browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Grupo Bilderberg se reúne na Inglaterra

Posted by on 06/06/2013

Polícia Confirma que reunião do Grupo Bilderberg de 2013  terá lugar em Watford, Reino Unido, em Junho.

A Polícia de Hertfordshire confirmou que a reunião do Grupo Bilderberg de 2013 terá lugar no bosque do hotel de luxo em Watford, no Reino Unido no início do próximo mês de Junho, mais de 100  dos maiores “corretores do Poder” e globalistas, os mais influentes do mundo, se reunirão clandestinamente como sempre fazem para discutir a política mundial por trás de portas fechadas.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

http://www.infowars.com/police-confirm-bilderberg-2013-to-take-place-in-watford-uk/

Autoridades vão “facilitar o protesto pacífico” durante reunião do Grupo Bilderberg em junho.

Paul Joseph Watson – Infowars.com 07 de maio de 2013

Embora o local da reunião já fosse conhecido entre os investigadores do Grupo Bilderberg durante semanas , a confirmação da polícia apareceu para diminuir qualquer chance de que no local aconteça um campo de batalha projetado para lançar os ativistas para fora do local.

“Um porta-voz da Polícia de Hertfordshire confirmou que o evento estaria ocorrendo, mas se recusou a comentar sobre os detalhes operacionais de policiamento”, relata o Watford Observer. O porta-voz acrescentou que a força policial iria “facilitar para as pessoas que querem realizar um protesto pacífico”.

Imagem: The Grove, Watford

A insistência da polícia de que as manifestações serão permitidas (apesar de um  exercício de segurança”  que é esperado para cercar o terreno do hotel e manter os olhos curiosos longe), reforça a ideia de que o Grupo Bilderberg aprendeu com os anos anteriores de suas reuniões, quando manifestantes e jornalistas foram tratados com desdém, com o evento levando a atenção negativa da imprensa.

Segundo o Observer, as datas da conferência são em junho, nos próximos dias  6 a 8, embora se espere que a maioria dos participantes sairão do local apenas na manhã do dia 9, como é a rotina.  Como informamos ontem, Alex Jones vai viajar para o Reino Unido para cobrir o protesto, a menos que ele fique impedido de entrar no país pelas autoridades do Reino Unido que já impediram outras personalidades da mídia como Michael Savage de entrar com base em seus pontos de vista políticos.

Qualquer tentativa de deportar Jones vai ser visto como um desastre de relações públicas constrangedor para ambos, tanto para as autoridades do Reino Unido assim como para o Grupo Bilderberg, que anteriormente tentou que Jones fosse expulso do Canadá durante a reunião em 2006  apenas para ver o incidente se transformar em um grande espetáculo midiático.

Essa reunião anual do Grupo Bilderberg continua sendo alvo de quanta atenção a imprensa britânica vai conceder a um grupo que habitualmente permanece protegido por uma mídia “castrada” que mesmo ignora sua existência ou minimiza a reunião do Grupo Bilderberg como um mero “espaço de debate”, apesar de inúmeras instâncias do grupo empunhando a sua influência com pouca consideração para a transparência democrática.

Em 2010, o ex-Secretário-Geral da OTAN e um membro do Grupo Bilderberg  Willy Claes admitiu  que os participantes dos encontros anuais do Grupo Bilderberg são obrigados a implementar as decisões que são formuladas durante a conferência anual desses donos do poder. Em 2009,  o presidente Bilderberg Étienne Davignon , chegou até mesmo a se gabar de como a  moeda única do Euro foi uma criação  do Grupo Bilderberg.

Em fevereiro,  o advogado italiano Alfonso Luigi Marra solicitou  que o Ministério Público de Roma investigasse os Bilderbergs sobre atividade criminal, questionando se a reunião da organização elitista na Suíça em 2011 levou à escolha de Mario Monti para ser o primeiro-ministro da Itália. No mês passado, o juiz Presidente Honorário do Supremo Tribunal da Itália e ex-Senior Investigative, Ferdinando Imposimato  acusou o Grupo Bilderberg de estar por trás dos ataques terroristas  na Europa.

Centenas de ativistas anti NWO-Nova Ordem Mundial são esperados para descer em Watford e o site Infowars convida tantas pessoas quanto possível para fazer essa viagem, a fim de forçar a imprensa para dar ao Grupo Bilderberg a devida atenção que eles merecem, desmantelando assim  o sombrio véu que cobre o grupo que é sempre cercado por muito sigilo.

Paul Joseph Watson é o editor e escritor de  Infowars.com  e  Prison Planet.com . Ele é o autor de Order Out Of Chaos. Este artigo foi publicado: terça-feira 7 de maio, 2013 às 09:50

———————————————————————-

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

http://www.watfordobserver.co.uk/news/10411992.Group_shrouded_in_secrecy/

Grupo Bilderberg se reune em segredo na Inglaterra

por Mike Wright, Reporter – 09:00 11 mai 2013 sábado

As atividades do Grupo de Bilderberg são secretas em grande parte. As listas de convidados e os locais não são divulgados antes das suas reuniões anuais e nem as agendas discutidas e as atas das respectivas conferências – que incluem muitos ministros democraticamente eleitos de paises de todo o mundo – nunca foram publicados.

O grupo afirma que seu sigilo “não tem outro propósito além de permitir que os participantes falem com suas mentes aberta e livremente”.  No entanto, o que levou a críticas ao grupo Bilderberg é que ele age como uma rede de poder global informal paralelo que contorna os governos democraticamente eleito dos principais países. Este seria o principal motivo de que as suas reuniões anuais têm atraído um número crescente de manifestantes.

O que não está em questão, no entanto, é que suas reuniões atraiam algumas das pessoas mais influentes na política  e negócios do mundo. Nos últimos anos, os ex-ministros do governo da Grã-Bretanha, como o chanceler George Osborne, Ken Clarke e Peter Mandelson participaram das reuniões Bilderberg.

Nesses encontros estarão misturados as preferências e gostos de Mark Carney, Chairman do Banco do Canadá e  logo o novo chefe do Banco da Inglaterra, se reunirão CEOs (presidentes) de grandes empresas como a Google, Goldman Sachs e Unilever, bem como “eruditos acadêmicos” chaves e jornalistas importantes.

O Grupo Bilderberg leva o nome do hotel na Holanda, onde foi realizada sua reunião inaugural em 1954. Seu site disse que foi fundado “fora da preocupação manifestada pelos principais cidadãos de ambos os lados do Atlântico que a Europa Ocidental e América do Norte não estavam trabalhando juntos, tanto quanto deveriam para resolver problemas comuns de importância crítica.

“Considerou-se que as discussões regulares, fora de registros ajudariam a criar uma melhor compreensão das forças complexas e de grandes tendências que afetam as nações ocidentais no difícil período do pós-guerra”. O grupo descreve suas reuniões como uma “seção cruzada dos “principais cidadãos”  que são montadas por quase três dias de discussão informal e fora de registro sobre temas de interesse atual, especialmente nas áreas de relações exteriores e da economia internacional.”

Os três encontros Bilderberg anteriores foram hospedados em Sitges na Espanha (2010), St. Moritz, na Suíça (2011) e Chantilly, Virginia, nos EUA (2012). A reunião do grupo é organizada por um “Comite de Direção” anônimo e ele diz que os custos de hospitalidade da reunião anual são da responsabilidade dos membros do Comitê Diretivo do país de acolhimento.

ALGO MUITO SOMBRIO e NEGRO PAIRA SOBRE as REUNIÕES DO GRUPO BILDERBERG, SAIBA POR QUE AQUI:

http://thoth3126.com.br/grupo-bilderberg-misterios-e-controle-alienigena/

Permitida a reprodução desde que mantido o formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

2 Responses to Grupo Bilderberg se reúne na Inglaterra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *