaçonave/sonda STEREO, com o instrumento HI-1A da NASA em 21 de novembro de 2013. Vamos ter que esperar para os blocos de gelo e poeira se afastarem a suficiente distância, assumindo que eles não desmoronem primeiro. “

Para reiterar: Ninguém sabe o que está acontecendo ao Cometa ISON. Isso poderia ser a agonia final do cometa – ou apenas o primeiro de muitos eventos de avivamento que o cometa experimenta à medida que mergulha em direção ao sol para um encontro íntimo no Thanksgiving Day-Dia de Ação de Graças (em 28 de novembro).

O monitoramento do cometa Ison é incentivado. Ele nasce no leste, pouco antes do sol acordar. Aos astrônomos amadores, se você tiver um telescópio GOTO, digite estas coordenadas. As datas de interesse especial incluem novembro em 17 e 18, quando o cometa passará pela estrela brilhante Spica (Espiga), a principal da constelação de Virgem (O SIGNO ZODIACAL DO BRASIL…), tornando o ISON muito fácil de ser encontrado.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

2 Responses to Cometa ISON começa a dar show nas madrugadas…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *