browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Corrupção na FIFA: EUA afirmam que investigação “está só no começo”

Posted by on 28/05/2015

fifa-suiça

EUA afirmam que investigação na Fifa “está só no começo”

Cartolas do futebol mundial sob investigação são acusados de cobrar mais de US$ 150 milhões de dólares em subornos. Fraudes envolvem até a escolha da sede da Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, afirma secretária de Justiça.

Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Os dirigentes da Fifa presos na Suíça usaram seu poder e influência para corromper o futebol mundial, disse a secretária de Justiça dos EUA, Loretta Lynch, em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (27/05), depois da operação policial que resultou na detenção de seis dirigentes da federação e um funcionário da Concafaf.

Fonte: http://dw.de/p/1FXNf – © 2015 Deutsche Welle

Os dirigentes – entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin e o presidente da Concacaf, Jeffrey Webb – são acusados de conspiração para cobrar mais de US$ 150 milhões de dólares em propinas de diretores de marketing de empresas que trabalham com a Fifa. A propina envolvia, por exemplo, a venda de direitos comerciais dos torneios. Se condenados, eles podem pegar até 20 anos de cadeia.

“Eles assumiram o negócio do futebol e o transformaram num negócio criminoso. Eles corromperam o negócio de futebol mundial para servir a seus interesses e enriquecer”, afirmou Lynch, afirmando que as acusações de corrupção envolvem também a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

José Maria Marin

O ex-presidente da CBF José Maria Marin foi preso acusado de corrupção

“Isso foi feito ano após ano, torneio após torneio”, disse a secretária de Justiça. “O Departamento de Justiça está determinado a acabar com a corrupção no mundo do futebol e a levar os criminosos à Justiça”, acrescentou.

Segundo o chefe de investigações sobre evasão fiscal dos EUA, Richard Weber, dezenas de milhões de dólares foram localizados em contas bancárias em Hong Kong, nas Ilhas Cayman e na Suíça. “Era uma Copa do Mundo da fraude. Hoje estamos mostrando a eles o cartão vermelho”, disse. “É um grande dia para a luta global contra a corrupção, lavagem de dinheiro e evasão internacional de divisas.”

Na manhã desta quarta-feira, a polícia suíça prendeu em Zurique, a pedido da Justiça dos EUA, sete dirigentes do futebol mundial, entre eles seis diretamente ligados à Fifa. Todos são da Concacaf ou da Conmebol, responsáveis pelo futebol na América Central e do Norte e na América do Sul, respectivamente.

BRASILIA, BRAZIL - JUNE 15:  FIFA President Sepp Blatter (l) looks on with the President of Brazil Dilma Rousseff prior to the FIFA Confederations Cup Brazil 2013 Group A match between Brazil and Japan at National Stadium on June 15, 2013 in Brasilia, Brazil.  (Photo by Buda Mendes - FIFA/FIFA via Getty Images)

Presidente da FIFA Joseph Blatter e a Presidente Dilma Roussef durante a última Copa do Mundo

Justiça dos EUA indiciou 14 dirigentes

Lynch anunciou que, ao todo, 14 pessoas são acusadas de crimes como corrupção e lavagem de dinheiro. Nove delas são cartolas e outras cinco, diretores de empresas que têm negócios com a Fifa. A secretária de Justiça evitou se pronunciar sobre o presidente da federação, Joseph Blatter, limitando-se a afirmar que não há acusações contra ele.

Entre os acusados estão mais dois brasileiros, além de Marin. Um deles é José Margulies, de 75 anos, principal controlador das empresas Valente e Somerton. O outro é José Hawilla, de 71 anos, proprietário da Traffic Group.

Segundo a Justiça americana, Hawilla se declarou culpado de acusações como fraude e lavagem de dinheiro e concordou em pagar multa de US$ 151 milhões de dólares, dos quais US$ 25 milhões já foram pagos.

Lynch denunciou, entre outros casos envolvidos no escândalo, o processo de escolha da África do Sul para ser a sede da Copa do Mundo de 2010, que, segundo ela, foi corrompido “através de subornos que influenciaram a decisão final”. De acordo com o procurador americano Kelly Currie, a investigação está apenas no início. “Quero deixar bem claro: este é só o começo do nosso esforço, não o final”, ressaltou.

Loretta Lynch-fifa-suiça

Ministra da Justiça dos EUA, Loretta Lynch, fala sobre as acusações contra dirigentes da Fifa

Paralelamente ao processo judicial nos EUA, o Ministério Público da Suíça anunciou nesta quarta-feira ter aberto uma investigação criminal sobre um possível esquema de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo as escolhas das sedes das Copas do Mundo de 2018 (Rússia) e 2022 (Catar).

Embora tenha sido tornada pública apenas agora, a investigação já está em andamento desde o último dia 10 de maio. Os nomes dos investigados não foram divulgados. Documentos e dados armazenados em computadores da Fifa na Suíça foram apreendidos nesta quarta-feira.

SATÃ-300x225

A Fifa disse que a eleição para o novo presidente da instituição, marcada para esta sexta-feira, está confirmada, mesmo com as prisões. Blatter é o favorito para conquistar o seu quinto mandato. A entidade máxima do futebol mundial também descartou repetir os processos de escolha das Copas do Mundo de 2018 e 2022.

MD/dpa/efe/rtr

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes !

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

3 Responses to Corrupção na FIFA: EUA afirmam que investigação “está só no começo”

  1. Fausto AMARAL DE BARROS

    Aqueles senhores impolutos?!!!… Cândidos?!!!… Vítimas das maquiavelices do baixinho marrento?!!!… Mon Dieux! Para onde caminha a humanidade?!…

  2. Manuel

    (Filha chama-lhe pestituta antes que ela te chame!
    Dito popular.)
    (Aqui na América do Norte a corrupção é “legal”)

  3. Gustavo Dias

    Essa fifa é uma vergonha!
    Artigo muito bom! parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *