browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Dilma Roussef decretou o fim do próprio governo

Posted by on 17/03/2016

dilma-marioneteO Fim do “governo” da presidente Dilma?

Estilo centralizador deve sofrer abalo com a entrada de Lula no governo, marcando uma nova etapa da perda de poder político da presidente. Para especialistas, ela pode virar uma mera figura exilada em sua própria administração. A oposição se apressou em criticar a medida, acusando o petista de estar assumindo uma espécie de terceiro mandato às custas de Dilma ou de ter virado um “primeiro-ministro”.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Dilma Roussef decretou o fim do próprio governo

Data 17.03.2016 – Autoria Jean-Philip Struck – Fonte: http://www.dw.com

A nomeação do ex-presidente Lula para a chefia da Casa Civil, marcando sua entrada oficial no governo de Dilma Rousseff, sua protegida política, lança dúvidas sobre o poder que a mandatária vai conservar em sua própria administração.

lula-house-of-cards

“Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!” – Mateus 18:7

Ao comentar a nomeação, Dilma, que sofre um desgaste inédito por causa de escândalos políticos e maus resultados econômicos, afirmou que Lula “terá os poderes necessários para ajudar o Brasil”, sinalizando que espera que ele seja mesmo um superministro e uma pessoa-chave do governo.

A oposição se apressou em criticar a medida, acusando o petista de estar assumindo uma espécie de terceiro mandato às custas de Dilma ou de ter virado um “primeiro-ministro”.

É previsível que o estilo centralizador de Dilma deve sofrer um abalo com a entrada de Lula no governo, marcando uma nova etapa da perda de poder político da presidente, que vinha sofrendo ofensivas de rebeldes da base aliada, da oposição, mas também do próprio PT.

Apesar da influência que o ex-presidente teve sobre o governo nos últimos cinco anos, Dilma nem sempre seguiu as orientações do seu padrinho político, tentando em diversas oportunidades imprimir uma identidade própria na sua administração – embora nem sempre os resultados tenham saído como o esperado.

Dilma-impeachment

Em junho do ano passado, Lula chegou a se queixar em um encontro com religiosos que a sua sucessora “não ouvia seus conselhos”. “Dilma é uma criação de Lula, foi ele que a moldou, que a incentivou e que puxou os votos. No seu primeiro mandato, Dilma se comportou como tal, mas a partir da sua reeleição ele havia conquistado mais autonomia”, afirma o cientista político Ernani Carvalho, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

“Ministro da esperança”

A autonomia de Dilma se manifestou ao longo do seu governo em casos em que a presidente bateu o pé e manteve Aloizio Mercadante na Casa Civil e, sobretudo, José Eduardo Dutra no Ministério da Justiça, dois homens da sua confiança. Tudo isso ocorreu mesmo com as queixas de Lula, da maioria do PT e de setores do PMDB ainda alinhados com o Planalto que pediam a saída dos ministros.

Mas aos poucos, conforme seu poder passou a se esfarelar 2015, Dilma foi cedendo, e seus protegidos começaram a cair um a um, sendo em muitos casos substituídos por lulistas. A partir do final de setembro, a presidente começou a ficar cercada de ministros historicamente mais ligados a Lula: o baiano Jaques Wagner foi para a Casa Civil; Ricardo Berzoini assumiu a articulação política na Secretaria de Governo; e Edinho Silva, que permaneceu entrincheirado na Secretaria de Comunicação Social. Mercadante acabou relegado ao Ministério da Educação.

OPI-002.eps

Mas nada disso deve chegar perto dos efeitos provocados pela entrada oficial de Lula no governo. Com sua influência pessoal combinada ao poder conferido pela pasta da Casa Civil, é e se esperar que os holofotes se virem para o ex-presidente e mentor de Dilma. Lula já chega com o objetivo de promover a reconstrução da base aliada do governo, frear o impeachment e poder para influenciar a política econômica – e tudo isso em meio à sensação de que sua nomeação foi também uma forma de blindá-lo momentaneamente com foro privilegiado e tirá-lo da mira da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba.

O presidente do PT, Rui Falcão, já deu o tom do que se espera de Lula ao chamá-lo de “o ministro da esperança” em sua conta no Twitter. Segundo o o cientista político Ernani Carvalho, o arranjo deve ter consequências negativas para o poder e Dilma, já que Lula deve concentrar todo o poder de interlocução com os partidos aliados, o PT, os presidentes das Casas do Congresso e até mesmo os movimentos sociais, além de aparentemente ter recebido carta branca na economia.

“Não acredito que nem Lula nem Dilma desejavam inicialmente esse arranjo. Na prática, ela impôs uma autotutela, correndo o risco de virar uma mera rainha da Inglaterra, uma figura decorativa”, afirma Carvalho. “Os americanos tem uma expressão para presidente que estão em fim de mandato e não podem mais se reeleger, o lame duck (pato manco). Parece que Dilma resolveu virar um lame duck apenas um ano depois de assumir o seu segundo mandato”, opina.

dilma-lula-13032016-protestos

As últimas manobras do governo estão em franca e aberta oposição à vontade do povo manifestada nos protestos de 13 de março, o maior da história do Brasil.

O cientista político Rodrigo Prando, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, também acredita que a chegada de Lula vai esvaziar o poder de Dilma. “A presidente fez um cálculo político e viu que não tinha a habilidade política para estancar a crise. Com essa nomeação, ela tenta manter o cargo, mas abdicando de exercer o poder que restava. Na prática, ela vai manter a representatividade, mas praticamente vira uma figura exilada em seu próprio governo”, afirma.

“Presidenta, sobe!”

De acordo com a imprensa brasileira, Lula pretende desembarcar no governo levando velhos nomes da sua equipe e exigindo substituições em vários ministérios. Especula-se que Lula tenha ventilado alguns dos antigos ministros o seu governo como Franklin Martins (Comunicação), Celso Amorim (Relações Exteriores), Nelson Jobim (Justiça) e Henrique Meirelles (Banco Central) para que eles voltem aos seus velhos cargos, desalojando outros nomes que haviam sido escolhidos por Dilma.

Também é esperado que Mercadante, figura extremamente próxima da presidente, deixe o governo após ter seu nome envolvido na delação do senador Delcídio Amaral, o que deve deixar a presidente praticamente sem nenhuma pessoa da sua intimidade no núcleo decisório da administração.

sujeira-corrupção-brasil

“Dilma tentou afastar os lulistas do seu governo no início do ano passando, tentando respirar e sair de debaixo da asa do ex-presidente, mas o problema é que ela nunca gostou de fazer costuras e interlocução política, e também não encontrou pessoas capazes de desempenhar essas tarefas. A chegada de Lula e uma equipe completa é mais um indício de que ele vai passar a comandar o Planalto”, afirma Prando.

De acordo com jornal Folha de S.Paulo, uma piada começou a circular entre petistas em Brasília envolvendo a localização do gabinete da Casa Civil, que fica no quarto andar do Palácio do Planalto, acima do gabinete da Presidência, no terceiro. Segundo a piada, quando Lula era presidente e Dilma comandava a Casa Civil, o ex-mandatário costumava ordenar pelo telefone “ministra, desce!”. Agora, a ordem deve passar a ser “presidenta, sobe!”.


  • Na Era do Ouro, as pessoas não estavam conscientes de seus governantes.
  • Na Era de Prata, elas os amavam e cantavam.
  • Na Era de Bronze, elas os temiam.
  • E por fim, na Era do Ferro (a atual), elas os desprezavam.
  • Quando os governantes perdem sua confiança, as pessoas (e Deus) perdem sua fé (e o RESPEITO) nos governantes. –  Retirado do Tao Te Ching

countdown-contagem-regressiva

“De tanto ver triunfar nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”  – (Ruy Barbosa)


Atualização, às 11:50: 

A Justiça Federal do Distrito Federal concedeu 48 horas para o governo se manifestar sobre o processo aberto pelo movimento Pátria Brasil contra a nomeação de Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil. A juíza da 22ª Vara Federal do Distrito Federal, Ivani Silva da Luz, acolheu a denúncia nesta quinta-feira, exigindo uma posição da Advocacia-Geral da União (AGU) e, em seguida, do Ministério Público Federal. Ivani apresentará sua sentença após o prazo e poderá decidir pelo afastamento de Lula do cargo.(Fonte)


Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/planalto-teme-influencia-da-lava-jato-no-impeachment-apos-cervero-citar-dilma/
  2. http://thoth3126.com.br/o-dominio-do-fato-jurisprudencia-pode-prender-lula/
  3. http://thoth3126.com.br/o-limite-do-senador-delcidio-parece-que-foi-atingido/
  4. http://thoth3126.com.br/dilma-e-atingida-em-cheio-com-prisao-do-marqueteiro-joao-santana/
  5. http://thoth3126.com.br/impeachment-de-dilma-reacende/
  6. http://thoth3126.com.br/bomba-senador-delcidio-fez-delacao-premiada-sao-400-paginas/
  7. http://thoth3126.com.br/semana-terrivel-para-governo-federal-tera-impacto-no-processo-de-impeachment-de-dilma/
  8. http://thoth3126.com.br/oas-e-odebrecht-ja-negociam-delacao-premiada/
  9. http://thoth3126.com.br/fim-do-governo-dilma-e-questao-de-tempo/
  10. http://thoth3126.com.br/justica-de-sp-encaminha-denuncia-contra-lula-para-sergio-moro-julgar/
  11. http://thoth3126.com.br/maior-manifestacao-de-todos-os-tempos-joga-dilma-contra-as-cordas/
  12. http://thoth3126.com.br/delacao-premiada-de-delcidio-do-amaral-e-homologada/
  13. http://thoth3126.com.br/a-limpeza-acelera-pgr-pedira-investigacao-de-aecio-mercadante-lula-e-temer/

Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

11 Responses to Dilma Roussef decretou o fim do próprio governo

  1. John Canbrull

    Acompanho voce e nao vejo imparcialidade em suas colocações quanto ao governo de meu país,,
    Vejo uma critica contundente ao um governo eleito democraticamente, onde temos uma intriga politica da parte derrotada, em que o país desde as eleiçoes nao teve um projeto de lei, ou reforma aprovado,,Temos sim patife impedindo nosso progresso, e interesse escusos de mídia tendenciosa a nos atrapalhar..
    Voces que sao de outro pais,,ja olharam para seu proprio pais, e vejo que na America do Norte tem um povo pior que o povo brasileiro,,Pois estao sem referencia, sem principios, sem direção,,estão indo do nada para lugar nenhum, Onde se demonstram uma nação em decadência..onde o Lema maior das campanhas por la e ‘A America como eles chamam os eua, grande novamente” uma coisa e certa nunca mais serão algo assim, pois sempre foram um grande blefe na historia mundial…

    • Thoth3126

      Caro John voce é LIVRE para ver a realidade que melhor lhe aprouver assim como somos livres para publicar o que quisermos. Leia blogs mais de acordo com a seu pensamento sobre imparcialidade. Siga seu caminho com muita Luz e Paz.

    • Ademar Cappelllari

      Analisando o comentário do Sr. John…John John, não é assim pequeno John. Não podemos ver somente o prato que temos na mesa no momento, é preciso ver quantas mesas não tem sequer pratos vazios pequeno John. Wake up pequeno John.

  2. Allan

    Eleito democraticamente!? Será mesmo John? Porque somente aqui existe voto eletrônico? Porque John?

    Eu não sou tão tolerante quanto o Thoth, eu acho que pessoas que nem você, que tem a consciência pequena, é um atraso pra evolução da terra, então acho que pessoas que nem você tem que ser eliminadas da face da terra, que nem erva daninha sabe?! Acho que não né!

  3. Allan

    LIXO se junta fácil com lixo, impressionante!

  4. Ana

    Caro Thoth
    Não concordo com você! Dilma foi escolhida a dedo, pois é extremamente arrogante e incompetente. Um dia o povo brasileiro saberia disso, e gritariam todos juntos : Salve-nos Lula! Lula voltou ao governo para se proteger, e não para governar. Governar, se governa dos bastidores… Estar neste barco afundando, queima a imagem de Lula. Dilma sempre foi um fantoche na mão do verdadeiro presidente do Br, Zé Dirceu. O próprio Lula, apesar de ser extremamente inteligente, nunca teria capacidade para arquitetar sozinho toda essa rede que foi lançada sobre o Br. Penso que o plano original era de Dilma se arrastar até o fim de seu mandato, e quando todos gritassem por Lula, ele apareceria na Tv e pediria desculpas, dizendo que consertaria seu erro em escolher alguém em quem ele confiou tanto, etc, etc, etc, e que agora como presidente, tudo seria novamente maravilhoso…Igual a Maluf e Pita. O que deu errado, é que aos poucos, parece que o Br está deixando de ser o paraíso da impunidade. E vemos o inacreditável! O nosso presidente Dirceu atrás das grades, e Lula questionado juridicamente, procurando abrigo no governo!

    • Thoth3126

      Muito original as suas ideias…Fique em paz com MUITA LUZ.

    • Guga

      Parabéns, Ana. Lógica perfeita! Concordo contigo que foi exatamente isso que aconteceu. A grande incógnita é: o que vem pela frente? Oro todos os dias para que a nossa nação não precise passar por conflitos sociais de grandes proporções, apesar de que tal acontecimento, sem dúvida, nos proporcionaria um “intensivão” de amadurecimento político. Portanto, confiemos na Inteligência Universal e vamos em frente!

  5. Marcos

    Thoth, admiro muito o seu site. Fico chateado por certas colocações nos comentários. Acredito que cada um é livre para ler o que quiser. Se não concorda com a colocação de uma pessoa, abre-se a oportunidade procurar algo que lhe satisfaça.

  6. Alice

    Olá

    Gostei muito do seu comentário no seu conteúdo.

    Beijos!

    Alice shameonyoublogueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *