browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

Mcdonald’s: rede de fast food foi REJEITADA na Bolívia

Posted by on January 30, 2014

 A rede de fast food (Junk Food) McDonald’s está fechando todos os restaurantes na Bolívia na medida em que o país rejeita fast food norte americano.

A imagem feliz do McDonald’s e os seus arcos dourados não são a porta de entrada para a felicidade na Bolívia. Este país da América do Sul não está caindo na barragem de publicidade e métodos rápidos de cozimento de alimentos que OUTROS países tão facilmente engolem pelo mundo afora, como os Estados Unidos.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Por Lance Devon Tags: Bolívia , McDonald” s restaurantes , fast food

Fontehttp://www.naturalnews.com/

(NaturalNews) – Os Bolivianos simplesmente não confiam nos alimentos preparados em tão pouco tempo. O método de produção em massa de fast food rápido e fácil, realmente transforma os bolivianos e os mantém longe por completo. Sessenta por cento dos bolivianos são de uma população indígena que geralmente pensam que não vale a sua saúde ou dinheiro pisar em um restaurante McDonald’s.

Apesar dos preços de seu fast food ser economicamente camarada (???), o McDonald’s não conseguiu persuadir o suficiente da população indígena da Bolívia para comer seus BigMacs, McNuggets ou McRibs. Uma mulher indígena, Esther Choque, à espera de um ônibus para chegar em frente a um restaurante McDonald’s, disse:

” O mais próximo que cheguei foi um dia em que a chuva caiu e eu subi os degraus da escada para me manter seca perto da porta. Então eles saíram e me enxotaram da frente da loja. Eles disseram que eu estava sujando o lugar. Porque eu me importaria se as lojas do McDonald’s fecham [ na Bolívia]? “

A Cadeia de fast food norte americana ainda permaneceu por uma década no país, apesar das perdas a cada ano

As oito  lojas de fast food McDonald restantes, que ainda resistem nas cidades bolivianas de La Paz, Cochabamba e Santa Cruz de la Sierra, tinham supostamente operado com perdas a cada ano por uma década. A Franquia do McDonald’s havia sido persistente ao longo desse tempo, flexionando bolsos de sua franquia para continuar o negócio na Bolívia. Qualquer empresa de pequeno porte operando no vermelho por tanto tempo teria dobrado e abandonado a área em menos de metade desse período.

Mesmo sendo tão persistente como foi o McDonald’s que estava ganhando influência lá, eles não poderiam continuar a operar no vermelho. Após 14 anos de presença no país, a sua extensa rede não poderia abraçar a cadeia boliviana. Loja após loja se fechou na Bolívia, o país que rejeitou a agenda de fast food McDonald’s. Logo, eles deram adeus a última loja McDonald.

Rejeição cultural profunda

O impacto do McDonald’s e a sua partida da Bolívia será tão duradoura e importante, que os gerentes de marketing imediatamente produziram um documentário chamado: “Por que o McDonald’s faliu na Bolívia“. Apresentando, cozinheiros, nutricionistas, historiadores e educadores, este documentário rompe a realidade repugnante de como a “comida” do McDonald’s é preparada e por que os bolivianos rejeitaram toda a “filosofia” de se comer fast food.

Manipulação publicitária do Mcdonald’s não funcionou na Bolívia !!

A rejeição não é necessariamente com base no gosto ou o tipo de comida que o McDonald’s está preparando e servindo. A rejeição do SISTEMA de fast food  resultou da mentalidade de como as refeições do povo boliviano estão sendo devidamente preparadas. Os bolivianos ainda mais respeitam seus corpos, valorizando a qualidade do que vai para o seu estômago. O tempo que leva para um alimento fast food para ser preparado levanta uma bandeira de alerta em suas mentes.

Onde outras culturas não veem risco, de se comer McDonald’s  a cada semana; os bolivianos acham que simplesmente não vale a pena correr o risco para a saúde. Os Bolivianos buscam consumir refeições locais, bem preparadas, e quer saber que sua comida foi preparada da maneira certa. Este auto-respeito ajuda os bolivianos a evitar a  ”tecnologia de carne reestruturada” e processada industrialmente, muitas vezes usado por redes de fast food, como o McDonald’s.

O McRib: feito com 70 ingredientes reestruturados em um

Você sabia que o McRib é processado com 70 ingredientes diferentes, que incluem azodicarbonamida, a farinha de branqueamento um agente muitas vezes utilizado na produção de espuma de plástico? O McRib é, basicamente, “carne reestruturada tecnologicamente”, contendo uma mistura de tripas, coração e estômago escaldado. As proteínas são extraídas da mistura muscular e se ligam as aparas de carne de porco em conjunto de um modo que eles podem ser moldados em grossos bifes na fábrica.

O McRib é realmente apenas uma gota  de carne reestruturada e moldada, anunciada e vendida como carne fresca. Não há nada de verdade nisso, na preparação ou na substância do produto. Na verdade, o McRibs realmente surgiu por causa de uma escassez de frango. A abordagem tecnológica da carne reestruturada manteve o McRib no menu, apesar da escassez, e os lucros continuaram a rolar para dentro do bolso do Mcdonal’s.

Esta é a ideia muito nojenta de se ganhar dinheiro que os bolivianos (um país dito de terceiro mundo!!) rejeitaram em seu país.  A rejeição boliviana aos lanches do McDonald’s criou um bom exemplo para o resto do mundo seguir. 

As Fontes para este artigo incluem:
http://www.hispanicallyspeakingnews.com
http://www.globalresearch.ca
http://www.theblaze.com
http://www.trueactivist.com/mcdonalds-goes-belly-up-in-bolivia/
 

Mais informações no link

  1. http://thoth3126.com.br/category/medicina-saude/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

6 Responses to Mcdonald’s: rede de fast food foi REJEITADA na Bolívia

  1. paulo

    Google informou virus (malware) nesta pagina. Abraço

    • Thoth3126

      Caro Paulo, o Chrome estava acusando vírus em todas as nossas páginas hoje pela manhã. Parece que incomodamos alguém. O problema foi resolvido pois O NOSSO BLOG NÃO TEM NENHUM VÍRUS e o acesso a todas as quase 800 postagens está liberado SEM NENHUM RISCO.Grato pelo aviso.

      • Ewerton

        Vamos começar:
        Um blog incomoda muita gente!
        Dois blogues incomodam, incomodam muito mais…

  2. Ewerton

    Xô globalização!

  3. louvenia

    What’s up, everything is going sound here and ofcourse every one is sharing
    data, that’s truly excellent, keep up writing.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>