browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Enorme tempestade submarina, satelite registrou imagem

Posted by on 23/12/2012

Olhar mais atento: Um detalhe da foto mostra o eddy Terra está girando anti-horário - com a água em torno dele se tornar um azul mais profundo quanto mais longe estiver do centro

Satélite Capta Imagem de Enorme Tempestade SUBMARINA registrada ao largo da costa da África do Sul

Um satélite da Nasa capturou imagens desde o espaço de “caírem o queixo” de uma enorme  tempestade submarina em formato de redemoinho no fundo do mar. A massa em espiral como uma roda de água – que mede colossais 93 milhas (cerca de 149 quilômetros) de largura – foi avistada ao largo da costa da África do Sul pelo satélite Terra em dezembro do ano passado. 

http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-2104279/Nasa-satellite-pictures-enormous-90-mile-wide-underwater-storm-.html#ixzz1niQH66KI

Tradução: Thoth3126@gmail.com

Pelo REPÓRTER DO DAILY MAIL.

Um satélite da Nasa capturou imagens desde o espaço de “caírem o queixo” de uma enorme  tempestade submarina em formato de redemoinho no fundo do mar. A massa em espiral como uma roda de água – que mede colossais 93 milhas (cerca de 149 quilômetros) de largura – foi avistada ao largo da costa da África do Sul pelo satélite Terra em 26 de dezembro 2011.  Mas não há necessidade de emitir alerta para o transporte marítimo internacional , ou se preocupar com os pobres peixes que poderiam se encontrar presos em um interminável ciclo na espiral da tempestade – o corpo da água parece que não representa nenhum risco. 

Imagem impressionante: O redemoinho de 90 milhas de largura, avistou ao largo da costa da África do Sul por satélite Terra da NASA, parece mortal, mas é mais provável de criar vida por nutrientes de elevação do fundo do oceano

Imagem impressionante: O redemoinho de 93 milhas de largura (149 quilômetros), foi avistado ao largo da costa da África do Sul pelo satélite Terra da NASA, parece mortal, mas é mais provável estar criando vida pela elevação de nutrientes do fundo do leito do oceano.

Na verdade, é mais provável que essa tempestade submarina esteja criando mais vida por causa da sucção de nutrientes a partir do leito oceânico e os trazendo à superfície.  As tempestades do mar – que são mais conhecidos como vórtices – Forma um bizarro turbilhão em forma de redemoinho em profundidade abaixo da superfície do oceano.

Este redemoinho que gira no sentido anti-horário (interessante) é se pensa para ter se descolado da Corrente das Agulhas, que corre ao longo da costa do sudeste da África e em torno da ponta da África do Sul. 

Olhar mais atento: Um detalhe da foto mostra o eddy Terra está girando anti-horário - com a água em torno dele se tornar um azul mais profundo quanto mais longe estiver do centro

Um olhar mais atento: Um detalhe da foto do Satélite Terra mostra que o redemoinho está girando em sentido anti-horário – com a água em torno dele se tornando em um azul mais profundo quanto mais longe estiver do centro.

As Correntes  marítimas Agulha – também chamados de ‘correntes’ anéis – tendem a estar entre as maiores do mundo, e transportam água quente e salgada do Oceano Índico para o frio Atlântico sul. Esses Redemoinhos podem remover pescados mais jovens da plataforma continental da África, reduzindo o tamanho de captura dos peixes se um deles passar por uma região de pesca.

O bizarro fenômeno foi descoberto quando o satélite Terra da NASA sobrevoou o local tomando imagens de rotina em cor natural  da Terra.

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *