browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Grupo Bilderberg: banqueiro suíço abre o jogo.

Posted by on 02/11/2016

Bilderberg-imagem

Grupo BILDERBERG: Entrevista com banqueiro suíço.  

Em uma entrevista com um proeminente banqueiro suíço por WeAreChange, se revelam as relações profundamente interligadas entre a gestão de alto nível dos bancos suíços e do Grupo BILDERBERG, elas ficam  expostas. 

Fica claro que o Grupo BILDERBERG  usa os grandes bancos suíços ( também os europeus e norte americanos) para as atividades de lavagem de capitais, financiamento para derrubadas de governos, legítimos ou não, assassinatos políticos e falência generalizada de países. Nesta entrevista ele revela que os planos para a CENSURA na internet estão chegando…

Acautelai-vos primeiramente do fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. Mas nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto, que não haja de ser sabido. Porquanto tudo o que em trevas dissestes, à luz será ouvido; e o que falastes ao ouvido no gabinete, sobre os telhados será apregoado”.   Lucas 12:1-3

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

NewWorldOrder – Reunião do Grupo Bilderberg na Alemanha.

Fonte: http://www.thetruthseeker.co.uk/?p=27971

Leia a esclarecedora entrevista na íntegra a seguir: 

Q: Voce pode nos dizer algo sobre o seu envolvimento no negócio bancário suíço?

R: Eu tenho trabalhado para bancos suíços durante muitos anos. Fui designado como um dos principais diretores de um dos maiores bancos suíços. Durante o meu trabalho, uma vez eu estive envolvido no pagamento direto em dinheiro a uma pessoa que matou o presidente de um país estrangeiro. Eu estava na reunião onde foi decidido pagar este dinheiro em caixa para o assassino. Isto me deu enorme e dramática dores de cabeça e conturbou a minha consciência. Não foi o único caso que foi muito ruim, mas esse foi o pior.

Foi uma instrução de pagamento na ordem de um serviço secreto de inteligência estrangeiro (n.t. – Mossad, MI-6 ou CIA) escrito à mão que dá a ordem para pagar uma certa quantia para uma pessoa que matou o líder de um país estrangeiro. E não foi esse o único caso. Recebemos várias cartas escritas à mão provenientes de serviços secretos estrangeiros dando a ordem de pagamento em dinheiro de contas secretas para financiar revoluções ou para o assassinato e morte de pessoas indesejáveis (ao sistema controlado pela elite).  

Eu posso confirmar o que John Perkins escreveu em seu livro Confessions of an Economic Hit Man” (Confissões de um Assassino Econômico) http://pt.wikipedia.org/)Há realmente um sistema para esses pagamentos e os bancos suíços estão envolvidos em tais casos até a medula. 

O livro de John Perkins 

Q: O livro de Perkins é também traduzido e esta disponível em russo. Você pode nos dizer qual o banco que efetuou o pagamento e quem foi o responsável?

R: Foi um dos três maiores bancos suíços na época e era o presidente de um país do terceiro mundo. Mas eu não quero dar muitos detalhes, porque eles vão me achar muito facilmente se eu disser o nome do presidente e o nome do banco. Vou arriscar a minha vida. 

Q: Você não pode nomear qualquer pessoa no banco também?

R: Não, eu não posso, mas posso assegurar-vos que isso aconteceu. Éramos várias pessoas na sala de reuniões. A pessoa encarregada do pagamento físico do dinheiro veio até nós e nos perguntou se ele tinha permissão para pagamento de uma quantia tão grande em dinheiro a essa pessoa e um dos diretores explicou o caso e todos os outros disseram ok, você pode fazê-lo (o pagamento). 

Q: Será que isso aconteceu muitas vezes? Este tipo de fundo era com dinheiro sujo?

R: Sim. Este foi um fundo especial administrado em um lugar especial no banco e todas as letras codificadas vieram do exterior. As cartas mais importantes foram escritas à mão. Tivemos de decifrá-las e nelas o fim de pagar uma certa quantia de dinheiro das contas para o assassinato de pessoas, o financiamento de revoluções, financiamento de golpes, financiamento de todos os tipos de festas. Eu sei que certas pessoas que estão ativas no Grupo Bilderberg estavam envolvidos em tais ordens. Quer dizer, eles deram as ordens para matar. 

Q: Pode nos dizer em que ano ou década que isso aconteceu?

R: Eu prefiro não dar-lhe o ano exato, mas foi na década de 80. 

Q: Você teve algum problema com este trabalho?

R: Sim, um problema muito grande. Eu não conseguia dormir durante muito tempo e depois de um certo tempo eu saí do banco. Mas se eu lhe der muitos detalhes, eles vão me identificar e me perseguir. Vários serviços secretos estrangeiros, que falam principalmente o Inglês (n.t. Os mais importantes de língua inglesa são a CIA, o MI-6 da Inglaterra e o MOSSAD de Israel), deu ordens para financiar atos ilícitos, mesmo o assassinato de pessoas por meio de bancos suíços.Tivemos que pagar por instruções de potências estrangeiras para a matança de pessoas que não seguem as ordens do Grupo BILDERBERG, do FMI ou o Banco Mundial, por exemplo. 

Q: Esta é uma revelação muito chocante que você está fazendo. Por que você teve o impulso de dizer isso agora?

R: Porque o Grupo BILDERBERG está reunido agora em junho (2011) na Suíça. Como a situação mundial está ficando cada vez pior. E porque os maiores bancos da Suíça estão envolvidos em atividades antiéticasA maioria destas operações estão fora do balanço OFICIAL dos bancos (como o dinheiro ganho com as DROGAS). Ele é um múltiplo do que é oficialmente declarada. A sua ocorrência não é auditada e esta acontecendo sem pagamentos de impostos. Os valores envolvidos tem um monte de zeros. São enormes quantidades. 

Q: Então na casa dos seus bilhões?

R: É muito mais, são trilhões, completamente não-auditados, ilegais e, acima do sistema fiscal. Basicamente é um roubo de todo mundo. Eu quero dizer que a maioria das pessoas normais estão a pagar impostos e respeitam as leis. O que está acontecendo aqui é totalmente contra os nossos valores suíços, como honestidade imparcialidade e boa fé. Nas reuniões que eu estava envolvido, as discussões se voltavam completamente contra os nossos princípios democráticos. Você vê, a maioria dos diretores dos bancos suíços não são mais os suíços locais, eles são estrangeiros, principalmente anglo-saxões, americanos ou britânicos, eles não respeitam a nossa neutralidade, não respeitam os nossos valores, eles são contra os nossos direitos a democracia, eles só usam os bancos suíços para os utilizar em seus meios ilegais. 

Eles usam grandes quantidades de dinheiro criado do nada e destroem a nossa sociedade e estão destruindo os povos no mundo inteiro apenas por ganância. Eles buscam o poder e destroem países inteiros, como a Grécia, Espanha, Portugal ou a Irlanda e a Suíça que será um dos últimos da fila. E eles usam a China como seus escravos trabalhando. E uma pessoa como Josef Ackermann, que é um cidadão suíço, é o homem superior em um banco alemão e ele usa seu poder para a ganância e não respeita as pessoas comuns. Ele teve alguns poucos casos de processos jurídicos na Alemanha e agora também nos Estados Unidos. Ele é um BILDERBERG  e não se preocupa com a Suíça ou qualquer outro país. 

Q: Você está dizendo, algumas dessas pessoas que você menciona vai estar na reunião do Grupo BILDERBERG em junho, em St. Moritz (a reunião de 2011 foi na Suiça)?

R: Sim. 

Q: Então, eles estão atualmente em uma posição de poder?

R: Sim. Eles têm grandes quantidades de dinheiro e usam-no para destruir países inteiros de acordo com os seus interesses. Eles destroem a nossa indústria local ocidental e a transferem para a China. Por outro lado, eles abriram as portas na Europa para todos os produtos chineses. A população de trabalhadores ativa da Europa está ganhando cada vez menos. O verdadeiro objetivo também é destruir a Europa. 

Q: Você acha que a reunião do Grupo BILDERBERG em St. Moritz tem valor simbólico? Porque em 2009 eles se reuniram na Grécia, em 2010, na Espanha e olha o que aconteceu com eles (N.T. Ambos os países, além de Islândia e Portugal, entraram em crise econômico-financeira e tiveram que refinanciar e reescalonar seus débitos públicos e praticar cortes de orçamento e demissões de trabalhadores). Será que isso significa que a Suíça pode esperar algo de ruim?

R: Sim. A Suíça é um dos países mais importantes para eles, porque existe muito dinheiro e capitais depositados aqui. Eles estão se reunindo lá, porque para além de outras coisas eles querem destruir todos os valores que a Suíça representa. Você vê que ela é um obstáculo para eles, a Suiça não esta na União Européia ou participa da zona do Euro, não é totalmente controlada por Bruxelas (sede do governo da União Européia), e assim por diante. Quanto aos valores eu não estou falando sobre os grandes bancos suíços, porque eles não são mais suíços, a maioria deles são liderados pelos norte-americanos (e por ingleses sediados em Londres). Eu estou falando sobre o verdadeiro espírito suíço que as pessoas comuns valorizam e praticam. Claro que tem um valor simbólico, como você disse, sobre a Grécia e a Espanha. Seu objetivo é ser uma espécie de clube de elite exclusivo que tem todo o poder e todo o resto, as demais pessoas países como pobres e abaixo deles. 

Q: Você acha que o objetivo do Grupo BILDERBERG é criar uma espécie de ditadura global, controlada por grandes corporações globais, estavam lá mais estados soberanos?

R: Sim, e a Suíça é o único lugar com a democracia direta e atravessada em  seu caminho. Eles usam a chantagem do “too big to fail”(muito grande para cair/falhar), como no caso do UBS (União de Bancos Suiços) para colocar nosso país em grande dívida, assim como fizeram com muitos outros países. No final, talvez eles queiram fazer com a Suíça o que eles fizeram com a Islândia (um país pequeno que simplesmente foi levado a FALÊNCIA TOTAL), com todos os bancos e o país COMPLETAMENTE falido. 

Q: E também trazer a Suiça para a U.E.(União Europeia)?

R: Claro que sim. A União Européia (os EUA, Canadá, Japão também) está sob as garras de ferro dos Bilderbergs. 

Q: O que você acha que poderia parar este plano?

R: Bem, isso é a razão de eu falar com você. Expor a verdade. A verdade é o único caminho. Colocar uma luz sobre esta situação, expô-los abertamente. Eles não gostam de estar no centro das atenções. Temos de criar transparência no setor bancário e em todos os níveis da sociedade humana. 

Q: O que você está dizendo é que existe um lado correto para o negócio bancário suíço e há alguns grandes bancos que estão abusando do sistema financeiro para suas atividades ilegais.

R: Sim. Os grandes bancos estão treinando seus funcionários com os valores anglo-saxões (ou seja, ausência de qualquer tipo de valor humanitário). Eles estão sendo treinados para serem gananciosos e cruéis. E a ganância está destruindo a Suíça e todos os outros países. Como um país, temos a maioria dos bancos que operam da forma mais correta do mundo, se você olhar para os bancos pequenos e médios. São apenas os grandes bancos que operam a nível mundial que são um problema. Eles não são mais suíços e não se consideram como tal. 

Q: Você acha que isso é uma coisa boa que as pessoas estão expondo o Grupo BILDERBERG e mostrando quem eles realmente são?

R: Acho que o caso de Strauss-Kahn é uma boa oportunidade para nós, porque mostra que estas pessoas são corruptas, doentias em suas mentes, tão doentes que eles estão cheios de vícios e os vícios são mantidos em sigilo sob suas ordens. Alguns deles, como as mulheres estupradas por Strauss-Kahn, outros são sadomasoquistas, ou pedófilos e muitos são seguidores e praticam o satanismo,(ou são tudo isso junto)Quando você vai em alguns bancos que você vê estes símbolos satanistas, como no Banco Rothschildem Zurique. Essas pessoas são controladas por chantagem por causa das deficiências que têm. Eles têm que seguir as ordens ou eles serão expostos, eles serão destruídos ou mesmo mortos. A reputação de Strauss-Kahn, não só esta morta na mídia de massa, ele poderia ser morto também literalmente. 

Q: Como Josef Ackermann está no comite de direção do Grupo BILDERBERG você acha que ele é um grande tomador de decisões lá?

R: Sim. Mas existem muitos outros, como Lagarde, que provavelmente será a próxima chefe do FMI (confirmado depois), também membro do Grupo BILDERBERG , em seguida, Sarkozy e Obama. Eles têm um novo plano para censurar a internet, porque a internet ainda é livre. Eles querem controlá-la e usar a “luta contra o terrorismo” mais do que nunca como uma razão para isso. Eles poderiam até mesmo planejar algo horrível (n.t. Mais um falso atentado terrorista,  entre tantos, como o de N.York, nas Torres do World Trade Center, em 11 de setembro de 2001, usado como desculpa, entre outras coisas, para invadir o Iraque) para que eles tenham uma desculpa.  

Josef Ackermann, CEO do Deutsche Bank, está no comite de direção do Grupo Bilderberg –

Josef Ackermann, CEO do Deutsche Bank (o maior banco da Alemanha) e membro do comitê de direção do Grupo BILDERBERGé apontado como uma das mais importantes figuras com planos de censurar a internet e desligar um dos últimos lugares da liberdade de expressão, que interfere enormemente com os planos para o controle completo do planeta

Q: Então esse é o seu medo?

R: Não, é apenas um receio, estou certo disso. Como eu disse, deram ordens para matar, então eles são capazes de coisas terríveis. Se eles têm a sensação de que estão perdendo o controle, como o levante agora na Grécia e na Espanha e, talvez, a Itália sendo o próximo país, então eles podem fazer outra Operação Gladio

Eu estava perto da Gladio Network. Como você sabe, o movimento que instigou o terrorismo pago pelo dinheiro americano para controlar o sistema político na Itália e de outros países europeus. Em relação ao assassinato de Aldo Moro, o Premier italiano, o pagamento foi feito através do mesmo sistema que eu te falei. 

Q: Ackermann foi parte deste sistema de pagamento em um banco suíço?

A: (um grande sorriso) … você é o jornalista. Olhe para a carreira dele e quão rápido ele chegou ao topo. 

Q: O que você acha que pode ser feito para impedi-los em suas ações e planos? 

R: Bem, existem muitos livros bons lá fora, que explicam a fundo e ligam os pontos, como o que mencionei por Perkins. Essas pessoas realmente atingiram os homens que são pagos para matar. Alguns deles receberam o seu dinheiro através de bancos suíços. Mas não é só, eles têm um sistema instituído em todo o mundo. E para expor ao público essas pessoas que estão preparados para fazer qualquer coisa para manter o controle. E eles são dispostos, eu quero dizer a tudo, qualquer coisa! 

Q: Através da exposição podemos detê-los?

R: Sim, dizendo a verdade. Somos confrontados com os criminosos realmente cruéis, também grandes criminosos de guerra. É pior do que genocídio. Eles estão prontos e são capazes de matar milhões de pessoas apenas para permanecer no poder e no controle. 

Q: O senhor pode explicar a partir do seu ponto de vista, porque a mídia de massa no ocidente é mais ou menos completamente omissa quanto ao assunto BILDERBERG ?

R: Porque há um acordo entre eles e os donos dos meios de comunicação mundiais. Ninguém fala sobre isso. Eles são comprados. Além disso, alguns dos mais importantes figuras dos meios de comunicação são convidados para as reuniões, mas lhes é pedido para não relatarem tudo o que vêem e ouvem. 

Q: Na estrutura de Bilderberg, há um círculo que sabe os planos e, em seguida, há uma maioria que apenas seguem as ordens?

R: Sim. Você tem o círculo interno que estão na adoração de SATÃ e na pratica do satanismo e depois há as pessoas ingênuas ou muito menos informadas a respeito de qualquer assunto. Algumas pessoas ainda pensam que estão fazendo algo de bom, o círculo exterior. 

Q: De acordo com documentos expostos e as próprias declarações, os BILDERBERGs decidiram em 1955 criar a União Europeia e o euro como sua moeda, tomaram decisões importantes e de grande alcance. 

R: Sim, e você sabe que o Grupo BILDERBERG foi fundado pelo príncipe Bernardda Casa Real da Holanda, um antigo membro das S.S. e do partido nazista de Hitler e ele também trabalhou para a I.G. Farben, que sua subsidiária produzia o gás Cyclon B. O outro homem era o chefe da Occidental Petroleum, que tinha relações estreitas para os comunistas na Sowjetunion. Trabalharam em ambos os lados, mas realmente estas pessoas são fascistas que querem controlar tudo e todos e quem ficar em seu caminho é removido. 

Q: Será que o sistema de pagamento que você explicou ser fora das operações normais, é compartimentada e secreto?

R: Nos bancos suíços os trabalhadores normais não sabem que isso está acontecendo. Funciona como um departamento secreto dentro do próprio banco. Como eu disse estas operações estão fora do balanço, sem nenhuma supervisão. Alguns estão situados no mesmo edifício, outros estão situados fora. Eles têm sua própria segurança e área especial, onde somente pessoas autorizadas podem entrar. 

Q: Como se manter estas transações fora do sistema Swift internacional?

R: Bem, algumas das listas Clearstream eram verdadeiras no começo. Elas só incluiu nomes falsos para fazer as pessoas acreditarem que toda a lista fosse falsa. Você vê que eles também erram. A primeira lista era verdadeira e você pode traçar um monte de coisas a partir dela.Você vê, existem pessoas ao redor que descobriram irregularidades e a verdade e a denunciaram. Depois é claro que existem fatos e o direito dessas pessoas serem obrigadas a se calarem. A melhor maneira de pará-los é dizer a verdade, colocar o holofote sobre eles. Se não impedi-los, vamos acabar como os seus escravos. 

Q: Obrigado por esta entrevista.  Crédito total devido ao WeAreChange

É de sua responsabilidade dedicar o máximo de tempo para a sua própria Libertação”. Arcanjo Miguel”

Saiba mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-misterios-e-controle-alienigena/
  2. http://thoth3126.com.br/a-verdade-sobre-os-grandes-bancos-ocidentais/
  3. http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-entrevista-com-banqueiro-suico/
  4. http://thoth3126.com.br/illuminati-hierarquia-dos-conspiradores-o-comite-dos-300/
  5. http://thoth3126.com.br/confissoes-de-um-assassino-economico/
  6. http://thoth3126.com.br/historia-dos-illuminati-e-da-nova-ordem-mundial-nwo/
  7. http://thoth3126.com.br/reptilianos-livro-body-snatchers-cap-11-e-12/
  8. http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-explosivo/
  9. http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-2b-explosivo/
  10. http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-3-explosivo/
  11. http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-4-explosivo/
  12. http://thoth3126.com.br/illuminati-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite-parte-5-a/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

22 Responses to Grupo Bilderberg: banqueiro suíço abre o jogo.