browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Entrevista com um Alienígena – Capítulo Um

entrevista-com-extraterrestre-alienLivro “ALIEN INTERVIEW” – Entrevista com um alienígena. Baseado em notas pessoais e transcrição de entrevistas de Matilda O’Donnell MacElroy.

Se você estudou o fenômeno UFO, você já está familiarizado com a infame transmissão de rádio de “Guerra dos Mundos, e a invasão de Marte” de Orson Welles feita em 30 de outubro de 1938. Esta dramatização de rádio fictícia de um invasão da Terra por “extraterrestres” incitou uma histeria mundial sobre OVNIs e aliens um pouco antes da queda do UFO perto de Roswell, NM, no ano de 1947.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Livro “ALIEN INTERVIEW”  (Entrevista com um alienígena)

Fonte: http://www.bibliotecapleyades.net/vida_alien/alieninterview/alieninterview.htm

Capítulo Um do livro “ALIEN INTERVIEW”  (Entrevista com um alienígena)-Chapter One My First Interview With The Alien (Capítulo Um, minha primeira entrevista com o Alien)

(BASEADO EM NOTAS PESSOAIS E TRANSCRIÇÃO DE ENTREVISTAS de Matilda O’Donnell MacElroy)

“No momento em que o ser alienígena tinha sido devolvido à base eu já tinha passado várias horas com ela. Como já referi, o Sr. Cavitt me disse para ficar com a extraterrestre, desde que eu era a única pessoa entre nós que poderia compreendê-la e manter comunicação telepaticamente. Eu não pude compreender e entender a minha capacidade de me “comunicar” telepaticamente com o ser extraterrestre. Eu nunca antes havia tido experiencia com comunicação telepática com alguém.

roswell-ufocrash

Foto do que seriam os destroços de um UFO acidentado na região de Roswell

A comunicação não-verbal que eu experimentei era como a compreensão que você pode ter quando uma criança ou um cão está tentando fazer você entender alguma coisa, mas muito, muito mais direta e poderosa! Mesmo que não houvesse falado “palavras”, ou comunicação através de sinais, a intenção dos pensamentos eram inconfundíveis para mim. Percebi mais tarde que, apesar de eu receber o pensamento, eu  necessariamente não interpretava o seu significado exatamente.

Eu acho que o ser alienígena não estava disposto a discutir questões técnicas, devido à natureza da sua posição como um oficial e piloto de espaçonave com o dever de manter a segurança e confidencialidade exigido pela sua própria “unidade” ou organização da sua civilização. Qualquer soldado que é capturado pelo “inimigo” na linha do dever tem a responsabilidade de reter informação vital, mesmo em face de interrogatório ou tortura, é claro. Mas, apesar disso, eu sempre senti que o ser extraterrestre não estava realmente tentando esconder nada de mim. Eu nunca tive esse sentimento. Sua comunicação sempre parecia honesta e sincera para comigo. Mas, eu acho que isso é algo que você nunca pode saber com certeza.

Eu definitivamente sinto que compartilhei um “vínculo” original com o ser alienígena. Era uma espécie de sentimento de “confiança” ou empatia que você tem com um paciente, ou uma criança. Eu acho que isso é porque o ser extraterrestre poderia entender que eu estava realmente interessado nela e não tinha intenção de prejudica-la, nem permitir que qualquer dano acontecesse com ela, se eu pudesse impedi-lo. Isto era verdade também. Refiro-me ao estrangeiro como “ELA”, no feminino.

roswell2

Acima Primeira manchete (08/07/1947) publicada em jornais locais (há exatos 69 anos, em JULHO de 1947) que fala do resgate de um “Flying Saucer”, literalmente UM DISCO VOADOR. Abaixo: Notícia desmentida no dia seguinte pelo exército dos EUA, visando o acobertamento do fato.

Na verdade, o ser não era sexual em qualquer forma, seja fisiologicamente ou psicologicamente. A chamei por “Ela” porque o ser alienígena tinha uma presença e comportamento feminino bastante acentuado. No entanto, em termos de fisiologia, o ser extraterrestre era “assexuado” (não apresentava existência de órgão sexual, nem masculino e nem feminino, se reproduziam por CLONAGEM) pois não apresentva órgãos reprodutivos internos ou externos.

Seu corpo era mais parecido com o corpo de uma “boneca” ou um “robô”. Não apresentava “órgãos” internos, com um corpo que não foi construído de células biológicas. Ele tinha uma espécie de sistema de “circuito” elétrico ou sistema nervoso que percorria por todo o corpo, mas eu não conseguia entender como ele funcionava. Em estatura e na aparência o corpo era bastante curto e pequeno. Cerca de 40 (um metro) polegadas de altura. 

A cabeça era desproporcionalmente grande em relação aos braços, pernas e tronco, que era fino. Havia três “dedos” em cada uma das duas “mãos” e dos “pés” que eram um pouco preênsil (capaz de prender, pegar, segurar; preensor) cabeça não tinha “nariz” operacional, “boca” ou “ouvidos”. Eu entendi que um viajante do espaço não precisaria destes órgãos pois o espaço não tem atmosfera para conduzir o som. Portanto, os órgãos sensoriais relacionados com o som não são construídas no corpo deste ser. Seu corpo aparentemente também não precisa consumir alimentos, e são telepáticos, portanto, justifica a ausência de uma boca.

roswellaliensbodiescloseupsixshown3toes

Cadáveres de aliens recuperados nas cercanias de Roswell com três dedos nos pés …

Os seus olhos eram bastante grandes. Eu nunca fui capaz de determinar o grau exato de acuidade visual de que os olhos eram capazes, mas eu observei que o seu sentido da visão deveria ser extremamente agudo. Eu acho que as lentes dos olhos eram muito escuras e opacas, e que também poderia ser capaz de detectar ondas ou partículas além do espectro de luz visual. Eu suspeito que poderia ter incluído toda a gama do espectro eletromagnético, ou mais, mas eu não sei isso com certeza.

Quando o ser extraterrestre que está sendo interrogado olhava para mim o seu olhar parecia penetrar através de meu corpo, como se ela tivesse “visão de raio-x”. Eu achei um pouco embaraçoso, em primeiro lugar, até que eu percebi que ela não tinha nenhuma conotação sexual. Na verdade, eu acho que ela nunca sequer tivesse o pensamento de que eu era homem ou uma mulher.

Torna-se muito óbvio depois de um curto período de tempo de que o seu corpo não requer oxigênio, alimentos, água ou qualquer outra fonte externa de alimentação ou fonte de energia. como eu aprendi mais tarde, o ser extraterrestre gerava a sua própria “energia”, que animava e operava as funcionalidades de seu corpo. Isto me pareceu muito estranho à princípio, mas eu me acostumei com esse fato. É realmente um corpo muito simples em comparação com os nossos próprios corpos. 

Airl explicou-me que seu corpo não era mecânico, como um robô, nem era biológico, como o nosso. isto é, ele era animado diretamente por ela como um ser espiritual. Tecnicamente, a partir de um ponto de vista médico, eu diria que o corpo de Airl não poderia sequer ser chamado de “vivo”. O seu corpo não é uma forma biológica viva, como nos conhecemos, com células, e assim por diante. 

A alienígena tinha uma pele lisa que era de cor cinza. O seu corpo era altamente tolerante às mudanças de temperatura, condições atmosféricas e de pressão. os braços e pernas eram bastante frágil, sem musculatura. No espaço não há gravidade, e é necessária pouca força muscular. O corpo estava habituado quase que inteiramente em ambientes de viagem no espaço interestelar dentro da espaçonave ou em baixa, ou nenhuma gravidade. Desde que a Terra tem uma pesada gravidade, o seu corpo não era capaz de andar muito bem como suas pernas não estavam realmente adequadas para essa finalidade. No entanto os seus pés e mãos eram bastante flexíveis e ágeis.

roswell-FBI-memorandun

Relatório de agente (Guy Hottel) do FBI sobre a recuperação de 03 (ufos) espaçonaves “circulares” acidentadas e nove seres extraterrestres. Disponível no SITE DO PRÓPRIO FBI, clique para o  LINK E VÁ ATE  A PÁGINA 34

Durante a noite, antes da minha primeira entrevista com o ser extraterrestre, a área da base onde estávamos tinha sido transformada em uma colmeia cheia de frenética atividade. Havia uma dúzia de homens que trabalhavam com a criação de luzes e equipamento de filmagens. A câmera de cinema, microfones e uma gravador estavam lá também montados  na “sala de entrevista”. (Eu não entendo por que um microfone era necessário, já que não a comunicação verbal não era possível com o ser alienígena.) Havia também um estenógrafo e várias pessoas ocupadas digitando relatórios em máquinas de escrever. 

Fui informada de que um intérprete “perito” em linguagem alienígena e uma equipe especializada em “quebra de códigos” havia sido levada para a base durante a noite para ajudar com os meus esforços para me comunicar com o ser extraterrestre. Havia também várias integrantes de um corpo médico – especialistas em vários campos – para examinar o ser alienígena. E um professor de psicologia estava lá para ajudar a formular perguntas e “interpretar” as respostas. Como eu era apenas um enfermeira, eu não era considerada uma intérprete “qualificada”, mesmo que eu fosse a única na base que pudesse entender qualquer coisa que o ser alienígena estivesse pensando!

Houve muitas conversas posteriores entre nós. Cada “entrevista” resultou em um aumento exponencial na compreensão entre nossas diferentes espécies, como discutirei mais tarde nas minhas anotações. Esta é a primeira transcrição com as respostas do ser extraterrestre a uma lista de perguntas fornecida para mim pelo oficial de inteligência na base Roswell Army Air Field, 509th Bomb Groupe que eu ditei para o taquígrafo imediatamente após o “interrogatório”.

(Transcrição oficial da entrevista) – ULTRA SECRETO – Transcrição oficial da Força Aérea do Exército dos EUA Roswell Army Air Field, 509th Bomb Group – ASSUNTO: ENTREVISTA com ALIEN, efetuada em 09/07/1947:

tres-UFOs-terra-Orbita

Pergunta – Você está ferido?
RESPOSTA – Não.

Pergunta – “Que tipo de assistência médica que você necessita?”
RESPOSTA – NENHUMA

Pergunta – “Voce não precisa de comida ou água ou outro suprimento?”
RESPOSTA – NÃO

Pergunta – “Você tem alguma necessidade ambiental especial, como a temperatura do ar, conteúdo químico da atmosfera, pressão do ar ou para eliminação de resíduos? “
RESPOSTA – NÃO. EU NÃO SOU UM SER BIOLÓGICO.

Pergunta – “Será que o seu corpo ou a sua espaçonave transportava qualquer germe (vírus) que possam ser prejudiciais para os seres humanos ou para as outras formas de vida da Terra? “
RESPOSTA – Nenhum germe no espaço.

Pergunta – “O seu governo sabe que você está aqui?”
RESPOSTA – NÃO AGORA

Pergunta – “Outros de sua espécie vão vir à Terra procurando por voce?
RESPOSTA – SIM

ets-ufos-greys

Pergunta – “Qual é a capacidade de armas da sua espécie?”
RESPOSTA – Muito destrutiva.

MacElroy: Eu não compreendi a natureza exata do tipo de armas ou armas que eles possam ter desenvolvido, mas não senti que houvesse qualquer intenção malévola em sua resposta, foi apenas uma declaração do fato.

Pergunta – “Por que sua espaçonave falhou?”
RESPOSTA – Foi atingida por uma descarga elétrica da atmosfera o que nos levou a perder o controle.

Pergunta – “Por que sua nave espacial estava nesta área?”
RESPOSTA – Investigando sobre “nuvens queimando” / radiação / explosões. 29 (nota de rodapé)

Pergunta – “Como é que a sua espaçonave se desloca?”
RESPOSTA – Ela é controlada através da “mente”. A espaçonave responde a “Comandos via pensamento”. 

MacElroy: “Mente” ou “comando via pensamento” são as únicas palavras em Inglês que eu pude pensar para descrever a resposta. Seu corpo mental acho que é diretamente conectado à espaçonave (COMANDO SIMBIÓTICO) alienígena,  através de algum tipo de “sistema nervoso”  elétrico que  eles controlam com seus próprios pensamentos.

Pergunta – “Como é que o seu povo se comunica uns com os outros?”
RESPOSTA – Através da mente / do pensamento. 

MacElroy: As palavras “mente” e “pensamento” combinadas são as palavras em Inglês mais próximas que posso pensar para descrever a ideia neste momento. No entanto, era muito óbvio para mim que eles se comunicam diretamente com a mente, assim como ela está se comunicando comigo na entrevista.

Pergunta – “Você tem uma língua ou símbolos escritos para comunicação? “
RESPOSTA – SIM

ufocerrogordojunho2006

Pergunta – “De que planeta você é?”
RESPONDA – O LAR / O BERÇO DO MUNDO DO DOMÍNIO. 

MacElroy: Desde que eu não sou um astrônomo, eu não tenho nenhuma modo de como pensar em termos de estrelas, galáxias, constelações e direções no espaço interestelar. A impressão que recebi era a de um planeta no centro de um conjunto enorme de galáxias que seria como a “casa”, ou “o berço”.  A palavra “domínio” é a palavra mais próxima que posso pensar para descrever o seu conceito, imagens e pensamentos sobre (o sistema solar) de onde ela veio. Pode ser facilmente chamado como “território” ou “reino”. No entanto, estou certo de que que não era apenas um planeta ou um sistema solar ou um aglomerado de estrelas, mas um enorme número de galáxias!

Pergunta – “Será que o seu governo vai enviar representantes para se encontrar com nossos líderes? 
RESPOSTA – NÃO

Pergunta – “Quais são as suas intenções em relação à Terra?”
RESPOSTA – PRESERVAR / PROTEGER os bens do Domínio

Pergunta – “O que você aprendeu sobre governos e instalações militares da Terra ? “
RESPOSTA – Pobre / Pequeno. DESTROEM o planeta.

Pergunta – “Por que a sua raça não tornou pública a sua existência para o povo da Terra? “
RESPOSTA – Assistimos / observamos. Nenhum contato. 

MacElroy: Eu tenho a impressão de que o contato aberto com os povos em Terra não era permitido, mas eu não conseguia pensar em uma palavra ou ideia para lhe comunicar a impressão que tive. Eles estão apenas nos observando.

alien-entrevista-banner

Pergunta – “SUA ESPÉCIE visitou a Terra anteriormente?”
RESPOSTA – Periodicamente / REPETIÇÃO de observações.

Pergunta – “Há quanto tempo você sabe sobre a Terra?”
RESPOSTA – Muito antes dos humanos. 

MacElroy: Não tenho a certeza se a palavra “pré-histórico” seria mais preciso, mas foi definitivamente um período muito longo de tempo antes de os seres humanos evoluíram.

Pergunta – “O que você sabe sobre a história da atual civilização na Terra? “
RESPOSTA – POUCO  INTERESSE / POUCA ATENÇÃO. POUCO TEMPO  (da nossa) EXISTÊNCIA. 

MacElroy: A resposta a esta pergunta pareceu muito vaga para mim. No entanto, percebi que seu interesse na história da Terra não é muito forte ou que ela não presta muita atenção a nossa história. Ou, talvez, … eu não sei. Eu realmente não obtive uma resposta para essa pergunta.

Pergunta – “Você pode descrever seu mundo natal para nós?”
RESPOSTA – LOCAL COM CIVILIZAÇÃO / CULTURA / HISTÓRIA. UM GRANDE PLANETA. RIQUEZA / RECURSOS SEMPRE. ORDEM. PODER. CONHECIMENTO / SABEDORIA. Duas estrelas-Dois sóis (sistema solar binário). Três luas.

etsdeuses

Pergunta – “Qual é o estado de desenvolvimento da sua civilização?”
RESPOSTA – ANTIGA. Trilhões de anos. SEMPRE. SOBRE TODAS AS OUTRAS. PLANO. CRONOGRAMA. PROGRESSO. GANHOS. METAS ELEVADAS / IDEIAS. 

MacElroy: Eu uso o número “trilhões” porque eu tenho certeza de que o significado é um número maior do que muitos bilhões. A ideia do período de tempo que ela comunicado está além de minha compreensão. É realmente mais perto da ideia de “infinito” em termos de anos terrestres.

Pergunta – “Você acredita em Deus?”
RESPOSTA – NÓS PENSAMOS. ISTO É. FAZ CONTINUAR. SEMPRE. 

MacElroy: Estou certo de que o ser alienígena não entende o conceito de “deus” ou “adoração” como nós da Terra. Eu assumo que as pessoas da sua civilização são todos ateus. Minha impressão foi que eles pensam muito bem de si mesmos e são muito orgulhosos de fato!

Pergunta – “Que tipo de sociedade vocês criaram?”
RESPOSTA – ORDEM. PODER. SEMPRE O FUTURO. CONTROLE. CRESCER. 

MacElroy: Estas são as palavras mais próximas que eu poderia usar para descrever a ideia de que ela tinha sobre sua própria sociedade ou civilização. Sua “emoção” ao comunicar sua resposta a esta questão tornou-se muito intensa, muito brilhante e enfática! Seu pensamento foi preenchido com uma emoção que me deu uma sensação de júbilo ou alegria. Mas, isso me deixou muito nervosa também.

Pergunta – “Existem outras formas de vida inteligente além de vocês no universo? “
RESPOSTA – EM TODA PARTE. SOMOS A MAIOR / A MAIS ELEVADA DE TODAS. 

MacElroy: Devido à sua pequena estatura, estou certo de que ela não quis significar “mais alto” ou “maior” em termos físicos. Mais uma vez, sua natureza orgulhosa foi evidenciada, através do sentimento que recebi dela.”

(Nota pessoal de Matilda O’Donnell MacElroy):  Esta foi a conclusão da primeira entrevista. Quando a primeira relação de perguntas foram digitadas e entregues para as pessoas que estavam esperando por elas, houve muita animação porque eu era capaz de conseguir que o ser alienígena pudesse se comunicar e ser compreendido! No entanto, depois que terminaram de ler as minhas respostas ficaram decepcionados de que eu não conseguia entender mais claramente as respostas. Agora eles tinham um monte de novas questões por causa das respostas que recebi para a primeira lista de perguntas.

Um oficial me disse para aguardar por novas instruções. Esperei por várias horas no escritório adjacente. Eu não tinha permissão para continuar minha “entrevista” com o extraterrestre até receber novas instruções. No entanto, sempre fui bem tratada e me foi permitido comer e dormir e usar o instalações sanitárias sempre que eu necessitasse. Eventualmente, uma nova lista de perguntas foi feita para mim perguntar ao alienígena. Eu estava reunida com outros agentes, funcionários governamentais e militares que tinham chegou à base em Roswell por esta altura.

Jiddu-krishnamurti

Krishnamurti

Eles me disseram que várias outras pessoas estariam na sala comigo durante a próxima entrevista para que pudessem levar-me a perguntar por mais detalhes durante a entrevista. No entanto, quando tentamos conduzir a entrevista com essas pessoas presentes na sala, não recebi pensamentos, emoções ou qualquer outra comunicação perceptíveloriunda do ser alienígena. Nada. O estrangeiro apenas se sentou em uma cadeira sem se mover. Nós todos deixamos a sala de entrevista. O agente de inteligência ficou muito agitado por causa disso. Ele me acusou de mentir ou inventar as respostas recebidas durante a primeira entrevista.

Eu insisti que minhas respostas foram honestas, e tão precisas quanto eu podia torná-las! Mais tarde naquele dia, foi decidido que várias outras pessoas tentariam fazer perguntas ao extraterrestre. No entanto, apesar de várias tentativas por diferentes “Especialistas”, ninguém jamais foi capaz de obter qualquer comunicação com o alienígena. Ao longo dos próximos dias uma cientista de pesquisa psíquica da costa Leste era levado para a base para entrevistar o estrangeiro. O nome dela era Gertrude algo semelhante. Não me lembro o sobrenome.

Em outra ocasião, um clarividente hindu chamado Krishnamurti chegou à base para tentar se comunicar com o alienígena. Nenhum dos dois foi bem-sucedido no sentido de conseguir que o extraterrestre comunicasse qualquer coisa. Eu não fui capaz de me comunicar telepaticamente com qualquer uma destas pessoas, embora eu achasse que o Sr. Krishnamurti fosse um cavalheiro muito gentil e inteligente. Finalmente, foi decidido que eu deveria ficar com o estrangeiro para ver se eu poderia obter alguma comunicação.

Muito mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua/
  2. http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-misterios-e-controle-alienigena/
  3. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua-ii/
  4. http://thoth3126.com.br/category/serpo-zeta-reticuli/
  5. http://thoth3126.com.br/aliens-eles-estao-entre-nos/
  6. http://thoth3126.com.br/henry-deacon-01/
  7. http://thoth3126.com.br/resumo-do-quadro-geral-do-atual-momento-na-terra/
  8. http://thoth3126.com.br/o-maior-dos-segredos/
  9. http://thoth3126.com.br/henry-deacon-segredos-desvelados-3/
  10. http://thoth3126.com.br/area-51-janet-airlines-uma-misteriosa-companhia-aerea-do-governo-americano/
  11. http://thoth3126.com.br/majestic-12-area-51-aliens-j-rod-greys-ufos-por-dan-burisch-parte-1/
  12. http://thoth3126.com.br/entrevista-com-um-alienigena-introducao/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br