browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Canyon de fogo espetacular “rasgou” o sol

Posted by on 25/04/2014

Espetacular “canyon” de fogo rasgou a superfície do sol 

Evento foi registrado quando um filamento com cerca de 200.000 milhas (320.000 quilômetros) de material solar foi visto rasgar a superfície do sol, no último mês (setembro), cortando o que parecia ser um “canyon de fogo” em nossa estrela mais próxima, conforme novas observações da NASA demostram.

Tradução e edição:  Thoth3126@gmail.com

Espetacular “canyon” de fogo rasgou a superfície do sol 

Por Megan Gannon, Editor de Notícias | 26 outubro de 2013 09:23

http://www.space.com/23335-canyon-of-fire-sun-nasa-video.html

O Sol andava muito quieto em um período no qual deveria estar ativo – a máxima solar, o ápice de intensidade no ciclo solar de 11 anos. Pois o astro acordou novamente. Na semana que passou, foram registradas três erupções solares em três dias consecutivos.

Pesquisadores do Goddard Space Flight Center em Greenbelt, Maryland, montaram um vídeo do “canyon de fogo no sol  do fenômeno com base em imagens recolhidas do sol em 29  e 30 de setembro  feitas pelo satélite SDO- Dynamics Observatory da agência espacial Solar.

Um filamento magnético do material solar entrou em erupção no sol no final de setembro, quebrando as condições até então tranquilas. Imagem feita em 29-30 setembro de 2013 pelo SDO-Solar Dynamics Observatory. Astrônomos da Nasa apelidaram essa vista solar como um “canyon de fogo” no sol. Crédito: NASA / Solar Dynamics Observatory

O sol é composto principalmente de plasma, que é uma sopa de partículas carregadas que se forma quando átomos de gás ficam tão quentes que seus elétrons se separaram (ficam ionizados). O movimento dessas partículas carregadas cria campos magnéticos intensos, que dão origem aos laços em espiral e violentas erupções na superfície do sol .

Uma nave espacial de US$ 850 milhões dólares, o SDOSolar Dynamics Observatory, que foi lançado em fevereiro de 2010, mantém um olhar atento sobre a superfície do sol a partir de uma órbita geoestacionária em torno da Terra. É equipado para fazer observações em uma variedade de comprimentos de onda da luz para ajudar a capturar os diferentes aspectos da corona do sol, ou atmosfera exterior.

No vídeo, as partes vermelhas do sol representam plasma aquecido a temperaturas de 90 mil graus Fahrenheit (cerca de 50 mil graus Celsius), o que os oficiais da NASA dizem que é uma boa variedade para a observação de filamentos de como se formam e entram em erupção. As manchas amarelas mostram material solar que flui através de linhas do campo magnético do sol em 1 milhão de graus Fahrenheit (cerca de 555 mil graus C).

Grande parte do canyon mostrado no vídeo abaixo aparece mais marrom, indicando temperaturas de cerca de 1,8 milhões de graus Fahrenheit (cerca de 1 milhão de graus C).

Foram registradas duas erupções de classe X, a mais intensa em termos de brilho de raios-x, e uma de classe M, a segunda mais intensa. O vídeo abaixo, gravado em setembro, mostra uma ejeção de massa coronal de 200 mil milhas de comprimento (320 mil km), deixando para trás um canyon de fogo.

“Ao comparar isso com as outras cores, pode-se perceber que as duas fitas de espiral em movimento mais longe uns dos outros são, de fato, as pegadas gigantes dos ciclos do campo magnético, que estão crescendo e se expandindo com o filamento puxando-os para cima em espiral”,  funcionário da NASA escreveu numa descrição do vídeo.

Siga Megan Gannon no  Twitter  e  Google+. Siga-nos @ SPACEdotcom, Facebook  ou  Google+. Publicado originalmente e SPACE.com .

Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/ciclo-solar-24-surpreende-o-mais-fraco-em-100-anos/
  2. http://thoth3126.com.br/anatomia-de-um-flare-solar-gigante/
  3. http://thoth3126.com.br/o-estado-planetario-fisico-da-terra-e-da-vida-parte-i/
  4. http://thoth3126.com.br/o-estado-planetario-fisico-da-terra-e-da-vida-final/
  5. http://thoth3126.com.br/o-cinturao-de-fotons-acelera-as-mudancas/
  6. http://thoth3126.com.br/2012-o-cinturao-de-fotons-e-as-pleiades-parte1/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *