browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

IRÃ, terremotos matam 30, há 800 feridos e muita destruição

Posted by on 09/04/2013

 Sobe para 30 o número de mortos em tremor de 6,3 º graus na escala Richter perto de Bushehr, no IRÃ.

Cerca de 800 pessoas ficaram feridas. Empresa afirma que reator não foi afetado.

Uma sequência de, até aqui, mais sete terremotos, que se iniciaram às 08:52 horas desta manhã de terça-feira, dia 09 de março, sacudiram a região de Bushehr, onde esta a principal usina nuclear do IRÃ.

Tradução: Thoth3126@gmail.com

http://rt.com/news/iran-bushehr-quake-nuclear-562/

Trinta pessoas foram mortas depois de um terremoto de magnitude 6,3 º atingiu a região perto de Bushehr no Irã. Cerca de 800 pessoas ficaram feridas, de acordo com a Agência de Notícias dos Estudantes Iranianos. A área é o local das instalações da usina nuclear iraniana de Bushehr.

Até agora, o terremoto deixou para trás 30 mortos e 800 feridos“, disse Fereydoun Hassanvand, o governador da província de Bushehr, de acordo com a Isna.

O terremoto foi classificado cono de  “nível de alerta laranja” pelo Serviço Geológico dos EUA (USGS). Um alerta laranja significa que baixas significativas são prováveis e o desastre é potencialmente generalizado. O epicentro do terremoto foi a 89 quilômetros (55 milhas) de distância da usina nuclear, fora da cidade de Kaki.

A profundidade do tremor foi de 10 km (6,2 milhas). Ele foi seguido por 21 tremores secundários dentro de três horas. Doze aqueles medidos acima de 4 graus na escala Richter.

“Nós pudemos sentir claramente o terremoto”, um residente local declarou à agência  Reuters. “As janelas e lustres  tremeram todos.”

As aldeias de Shanbe e Sana foram fortemente danificadas, de acordo com um funcionário da Cruz Vermelha. Relatórios postados no Twitter dizem que 23 aldeias foram afetadas no total. Muitas casas em áreas rurais da província são feitas de tijolos de barro, que facilmente podem ruir em um grande terremoto.

DATE LAT LON MAG DEPTH
km
DIST
km
  REGION
09-APR-2013 15:05:45 28.15 51.71  4.2 10 38 SOUTHERN IRAN
09-APR-2013 14:44:52 28.39 51.67  4.8 10 11 SOUTHERN IRAN
09-APR-2013 13:30:42 28.31 51.65  4.8 10 20 SOUTHERN IRAN
09-APR-2013 13:03:24 28.50 51.56  4.2 10 12 SOUTHERN IRAN
09-APR-2013 12:47:47 28.36 51.72  4.7 10 15 SOUTHERN IRAN
09-APR-2013 12:41:04 28.41 51.69  4.7 10 9 SOUTHERN IRAN
09-APR-2013 12:05:39 28.49 51.68  5.4 10 0 SOUTHERN IRAN
09-APR-2013 11:52:50 28.50 51.59  6.3 10 9 SOUTHERN IRAN

 

Gráfico da USGS acima: O primeiro abalo foi o mais forte, de 6,3º graus na escala Richter, sendo sucedido por mais seis entre 4,2 e 4,8 graus e um de 5,4 graus que causaram um considerável dano à região atingida pelo terremotos, deixando um saldo de 30 mortos e cerca de 800 feridos. O último tremor foi registrado às 12:05 hora de Brasilia.

A usina nuclear de Bushehr, que está localizado a apenas 11 km ao sudeste da cidade, permanece inalterada, sem ter sofrido danos.

“O terremoto de forma alguma afetou a situação normal no reator nuclear, o pessoal continua a trabalhar em regime normal e os níveis de radiação estão totalmente dentro da norma,” declarou à RIA Novosti um funcionário da Atomstroyexport, a empresa russa que construiu a instalação.

O governador da província também confirmou que a usina está intacta. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) diz que o Irã disse que o terremoto não causou nenhum dano às instalações.

“O Irã informou (ao Centro de Emergência e Incidentes da AIEA) do evento, relatando que não houve danos na Usina nuclear de Bushehr e nenhuma liberação radioativa ocorreu na instalação”, disse a agência em um comunicado, citado pela Reuters.

Com base nesta informação e análise sísmica do terremoto da própria AIEA  de magnitude, localização e outros fatores, a agência “não está buscando informações adicionais do Irã”, acrescentou o comunicado.

Pessoas em mídias sociais relataram sentir o terremoto, em locais distantes tanto quanto em Dubai e Abu Dhabi.  Países árabes do Golfo e especialistas ocidentais têm expressado preocupações sobre a usina de Bushehr, que é construída em uma área altamente sísmica. O Irã tem negado repetidamente as acusações de que ela poderia ser inseguro.

A AIEA disse durante uma visita à instalação de 2012 que elas eram de fato seguras. “Eu, como chefe da equipe [de inspeção], asseguro a sociedade iraniana que as instalações iranianas são seguras”, disse o Chefe de Segurança Nuclear da AIEA e do Departamento de Segurança, Olena Mykolaichuk, falando em um comunicado. A usina de Bushehr – um projeto concluído pela Rússia – ainda tem que se tornar totalmente operacional.

O terremoto de 6,1 na escala Ritcher destruiu casas da província de Bushehr, no sul do Irã, nesta terça-feira.
REUTERS/Mehr News Agency

A cidade portuária de Bushehr, que é o lar de cerca de 160.000 pessoas, está localizado na região sudoeste costeira do Irã com o Golfo Pérsico. O Irã se estende por várias grandes falhas na crosta da Terra, e é propenso a terremotos freqüentes. Em agosto de 2012, dois terremotos no noroeste do país, causou a morte de 306 pessoas e feriu mais de 4.500 outros.

Tensões nucleares

No início terça-feira, a TV estatal iraniana anunciou que o país tem começado as operações de extração em duas minas de urânio  e uma nova unidade de produção de urânio. O anúncio vem em meio a uma linha aquecida de atenção internacional em torno das intenções nucleares de Teerã.

Os EUA e seus aliados (Israel) dizem que o Irã está usando o programa como um disfarce para construir secretamente uma arma nuclear. Teerã nega as acusações, afirmando que seus esforços nucleares são para fins puramente civis. A República Islâmica diz que seu programa nuclear é necessário para produção de energia, bem como a produção de isótopos para dispositivos de pesquisa e assistência médica.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *