browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Força de Defesa das Colônias Humanas de MARTE (Randy Cramer), parte II

Posted by on 27/11/2016

marte-forca-defesa-randy-cramerEsta é a transcrição inicial do explosivo testemunho de Randy Cramer (aka Capitão Kaye) que afirma que ele serviu em forças militares especiais em Marte, como parte de uma força de elite militar (USCM-SS) na defesa da colônia humana existente secretamente no planeta MARTE, serviço que durou por pouco mais de 17 anos. O principal objetivo era proteger a “Mars Colony Corporation”, que tem cinco BASES civis em Marte de ataques de marcianos nativos.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Revelações de ex-super soldado do Governo Secreto da aliança Terra/Reptilianos-Draconianos e a Força de Defesa das Colônias Humanas de MARTE (Randy Cramer) parte I

POR DR. MICHAEL SALLA – Fonte: http://exopolitics.org

Nessa entrevista, Cramer descreve como ele viajou primeiro para uma base secreta existente na Lua para assinar documentos comprometendo-se a um passeio de 20 anos em serviço. Ele depois foi transportado para uma base militar em Marte, onde sua unidade se viu envolvida em batalhas territoriais com os nativos extraterrestres reptilianos e insetoides em Marte.

Esta foi a segunda entrevista de Cramer em uma série de cinco partes em que ele descreveu a sua formação como um super soldado em um programa conjunto da aliança Terra/Reptilianos e Draconianos, sendo abduzido por alienígenas desde criança (tão cedo como 4 anos) para servir como um membro de uma unidade de elite do Corpo dos Marines (USMC-SS) que fornece pessoal militar para um programa espacial secreto dos EUA com bases militares instaladas na Lua, Marte e outras partes do nosso sistema solar.

O áudio da entrevista via skype foi lançado em 8 de Abril de 2014, e foi a primeira vez que Cramer veio à publico com seu depoimento estilo “Total Recall” dos eventos que ocorreram durante o seu serviço militar especial de 20 anos, entre 1987 a 2007. Em uma entrevista anterior com Eva Lorgen em 2006, Cramer usou o pseudônimo “Zed” e descreveu o que ele lembrou no momento de suas experiências de contato com várias raças extraterrestres. Cramer afirma que, em 2014, ele foi autorizado a revelar o seu segredo sobre a existência do programa espacial secreto dos EUA através de seus superiores militares da USMC-SS (United States Marine Corps-Special Section).

O original da entrevista (vídeo abaixo) via Skype foi publicada através do ExoNews.TV em https://youtu.be/YCTYkYcYuI0

 

Abreviaturas: MS: Michael Salla – RC: Randy Cramer (Capitão, USMC-SS)

[0.00] – Tempo da gravação: refere-se ao tempo na entrevista

Nota. Randy Cramer usou o pseudônimo Captain Kaye na série de cinco partes de entrevistas publicadas em Abril de 2014. Os despedimentos linguísticos, tais como “você sabe”, “so”, “e”, “ah”, etc. foram removidos quando apropriado para a gramática correta e facilidade de leitura. As reticências … significará texto removido para corrigir a gramática ou eliminar redundâncias. O tempo de gravação irá permitir ao leitor localizar as passagens de áudio relevantes.

Formatação: Todas as perguntas estão destacadas em negrito, e o texto normal é a resposta dada por Randy Cramer (aka Capitão Kaye).

© Michael E. Salla, Ph.D.


 A TRANSCRIÇÃO DA ENTREVISTA REALIZADA VIA SKYPE

[0,24] Tempo gravação: MS: Estamos de volta com o Capitão Kaye (Randy Cramer) e vamos discutir, o que é a série de eventos que aconteceram depois de ele ter completado sua participação, em torno da idade de 17 anos, no Projeto Moonshadow, e quando foi prestar serviço com os Marine (Corps) Seção Especial dos EUA (USMC-SS). Randy por que você não nos conta o que aconteceu depois de concluído ou que voce se graduou no Projeto Moonshadow.

[0,53] RC: Claro, foi um curto espaço de tempo entre a conclusão do programa e, em seguida, eu diria que houve um período de 90 dias, onde uma grande parte do teste final, onde OK, nós passamos tanto tempo para gastar treinando essa coisa, e passou tanto tempo quanto nós  a concluímos, agora nós temos que realmente ver se vai funcionar  sob uma série de condições diferentes. Então, houve um período interessante de 90 dias de ir para um monte de lugares diferentes, tanto quanto ecozones, tanto quanto as zonas temperadas (tropicais), zonas ambientais ao redor do planeta, para ver como podemos operar sob diferentes condições e diferentes cenários. Às vezes, trabalhar com ou jogar jogos de guerra com outras unidades de forças especiais. Em alguns casos treinamento de fogo real, exercícios onde para nós é um exercício de teste, mas para a outra pessoa de outro país foi muito real e eles estão mortos por causa disso. Eles foram nosso exercício com fogo real em que tínhamos que ser testados. Mas certamente não é considerada uma força ameaçadora suficiente em que você está indo para enviar a sua máquina (de guerra) de alta tecnologia e podendo danifica-la ou algo assim. Você pode praticamente garantir que, se não estão quebrados, o adversário não vai ter nenhuma chance de ganhar.

[2,27] As Forças Armadas de todo o mundo têm lotes de AK-47 mas não tem botas. Esses caras não são muito equipados para enfrentar forças armadas qualificadas. Se você estiver em um cenário de teste, com certeza, por que não enviar cinco de seus supersoldados contra 50 daqueles caras e ver como eles agem. Porque você sabe que os seus caras estão indo para ganhar, mas você quer ver como eles são testados em condições reais de combate que é um teste mais seguro. Então, depois de 90 dias, em seguida, eu foi retirado da minha rotina regular e fui pego no meio da noite, e depois levado para o Comando de Operações Lunar (Lunar Operations Command), e colocado [em] uma pequena área de habitação que não é muito mais do que o tamanho de uma cela de prisão, mas que não é uma cela de prisão, quero dizer é muito mais civilizado do que isso. Não que faça você se sentir como um animal enjaulado, mas aproximadamente do mesmo tamanho … [com] uma pia e um banheiro ao lado, uma pequena mesa e uma cadeira. Um conjunto típico, como um dormitório da faculdade ou qualquer coisa igual. Estamos aguardando nesse local e nos disseram para esperarmos até que o som do sino no corredor nos chamasse, que seria o momento em que todos deveriam sair e ir para o corredor no final da porta.

[3,52] Antes disso, dois militares, mas novamente [usando] outro tipo de macacões LOC, cinzento encouraçado com algumas franjas douradas. Havia dois deles que pareciam seguranças talvez padrão, não muito mais do que isso ou qualquer outra coisa. Eles não estavam fortemente armados, mas eles tinham armas laterais. Eles escoltavam a nós, eu, um de cada vez, até onde pude observar vendo outras pessoas indo e vindo no mesmo corredor em que estamos sendo escoltados por mais dois desses indivíduos em seus ternos cinza com as franjas douradas, e fui levado para um grande área de espera fora do que era claramente uma grande sala preenchida por cubículos em que um monte de burocratas em vários uniformes militares estavam empurrando papelada. Um monte de pessoas estavam sentadas à espera que os seus nomes ou seus números fossem chamados, a ser sinalizado para vir e falar com essas pessoas. É uma área bastante grande e bem iluminada, onde tudo foi feito, em cores amarela ou dourada. Esse era o esquema de cores, nesse momento de qualquer maneira. Fashion ou qualquer outra coisa que poderia ter mudado, por agora, mas no momento era para ser do tipo sentir como um girassol amarelo brilhante. Como quando você está esperando para ser atendido pelo dentista ou algo assim, mas em uma sala muito grande.

[5,28] Após algum tempo de espera, você é chamado para ir e sentar-se em um cubículo e ter um oficial júnior em um uniforme que eu não reconhecia, mas ele se identificou [ele mesmo] como sendo um oficial da Força Aérea dos EUA. Este é um uniforme da Força Aérea com o qual eu não estou familiarizado, como sendo da parte regular da Força Aérea (dos EUA). Então, eu estou suspeitando que isso tinha algo a ver de novo, com um ramo da Força Aérea paralelo e que seus uniformes se pareciam, mas desde que eu não estou super familiarizado com eles, eu só estou supondo tudo isso.

base-lunar-lua

[6,02] Ele então pega uma pilha de papéis e diz, aqui está o seu contrato, eu tenho que analisá-los com você, e responder sobre quaisquer perguntas que você tenha, e levá-lo a rubricar e assinar nos lugares certos, e, em seguida, você se move ao longo da rotina. Houve algum tipo de discussão sobre o assunto, dizendo: OK, isto é o que você vai fazer, você está assinando para dar um passeio de 20 anos de serviço, mas novamente não se preocupe, voce vai ficar bem. Você vai estar pronto, nós vamos limpar todas aquelas memórias feias fora de sua cabeça que você não vai querer se lembrar de qualquer maneira, e então vamos interpor-lo de volta no caminho depois que tomou você e sua reversão de idade, e você vai ter de viver toda a sua vida tudo de novo, e vai ficar bem. Você não vai perder qualquer momento, você não perderá nenhum ano de sua experiência, e na verdade você vai voltar a um emprego confortável agradável. Nós vamos cuidar de você, você vai ficar bem. Muitas garantias de que isso não é grande coisa. Todo mundo faz isso todos os dias, é apenas a forma como fazemos as coisas agora. Uma certa quantidade de explicação sobre seu papel no trabalho, e o que está no contrato, e [é] apenas rubricar e assinar em todos os lugares certos.

[7,01] Depois de pouco debate ou discussão, eu tinha algumas perguntas a fazer e ele as respondeu e, eventualmente, eu percebi que ele estava explicando, “olha, você sabe, nós assinamos este documento e você pode sair daqui. Você pode sair daqui para fazer sua próxima coisa, ou podemos sentar aqui e falar um bom tempo sobre a papelada que você tem que, eventualmente, assinar de qualquer maneira. “Ele era um cara bom o suficiente, ele não estava sendo um idiota sobre o trabalho ou qualquer outra coisa. Mas ficou claro, isso tem que ser feito. A papelada tem de ser assinada, e se eu tiver alguma dúvida, pergunte, mas realmente não importa. Basta fazer login e vamos seguir em frente. E assim, depois que tudo foi feito (assinado), em seguida, eu fui escoltado de volta para os alojamentos temporários, para, mais tarde, ir em frente e fazer uma pausa. Novamente esperar por um sino, no corredor, e, em seguida, após cochilar, não tenho certeza por quanto tempo, ouvir a campainha no corredor e, em seguida, ir para fora, indo por um longo corredor, com uma porta no final deste corredor. Todos aqueles que estavam nestes quartos de moradia temporários estavam saindo para o corredor, e indo para baixo.

[8,07] Em seguida, abrem-se portas maiores, que então se abre para uma sala muito maior, um hangar essencialmente – nos situamos à direita dentro do hangar. Há um grande veículo, eu diria que é mais em formato de um delta ou um formato de asa de morcego, ao contrário da forma redonda ou em forma de disco. Mais como de um triângulo delta, mas talvez mais amplo. O que você chamaria de um formato tipo morcego, mas muito alto, tanto quanto da parte inferior para a parte superior do veículo, eu diria que tinha entre trinta, a trinta e cinco pés (entre 9,12 a 10,65 metros de altura). Parecia que tinha várias compartimento e níveis que parecia ser o caso quando estávamos lá dentro, e a envergadura era, provavelmente, difícil de julgar distâncias, como que, a partir desse nível, mas eu diria que facilmente entre quatrocentos e quinhentos pés de largura (121,6 a 152 metros), de envergadura, de ponta a ponta da asa. E do nariz à cauda, menos de 150 pés (45,6 metros de comprimento). A seção dianteira tinha um grande nariz arredondado sobre ele, e você podia ver que havia uma janela ligeiramente curvada, a superfície era curva, que parecia ser o lugar onde os pilotos se instalavam sentados operando. Era muito alto, tipo de como [do cockpit] em um Boeing 747 que é até maior do que a parte principal do veículo, tipo semelhante a isso, mas novamente com as dimensões mencionadas.

[10.00] Então eu cheguei lá, havia muitos assentos reclináveis, esse tipo de coisa com espuma. Você tipo que senta e afunda, você ouve o som do ar saindo que começa a se formar ao redor, tem uma boa aderência, aparentemente, em seu corpo. Há cintos de segurança, e após algum tempo de todo mundo brincar e se preparar, quando todo mundo esta seguro, há algumas pessoas que ajudam a todos a ficarem confortáveis se alguém está confuso. Então as luzes no veículo diminuem, e não ao contrário de um avião, você ouve o piloto no alto-falante dizendo: “Recebemos todas as pessoas à bordo e eu serei seu capitão para este vôo do shuttle do Comando de Operações Lunar para a sua próxima estação que vocês não estão autorizados a saber ate que lá cheguemos. Assim que chegarmos, vocês vão ter habilitação de segurança para saber onde é seu destino, mas até que nós estejamos lá, vocês não estão autorizados a saber. Antes de partirmos nós não estamos habilitados para saber onde é o nosso destino, mas no momento em que chegarmos ao nosso destino, então nós estaremos habilitados para saber onde estamos”. Eu acho que foi muito divertido, em minha própria opinião. Recebo divertidamente  a maneira como eles fazem a segurança e tornam esses níveis de sigilo e de segurança.

[11,22] Ele fez algo interessante, que eu não estava esperando. Ele disse: “nenhum de vocês vão voltar para casa por um tempo muito longo, vai demorar um pouco. E assim, antes de ir, vamos dar uma última olhada, e todo mundo vai dar uma última boa olhada em casa, e termos um momento para pensar sobre o porquê de você querer voltar, e por que você quer proteger as pessoas e sua família que estão lá, e por isso é algo que vale a pena lutar “, ou algo nesse sentido. Ele disse então, “vamos fazer uma pausa e dar uma boa e longa olhada por um minuto, e então nós vamos estar fora, e não retornaremos pelos próximos 20 anos.”

tr6-delta-telos-espaconave-usa

Espaçonave secreta TR6-TELOS, provavelmente o veículo em que Cramer foi transportado até Marte.

[12,07] Curiosamente, o sentimento dentro do veículo quando ele decolou para fora do hangar do Comando de Operações Lunar e se posicionou a qualquer distância da Terra, seja qual for a distância perfeita que eles queriam para que o arranjo visual do nosso planeta acontecesse, e os limites máximos tornaram-se uma projeção do que estava à frente da espaçonave triangular. Você tinha uma vista, não como se estivesse em um planetário quando você está deitado em uma cadeira e você pode ter artificialmente o espaço projetado no teto, e então pode ter [a] sensação ou experiência de que você está no espaço, ou que o espaço esta em torno de você. Quando você está se movendo você atinge esse sentido de que você está tendo o movimento artificial ou algo parecido. Praticamente de forma semelhante por ter uma grande projeção, uma projeção muito clara na frente de você do que está acontecendo. Você realmente tinha a sensação (e visão) de que estávamos todos flutuando no espaço em nossos assentos, olhando para a Terra, fixando o nosso grande olhar pela última vez nos próximos 20 anos, e foi inspirador. Este evento absolutamente se destaca como um dos momentos mais surpreendentes em toda a minha vida.

No momento em que eu estava na posição perfeita, olhando para o planeta Terra distante e ser capaz de vê-lo em sua totalidade. E não era apenas uma imagem, ela estava lá, livre no espaço. Ela estava se movendo e as nuvens estavam se movendo, e as tempestades com raios piscavam e havia atividade que se movia muito lentamente ou muito ligeira nele tão longe que você não podia ver, mas você sabe que estava lá, e há uma capacidade de olhar que não é nada parecido como você pode sentir de outra maneira. Quero dizer como ver em uma imagem da Terra o que não é o mesmo, vendo uma imagem muito boa de alta definição em uma tela grande simplesmente não é o mesmo. Ter a sensação de estar tão grande que você está ali olhando para a Terra, vendo a imagem ser tão clara que parecia que você estava olhando para uma imagem e o teto não estava lá, mas estava lá, tenho certeza. Aquilo foi simplesmente fantástico.

[14.24] Você sabe que foi incrível de ver que havia toda essa coisa que (o planeta) está vivo, é muito claro olhar para a Terra a partir do espaço e saber que ela está viva. Isso não é só porque há vida na superfície dela, ou apenas porque vivemos lá. Há algo muito claro quando você vê essa bola gigante azul no espaço, e sente que ela está viva, e que há todos os tipos de pessoas lá. Você não vê fronteiras. É um mundo sem fronteiras quando você está olhando para a Terra a partir do espaço. Não há linhas que dividem os países. Então você não olha para ele e acha que existe a América, há os Estados Unidos. Que uma Alemanha. Você diz oh UAU!, isso é a América do Norte conectada a América do Sul, que é a Europa ligada à Ásia, e conectados à África. Você realmente só percebe que tudo está conectado e que não há linhas divisórias, e a partir dessa perspectiva, qualquer motivo que qualquer um poderia ter para brigar ou discutir sobre a superfície parece incrivelmente pequeno, literal e incrivelmente pequeno, e você começa sentindo isso num UAU!, eu realmente sou de um lugar especial.

Não apenas olhando para essa esfera azul, não apenas olhando para ela, mas eu estou em lugar especial pelo qual eu tenho que fazer algo por um lugar onde eu tudo (VIDA) recebo para ajudar a mantê-la segura, e todo mundo que mora lá seguro, e toda a vida que vive lá agora segura e, talvez, se eu tiver sorte, todas as pessoas que lá vão um dia viver, e toda a vida que vai viver lá segura no futuro por causa de algo que eu faça agora. Esse sentimento ficou comigo, e me surpreendeu. Eu tive um momento em que me senti amedrontado, inspirado, abismado e que independente disso, no entanto ia acabar, isto foi OK, e este momento foi especial e eu me senti bem sobre isso, e eu me sentia completamente bem com estar nessa posição especial. Eu estava bem com essa responsabilidade. Eu estava feliz com isso. Eu estava bem com tudo isso. Foi apenas uma experiência incrível.

planeta-terra

[16,22] MS: Você quer talvez explicar um pouco sobre o Comando de Operações Lunar. Eu quero saber se é no lado oculto da lua, se é uma instalação subterrânea, quão grande ela é?

[16,34] RC: Essa é uma boa pergunta para a qual eu não tenho todas as respostas, porque eu só tinha visto uma parte dela. O que eu vi chegando ao solo lunar foi uma  base (instalação) considerável na superfície lunar, em que há uma grande plataforma de pouso. É uma espécie de terraço acima da superfície lunar, e da plataforma, você poderia colocar três ou quatro destas coisas [grandes espaçonaves em forma triangular] em cima dela. Provavelmente era quase uma plataforma com uma milha (1.609 metros) quadrada onde pousam as naves e assim por diante, ou pelo menos a metade ou mais. Em seguida, havia alguns veículos menores, tipo alinhados em uma fileira. Alguns edifícios, quase no estilo para concertos, mas eles eram enormes, eles eram realmente grandes, eles tinham uma característica arredondada (domo). Um par de muito grandes edifícios retangulares e quadrados que não se parecem com nada de extraordinário ou incomum, e, em seguida, uma vez lá dentro, uma série de corredores, elevadores, que descem claramente para o subsolo, abaixo da superfície lunar. Eu tenho a impressão das vezes que eu la estive, que as áreas que eu vi, que o lugar (instalações) eram absolutamente enormes. Essa base em que eu estive era, pelo menos, do tamanho médio de uma cidade. Havia provavelmente mais do que um desses complexos do tamanho de uma cidade média no lado oculto da lua que nós (humanos) temos, e são controlados por humanos terrestres, mas há também, pelo que eu entendo, porque a parte oculta da lua tem sido usada por tanto tempo, por tantas outras espécies diferentes de alienígenas.

[18.44] É tipo como na Antárctica, tem essas diferentes áreas em que diferentes países e as pessoas podem dizer que temos uma base nesta área, e nós temos isso, e todo mundo respeita a área de todo mundo. Portanto, há uma série de áreas que eram habitadas por um número de diferentes raças de ETs que tiveram bases lá por um longo tempo, e eles não estão indo a lugar algum, aparentemente. Se as pessoas são amigáveis ou hostis, lá é uma espécie de território neutro, por isso há lugares onde aqueles que não se dão bem uns com os outros, não podem ir / ficam muito longe um do outro. Mas eles não atacam uns aos outros, eles respeitam o espaço neutro do outro lá na parte oculta da lua, por qualquer razão que os contratos, acordos diplomáticos que são feitos para isso.

[19.30] Eu acho que porque ele vai levar um tempo muito longo (de convicência) de tal forma que todo mundo respeita os acordos. Pelo que eu também entendo que houve algumas vezes quando a guerra eclodiu no lado oculto da lua e foi ruim o suficiente, de tal forma que todo mundo disse não, não, não aqui. Este é um espaço neutro para que todos possam fazer o que eles precisam fazer, mas não podemos lutar aqui ou então correremos o risco de perder a coisa toda para alguém ou algo. Acho que foi esse o negócio. Então eu acho que é uma mistura muito interessante de quem está lá, o que está lá, nós estamos lá. O que está distribuído ao longo de apenas o que eu vi e que foi discutido comigo. Claramente, sobre tudo o que está lá nem sempre é conhecido, mas tem parte do meu conhecimento, sobre do que eu fui informado. Isso é tudo quanto eu sei sobre a base de Comando de Operações Lunar.

[20.24] MS: A espaçonave Shuttle que estava levando-os para o seu destino em Marte, você sabe qual a sua capacidade de transporte?

[20,32] RC: Eu teria que adivinhar porque claramente tinha vários andares ou níveis no seu interior e onde eu estava era claramente uma área, e um andar com um interior, e se os níveis acima e abaixo eram os mesmos, ou se eles estavam ocupados por outra carga, armazenamento, máquinas ou tecnologia, eu não sei. Se eu fosse adivinhar eu teria que dizer que ele tinha um tamanho para transportar uma capacidade entre mil e dois mil soldados de cada vez. Talvez até mais.

[21.17] MS: OK, isso é bastante grande.

[21.20] RC: Foi definitivamente construído para mover tropas para toda parte. Mais uma vez eu só estou presumindo talvez algumas outras partes também eram carga. Mas foi definitivamente projetado para mover um monte de gente da forma como foi configurado.

apollo_20-moon-alien_spaceship

Uma nave mãe alienígena abandonada no lado oculto da Lua

[21.32] MS: Com os papéis que você assinou houve qualquer tipo de descrição a respeito de qual serviço que você se inscreveu para participar? Era uma entidade mais nebulosa? Que detalhes você lembra dos papéis que você assinou? Com quem você estava assinando um compromisso pelos próximos 20 anos?

[21,54] RC: eu estava assinando os próximos 20 anos de serviço com a Força de Defesa da Terra (Earth Defense Force), como um fuzileiro naval, da Marinha dos Estados Unidos. Essa é uma pergunta que eu fiz, por isso estou feliz que você tenha feito esta pergunta …. Eu estava tipo, “OK, quem sou eu trabalhando, para o que eu vou estar aqui, ajude a definir isso para mim.” Ele disse: “bem, você é um marine, certo,” e eu disse “sim”. Ele falou: “você ainda vai ser um marine, você será sempre um United States Marine Corps, que é sempre o que e quem você será.” Ele disse, “mas este é um contrato, estamos contratando você para a Força de Defesa da Terra. A Força de Defesa da Terra, uma vez que você é contratado por eles, terá a capacidade para você ser sub-contratado para uma das outras organizações que precisa de pessoal, ou destacá-lo para qualquer número de estações do FDT em todo o sistema solar. “Ele falou como, “ah, a maioria deles são chatos, você provavelmente não vai estar guardando, ou não vai ouvir nada, ou você pode começar um trabalho muito chato no solo em algum lugar.” Ele estava realmente jogando [muito] tudo o que iria acontecer para fora, ou onde quer que eu fosse, falando tudo. Que, sem saber onde outras pessoas acabam, eu não posso dizer se isso é parte da rotina dos recrutadores fazer, ou se ele estava apenas tentando ser honesto. Acho que ele estava mais apenas tentando me fazer feliz com o que quer que suas respostas fossem então eu iria rubricar e assinar para que ele pudesse passar para a próxima pessoa.

[23.17] Ele disse: “você está sendo um membro da FDT, e dependendo de onde eles lhe enviarem a partir desse ponto, vai depender do que uniforme voce veste, e que as pessoas chamam você e que posto e assim por diante que você espera. Mas você vai ser sempre um fuzileiro naval, e você pode ser outra coisa temporária ou você pode ter que fazer outra coisa temporariamente. Você vai saber logo que você chegar aonde você está recebendo sua designação. “Parte de sua explicação era:” olha, eu não posso te dizer o que voce estará fazendo lateralmente porque eu não estou liberado para falar sobre isso”.

[23.51] Ele disse: “tudo que eu sei é que quando você assinar estes documentos eles irão definir outras ações em movimento de modo que quando você estiver a bordo do shuttle que partirá, outro conjunto de documentos serão emitidos para você e que só vai ser aberto após a sua chegada ao seu destino. Essas serão as novas encomendas e sua nova atribuição, e tudo o que você precisa saber. Mas antes de sair, você não tem a necessidade de saber isso ainda. Vai ser em outro local e quando você chegar lá, é que será entregue a você, e você vai ter que saber onde você está, e alguém vai explicar isso para você”.

solar_warden_hillenkoetter-usss

Ilustração com base em testemunho ocular © Copyright 2015 TheObjectReport.com | Alta Resolução Imagem. O Almirante Roscoe Hillenkoetter foi o primeiro diretor da CIA, e foi também um membro de uma organização de pesquisa UFO, o Comitê Nacional de Investigações de Fenômenos Aéreos (NICAP). Em 1960, o New York Times relatou que Hillenkoetter tinha enviado uma carta ao Congresso que incluía a seguinte declaração: “Nos bastidores, oficiais de alta patente da Força Aérea estão sobriamente preocupados com fenômeno UFOs Mas através de segredo oficial e do ridículo, muitos cidadãos são levados a acreditar que os desconhecidos objetos voadores não fazem sentido“. Embora Hillenkoetter lutasse pelo fim do sigilo UFO, ele finalmente parou de comentar sobre o assunto. Alegados documentos secretos que vazaram para ufólogos listam Hillenkoetter como um membro do grupo Majestic 12, uma organização composta de altos oficiais militares das forças armadas e civis criado pelo presidente Truman para gerenciar inicialmente a questão UFO e nossas relações com extraterrestre. O MAJESTIC-12 foi o embrião do que mais tarde se tornou o GOVERNO (DE FATO) OCULTO DOS EUA.

[24,24] Assim, ele foi vago, mas tentou me tranquilizar o suficiente de que eu não iria perder a minha identidade, ou que eu estava indo para não ser um marine, ou me inscrever em alguma outra organização que pudesse comprometer meus valores ou ética como um fuzileiro. Ele queria que eu me sentisse confortável com isso, e apenas com a certeza de que fazemos isso todos os dias e que tudo vai estar normal e ficar bem, e é só ir para ficar bem que é o que ele queria que eu tivesse certeza. Mas ele foi vago o suficiente, porque eles não estavam informados para saber sobre a resposta ainda, então eu nada descobriria até que eu chegasse ao meu destino.

[25,07] MS: Então, naquele momento, o seu conhecimento da Força de Defesa da Terra (FDT) era de que era semelhante a algum tipo de agência secreta multinacional lidando com operações espaciais, tipo algo análogo as Nações Unidas, onde você pode ter diferentes ramos [militares] dos EUA servindo em diferentes capacidades, forças de paz, consultores e assim por diante. Em certo sentido, isso é o que estava acontecendo no espaço com a Força de Defesa da Terra.

[25.33] RC: Sim, correto. Meu conhecimento é que era basicamente correto e que novamente desde meu conhecimento real ou briefing sobre esta informação neste momento, naquele tempo, era limitado. Eu consegui um debriefing quando voltei 20 anos mais tarde quando houve um pouco mais de informação. Houve uma cerimônia de despedida, uma espécie de grande cerimônia. Lembro-me naquele tempo sendo um pouco mais do que um discurso sobre os objetivos e propósitos da Força de Defesa da Terra e por isso foi colocado em conjunto. Essencialmente, de um modo semelhante que estes organismos foram criados separados mas paralelos. A Força de Defesa da Terra era uma organização paralela ainda separada que foi criada principalmente fora dos corpos das Nações Unidas. Provavelmente centrado em torno do Conselho de Segurança (da ONU), porque eles são o Conselho de Segurança e eles cooptam qualquer coisa que tenha a ter com a defesa e segurança. Então, praticamente fora do Conselho de Segurança, os corpos que formam a FDT foram formadas juntos. Esta organização paralela foi formada e estacionada fora do Comando de Operações Lunar para que eles tivessem tão pouco contato possível com a superfície, de modo que não haveria tão pouco vazamento possível para a segurança. Seria essencialmente criar esta esfera (de segurança militar) em torno do planeta e fora do planeta para protegê-lo de todas as coisas que podem ser prejudiciais que tínhamos tomado conhecimento por aquele tempo. Havia algumas coisas que deveríamos estar preocupados e que apenas ficar em pé com os braços abertos não ia ser uma boa política. Devemos ter algum tipo de defesa do perímetro (da Terra) para o que está por vir, ou por qualquer nosso próximo passo que for dado rumo a irmandade intergaláctica. Você não necessariamente quer fazer isso sem um cão de guarda no seu quintal da frente.

UM UFO aterrissando em uma BASE DA USAF no NOVO MÉXICO:

[27.26] MS: OK, então qual era o destino final e o que foi revelado a você quando você lá chegou.

[27.33] RC: O destino era Marte, que era a sede da Mars Colony Corporation. Havia cinco assentamentos, o assentamento principal era chamado algo como Mars Prime; não não, era Aries Prime. Eles são criativos realmente. Em vez de chamá-lo Mars eles chamam de Áries. Então Aries Prime foi a instalação primária e o primeiro assentamento onde a sede da Mars Colony Corporation foi assentada. Em seguida, houve mais quatro assentamentos adicionais onde eu nunca pus os pés. De Aries Prime [onde] nós, pousamos, foi onde primeiramente eu pus os pés em Marte, em uma plataforma dentro de uma instalação muito grande em frente ao planalto aberto de Marte que é quente, e [com] uma brisa fria e ar rarefeito, mas respirável. A faixa de temperaturas é bastante ampla para que você realmente não fique todo o tempo no aberto deserto marciano sem uma roupa especial para o ambiente. Absolutamente não é possível, é bastante fatal fazê-lo. Eu acho que existe alguma proteção com blindagem na cúpula e fomos tipo para baixo em Aries Prime, para baixo em uma cratera. Há uma parede natural na garganta do tipo arredondada, ela é afundada em que o vento não bate muito duro. Foi naquele momento em particular que eu sai, era, parecia um dia quente, mas havia um vento muito frio que soprava e que voce sentia como se estivesse em 8.000 ou 9.000 pés (cerca de 2.400 a 2700 metros de altitude) ou algo parecido. O ar era muito fino, mas totalmente respirável. Eu estava realmente muito surpreso, para ser honesto, para simplesmente abrir a porta, sair e me dirigir para essa outra porta e andar para a direita e sair para fora, mas nós assim o fizemos.

[29,57] MS: O terreno marciano é como vemos nas fotos da NASA, com o céu vermelho, e o solo avermelhado?

[30.07] RC: Sim, absolutamente. É vermelho, vermelho, vermelho em todos os lugares, porque, certamente, tudo é o óxido de ferro que existe na superfície. Isso torna o reflexo vermelho a cor principal para todos os lugares que você olhar, e não ao contrário, eu estou tentando pensar agora. Sim, era areia vermelha, terreno rochoso, arenoso da areia de textura muito fina de rochas com grandes pedregulhos, e muito vermelho. A única exceção é o nascer e o pôr do sol, que por algum motivo estranho, eu não deveria talvez dizer uma estranha razão porque é a física suponho, há um período de tempo durante talvez 15 ou 20 minutos, dependendo da época quando o sol está caindo abaixo no horizonte e vai do vermelho ao roxo. Por cerca de 15 minutos tudo se transforma nesta máscara surpreendente de roxo. O pôr do sol marciano, por esse motivo, ele não é tão brilhante, porque o sol esta muito longe, mas também fiquei espantado com a quantidade de luz, sendo que longe, você ainda vê bem. Eu desconfio algumas das coisas que as pessoas dizem sobre a vida em outros planetas, habitando um e depois outro, você sabe que isso é pouco diferente do que eu pensava que seria e que as pessoas disseram que é. Sim que o sol é mais fraco quanto mais longe, mas ainda é incrível como [muito] a luz se projeta quando você esticar sua mão, ou quanta sombra está sendo criada quando você olha para ver atrás de você para ver como é a sombra do seu corpo. Ainda é bastante leve, mas aquela coisa roxa realmente ao pôr do sol e ao nascer do sol, é realmente incrível, é muito legal, e é de curta duração só começa a ver em uma hora do dia, mas é o tipo de crepúsculo roxo em toda parte.

[32,18] MS: Você pode nos contar sobre (a base) Aries Prime. Quando foi estabelecida pela primeira vez, quem são os colonos, e se funciona pelo controle de um determinado país como os EUA, ou era multinacional, ou foi uma entidade corporativa (privada) responsável.

[32.34] RC: O meu entendimento é que a Mars Colony Corporation, de novo, como todas as outras partes do FDT [Earth Defense Force-Força de Defesa da Terra] foi construída por partes, pessoal de serviços, cientistas, consultores, engenheiros, empresários, qualquer um que você deseja colocar no pool a ser utilizado, e daquele pool, os decisores retiravam nomes e fazem listas de pessoas que decidem fazer as coisas acontecerem. O meu entendimento é que a Mars Colony Corporation foi criada por interesses multinacionais, pois que todos estes diferentes países que participam se reuniram com suas várias parcelas de executivos, engenheiros, pessoas de mineração, conselheiros militares, pessoas dos serviços de inteligência, para se reunir porque precisavam para formar a Mars Colony Corporation para que possamos ir lá e torná-la rentável. Você sabe que não pode apenas gastar trilhões de dólares indo a Marte para fins de exploração sem encontrar maneiras de extrair recursos a partir do próprio empreendimento e ele se fazer pagar por si mesmo. Caso contrário, ele não vai acontecer. Por isso, foi criada em conjunto, todos esses vários indivíduos, eu não sei exatamente quem eles eram, ou quem os escolheu, ou no que esse processo é diferente de todos os processos individuais que esses países têm de colocar as pessoas no pool, e que essas comissões fora do Conselho [ONU] de Segurança, da FDT, do MAJESTIC-12 ou ACIO [Advanced Contact Intelligence Organization] vai ter de decidir, em seguida, quem faz o quê.

[34.18] The Mars Colony Corporation foi criada em cerca de 1974/1975. O meu entendimento é que chegamos em Marte pela primeira vez em torno de meados dos anos 60, mas realmente não tentamos fazer nada de grave, ou realmente nos preparamos para fazer qualquer coisa até os anos 1970. O meu entendimento é que a nossa primeira missão exploratória, que foi enviada para lá para ficar um período de tempo foi em torno de 1970. Em seguida, depois de alguns anos, foi decidido que estávamos prontos para ir em frente e estabelecer uma posição da (base) Mars Colony Corporation, e configurar alguns assentamentos e tentar fazer alguma mineração, e extrair alguns recursos para pagar o empreendimento por si mesmo. Aparentemente, isso foi em torno de 1975, quando a Mars Colony Corporation pôs os pés em Marte e iniciou a sua primeira operação de mineração. Isso foi 1975 para o meu entendimento, como foi informado. [35.21]

CONTINUA NA PARTE 2


contagem-regressiva-azul

“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.” –  Arcanjo Miguel


Mais informações:

  1. http://thoth3126.com.br/operacao-highjump-nazistas-na-antartica/
  2. http://thoth3126.com.br/o-3o-reich-nazista-fatos-desconhecidos/
  3. http://thoth3126.com.br/eventos-incriveis-acontecendo-na-antartica/
  4. http://thoth3126.com.br/nazistas-na-antarticaum-video-russo-a-respeito/
  5. http://thoth3126.com.br/discos-voadores-dos-nazistas-alemaes/
  6. http://thoth3126.com.br/nazismo-vril-e-o-poder-feminino-na-natureza/
  7. http://thoth3126.com.br/antartica-aberturas-e-base-nazista-neuschwabenland/
  8. http://thoth3126.com.br/nazismo-os-arquivos-secretos-da-waffen-ss/
  9. http://thoth3126.com.br/illuminati-1-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite/
  10. http://thoth3126.com.br/eua-sabiam-sobre-acordo-nazista-com-extraterrestres-de-draco/
  11. http://thoth3126.com.br/o-nazismo-e-o-programa-espacial-secreto-dos-eua/
  12. http://thoth3126.com.br/programa-espacial-secreto-um-assombro/
  13. http://thoth3126.com.br/programa-espacial-secreto-dos-eua-e-mais-complexo/
  14. http://thoth3126.com.br/insider-denuncia-frota-secreta-de-naves-espaciais-dos-eua/
  15. http://thoth3126.com.br/comando-espacial-da-frota-secreta-de-espaconaves-anti-gravidade-dos-eua-final/
  16. http://thoth3126.com.br/revelacoes-de-super-soldado-do-governo-secreto-alianca-terrareptilianos/
  17. http://thoth3126.com.br/forca-de-defesa-das-colonias-humanas-de-marte-randy-cramer-parte-i/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

One Response to Força de Defesa das Colônias Humanas de MARTE (Randy Cramer), parte II

  1. Valéria Maria Zanelo

    Que máximo você saber qual é a sua missão e não ter como discutir pois é alguém de real autoridade para dizê-la. Assim me pareceu essa experiência.
    Embora tenha sempre uma tristeza : no caso a tristeza do apego. O apego a família, aos nossos que somos todos nós.
    Também viajei na história do planeta Marte e seu sol. Se tivesse essa rara oportunidade, certamente procuraria chamar o nome do VMSamael, mas com qual intuito? Talvez só pra ler em seu rosto uma mensagem de amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *