browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Japão: terremoto de 7,3º. Alerta de TSUNAMI de um metro…

Posted by on 25/10/2013

Japão sofre forte terremoto de 7,3º Graus na escala Richter. Alerta de tsunami de um metroUsina Nuclear de Fukushima foi atingida.

Os avisos de tsunami cobrem a costa de Iwate, Miyagi, Fukushima, Ibaraki, Kujukuri e Sotoba área na prefeitura de Chiba, informou a agência japonesa, acrescentando que o tsunami será de até um metro de altura. O terremoto de 7,3º graus de magnitude na escala Richter (conforme dados emitidos pela USGS-Serviço Geológico dos EUA) foi na madrugada deste sábado (no horário do Japão)  que atingiu a costa oceânica da prefeitura de Fukushima no nordeste do Japão em torno de 02:11 hora local (14:11 horas de Brasilia)…

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Japão sofre forte terremoto de 7,3º Graus na escala Richter. Alerta de tsunami de um metro. A Usina Nuclear de Fukushima foi  novamente atingida.

http://news.xinhuanet.com/ – http://www.iris.edu/sm2/ – http://g1.globo.com/

TÓQUIO, 26 out (Xinhua) – Mais alertas de tsunami foram emitidos pela Agência Meteorológica do Japão (JMA) na madrugada deste sábado (no horário do Japão)  sábado depois de um FORTE terremoto de 7,3º graus de magnitude na escala Richter (conforme dados emitidos pela USGS-Serviço Geológico dos EUA) que atingiu a costa oceânica da prefeitura de Fukushima no nordeste do Japão em torno de 02:11 hora local (15:11 horas de Brasilia).

Os avisos de tsunami cobrem a costa de Iwate, Miyagi, Fukushima, Ibaraki, Kujukuri e Sotoba área na prefeitura de Chiba, informou a agência japonesa, acrescentando que o tsunami será de até um metro de altura.

A Tokyo Electric Power Company, disse que há novas anormalidades que foram detectadas na usina nuclear Fukushima Daiichi semidestruída pelo terremoto de 9º graus em 11 de março de 2011, e os trabalhadores da usina foram obrigados a evacuar da beira-mar, de acordo com a Kyodo News.

O epicentro do violento sismo, com uma profundidade de 10 quilômetros, foi inicialmente determinada nas coordenadas 37,2 graus de latitude norte e 144,6 graus de longitude leste, a cerca de 290 quilômetros a leste da província de Miyagi, disse a agência.

O tremor foi registrado às 4 da escala sísmica japonesa de 7 em algumas partes na área de Tohoku e forte tremor foi sentido até em Tóquio. Tremores secundários,  um de magnitude 5,5º  foi sentido às 3h57 de sábado locais, 15h57 de sexta no horário brasileiro de verão, segundo o USGS.

DATA e Horário (UTC)

LAT  

LON  

MAG  

Prof.
km

  LOCAL (Click no linkp/explorar)

25-OCT-2013 21:27:34

37.04

144.62

5.5

10

OFF EAST COAST OF HONSHU, JAPAN
25-OCT-2013 19:02:58

37.03

144.69

4.8

17

OFF EAST COAST OF HONSHU, JAPAN
25-OCT-2013 17:57:39

37.18

144.72

5.1

37

OFF EAST COAST OF HONSHU, JAPAN
25-OCT-2013 17:10:16

37.19

144.66

7.3

10

OFF EAST COAST OF HONSHU, JAPAN

Mais de 18 mil pessoas morreram quando um terremoto submarino de magnitude 9º deu origem a um potente tsunami que varreu a costa nordeste do Japão em 11 de março de 2011, na pior catástrofe registrada no pós-guerra no país. Os sistemas de resfriamento da usina de Fukushima foram destruídos, provocando a fusão dos reatores e obrigando dezenas de milhares de pessoas a fugir do local.

Explosão da usina nuclear de Fukushima após o terremoto de 9º graus de 11 de março de 2011. Ela foi atingida novamente no forte terremoto de hoje. Ainda não há informações sobre os danos causados. No Japão é madrugada do sábado, dia 26 de outubro.

O leste do Japão, uma região sismologicamente ativa, também foi sacudido por um terremoto de magnitude 6,5 no mês passado, e os tremores foram sentidos a 600 quilômetros, na capital Tóquio.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.

www.thoth3126.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *