browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Corrupção do Brasil exportada: Odebrecht vai delatar presidentes estrangeiros

Posted by on 24/07/2016

CORRUPÇÃO-GOVERNO-POLITICOS-EMPREITEIRASOdebrecht vai delatar presidentes estrangeiros

Em negociação para fazer delação premiada, a Odebrecht se comprometeu a entregar as situações em que pagou propina para conquistar obras no exterior. 

Segundo informações do Globo, a empreiteira vai, inclusive, indicar quem são os políticos estrangeiros que receberam dinheiro ‘por fora’.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Odebrecht vai delatar presidentes estrangeiros que receberam propina da empresa em troca de execução de obras. Cerca de 50 executivos da empreiteira já foram avisados na Odebrecht que poderão ser chamados para corroborar os testemunhos

Por Guilherme Amado – Fonte: http://blogs.oglobo.globo.com

A mega empreiteira Odebrecht se comprometeu na negociação de sua delação a entregar as situações em que pagou propina para conquistar obras no exterior.

Vai, inclusive, dar o nome aos bois, ou seja, quem foram os políticos estrangeiros que receberam por fora.

edificio-odebrecht-saopaulo

Em negociação para fazer delação premiada, a Odebrecht se comprometeu a entregar as situações em que pagou propina para conquistar obras no exterior.

Um integrante da família do presidente do Peru, Ollanta Humala, por exemplo, é citado em uma situação de pagamento de suborno.

A Odebrecht construiu um punhado de hidrelétricas no Peru, além da Rodovia Interoceânica Sul, que liga o país ao Brasil, e o Gasoduto do Sul.

Também será detalhada na próxima fase da delação, de depoimentos, uma situação em que a propina foi negociada diretamente com Ricardo Martinelli, o ex-presidente do Panamá, país onde a Odebrecht tocou, entre outras obras, o metrô da capital e uma hidrelétrica.

Os anexos internacionais da delação da Odebrecht valem ouro para os investigadores da Lava-Jato. Primeiro, porque interessa a eles ter informações para compartilhar com os países que vêm colaborando com o Brasil na operação.

marcelo_odebrecht-lava-jato

Marcelo Odebrecht

E, assim, o Brasil escapa do mico que seria topar uma colaboração premiada fechando os olhos sobre crimes cometidos lá fora.

Mais informações sobre corrupção em:

  1. http://thoth3126.com.br/ouro-do-rio-xingu-no-brasil-vai-para-o-canada/
  2. http://thoth3126.com.br/petrobras-comparado-ao-mensalao-e-pequena-causa/
  3. http://thoth3126.com.br/corrupcao-na-petrobras-usada-para-pagar-dizimo-a-igreja-evangelica/
  4. http://thoth3126.com.br/os-estragos-do-populismo/
  5. http://thoth3126.com.br/brasil-por-que-o-pais-entrou-no-vermelho/
  6. http://thoth3126.com.br/usina-belo-monte-destruicao-na-amazonia-pandora-fica-no-brasil/
  7. http://thoth3126.com.br/o-que-belo-monte-delata-alem-de-150-milhoes-em-propinas/
  8. http://thoth3126.com.br/brasil-passado-a-limpo-operacao-lava-jato-provocara-refundacao-do-sistema-politico/
  9. http://thoth3126.com.br/dilma-e-o-acerto-de-r-12-milhoes-com-marcelo-odebrecht/
  10. http://thoth3126.com.br/ascensao-e-queda-do-pt-lula-denunciado-pela-organizacao-criminosa-da-petrobras/
  11. http://thoth3126.com.br/odebrecht-recupera-dados-com-provas-de-propinas-pagas-a-politicos/

Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

2 Responses to Corrupção do Brasil exportada: Odebrecht vai delatar presidentes estrangeiros

  1. Joaquim Caldas

    O interesse da pátria grande?

  2. Silvio José Benevides e Maia

    Mesma culpabilidade moral, a que existe entre os da terra que traem seu povo para locupletararem-se com a depredação do patrimônio do povo, e os que fora que por ganância e cobiça criminosas se aproveitam dessa falta de vergonha na cara. Estivéssemos num mundo que prestasse, e um órgão de fiscalização internacional traria isso às barras de uma corte internacional, ambos de idoneidade.

    Mas o deles tá guardadinho nos registros siderais, enquanto o padecimento dessas ações nos limpa para o novo ciclo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *