browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

Falta de combustível pode ter provocado a queda do avião da Chapecoense

Posted by on 30/11/2016

aviao-explosão-matriz-direitaFalta de combustível pode ter provocado a queda do avião da Chapecoense

As causas da queda do avião que levava a equipe da Chapecoense a Medellín, na Colômbia, na madrugada ainda não foram determinadas, mas as primeiras hipóteses começam a ser investigadas. Depois da suspeita de pane elétrica da aeronave da empresa Lamia, que teria provocado o acidente que deixou 71 mortos e 6 feridos, as autoridades consideram a possibilidade de pane seca, ou seja, falta de combustível.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Acidente com aeronave que transportava equipe da Chapecoense deixou 71 mortos e 6 feridos na Colômbia. Um dos tripulantes do voo que levava a Chapecoense à Colômbia, boliviano Erwin Tumiri revela que seguiu protocolo de segurança colocando uma mala entre as pernas. 

Em entrevista à TV colombiana Caracol, o presidente da Associação Colombiana de Aviadores Civis, Jaime Hernandéz Sierra, afirmou que o piloto do avião com a equipe brasileira pediu prioridade para aterrissar, sem explicar qual seria o motivo da urgência.

brasil-queda-aviao-chapecoense_d

Queda do avião da Chapecoense mata mais de 70 na Colômbia seis sobrevivem à tragédia, entre eles os jogadores Alan Ruschel, Danilo, Neto e o jornalista Rafael Henzel.

“Mas havia um avião da VivaColombia com pouco combustível em emergência, portanto tinha prioridade sobre a emergência do avião que caiu. Então, infelizmente, se não se sabe qual é a emergência, não se sabe qual prioridade precisa”, disse Sierra. “Portanto, acreditamos que tenha sido falta de combustível”, completou.

O diretor da Lamia, Gustavo Vargas, não descartou nenhuma hipótese para explicar o acidente. “Não podemos descartar nada, a investigação está em curso e vamos esperar pelos resultados”, declarou. Em entrevista ao site de VEJA, Vargas informou que o clube Chapecoense pagou 130 mil dólares pelos voos de Bolívia a Medellín e de Medellín a Bolívia.

Questionado sobre as condições da aeronave RJ85, cuja matrícula é LMI2933, o diretor da empresa venezuelana garantiu que o avião de dezessete anos estava “operável”. “Não era novo, mas era operável. Temos feito muitos voos charter, transportamos times de futebol e seleções”, afirmou. “Até agora tivemos bons resultados com este avião, que é inglês, modelo 1999.”

info-queda-aviao-chapecoense-m

Sobrevivente revela que escapou da tragédia ao ficar em posição fetal

Um dos sobreviventes da tragédia com o voo da Chapecoense, o boliviano Erwin Tumiri revelou que escapou da morte ao seguir um protocolo de segurança recomendado para acidentes aéreos. Segundo Erwin, que era um dos tripulantes da aeronave, ele permaneceu em posição fetal com uma mala entre as pernas, o que amenizou o impacto da queda.

– “Sobrevivi porque segui todos os protocolos de segurança – disse o comissário de bordo. – Com a situação de pânico, muitos se levantaram dos assentos e começaram a gritar. Coloquei umas malas entre as pernas e fiquei na posição fetal, recomendada para acidentes” – completou Erwin, em entrevista ao jornal boliviano La Razón.

boliviano_acidente-chapecoenseO comissário era um dos nove bolivianos presentes no voo. Dois sobreviveram. A outra sobrevivente foi a assistente de bordo Ximena Suárez. O restante do voo, os pilotos Miguel Quiroga, Ovar Goitia e Sisy Arias, além dos tripulantes Rommel Vacaflores, Alex Quispe, Gustavo Encinas e Angel Lugo morreram no acidente.

Até o momento 71 pessoas morreram no voo que transportava a Chapecoense e dezenas de jornalistas para a Colômbia. O time catarinense faria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, contra o Atlético Nacional.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *