browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Entrevista com um Alienígena – Capítulo Sete

Posted by on 18/11/2016

entrevista-com-extraterrestre-alienLivro “ALIEN INTERVIEW” – Entrevista com um alienígena. Baseado em notas pessoais e transcrição de entrevistas de Matilda O’Donnell MacElroy.

Se você estudou o fenômeno UFO, você já está familiarizado com a infame transmissão de rádio de “Guerra dos Mundos, e a invasão de Marte” de Orson Welles feita em 30 de outubro de 1938. Esta dramatização de rádio fictícia de um invasão da Terra por “extraterrestres” incitou uma histeria mundial sobre OVNIs e aliens um pouco antes da queda do UFO perto de Roswell, NM, no ano de 1947.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Livro “ALIEN INTERVIEW”  (Entrevista com um alienígena)

Fonte: http://www.bibliotecapleyades.net/vida_alien/alieninterview/alieninterview.htm

Capítulo Sete do livro “ALIEN INTERVIEW” – Entrevista com um alienígena – Uma Lição em História Antiga – Chapter Seven – A Lesson In Ancient History

Transcrição oficial da entrevista TOP SECRET – Força Aérea do Exército dos EUA, Base do Exército ROSWELL Airfield, 509  Bomb Group: ASSUNTO ENTREVISTA ALIEN de 25.07. 1947, 1ª Sessão

Capítulo Sete – Uma Lição em História Antiga

“Minha instrução com Airl continuou durante a noite até o amanhecer do dia seguinte. Devo dizer, que eu estava fascinada, cética, chocada, assustada, consternada e desapontada pela lição que Eu estava recebendo da extraterrestre Airl. Eu nunca poderia ter imaginado nada do que ela estava me dizendo – nem mesmo em meus sonhos e pesadelos mais selvagens!

Na tarde seguinte, depois que eu tinha dormido, de banho tomado e alimentada, eu foi informada sobre a minha sessão de entrevista na noite anterior por membros da galeria que gravaram as minhas anotações do que Airl me havia dito. Havia um estenógrafo presente para esta sessão, como de costume, a quem eu interrogava após cada entrevista, e também mais 6 ou 7 homens que pediam esclarecimentos sobre as minhas declarações. Como sempre, havia uma pressão constante aplicada a mim para usar minha influência com Airl para persuadi-la a responder a perguntas específicas solicitadas por membros da galeria. Fiz o meu melhor para tranquilizar a todos que eu daria meus melhores esforços para fazê-lo.

airl-entrevista-alien

Uma provável foto de Airl

No entanto, apenas três coisas aconteceram todos os dias depois: Airl resolutamente recusou-se a responder a quaisquer perguntas que ela sentia tinham sido colocadas por ou sugeridas para mim pelos homens da galeria. Airl continuou a me “instruir” nos assuntos de sua própria escolha. Todas as noites depois da minha entrevista com as instruções de Airl, ela me daria uma nova lista de assuntos sobre o qual ela queria mais informações. Todas as noites eu apresentava esta lista para o pessoal da galeria.

No dia seguinte Airl recebia uma grande pilha de livros, revistas, artigos, e assim por diante. Ela iria estudar tudo isso durante a noite enquanto eu dormia. Este padrão foi repetido todos os dias durante o resto do tempo que passei com ela. O assunto da minha próxima entrevista, ou uma lição, de Airl continuou com uma breve história da Terra, o nosso sistema solar e o espaço próximo, a partir da perspectiva do Domínio “. 

(Transcrição oficial da entrevista) ULTRA SECRETO:

“Antes que você possa entender o assunto sobre história, você deve primeiro entender o assunto sobre o TEMPO. O tempo é simplesmente uma medida arbitrária do movimento dos objetos através do espaço. O espaço não é linear. O espaço é determinado pelo ponto de vista de um IS-BE ao ver um objeto. A distância entre um IS-BE e o objeto que está sendo visto é chamado de “espaço”.

Objetos, ou massas de energia, no espaço não necessariamente se movem de uma forma linear. Nesse universo, os objetos tendem a se mover aleatoriamente ou em uma curva ou padrão cíclico, ou conforme determinado pelas regras acordadas. História não é apenas um registro linear de eventos, como muitos autores de livros de história da Terra consideram, porque não é uma cadeia que pode ser esticada para fora e marcada como uma ferramenta de medição. A história é uma observação subjetiva do movimento de objetos através do espaço, gravado a partir do ponto de vista de um sobrevivente, em vez de daqueles que sucumbiram.

Os eventos ocorrem de forma interativa e ao mesmo tempo, assim como o corpo biológico tem um coração que bombeia o sangue, enquanto que os pulmões fornecem oxigênio às células, que se reproduzem, usando a energia do sol e produtos químicos a partir de plantas, ao mesmo tempo, como o fígado retira resíduos tóxicos a partir do sangue, e elimina-os através da bexiga e dos intestinos.

time-is-over-tempo-acabou

A passagem do tempo é uma ilusão criada pela mente do ser humano.

Todas estas interações são concomitantes e simultâneas. Embora o tempo seja executado consecutivamente, os eventos não acontecem em um fluxo independente, linear. A fim de visualizar e compreender a história ou a realidade do passado, deve-se ver todos os eventos como parte de um todo interativo. O tempo também pode ser sentido como uma vibração que é uniforme em todo o universo físico.

Airl explicou que os seres IS-BEs existem desde antes do início do universo. A razão pela qual eles são chamados de “imortais”, é porque um “espírito” não nasce e não pode morrer, mas existe em uma percepção postulada pessoalmente de “ser – será”. Ela teve o cuidado de explicar que todo o espírito não é o mesmo. Cada um é completamente único na sua identidade, poder, consciência, experiências e capacidades.

A diferença entre um IS-BE como Airl e a maioria dos IS-BEs que habitam corpos na Terra, é que Airl pode entrar e sair do seu “corpo de boneca” à vontade. Ela pode perceber em profundidades seletivas através da matéria. Airl e outros oficiais do Domínio podem se comunicar telepaticamente. Uma vez que um IS-BE não é uma entidade do universo físico não tem localização no espaço ou no tempo. Um IS-BE é, literalmente, “imaterial”. Eles podem se deslocar grandes distâncias do espaço instantaneamente.

Eles podem experimentar sensações, mais intensamente do que um organismo biológico, sem a utilização de mecanismos sensoriais (corpos) físicos. Um IS-BE pode excluir a dor de sua percepção. Airl também pode se lembrar da sua “identidade”, por assim dizer, todo o caminho de volta para as névoas  do tempo, por trilhões de anos! Ela diz que a coleção existente de sóis neste imediações do universo que estão queimando nos últimos 200 trilhões de anos. A idade do universo físico é quase infinitamente velha, mas, provavelmente, pelo menos, de quatro quatrilhões 62 (nota de rodapé) de anos desde seus primórdios.

O tempo é um fator difícil de medir, uma vez que depende da memória subjetiva de IS-BEs e não houve nenhum registro uniforme de eventos durante todo o universo físico desde que ele começou. Tal como na Terra, existem muitos sistemas diferentes de medição de tempo, definidos por várias culturas, que utilizam ciclos de movimento, e os pontos de origem para estabelecer a idade e a duração do “tempo”. 63 (nota de rodapé)

O próprio universo físico é formado a partir da convergência e fusão de muitos outros universos individuais 64 (nota de rodapé), cada um dos quais foram criados por um IS-BE ou grupo de IS-BEs. A colisão desses universos ilusórios misturados se fundiram e foram solidificados para formar um universo mutuamente criado. Porque é acordado que a energia e as formas podem ser criados, mas não destruídos, 65 (nota de rodapé) esse processo criativo continua a formar um universo cada vez maior de proporções físicas quase infinitas.

Antes da formação do universo físico houve um vasto período durante o qual os universos não eram sólidos, mas totalmente ilusórios (sem forma). Você pode dizer que o universo era um universo de ilusões mágicas que foram feitas para aparecer e desaparecer obedecendo à vontade do mago. Em todos os casos, o “mago” foi um ou mais IS-BEs. Muitos IS-BEs na Terra ainda podem recordar imagens vagas desse período. Contos de magia, feitiçaria e encantamento, contos de fadas e mitologia falam de tais coisas, 66 (nota de rodapé), embora em termos muito brutos.

portal-luz-homem

Cada ser IS-BE foi inserido no universo físico, quando ele perdeu o seu próprio universo “de origem”. Ou seja, quando um universo “de origem” de um ser IS-BE foi esmagado pelo universo físico, ou quando um ser  IS-BE se junta com outro IS-BEs para criar ou conquistar o universo físico. Na Terra, a capacidade de determinar quando um IS-BE entrou no universo físico é difícil por duas razões: a memória dos IS-BEs na Terra foram apagadas e a chegada ou invasão dos seres IS-BES do universo físico ocorreu em momentos diferentes, alguns há 60 trilhões de anos atrás, e outros há apenas 3 trilhões de anos. Cada vez em um curto tempo, em alguns milhões de anos, uma área ou planeta será tomado por outro grupo de IS-BEs entrando na área.

Às vezes, eles vão capturar outro seres IS-BEs e usá-los como escravos. 67 (nota de rodapé) Eles serão forçados a habitar corpos para realizar trabalho braçal, ou manual – especialmente mineração de minérios em planetas com gravidade mais pesada, como a Terra atual. Airl diz que ela tem sido um membro da Força Expedicionária do Domínio para mais de 625 milhões de anos, quando ela se tornou um piloto para uma missão de pesquisa biológica que incluiu visitas ocasionais a Terra. Ela pode se lembrar de toda a sua carreira, e por um tempo muito longo antes disso.

Ela me disse que os cientistas da Terra não tem um sistema de medição precisos para medir a idade da matéria. Nossos cientistas assumem que, porque certos tipos de materiais parecem se deteriorar muito rapidamente, tais como a matéria orgânica ou à base de carbono, que existe uma deterioração da matéria. Não é preciso medir a idade de pedra, com base na medição dos fósseis de madeiras ou de ossos fossilizados. Este é um erro fundamental. Factualmente, a matéria não se deteriora. Ele não pode ser destruída. A matéria pode ser alterada na sua forma, mas nunca é realmente destruída.

etserpo-grey

O Domínio tem realizado um levantamento periódico das galáxias neste setor do universo, uma vez que desenvolveram tecnologias para viagens espaciais cerca de 80 trilhões de anos passados. Uma revisão das mudanças na aparência da Terra revelam que as Cordilheiras sobem e descem, a localização de continentes mudam, os pólos do planeta se alternam, calotas de gelo vêm e vão, oceanos aparecem e desaparecem, rios, vales e canyons mudam. Em todos os casos, o assunto é o mesmo. É sempre a mesma coisa. Cada forma e substância é feita do mesmo material de base, que nunca se deteriora.

(Nota pessoal Matilda O’Donnell MacElroy): “Eu não posso sequer começar a imaginar quão avançada uma civilização pode ter se tornado, tecnica e mentalmente, depois de trilhões de anos! Basta pensar em quão avançado nosso próprio país (os EUA) tornou-se, em comparação com apenas 150 anos passados. Somente há poucas gerações o transporte era feito a pé, a cavalo ou de barco, a leitura era  feita à luz de velas à noite, aquecer e cozinhar eram feitas sobre uma lareira, e não havia qualquer água encanada! “

(Transcrição oficial da entrevista): “Airl descreveu as habilidades de um oficial IS-BE do Domínio para mim, e ela demonstrou para mim quando ela contatou – telepaticamente – um oficial de comunicações do Domínio que está estacionado numa Base do Domínio localizada no Cinturão de Asteroides 68 (nota de rodapé). O cinturão é composto por milhões de pedaços quebrados de um planeta que explodiu (MALDEK) que existia entre a órbita de Marte e Júpiter. Ele serve como uma bom ponto de salto e entrada de baixa gravidade  para naves espaciais viajando vindo através do centro da nossa galáxia.

Ela solicitou para este oficial IS-BE consultar informações armazenadas nos “arquivos” do Domínio, a respeito da história da Terra. Ela pediu ao oficial de comunicações para “alimentar” esta informação para Airl. O oficial de comunicações deu imediato cumprimento da solicitação. Com base nas informações armazenadas nos arquivos do Domínio, Airl foi capaz de me dar uma breve descrição ou uma “lição de história” real da Terra. Isto foi o que Airl me disse que o Domínio tinha observado sobre a história da Terra:

Ela me disse que a Força Expedicionária do Domínio entrou pela primeira vez na Via Láctea muito recentemente – apenas cerca de 10.000 anos atrás. Sua primeira ação foi conquistar os planetas pertencentes  ao “Antigo Império” (este não é o nome oficial, mas um apelido dado à civilização conquistada pelas forças do Domínio), que serviu como sede do governo central para esta galáxia, e outras regiões adjacentes do espaço. Estes planetas estão localizados nos sistemas de estrelas na cauda da constelação de Ursa Maior. 69 (nota de rodapé) Ela não mencionou quais estrelas, exatamente.

ufo-frota-orbita-terra

Cerca de 1.500 anos mais tarde O Domínio (The Domain no original em Inglês) começou as bases de instalação para as suas próprias forças, no caminho da invasão que leva em direção ao centro dessa galáxia e além. Cerca de 8.200 anos atrás As forças do Domínio montou uma base em terra altas nas montanhas do Himalaia, perto da fronteira do Paquistão moderno e do Afeganistão. Esta foi uma base para um batalhão da Força Expedicionária de Domínio, que incluía cerca de 3.000 membros.

Eles montaram uma base sob ou dentro do topo de uma montanha. O topo da montanha foi perfurado e fizeram-no oco para criar uma área grande o suficiente para abrigar as espaçonaves e pessoal da Força Expedicionária. Uma ilusão eletrônica do topo da montanha foi então criada para esconder a base projetando uma imagem falsa de dentro da montanha contra uma “tela de energia”.

As espaçonaves então poderiam entrar e sair através da tela de força, mas permanecem invisíveis para a visão do homo sapiens. Pouco tempo depois de eles lá se estabeleceram a base foi surpreendida por um ataque de um remanescente das forças militares do “Antigo Império”. Sem o conhecimento do Domínio, uma base escondida, subterrânea em Marte, operada pelo “Antigo Império”, já existia há muito tempo. A base do Domínio foi dizimada por um ataque militar enviada da base de Marte e a Força Expedicionária de IS-BEs do Domínio foram capturados.

Você pode imaginar que o Domínio ficou muito aborrecido com a perda de uma força tão grande de oficiais e tripulação, assim enviou outras tripulações à Terra para procurá-los. Essas equipes também foram atacadas. As  das forças do Domínio IS-BEs capturadas foram tratados da mesma forma como todos os outros IS-BEs que foram enviados para a Terra. A eles foram dadas amnésia, tiveram suas memórias substituídas com falsas imagens e comandos hipnóticos e enviados à Terra para habitar corpos biológicos HUMANOS. Eles ainda são uma parte da população humana de hoje.

Após uma investigação muito persistente e extensa na perda de suas tripulações, o Domínio descobriu que o “Antigo Império” vinha operando uma base muito ampla e muito cuidadosamente escondida, das operações nesta parte da galáxia por milhões de anos. Ninguém sabe exatamente por quanto tempo. Eventualmente, as espaçonaves do “Antigo Império” e as forças militares do Domínio se envolviam uns aos outros em combate aberto no espaço do sistema solar.

De acordo com Airl, houve uma batalha entre o “Antigo Império” e as forças do Domínio em cerca de 1.235 d.C., quando as forças de Domínio finalmente destruíram a última espaçonave do “Antigo Império” nesta área. A Força Expedicionária do Domínio perdeu muitos de suas próprias espaçonaves nesta luta durante esse tempo também. Cerca de 1.000 anos mais tarde a base do “Antigo Império” foi descoberta por acaso, na primavera de 1.914 A.D. A descoberta foi feita quando o corpo do arquiduque da Áustria, 70 (nota de rodapé) foi “tomado” (walk-in) por um oficial da Força Expedicionária do Domínio. Este oficial, que estava estacionado no cinturão de asteroides, foi enviado à Terra em uma missão de rotina para reunir reconhecimento.

ursamaior

O objetivo deste oficial “assumir” o corpo era usa-lo como um “disfarce”, através do qual se infiltraria na sociedade humana, a fim de reunir informações sobre os eventos atuais na Terra. O oficial, como um IS-BE, tendo maior poder do que o ser (alma) original que habita o corpo do arquiduque, simplesmente o “empurrou” para fora e assumiu o controle do corpo. No entanto, este oficial não percebeu o quanto a dinastia dos Habsburgos eram odiados pelas facções brigando no país austríaco, por isso ele foi pego de surpresa quando o corpo do arquiduque foi assassinado por um estudante bósnio. O oficial, ou IS-BE, foi de repente “nocauteado” do corpo quando foi baleado pelo assassino. Desorientado, o IS-BE inadvertidamente penetrou uma das “telas de força de amnésia” e foi capturado.

Eventualmente o Domínio descobriu que uma grande área do espaço é monitorada por um “campo de força eletrônico” 71 (nota de rodapé) que controla todos os IS-BEs neste final da galáxia, incluindo a Terra. A tela de força (Barreira de Frequência) eletrônica é projetada para detectar seres IS-BEs e impedi-los de saírem da área. Se qualquer IS-BE fizer tentativas de penetrar a tela de força, ele é capturado em uma espécie de “rede eletrônica”. O resultado é que o capturado IS-BE é submetido a um tratamento de “lavagem cerebral” muito grave, que apaga a memória do IS-BE. Este processo utiliza um choque elétrico tremendo, assim como os psiquiatras da Terra usam “terapia de choque elétrico” para apagar a memória e personalidade de um “paciente” e torná-los mais “cooperativos”. 72 (nota de rodapé)

Na Terra esta “terapia” usa apenas algumas centenas de volts de eletricidade. No entanto, a tensão eléctrica 73 (nota de rodapé) utilizados na operação do “Antigo Império” contra os IS-BEs é da ordem de grandeza de milhares de volts! Este choque tremendo limpa completamente toda a memória do IS-BE. O apagamento de memória não é apenas para uma vida ou um corpo. Ele limpa todas as experiências acumuladas de um passado quase infinito, bem como a identidade individual do IS-BE! 

O choque se destina a tornar impossível para os seres IS-BEs se lembrarem de quem são, de onde vieram, o seu conhecimento ou habilidades, a sua memória do passado, e capacidade de funcionar como uma entidade espiritual. Eles estão sobrecarregados para se tornarem uma não-entidade, um ser estúpido, robótico. Após o choque elétrico, uma série de pós sugestões hipnóticas 74 (nota de rodapé) são usadas para instalar memórias falsas, e uma orientação temporal falsa em cada IS-BE. Isto inclui o comando de “retorno” para a base, após o corpo morrer, de modo que o mesmo tipo de choque e hipnose possa ser feito, novamente, e novamente, de novo – sempre. O comando hipnótico também informa o “paciente” para esquecer de se lembrar.

O Domínio aprendeu com a experiência deste oficial IS-BE que o “Antigo Império” tem estado usando a Terra como um “planeta-prisão” por um tempo muito longo – exatamente quanto tempo isso é desconhecido – talvez milhões de anos. Assim, quando o corpo do IS-BE morre eles afastam-se do corpo. Eles são detectados pela “tela de força”, eles são capturados e “ordenados” pelo comando hipnótico de “voltar para a luz”. A ideia de “céu” e “vida após a morte” fazem parte da sugestão hipnótica – uma parte da traição que faz todo o mecanismo de trabalho (leia The Invisible College – War in Heaven – A Completely New And Revolutionary Conception of The Nature of Spiritual Reality“).

Após o IS-BE sofrer o choque e ser hipnotizado para apagar a memória da vida que viveu, o IS-BE é imediatamente “ordenado”, hipnoticamente, voltar à (encarnar) Terra, como se eles estivessem em uma missão secreta, a habitar um novo corpo. A cada IS-BE é dito que eles têm um propósito especial para estar na Terra. Mas, é claro que não há propósito para estar em uma prisão – pelo menos não para o prisioneiro. Qualquer IS-BEs indesejáveis que estão condenados à Terra foram classificados como “intocáveisl” 75 (nota de rodapé) pelo “Antigo Império”.

roswell-ufo-crashed

Foto do que seriam os destroços da espaçonave recuperada próxima à Roswell, com um dos corpos alienígenas, já morto, embaixo e à direita da foto, com um ferimento na coxa direita e embaixo do braço direito, ambos ferimentos também aparecem na foto menor do corpo do alienígena.

Isto incluiu qualquer um que o “Antigo Império” considerasse criminosos que são demasiado cruéis para serem reformados ou subjugados, assim como outros criminosos, como pervertidos sexuais, ou seres que não estão dispostos a fazer qualquer trabalho produtivo. Uma classificação “intocável” dos IS-BEs também inclui uma ampla variedade de “presos políticos” 76 (nota de rodapé). Isso inclui IS-BEs que são considerados incompatíveis “livres pensadores” ou “revolucionários” que causam problemas para os governos dos vários planetas do “Antigo Império”.

Claro, qualquer pessoa com um registro militar anterior contra o “Antigo Império” também é enviado para a Terra. A lista dos “intocáveis” incluem artistas, pintores, cantores, músicos, escritores, atores e artistas de todo tipo. Por esta razão a Terra tem mais artistas per capita do que qualquer outro planeta do “Antigo Império”. Os “Intocáveis” também incluem intelectuais, inventores e gênios em quase todos os campos. Uma vez que tudo que o “Antigo Império” considera valioso tem sido desde há muito inventado ou criado ao longo dos últimos trilhões de anos, eles não têm mais uso para tais seres. Isto inclui gestores qualificados, também, que não são necessários em uma sociedade de cidadãos robóticos e obedientes.

Qualquer um que não está disposto ou capaz de submeter-se a servidão política, econômica e religiosa sem sentido como um trabalhador a pagar o imposto no sistema de classe do “Antigo Império” são “intocáveis” e condenados a receber perda de memória e prisão permanente na Terra. O resultado líquido é que um IS-BE é incapaz de escapar porque eles não podem se lembrar de quem são, de onde vieram, onde eles estão. Eles foram hipnotizados a pensar que são alguém, alguma coisa, em algum momento, e em outro lugar diferente de quem eles realmente foram.

O oficial de Domínio que foi “assassinado”, enquanto habitava o corpo do arquiduque da Áustria foi, igualmente, capturado pelas forças do “Antigo Império”. Porque este oficial particular era um alto oficial IS-BE, em comparação com a maioria, ele foi levado para uma base secreta do “Antigo Império” sob a superfície do planeta Marte. Eles o colocaram em uma cela especial de uma prisão eletrônico e o mantiveram ali.

Felizmente, este oficial do Domínio foi capaz de escapar da base subterrânea depois de 27 anos em cativeiro. Quando ele escapou da base do “Antigo Império”, voltou imediatamente para sua própria base no cinturão de asteróides. Seu comandante ordenou que uma espaçonave de batalha classe cruzador fosse enviada 77 (nota de rodapé) para as coordenadas da base, do “Antigo Império” fornecida por este oficial, e destruísse essa base completamente. Esta base do “Antigo Império” foi localizada a poucas centenas de milhas ao norte do equador de Marte na região de Cydonia. 78 (nota de rodapé)

Embora a base militar do “Antigo Império” fosse destruída, infelizmente, grande parte do vasto maquinário das “telas de energia”, máquinas de eletrochoque / amnésia / hipnose para os IS-BEs continuaram a funcionar em outros locais não descobertos até o momento presente pelas forças do Domínio. A principal base ou o controle central para esta operação “prisão de controle da mente” 79 (nota de rodapé) nunca foi encontrada. Assim, as influências dessa base, ou bases, ainda estão em vigor. O Domínio tem observado que as forças espaciais do “Antigo Império” foram destruídas não há ninguém para prevenir ativamente outros sistemas planetários de trazer os seus próprios IS-BEs “intocáveis” para a Terra oriundos de toda a galáxia, e de outras galáxias vizinhas.

ufo-crash

Portanto, a Terra se tornou uma terra de despejo universal para toda esta região do espaço. Isto, em parte, explica a mistura muito incomum de raças, culturas, línguas, códigos morais, influências religiosas e políticas entre a população IS-BE na Terra. O número e a variedade de sociedades heterogêneas na Terra são extremamente incomuns em um planeta normal. A maioria dos planetas  “Sol tipo 12, Classe 7” são habitados por apenas um tipo de corpo humanoide ou raça, se houver.

Além disso, a maioria das antigas civilizações da Terra, e muitos dos eventos do planeta têm sido fortemente influenciados pela operação oculta, hipnótica da base do “Antigo Império”. Até agora, ninguém conseguiu descobrir exatamente onde e como esta operação é executada, ou por quem, porque ela é tão fortemente protegida por telas de energia e armadilhas eletrônicas. Além disso, não houve nenhuma operação realizada para procurar, descobrir e destruir a antiga e vasta rede de máquinas eletrônicas que criam as telas de energia neste final da galáxia.

Até que isso tenha sido feito, não somos capazes de prevenir ou interromper a operação de choque elétrico, hipnose e remoção de pensamento de controle remoto 80 (nota de rodapé) do planeta-prisão do “Antigo Império”, a Terra . É claro que todos os membros da tripulação da Força Expedicionária do Domínio agora se mantem conscientes desse fenômeno em todos os momentos ao operar neste espaço do sistema solar, de modo a evitar a detecção e a captura por armadilhas do “Antigo Império”.

Muito mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua/
  2. http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-misterios-e-controle-alienigena/
  3. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua-ii/
  4. http://thoth3126.com.br/category/serpo-zeta-reticuli/
  5. http://thoth3126.com.br/aliens-eles-estao-entre-nos/
  6. http://thoth3126.com.br/henry-deacon-01/
  7. http://thoth3126.com.br/resumo-do-quadro-geral-do-atual-momento-na-terra/
  8. http://thoth3126.com.br/o-maior-dos-segredos/
  9. http://thoth3126.com.br/henry-deacon-segredos-desvelados-3/
  10. http://thoth3126.com.br/area-51-janet-airlines-uma-misteriosa-companhia-aerea-do-governo-americano/
  11. http://thoth3126.com.br/majestic-12-area-51-aliens-j-rod-greys-ufos-por-dan-burisch-parte-1/
  12. http://thoth3126.com.br/entrevista-com-um-alienigena-introducao/
  13. http://thoth3126.com.br/entrevista-com-um-alienigena-capitulo-um/
  14. http://thoth3126.com.br/entrevista-com-um-alienigena-capitulo-dois/
  15. http://thoth3126.com.br/entrevista-com-um-alienigena-capitulo-tres/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

5 Responses to Entrevista com um Alienígena – Capítulo Sete

  1. Satyaraja

    Impressionante. Muitas coisas ditas por Airl, principalmente no tocante a como o Universo funciona coaduna com o que é descrito no Bhagavata Purana, compilado há cinco mil anos atrás. Porém, apesar de tode seu avanço material, parece que a civilização de Airl não conseguiu realizar o princípio por trás dos seres is be (ser ciente, alma, jiva).

    • Omar

      Olá, tive essa mesma impressão de avanço tecnológico espetacular, avanço mental imenso e o espiritual até certo ponto, talvez em início de uma curva descendente por estar em desalinho com as esferas das hierarquias superiores.

      • Satyaraja

        A prosperidade material exerce fascinio sobre a mente, ocultando o lado espiritual. Por isso Jesus diz que é mais fácil um camelo passar por um buraco de agulha do que um rico ir pro Reino de Deus (Vaikuntha). De que adianta conhecer todo o universo e conhecer nossa constituição original (alma), e não compreender Deus por trás de tudo isso. É mais fácil alcançar Deus, e automaticamente a pessoa conquista toda matéria, do que tentar dominar toda matéria para depois descobrir Deus.

  2. Rudolf Paulus S. Rodrigues

    Denota-se a ausência do Principio divino gerador da Luz O “AMOR”, sem esse principio que é desenvolvido com a convivência e envolvimento de sentimento com a Criação e suas Criaturas , o individuo permanece sem a capacidade de se sentir DIVINO no sentimento ou no intimo , Mesmo se sabendo que é criatura oriunda e Emanante do CRIADOR DE TUDO O QUE HÁ .

  3. Aherretuh

    Primeira vez que eu vejo um relato de um ”extraterrestre” com tanta besteira, desinformação e lixo. Parei de ler no meio. Entrar no corpo de outro e tomar a alma dele..pelamor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *