browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

Lua com halo misterioso e Sol se agita…

Posted by on 20/01/2014

MISTERIOSO HALO ELÍPTICO NA LUA sobre a Finlândia: 

Halos na Lua não são acontecimentos puramente diurnos. Procure-os sempre que uma lua brilhante estiver coberta por uma fina nuvem cirrus. A lua cheia ou quase cheia é o melhor.  

Halos de 22º muitas vezes cercam a lua. Mais raramente, porque a luz da Lua é relativamente fraca, é possível ver Moondogs e outros halos . As cores são fracas ou inexistentes, pois sua luz é apenas forte o suficiente para excitar os sensores de cor dos nossos olhos. Anéis coloridos muito menores às vezes cercam a lua. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Fonte: http://spaceweather.com/

MISTERIOSO HALO ELÍPTICO NA LUA sobre a Finlândia: 

Halos luminosos em torno da Lua não são nada fora do comum, especialmente no inverno da Finlândia, próximo ao Círculo polar Ártico, onde o ar é tão frequentemente cheio de gelo. Cristais congelados de H2O pegam o luar e dobram-no em um anel circular de luz. Algumas noites atrás, no entanto, Sauli Koski de Muonio, na Finlândia, testemunhou um halo que não era circular, mas elíptico:

“Em 15 de janeiro, o clima mudou. À medida que a temperatura caiu de -7º C para -37º C, havia todos os tipos de halos de gelo para fotografar”, diz Koski. “O melhor e os mais raros eram essas formas elípticas que duraram mais de 20 minutos”.

Embora os físicos tenham estudado halos de gelo ao longo de décadas, nem todos são compreendidos ainda. Os halos elípticos são um dos quebra-cabeças” diz o especialista em óptica atmosférica Les Cowley. “Podemos simular o fenômeno utilizando cristais de gelo hexagonais facetados em forma de pirâmides quase planas.

Halos na Lua não são acontecimentos puramente diurnos. Procure-os sempre que uma lua brilhante estiver coberta por uma fina nuvem cirrus. A lua cheia ou quase cheia é o melhor.  Halos de 22º muitas vezes cercam a lua. Mais raramente, porque a luz da Lua é relativamente fraca, é possível ver Moondogs e outros halos . As cores são fracas ou inexistentes, pois sua luz é apenas forte o suficiente para excitar os sensores de cor dos nossos olhos. Anéis coloridos muito menores às vezes cercam a lua. Estes não são um halo mas uma coroa produzido pela difracção da luz pelas gotas de água nas nuvens. E, claro a luz do luar cria um arco-íris, embora a olho nu geralmente é desprovido de cor.

No entanto, as simulações não se encaixam muito bem e esses cristais não são físicos ao longo dos planos onde há grande quantidade de átomos ou moléculas. – pirâmides quase planas não se encaixam no fenômeno, afinal. Talvez alguns tipos de cristais de gelo peculiares e distorcidos em vez disso”? “Todos esses mistérios adicionam o tempero da observação ao halo elíptico, o belo, o inesperado, o inexplicável, algo novo!”

Nova e grande Mancha solar (SUNSPOT) dobrando a “esquina” no sol: 

Uma mancha (Sunspot) solar se aproximando logo atrás da face escondida a sudeste do sol está crepitando com erupções solares. As explosões estão registrando flares de classe C2 a C8 na Escala Richter de Flares embora sejam parcialmente eclipsados pela borda do sol. Em Atenas, Grécia, o astrônomo amador Peter Desypris fotografou os estilhaços de uma das explosões:

“De fato, alguma coisa grande parece estar a caminho do lado oculto do Sol”, diz Desypris.

A Rotação do Sol está lentamente direcionando a região ativa desse Suspot voltado para a Terra. Durante o fim de semana seu núcleo deve emergir em plena vista para uma melhor avaliação do seu potencial de produção de flares solares. Fique atento às atualizações.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *