browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Nibiru (Annunakis) – Parte II, final

Posted by on 22/11/2016

nibiru-piramidesConselho de Nibiru- Parte II

Nós somos os Nibiruanos

Aprenda sobre a vida na Terra, os nibiruanos, a nossa história galáctica, as estrelas sementes, walk-ins, como se recodificar o seu DNA e muito mais… 

A Missão RelembradaOs Nibiruanos revelam o seu trabalho para se prepararem para após 2012. Descubra os eventos galácticos que nesses dias de final dos tempos estão sendo relançados na Terra entre agora e até o final deste ciclo. –  Jelaila Star.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

ANU fala sobre O GRANDE PLANO DIVINO:

Primeira parte em: http://thoth3126.com.br/conselho-de-nibiru-parte-i/

Fonte:  http://www.nibiruancouncil.com/

Mais uma vez nós temos um multifacetado e complexo plano. Ele inclui a finalização do Divino Plano Avyoniano e o Divino Plano dos Sirianos Etéricos. Os Sirianos Etéricos são os Humanos de Lyra que foram movidos para Sírius B e, eventualmente, tiveram a Terra concedida como seu lar pelos Criadores. A finalização do Divino Plano Avyoniano permitiria aos Sirianos Etéricos completarem o deles. Antes que eu prossiga, é necessário nos aprofundarmos um pouco mais sobre cada raça.

Os Felinos: Os Felinos são aqueles que muitos de vocês chamam de seres-leão. Eles são de um universo que já se completou. Chegaram em nossa galáxia quando ela estava sendo construída. Foram convidados pelos Construtores e pela Hierarquia Espiritual Universal para serem os mestres geneticistas do nosso universo. Eles residem em uma estrela na constelação do Cão Maior conhecida como Sírius A e não devem ser confundidos com os Humanos que colonizaram Sírius B. Eles viviam em Sírius A muito tempo antes dos Humanos de Lyra chegarem.

Representação de Nibiru, no Disco com uma estrela e o gigante Annunaki/Nephilim ANU, o Senhor de Nibiru, em estela encontrada na antiga Suméria, hoje Iraque.

Eu gostaria de introduzir aqui uma pequena história do Sistema Estelar de Sírius.Há três estrelas no Sistema Estelar de Sírius: Sírius A, Sírius B, e Sírius C. Sírius B foi a primeira estrela e, quando implodiu, criou Sírius A e C. Quando os primeiros humanos chegaram em Sírius B, vindos de sua residência temporária nas colônias humanas do Sistema Veganiano da constelação de Lyra, receberam muita ajuda dos Felinos. Sírius C é atualmente usado para armazenar materiais e suprimentos.

Tiamat (a Terra, hoje com polaridade feminina e positiva) também foi criado da implosão de Sírius B, assim como Nibiru(Hoje com polaridade negativa e masculina). Quando se decidiu criar uma Força Estelar, este gigantesco pedaço de rocha que flutuava no espaço perto das Plêiades foi localizado por meus antepassados e foi transformado em uma Força Estelar/planeta. (n.t.- Aqui temos como compreender a nossa forte conexão com esse sistema estelar de SÍRIUS, pois o nosso planeta Terra (Gaia-feminino) e Nibiru (Masculino) teriam se originado após uma grande modificação nesse sistema, com matéria oriunda de Sírius, ejetada há cerca de 4,5 bilhões de anos).

Constelação do Cão Maior, onde esta situado o grupo estelar de SÍRIUS A, B e C, a estrela maior e mais brilhante na foto.

Assim vocês poderiam dizer que Nibiru é MEIO Síriano e Pleiadiano. Os Felinos são os mestres geneticistas de nosso universo, como eram também deles mesmos. Eles criaram todas as formas de vida nos planetas e estrelas em nosso universo. Isto inclui vegetação, animais, e os veículos (corpos) físicos que as almas usam para sua encarnação. Eles são seres altos, com cabelos vermelho-dourado e, normalmente, olhos castanhos ou verde-dourado. Os Felinos são seres poderosos, altamente evoluídos, amorosos, gentis e de natureza benevolente.

Quando nos ferimos em batalha, vamos até eles para nos curar, pois eles são os doutores do universo. Eles nunca tomam partido em qualquer guerra, pois já completaram as lições de integração das polaridades e Amor Incondicional. Eles também cuidam das almas que sofreram severos danos emocionais nas encarnações e que são enviadas aos Felinos para serem tratadas depois da morte. Os Felinos vivem na 6ª dimensão para executar o trabalho deles, embora sejam seres de dimensões mais elevadas. A 6ª dimensão é a dimensão da criação, onde a energia torna-se física. Os Felinos trabalham muito unidos com as Hierarquias Espirituais dos diferentes planetas e galáxias em nosso universo.

Quando é decidido que uma alma-grupo precisa de um planeta e um veículo físico para encarnação, são os Felinos que são nomeados para a tarefa de preparar o planeta e criar os corpos. Houve tempos em que eles também criavam planetas. Os Felinos são fortemente envolvidos com a história de vocês. As esfinges encontradas ao redor do mundo são uma lembrança da existência e do envolvimento deles. Você alguma vez se perguntou por que o leão é o rei da selva, embora ele não seja o maior? Os Felinos deixaram os leões e todos os gatos para serem os transmissores de informação para Sírius A.

Os leões em particular, foram transformados em reis da selva para que eles não fossem dizimados e pudessem, então, continuar sendo transmissores de informação ao longo dos muitos milhares de anos que a Terra e os seres humanos precisariam para completar o Plano Divino deles.

Os Gatos são o vínculo de informação entre a 3a. e a 6a. dimensão. Muitos de vocês sabem que freqüentemente os reis e rainhas tinham um gato de algum tipo como companheiro constante. Antigamente os Faraós do Egito eram guiados pelos Felinos através dos seus gatos. Se você vê alguém que tem o que vocês chamam de “olhos de gato”, isto provavelmente é porque eles são parcialmente de origem Felina.

O sistema estelar triplo de Sírius A, B e C (Digitária como é conhecida pela tribo dos Dogons na África)

Os CariansOs Carians são um grupo de seres altos com características de pássaros. Eles vieram do mesmo universo dos Felinos – viveram em Sírius A junto com os Felinos. O propósito dos Carians é atuar como uma raça protetora para a evolução dos veículos físicos em um determinado planeta ou estrela. Foram os Carians que protegeram a evolução dos humanos Lyrianos primitivos dos Répteis que desejavam destruí-los.

Os Carians também são responsáveis pela criação do sistema de malha energética de sustentação, portões estelares e portais. Eles são os engenheiros magnéticos enquanto os Felinos são os engenheiros genéticos. Os Carians também deixaram uma marca registrada do envolvimento deles conosco na forma da Fênix e da Águia, como também do Corvo e do Falcão. Estes pássaros eram (e ainda são) sagrados para muitos povos.

Os Carians trabalham de mãos dadas com os Felinos. Eles provêem proteção para planetas e estrelas que ainda estão desenvolvendo uma raça guardiã de seres, como os Humanos. A tarefa deles está completa quando os guardiães daquele reino evoluem a ponto de eles mesmos protegerem o planeta. Os Carians assumiram a responsabilidade de proteger as colônias Humanas em nossa galáxia, antes de Nibiru ser criado. Os Carians não usam armas militares para proteção. Em vez disso, eles usam energia para criar bloqueios nos portais de entrada e saída de um planeta, portões estelares e dimensões.

Os RépteisOs Répteis são conhecidos por muitos como os Reptilianos. Eles foram criados muito tempo antes dos Humanos, no planeta de Aln, na constelação de Órion. Os Répteis foram criados primeiro e isto os tornou tecnologicamente superiores. Eles já tinham realizado viagens espaciais quando nós, os Humanos, ainda emergíamos dos oceanos em Vega. Os Répteis, também conhecidos como as Serpentes, os Dragões, e os Lagartos (afetuosamente chamado por alguns, de Lizzies), possuem vários tipos, cores e tamanhos.

Eles normalmente são verdes, marrons, bronze, negros ou uma combinação de qualquer uma destas cores. Seus olhos são verdes ou vermelhos. A pele é escamosa ou lisa e fria ao toque. Eles possuem as sensações dos cinco sentidos, mas não todas as emoções. A morada base dos Répteis é a constelação de Órion e seu vizinho Sigma Draconis da Constelação do Dragão, onde o povo Dragão vive.

Constelação de Órion, as três estrelas centrais são conhecidas no Brasil como as Três Marias, mas são Mintaka, Alnilan e Alnitak, cujo alinhamento é idêntico ao das três grandes pirâmides do Egito. 

Os Répteis colonizaram muitos planetas e sistemas estelares em nossa galáxia Via Láctea. A eles foi conferido o “mito da criação” que declarava que eles eram os “donos da galáxia” e tinham o direito de colonizar qualquer planeta ou estrela que desejassem. E se houvesse uma raça não-réptil presente, eles poderiam e deveriam destruí-la. Agora você pode imaginar como as outras raças se sentiam!

Este “mito da criação” causou a morte e destruição de muitos planetas e povos em ambos os lados. Mas, deixem-me relembrá-los: os Répteis foram criados por ordem dos Construtores para representar o masculino, ou lado escuro, e os Humanos foram criados para representar o feminino, ou lado luminoso, neste Jogo de integração de polaridades.

Integração das PolaridadesAssim, por favor, não os julgue, porque eles estão apenas desempenhando seus papéis.Os Répteis colonizaram a Terra mais de uma vez. Eles a colonizaram inicialmente quando ela ainda era Tiamat, e então novamente, depois que Tiamat rachou ao meio e se tornou conhecido como Terra. Mas, a segunda vez não foi uma colonização propriamente dita. Foi, na verdade, a reorganização dos remanescentes dos Répteis que tinham ido para o subterrâneo durante e depois da destruição de Tiamat.

As cobras e lagartos dos seus dias atuais são os descendentes dos Répteis. Os dragões também existiam aqui, e seus mitos de dragões voadores não são mitos de forma alguma. Eles eram reais! Quer voce acredite ou não (n.t. existiam Dragões durante o médio período de Atlântida).  Os Répteis são mais avançados tecnologicamente – (masculino, escuro), do que espiritualmente – (feminino, luz). Isto é o que eles estão aprendendo a equilibrar, da mesma maneira que nós os Humanos estamos aprendendo a equilibrar o outro modo.

anunnaki-wings-logo

Os HumanosA raça humana evoluiu a partir de Vega, sistema estelar da constelação de Lyra, no planeta Avyon. Como eu mencionei antes, os Humanos foram criados à imagem dos Felinos. A eles foi dado um “mito da criação” diferente do mito dado aos Répteis.O mito de criação Humano especifica que os Humanos também podem colonizar qualquer planeta ou estrela que eles escolherem, mas, se eles encontrarem outra raça no planeta, eles têm que negociar um tratado de paz e se esforçar para viver em harmonia com a raça vizinha.

Répteis e Humanos mantêm uma característica pura do DNA para futura semeadura. Estas são as Casas Reais: a Casa Real dos Répteis é a Casa de Aln e a Casa Real dos Humanos é a Casa de Avyon, mencionada anteriormente. Agora que vocês viram um pouco mais profundamente as quatro raças principais, eu continuarei minha história. Deixe-me começar do ponto em que os Fundadores estavam prontos para que os Felinos criassem a espécie humana. Tenham em mente que os Felinos já tinham criado os Répteis e que estes já tinham alcançado a fase das viagens espaciais a esta altura.

Os Felinos começaram semeando Avyon para a nova raça de Humanos. Os Humanos começaram nos oceanos e paulatinamente moveram-se para a terra. Darwin estava correto quando declarou que o homem começou nos oceanos. Na fase de primata aquático, os Felinos tiraram a maioria dos primatas do oceano e os aprimoraram para a fase de um humano bípede. Os primatas aquáticos restantes, baleias e golfinhos, permaneceram no oceano para manter a biosfera de Avyon. A manutenção da biosfera é crítica para qualquer planeta sustentar vida.

Uma vez que os humanos em Avyon tinham evoluído ao ponto de realizarem viagens espaciais, eles colonizaram outro planeta na constelação de Lyra. Eles nomearam o planeta com o nome Avalon. A nova colônia foi estabelecida como uma sociedade feminino-polarizada, em harmonia com o sistema social de Avyon. Logo os Répteis chegaram trazendo com eles sua tecnologia superior e a sua forma masculino-polarizada de sociedade. Isto foi bom porque eles criaram a primeira oportunidade para integração de polaridades. Infelizmente, sem experiência e conhecimento espiritual suficiente, divergências e conflitos aconteceram.

O Yin-Yang o princípio Universal da Dualidade, opostos que se atraem e se completam e assim CRIAM.

Permitam-me explicar-lhes:

Os Répteis se sentiram ameaçados quando perceberam que os Humanos estavam saindo de Avyon. O que aconteceria se os Humanos assumissem o comando da galáxia inteira? Onde eles, os Répteis, viveriam? Na mente deles este esforço pioneiro tinha que ser bloqueado. No princípio não havia uma confrontação direta entre os Répteis e os Humanos. Esta não era a maneira Réptil usual de agir.

Ao invés disso, os Répteis fizeram a coisa que mais sabiam fazer: começaram a se infiltrar na colônia e semear a discórdia entre as pessoas, enquanto, ao mesmo tempo, cortejavam a amizade e a confiança dos Humanos, oferecendo lhes a sua tecnologia. Isto criou uma divisão entre aqueles que queriam evoluir espiritualmente e aqueles que queriam evoluir tecnologicamente. (Algo semelhante esta acontecendo em nosso planeta Terra hoje, nos dias atuais)

A discórdia continuou a crescer, até chegar ao nível da guerra civil, momento em que os Répteis saltaram para o lado dos colonos masculinamente propensos, e o resultado foi a quase destruição da colônia e do planeta. Se vocês olharem em seus livros de história, encontrarão evidências da influência e táticas reptilianas nas guerras e disputas em seu planeta – primeiro, semeando grãos de discórdia e depois, tomando partido que conduz à destruição

Depois da quase destruição da colônia de Avalon, os Construtores decidiram mover os Humanos para Sírius B, para continuar trabalhando na integração das polaridades masculino/feminino, mas desta vez sem a interferência dos Répteis. Este plano teve um sucesso parcial.

O que aconteceu foi uma maior divisão entre os, agora, Humanos Sirianos (o nome deles foi mudado de Humanos Lyrianos para Humanos Sirianos). Um grupo humano não-fisico, os Sirianos Etéricos evoluídos, dedicou-se à busca do conhecimento espiritual e cura, acentuando a polaridade feminina e o modo de vida Lyriano. O líder deste grupo não foi outro, senão Amelius (um aspecto de Jesus/Sananda).

O restante dos Humanos Sirianos escolheu permanecer em um estado físico, masculino polarizados – os Sirianos Físicos. Uma vez mais os Construtores e as Hierarquias Espirituais sentiram a necessidade de mover ambos os grupos de Humanos para novos locais para que pudessem continuar trabalhando na integração das polaridades. Desta vez, os planetas escolhidos foram Aln na Constelação de Órion, e Tiamat/Terra.

Considerando que os Sirianos Físicos estavam masculino-polarizados, eles foram enviados para Aln, a casa dos Répteis, para estabelecer uma nova colônia, praticamente no quintal Reptiliano. Este grupo se tornou os Humanos de Órion.

Esperava-se que esta mudança os permitisse entender melhor a si mesmos e à polaridade masculina deles, estando no mesmo planeta com os Répteis. Mas isto não deixou os Répteis muito felizes, e não demorou muito para as batalhas começarem, e a colônia de Aeonian quase foi destruída. Os colonos Humanos foram transformados em escravos pelos Répteis. Finalmente a colônia Alniana foi reconstruída e o drama da integração das polaridades continuou, mas agora havia um novo jogador no jogo: A Liga Negra.

watchers-réptil

A LIGA NEGRAA Liga Negra começou como um pequeno grupo de Humanos de Órion que formaram uma Liga de oposição ao abuso de poder dos Répteis que os haviam escravizado. Mais tarde um grupo da Liga Negra escaparia de Órion e viajaria para Tiamat/Terra, em busca de um novo começo (n.t. estes seres entraram em contato com os nazistas alemães em 1938 e lhes transferiram parte de sua tecnologia.

Ver mais em

  1. http://thoth3126.com.br/operacao-highjump-conexao-ufo-dos-nazistas-na-antartica/
  2. http://thoth3126.com.br/sociedades-secretas/ 
  3. http://thoth3126.com.br/nazismo-os-arquivos-secretos-da-waffen-ss/.

Os Sirianos Etéricos de Sírius B, liderados por Amelius, declararam Tiamat, Terra como seu novo lar. Os Sirianos Etéricos precisariam conseqüentemente tornarem-se fisicalizados novamente, para cumprir as responsabilidades para com uma raça guardiã do planeta. Assim, os Felinos semearam o planeta para suprir esta necessidade.

Quando os Sirianos Etéricos chegaram, eles encontraram a nova raça guardiã do planeta na fase aquática. O Sirianos Etéricos assumiram o papel de guardiães para esta nova raça e amorosamente protegeram seus futuros veículos físicos, atendendo as necessidades espirituais e físicas deles. A vida transcorria conforme planejada, até que um grupo de Sirianos Etéricos começou a “passar o tempo” em corpos de animais no planeta. Depois de um tempo, isto se tornou uma real preocupação para os Sirianos Etéricos restantes. Eles estavam bem cientes que “o pensamento se torna realidade”, e se seus irmãos e irmãs continuassem a passar muito tempo nesses corpos, eles esqueceriam que eram etéricos e ficariam grudados ao corpo daqueles seres.

A espécie Humana na Terra experimentou esta mesma situação. Os seres humanos esqueceram que são almas em corpos físicos. Em vez disso, acreditaram e a maioria ainda acredita que são corpos físicos com almas. Foi isto que ocorreu com os Sirianos Etéricos. Devido à Lei Cósmica do Livre-Arbítrio, os restantes dos Sirianos Etéricos não podiam impedir, interferir nesta escolha de seus irmãos e irmãs.

Assim, um plano foi feito para corrigir a situação. Uma porção dos Sirianos Etéricos se tornaria os Sirianos Crísticos e criaria o Ofício do Cristo. Ele seria ligado à Hierarquia Espiritual Planetária e supervisionaria a operação de resgate de seus irmãos e irmãs que estavam em corpos animais (Sirianos Terrestres). Este plano, como a maioria dos planos galácticos, levaria muitos milhões de anos para se completar.

Agora, de volta aos RépteisOs Répteis ouviram certos rumores galácticos de que um novo planeta estava pronto para sustentar Vida. Como eles acreditavam que era seu direito, partiram para Tiamat/Terra para colonizá-lo. Quando eles chegaram, encontraram a civilização de primatas humanos evoluindo sob a guarda dos Sirianos Etéricos. Os Construtores permitiram aos Répteis colonizarem  Tiamat/Terra  porque eles sentiam que esta nova tentativa de integração das polaridades provavelmente seria bem-sucedida. Os Sirianos Etéricos começaram a enviar energia positiva para aos Répteis, na esperança de amansá-los e ajudá-los a se libertar das lendas referentes à criação deles. Se isto acontecesse, os Répteis poderiam trabalhar e viver em harmonia com a raça dos primatas.

Durante algum tempo isto aconteceu. Logo após a chegada dos Répteis, Amelius pediu para que Devin deixasse a casa dele em Avyon Lyra e viesse para  Tiamat/Terra contribuir com o DNA para aprimorar os primatas para o nível humano. A Linhagem Real Amelius era a única descendência humana pura no universo. Assim, teve que ser mantida separada para assegurar sua pureza para futuros aperfeiçoamentos do DNA. Este aprimoramento tornou, os agora Humanos, mais parecidos com os Répteis. Embora eles ainda não fossem tão tecnologicamente avançados, eles eram mais evoluídos espiritualmente, e maturidade espiritual por parte de pelo menos uma raça é uma necessidade para que a integração das polaridades possa ocorrer.

A Linhagem de AmeliusA Casa Real de Avyon: Amelius foi a primeira alma a encarnar no corpo do primeiro veículo físico humano em Avyon. Amelius estabeleceu uma linhagem em Avyon, da mesma  forma que seus descendentes, Devin e depois Abraão, estabeleceram linhagens no planeta Avyon Pleiadiano e na Terra. Amelius sustentou o acordo inicial que fez entre sua sobre-alma Sananda e os outros oito Construtores. Ele manteve uma linhagem e DNA puros para o protótipo humano criado à imagem dos Felinos:alto, cabelos louros prateados, olhos azuis, e pele branca.

Depois que Devin e sua família completaram suas tarefas em  Tiamat/Terra, eles foram para as Plêiades para lá estabelecer a Linhagem de Amelius. Escolheram um planeta para colonização e o nomearam Avyon, que é a 7ª irmã perdida das Plêiades depois do seu planeta de origem na constelação de Lyra. Assim como os descendentes de Abraão determinaram que a terra de Canaã seria o novo lar deles, Devin havia determinado as Plêiades como sua nova morada.  

Devin e a sua família ampliada, mais uma vez sustentaram a promessa de manter uma pura descendência genética, e assim eles casaram entre si. Eles também polarizaram para o lado feminino. Depois de muitas gerações eles ficaram estagnados, tendo reprimido o lado masculino deles. Esta estagnação foi pré-planejada pelos Construtores e Criadores de Jogos, quando eles iniciaram o desenvolvimento do Jogo para o universo.

Para dar um primeiro salto na estagnação espiritual deles, os Avyonianos passariam para o próximo passo no Jogo Universal da Integração das Polaridades: a destruição de Avyon pelos Répteis masculino-polarizados. Esta destruição criaria um bloqueio emocional tão grande no psiquismo dos Avyonianos, através dos Répteis, que isto levaria milhões e milhões de anos para ser integrado. Isto garantiria a prorrogação do jogo de integração das polaridades por um longo tempo. Este bloqueio Avyoniano seria transferido para a Terra através da Casa Real de Avyon, em Nibiru. A dissolução deste gigantesco bloqueio através da integração mudaria a Terra para o 5º nível dimensional nos anos finais do Jogo.

Mais sobre isto em uma futura publicação. (livro 2)

Após a destruição de Avyon, a Linhagem de Amelius foi transferida para Nibiru. Isto foi feito levando uma filha da Casa de Avyon para outro planeta Pleiadiano, para se casar exatamente antes da destruição de Avyon. A criança nascida daquela união foi Niestda, o futuro primeiro governador-comandante de Nibiru. Dezessete gerações mais tarde eu, Anu, me tornei o governador-comandante de Nibiru. Eu transferi a Linhagem de Amelius para a Terra através de uma criança minha. A Linhagem de Amelius também foi transferida para a Terra através do próprio Amelius, encarnando como Adapa (o Adão). Entretanto esta não era uma descendência pura, pois Adão levava os genes de todas as quatro raças raízes universais.

As duas Linhagens de Amelius fundiram-se na Real Linhagem Sacerdotal da Suméria. Isto aconteceu através do envolvimento (acasalamento) de meus membros familiares com a Linhagem de Adão através de Seth, o terceiro filho de Adão. Terah, o pai de Abrahão, nasceu desta linhagem real de Reis-Sacerdotes. A Casa Real de Judah e David foi um prolongamento desta mesma linhagem, através do bisneto de Abrahão, Judah, um dos doze filhos de Jacó. De fato, toda a humanidade viva hoje no planeta é descendente de uma ou de ambas as Linhagens de Amelius.

Dracoconstelation

Constelação do Dragão (Draco) e sua principal estrela, Thuban (mencionada na Bíblia várias vezes como Tubal), origem de uma raça reptiliana que esta na Terra.

Agora, de volta para a Terra: Os Humanos e os Répteis viveram em relativa harmonia por algum tempo. As Serpentes Reptilianas se assentaram de um lado dos Humanos e os Dragões Reptilianos povoaram de outro. Os Humanos possuíam a arte da agricultura e cultivo animal. Eles começaram a produzir uma quantidade excessiva de alimentos, que deram aos seus vizinhos Répteis. Isto até que contribuiu para que as relações se tornassem mais harmoniosas entre as duas raças. Não demorou muito e logo os boatos galácticos e universais começaram a espalhar a novidade. Os Construtores, a Hierarquia Espiritual planetária e os Sirianos Etéricos, estavam próximos aos humanos e répteis, com satisfação. Parecia que a integração das polaridades estava perto de acontecer.

Mas, essas esperanças foram por água abaixo quando um grupo de membros Reptilianos do Conselho de ÓRION  em Tiamat para investigar. Eles tinham ouvido as notícias sobre esta maneira harmoniosa de viver e não estavam satisfeitos, pois isso era uma clara transgressão da lenda da criação deles – o mito da criação reptiliana, que dizia que “onde houvesse um planeta habitável era direito deles colonizarem e destruírem qualquer raça que ali existisse. Os Humanos deveriam ter sido destruídos. Eles falaram insistentemente com o governante da família dos Répteis, mas não conseguiram mudar a mente deles. Assim, decidiram fazer a “coisa habitual” reptiliana: Começaram a disseminar sementes de desconfiança entre os Répteis. Começaram a falar para eles que os Humanos estavam secretamente planejando destruí-los para ficar com Tiamat para si. Isto exigiu do Conselho de Órion cerca de 10.000 anos até a concretização do plano.

O povo da Liga Negra de Órion, que tinha chegado em Tiamat/Terra logo após os Répteis, não teve interesse em apoiar. Eles incitaram os Humanos. A Liga Negra não confiava nos Répteis e ficaria feliz em vê-los destruídos. Rapidamente as duas raças chegaram a um ponto de crise. Os Répteis concordaram em destruir os Humanos através de uma guerra bacteriológica. Os Humanos buscaram a ajuda de seus parentes, os Avyonianos Pleiadianos, junto com os Etéricos Sirianos e outros. Um plano foi feito. Os Humanos deixariam Tiamat/Terra e mudariam para a nave espacial Pégasus, para continuar sua evolução.

Um draconiano

Os Sirianos Etéricos que não se tornaram Sirianos Terrestres (em corpos animais) passariam por mutação, tornando-se mamíferos aquáticos (baleias e golfinhos) e voltariam ao planeta para manter a biosfera, até que seus irmãos e irmãs, os Sirianos Terrestres, pudessem mais uma vez construir uma nova raça de veículos humanos para os Sirianos Etéricos usarem para cumprir seus deveres de guardiões da Terra.  Nibiru seria enviado para destruir as colônias Reptilianas, implodindo os geradores de fusão localizados no meio da fortaleza Humana (Tiamat).

Os geradores de fusão mantinham os campos de força magnéticos e elétricos de Tiamat. Uma vez os geradores de fusão fossem destruídos, Tiamat ficaria sem vida e 98% das civilizações dos Répteis seriam destruídas. Os “mutantes” que eram parte Sirianos Etéricos e parte animal também seriam destruídos, libertando assim as almas dos Sirianos Etéricos que os habitavam. Mas eles, como os Répteis, não seriam totalmente destruídos. Uma pequena porção deles sobreviveria, passando a viver nos subterrâneos.

É dito que velhos hábitos dificilmente morrem, e este foi o caso dos Sirianos Etéricos – eles voltariam à nova Terra e continuariam no ciclo encarnacional dos animais. A destruição de Tiamat foi minha primeira missão como o novo governador /comandante de Nibiru. Fui guiado pelo Conselho Nibiruano da Federação Galáctica nesta missão.

Sobre seres reptilianos vivendo em subterrâneos na Terra ver mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/reptilianos-do-interior-da-terra-os-arquivos-lacerta-parte-i/
  2. http://thoth3126.com.br/reptilianos-do-interior-da-terra-os-arquivos-lacerta-parte-ii-2/
  3. http://thoth3126.com.br/reptilianos-do-interior-da-terra-os-arquivos-lacerta-parte-3/
  4. http://thoth3126.com.br/reptilianos-do-interior-da-terra-os-arquivos-lacerta-parte-4-final/
  5. http://thoth3126.com.br/os-zulus-e-os-reptilianos-credo-mutwa/
  6. http://thoth3126.com.br/reptilianos-mais-informacoes/
  7. http://thoth3126.com.br/a-historia-secreta-do-planeta-terra/
  8. http://thoth3126.com.br/dulce-book-conexao-draconiana-reptiliana-capitulo-13/
  9. http://thoth3126.com.br/reptilianos-do-sistema-estelar-de-draco/

Eu gostaria de chamar a atenção novamente e falar um pouco sobre a FEDERAÇÃO GALÁCTICA em uma próxima mensagem… Postado em Março 2014.

Acima, a Pirâmide de Quéops no Egito esta perfeitamente alinhada com as estrelas e constelações até aqui mencionadas nessa canalização, seria apenas COINCIDÊNCIA?? As três pirâmides em Gizé estão ainda alinhadas com o cinturão de ÓRION, as estrelas, Mintaka, Alnilan e Alnitak, CONHECIDAS NO BRASIL COMO AS TRÊS MARIAS.

MUITO Mais sobre NIBIRU e os Annunaki:

  1. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-livro-perdido-de-enkiea/
  2. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki/
  3. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-atestado/
  4. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-primeira-tabuleta-parte-1/
  5. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-primeira-tabuleta-parte-2-final/
  6. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-segunda-tabuleta/
  7. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-terceira-tabuleta/
  8. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-quarta-tabuleta/
  9. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-quinta-tabuleta/
  10. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-sexta-tabuleta/
  11. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-setima-tabuleta/
  12. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-oitava-tabuleta/

Permitida a reprodução desde que mantido na formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

72 Responses to Nibiru (Annunakis) – Parte II, final

  1. chloe

    If some one desires expert view on the topic of blogging
    and site-building then i suggest him/her to visit this weblog, Keep up the nice work.

  2. bruno

    cara, da onde vc tira esse conhecimento? Qual é a fonte disso? Aonde vc busca todo esse conhecimento? Comecei a ler seu blog hoje.

  3. Francisco

    Pelo visto esses reptilianos criam problemas para os humanos há muitos milênios. Foram criados para isso pois faz parte do jogo das polaridades. Quer dizer então que ser bonzinho, tentar conviver pacificamente com as outras raças (como fazem os humanos), tem o mesmo valor espiritual que ser “mauzinho”, destruir os outros, ser egoísta (como são ops reptilianos)? Mas o destino de todos os espíritos criados não é retornar ao EU primário, também chamado Deus? E os valores bons não tem que sobrepujar os valores maus? Como, então, esses reptilianos poderão chegar ao EU divino, se são essencialmente maus? Sei que o mal também provem de Deus, mas sempre fomos ensinados que o bem deve preponderar. Se ser mau também leva a Deus, então se justifica pegar o caminho mais fácil e não a “porta estreita”. Se os criadores primordiais da raça reptiliana não tivessem incutido a tal lenda do “direito de colonizar e destruir outras raças em todo o universo”, o próprio universo poderia ser diferente, mais justo, mais legal. Infelizmente uma turma de planejadores fez assim e submeteu biliões de anos de evolução do universo a condicional “SE”. Por isso que eu coloco em dúvida se vale a pena ou não “ser” ou ” existir” (não viver, mas existir), e fazer parte desse “tal jogo” muito sem graça.

    • Eder

      Francisco, o pouco que entendo é que o jogo nada mais é do que o catalizador para evolução, e que precisamos de pessoas “mas” para criar a oportunidade de evolução. por exemplo, se você quer evoluir em paciencia, nada melhor do que um pentelho do seu lado.

  4. Adriel

    Me desculpe se não entedi direito, mas se cruzar esse post com a história dos Nefilins/Annunakis como Enki, Elohim, Enlil e Ninti em qual das que eles evoluíram o DNA de primatas e assim criaram os primeiros humanos, pois precisavam de minerais para seu planeta qual seria a linha de tempo correta? muita coisa ai não bateu em minha análise.
    Não me entenda errado, o que mais quero nessa vida e descobrir nossa origem e o porque dessa realidade desprezível que vivemos. O como informação hoje em dia é demais preciso fazer isso.

    • Thoth3126

      O seu foco é equivocado. Antes que o CORPO começasse a ser criado o “verdadeiro homem” já existia, a ALMA. É nesse nível, o da alma, o ser real em cada um, que devemos centrar a nossa atenção, ao invés de focar e priorizar a existência física.A nossa origem é Divina, energia pura,o corpo físico é apenas um campo de expressão.Muita Luz e Paz.

  5. tatiana

    Muito legal, o bom de todas essas leituras é que começo a juntar o quebra cabeça universal.
    Grata.

  6. Fred

    Bela mensagem! Perdoem os reptilianos amigos, eles só estão desempenhado sua função no jogo. Inundem seus corações com amor, e busquem dentro de vocês a verdade. Tudo faz parte de um plano para podermos voltar para casa! Muita Luz e Paz

  7. elizabeth

    Olá, li todo o trabalho de Zecharia Sitchin sobre os sumérios e os anunnakis do geneticista Enki e da sua irmã, para a criação e modificação genética dos humanos na terra e toda a saga da colonização da terra para mineração de ouro de que o planeta Nibiru necessitava para a manutenção de sua atmosfera, enfim… tudo a respeito dos sumérios, egipcios, etc.
    Agora fiquei um pouco confusa com estes outros seres sirianos, pleidianos , repitilianos, e imagino aí , até greis, bem ficou muito confuso mesmo, apesar de todo o conhecimento que adquiri com minhas leituras e investigações, sinto que agora estou perdida, literalmente “boiando” novamente, vc poderia me dar uma luz para fazer a integração de todo que li e estudei, com esse novos seres que vc esta descrevendo e qual o papel deles na saga da colonização da terra pelos anunnakis??? Desculpe a ignorância…, estou tentando assimilar e juntar tudo, para poder entender melhor , mas não estou conseguindo…

    • Thoth3126

      Olá Elizabeth, envie um e-mail para nosso endereço nos falando sobre o que voce já leu sobre as demais raças extraterrestres, além de Nibiru. Muita Luz e Paz.

  8. João Almeida

    O quebra cabeça é muito mais complexo do que o imaginário. Subentende-se que, o mundo Cosmo para que se constitui em equilíbrio é necessário a existência e o balanceamento do Bem e o Mal presente. Em outras palavras é como a propriedade do átomo constituído de energias de elétrons, prótons e nêutrons a constituição Universal de energia e vida do Cosmo.

  9. Celso de Oliveira

    Nós não estamos só no universo,sempre acreditei em extraterrestres desde criança

  10. Celso de Oliveira Jr

    Tomara que um dia a raça humana tenha contato com os seres pleyadianos e outros seres da confederação galáctica

  11. Gabriel

    Oi thoth, você que uma pessoa informada poderia me dizer em que ano nibiru ira passar aqui perto da terra, e se è verdade que nibiru orbita a estrela anã maron

    • Thoth3126

      Olá Gabriel, as duas últimas passagens de Nibiru foram em 3.760 a.C (quando se inicia o calendário Hebreu), em 160 a.C e a próxima será daqui a mais 1.425 anos, ou seja, em torno de 3.440 DC. Muita Luz e Paz.

  12. Erigleyson

    Fascinante…
    Meu lado racional julga ser tudo loucura. Meu lado emocional julga ser tudo verdade.
    De certa forma sei que tudo faz parte do plano maior.
    Acontece que estamos vivendo realmente esse ”jogo” e não sabemos como vai ser o próximo estágio, ou pior ainda, não sabemos e nem lembramos como foram os estágios anteriores para ter ideia de qual fase estamos.
    Quando será o próximo capitulo?

  13. Rodrigo Bicalho

    ..Agora sei por que as Vezes acredito que não sou deste mundo..
    ……Belo post, acompanho o site todos os dias!!!!

  14. Denilson

    Se eu quiser conversar com algum desses seres é possível? Queria dar uma banda em outros planetas conhecer outros povos e ter alguma evolução…

  15. Manoel

    Oi, Gostaria de conversar mais sobre Sirius B, e também sobre a constelação de Lyra…

  16. JOSÉ

    O QUE ESTA ERRADO AQUI? NÃO É DIVINO PROVER O MAL.

  17. IVANILTON MAGELA SAMPAIO

    REALMENTE É UMA LITERATURA FASCINANTE E ESCLARECEDORA. NOS INSTIGA A QUERER SABER SEMPRE MAIS. PORQUE TANTO TEMPO NO ESCURO, NAS INDAGAÇÕES SEM RESPOSTA? O ANSEIO É ENORME EM ABSORVER UM CONHECIMENTO MAIOR.

  18. joaquim

    NA COMPLEXIDADE DA EVOLUÇÃO, ESTES SERES ANIMAIS FORAM OS PRIMEIROS A TESTAR A ACEITAÇÃO,PARA QUE OS HUMANOS TIVESSEM MENOS DIFICULDADE PARA SUA ADAPTAÇÃO, ABRINDO CAMINHOS POR SEREM MAIS FORTE FISICAMENTE COM POUCA EMOÇÃO.
    E ASSIM A RAÇA HUMANA COM SEU VALOR RACIONAL PUDESSE IMPLANTAR O
    SEU DOMÍNIO INTELECTUAL .
    HOJE SEU MAIOR INIMIGO, É ELE PRÓPRIO COM SEUS DESEQUILÍBRIOS RACIONAL.

  19. Ana

    Leio seus posts e muito tem me abertos os olhos. Gratidão.
    Agora fiquei com algumas dúvidas: pq o criador de tudo que há, quis implantar esse jogo que me parece que não saiu como eles, ou eles, ou elas queriam e se Nibiru ainda vai levar mais de 1.400 anos para retornar. Então o que se está vendo por de trás de nosso sol e perto de Saturno?

    • Thoth3126

      Cara Ana, o que esta aparecendo é a rematerialização de um antigo planeta de nosso sistema, trata-se de MALDEK que explodiu cerca de 251 milhões de anos atrás, restando apenas os seus restos que são o Cinturão de Asteroides situado entre Marte e Júpiter, local de sua antiga órbita. Muita Luz e Paz.

  20. jose carlos

    SE MAL PODEMOS NOS ENTENDER AKI NA TERRA , O Q DIRÁ NO UNIVERSO!

  21. Erigleyson

    Seria bom uma continuação cronológica, mesmo que resumida.

  22. Simone Oliveira

    Olá Thoth!
    Porque nunca li em seus posts que Javé não é Deus? E porque nunca citou Melkisedeque? Isto esclareceria várias questões aqui colocadas.
    Grata

  23. José Luiz Vieira

    Ótimo post.Parece que no íntimo já sabia de tudo isso.

  24. Joana

    Nossa, profunda gratidão por compartilhar!!!! Muita coisa que já aconteceu comigo faz mais sentido agora. Obrigada mesmo!!!!

  25. Gogo

    Primeiro, me desculpe se minhas dúvidas soarem como provocações, não é o que desejo.
    Dentro da obra de Zecharia S., os decendentes de Anu vieram, descobriram e criaram uma raça escrava que posteriormente, seria a raça humana que conhecemos hoje.
    Dentro de outras obras, os corpos, assim como a natureza, foram criados em outro plano da existência para depois serem encaixados na terra. Depois disso, sofreram interferência do tempo e de raças alienígenas para chegar onde chegamos hoje.
    Dentro do espiritismo, as almas vieram em diversos períodos de tempo e não transmigram constantemente entre planetas.
    Do que eu aprendi conversando com amigos desencarnados, é que nossas almas realmente tem livre acesso ao planeta que a experiência que desejam melhor se adeque. Também me foi dito que nós, enquanto humanos, fomos realmente criados e inseridos num contexto terreno.

    Somando todo esse conhecimento (vindo de diversos “escribas”, com diversos olhares e significados inerentes à época em que foram produzidos), cheguei à algumas conclusões e minha dúvida é relativa à inserção do homem e de onde saiu o relato de Anu (de qual obra).
    Se pudesse responder principalmente sobre este relato das duas partes, eu gostaria muito de encontrar o livro e ler.

    Não li obras completas muito menos faço parte de segmentos religiosos, por isso peço desculpas novamente se minha pergunta soar desrespeitosa.

    UM abraço.

    • Thoth3126

      Para mais informações a respeito do assunto, por favor acesse o LINK. Boa leitura com muita Luz e Paz.

  26. Rogério oliveira

    Estamos em fechamento de Ciclo, essa roda Cármica está se fechando, temos que nos melhorar moralmente, para que consigamos trabalhar com a energia de 5′ dimensão que se aproxima a passos largos de nós seres humanos, que queremos sair dessa roda cármica ou roda de Sansara, os que não estiveram trabalhando o EU interior, o seu coração, com bons pensamentos e boas atitudes, se libertarem do Ego, que é ILUSÃO. Os que permanecerem com essa frequência ou vibração negativa, será puxado como se disse o Chico Xavier sobre o Planeta Xupão, ou Nibiru, Planeta X, Hercólubus, etc. Será desencarnado e levado pelas vibrações desse Orbe Gigantesco, conhecido também como Higienizador. Estamos por horas e minutos, ainda dá tempo. ACREDITE está muito Próximo! Um abraço fraterno a todos.

  27. Flávio

    Leiam: reversaohumana.com.br

  28. evadayaa

    agora,já não importa mais quem é culpado,todos nós foram enganados! uma coisa é certa existimos!! gratidão, gratidão!! vibrem no amor!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *