browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Cometa ISON: resumo e atualização

Posted by on 25/11/2013

Cometa ISON: um resumo e últimas atualizações 

Ele esta no final de seu mergulho para passar muito próximo ao redor do Sol – em seu periélio – com menos de um diâmetro solar! – na próxima quinta-feira em 28 de novembro para, em seguida, re-emergir e ficar novamente à vista de madrugada, possivelmente muito mais brilhante e com uma longa cauda, já no início de dezembro.

O Cometa ISON devera dar o seu melhor show a partir do início de dezembro de 2013, quando estiver subindo no céu ao amanhecer no leste, uma vez que desaparecer após o seu periélio ao contornar o sol.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

por Alan MacRobert

O Cometa ISON poderá já ser visto a olho nu na madrugada do mês  de dezembro. A excitação dos astrônomos está aumentando na medida que o cometa mergulha em direção ao sol, ao periélio.

http://www.skyandtelescope.com/ e http://spaceweather.com

O Cometa ISON (C/2012 S1), foi descoberto no ano passado como um pontinho distante, e tem levantado uma série de esperanças entre os astrônomos amadores e observadores do céu noturno.

Em imagem de Michael Jäger feita em 22 de novembro na Áustria. Ele usou uma lente de 80 mm, com abertura f / 5, refrator em uma câmera CCD KAI 110002 para uma exposição de 60 segundos e nove exposições de 60 segundos de luminância. 
Michael Jäger

Ele esta no final de seu mergulho para passar muito próximo ao redor do Sol – em seu periélio – com menos de um diâmetro solar! – na próxima quinta-feira em 28 de novembro para, em seguida, re-emergir e ficar novamente à vista de madrugada, possivelmente com uma longa cauda, no início de dezembro.

Desde 22 de novembro a sua magnitude esta em 4, ficando cada vez mais baixo no céu do amanhecer no leste e mais difícil de ser visto, mesmo se você souber exatamente para onde olhar .

O Cometa ISON deve estar no seu melhor show no início de dezembro de 2013, subindo ao céu do amanhecer ao leste, uma vez que desaparecer em 28/11 em seu periélio solar. Os símbolos acima dos cometas estão, provavelmente, muito exagerados, eles são para mostrar a área do céu a ser observada; binóculos vai ajudar a visão.

O quanto ele vai se tornar visível quando ele ressurgir no céu das madrugadas após a passagem pelo periélio?

Nunca houve nada tão próximo da histeria sobre o Cometa Ison, desde cedo, pois que iria deslumbrar o mundo, que seria cem vezes mais brilhante do que uma Lua cheia (apesar de que certos meios de comunicação ainda não poderem resistir em fazer uma campanha publicitária selvagem sobre o cometa Ison; o Telegraph do reino unido é a atração principal, mesmo agora com manchetes do tipo”Once in a lifetime”- evento único uma vez na vida).

A espaçonave STEREO-A da NASA já está monitorando o Cometa ISON na medida que ele se aproxima do sol para um encontro muito próximo em 28 de novembro. O mais recente filme (22/11) feito pela nave espacial Heliosférica através do seu Imager capturou não só o Cometa ISON  (maior e abaixo) mas também a Terra, Mercúrio, e  o Cometa Encke (menor e mais acima). 

Você, no entanto, que pretende ir para fora para de madrugada fazer uma observação fascinante, especialmente se você puder trazer binóculos ou um telescópio de amplo campo de visão (grande angular).

Por coincidência, um cometa  completamente diferente e visível com binóculos – o Cometa Lovejoy (C/2013 R1) com o seu brilho entre 5 º ou 6 º de magnitude – está atualmente na melhor visão binocular e muito maior antes do início da madrugada; gráfico localizador.

O cometa Lovejoy próximo ao momento de seu periélio.

Para saber quando o crepúsculo da manhã começa a sua localização, utilize o nosso almanaque on-line (certifique-se que o horário de verão esta desmarcado).

PS: Sky & Telescope e Celestron estão patrocinando um concurso de fotografia Comet ISON com alguns prêmios muito interessantes.


ATUALIZAÇÕES:

Dia 22 de novembro: Ainda com 4º de magnitude:

De acordo com uma estimativa esta manhã feita pelos fotógrafos Jean-François Soulier e Alain Maury. Aqui está a coleção de imagens, a imagem mais recente esta no topo. (A data de cada uma está nas linhas de dados inferiores abaixo nos brancos e pretos.)

A diminuição da altitude do cometa e o brilho da madrugada está deixando de fora mais observadores a cada dia. Mas imagens feitas pelas espaçonaves da NASA em observação no espaço devem começar a vir em breve. Leia o que se espera em Karl Battams, atualização em 20 de novembro no site da NASA sobre Cometa ISON .

Eu não poderia ter perdido a oportunidade de capturar o Cometa Ison perto de Templo de Poseidon no Cabo Sounio da Grécia. No momento adequado o tempo nublado trabalhou a meu favor e uma lacuna apareceu através das nuvens. Foi o momento da minha vida, quando eu vi o cometa ao lado do templo! Konstantinos Spanos

Dia 21 de novembro:. Desconexão da Cauda

Astro-fotógrafos de todo o mundo continuavam o seu trabalho, mesmo quando o cometa se movia para mais baixo na madrugada com luar. Na madrugada deste dia, vários astrônomos e fotógrafos gravaram em vídeo e fotos um evento de desconexão da cauda do cometa ISON – uma bolha de emissão de íon (um gás) explodiu sendo comprimida para fora por uma rajada magnética de vento solar, e soprando a jusante do núcleo, foi capturada pelas imagens.

Denis Buczyński do British Astronomical Association  juntou nesses links fotos em ordem cronológica, mostrando o evento de desconexão se movendo para baixo da cauda. (A última foto mostra melhor o evento). Todos os horários são em 21 de novembro:

02:49 UT: Recurso não vistoImage Rehmann Gerald. 06:06 UT: Característica visto imagem Juanjo.

06:28 UT: Característica visto. David Storey imagem.

00:23 UT: Característica visto. Imagem Joseph Brimacombe, abaixo:

Em destaque na foto o momento da desconexão da cauda do cometa ISON em 21 de novembro. Joseph Brimacombe

Dia 20 de novembro:. Aumentando o brilho rápido:

Mesmo com o ISON ficando a cada manhã mais baixo no horizonte, no início da madrugada, esta agora se iluminando mais rápido. Esta manhã, ficou imediatamente óbvio em meus  binóculos de 10 × 50 através do luar e da poluição suburbana luminosa: se parecia com uma “estrela” com uma pitada de cauda, brilhante esverdeada e branca, mostrando um pequeno pseudo núcleo como uma estrela. A cabeça do cometa era muito mais brilhante do que 5,5 de magnitude com a estrela 86 Virginis 3º acima dele.

Vitali Nevski, co-descobridor da ISON, estimou uma magnitude de 3,7, esta manhã, na Rússia. John Bortle no estado de Nova York imaginou de 4.5, no entanto, ele ficou surpreso por seu maior brilho. Ele escreveu:

Fiquei espantado com a sua intensidade, como visto com os meus binoculares de 15×70. Esta manhã o Cometa ISON me lembrou muito o caminho do cometa Ikeya-Seki durante um dos meus últimos avistamentos pré-periélio no início de outubro de 65. Depois, com o crepúsculo já tendo começado, ele ficou surpreendentemente brilhante, com um coma intensamente condensado com cerca de 2,5º de diâmetro.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

One Response to Cometa ISON: resumo e atualização

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *