browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Meteorito pode ter derrubado Airbus do voo 804 da EgyptAir

Posted by on 23/05/2016

meteoro-brasilAlerta russo de queda de Meteoro foi emitido apenas algumas horas antes da queda do voo 804 da EgyptAir

Um intrigante relatório do Ministério da Defesa ( MoD ) que circula no Kremlin hoje esta fortemente sugerindo que a queda do avião Airbus da EgyptAir, do vôo 804, em 19 de maio sobre o Mar Mediterrâneo foi devido a ser atingido por um fragmento de restos de um grande meteorito que entrou pela primeira vez a atmosfera da Terra em 17 de maio, nos céus da América do Norte …

Tradução, edição e imagens:   Thoth3126@protonmail.ch

Queda de Meteoro pode ter provocado a explosão do voo 804 da EgyptAir

Fonte: http://www.whatdoesitmean.com

Por: Sorcha Faal- 21 de maio de 2016.

… explodindo em inúmeras peças com um grande pedaço caindo no continente sul-americano em 18 de maio, e deixando um campo de destroços tão grande que as Forças de Defesa Aeroespacial ( FDA ) da Rússia emitiu um alerta a todos os comandos de mísseis S-400 que operam na Síria para estar em alerta para ” leituras falso-positivos ” de ataques aéreos. [ Nota: Algumas palavras que aparecem nas citações são aproximações de palavras / frases russas que não tenham contrapartida exata na língua inglesa]

aviao-explosão-matriz-direita

Queda de Meteoro pode ter provocado a explosão do voo 804 da EgyptAir

De acordo com este relatório, em 17 de Maio, o complexo de vigilância do espaço Okno Optoeletrônicos (Okno Optoelectronic Space Surveillance Complex) no Tajiquistão enviou um aviso de alerta para o ADF de que tinha ” detectado / descoberto ” um asteroide perto da Terra e se aproximando da atmosfera sobre a América do Norte a uma velocidade estimada em cerca de 67.000 km -por hora e que tinha uma massa estimada de 8.000-10.000 toneladas métricas. 

Depois de ser alertado para este ” evento / circunstância ” pelo Okno, este relatório continua, o ADF “redirecionou” um satélite Kanopus para observar este objeto no espaço e que foi detectado atingindo a atmosfera acima do nordeste dos Estados Unidos e que sua queda foi capturada em vídeo a partir de um carro da polícia norte americana em Nova York e descrito como uma bola de fogo espetacular. 

Após este meteorito [na verdade, chamado de bólido neste relatório usando a definição de astronomia desta palavra] atingir a atmosfera sobre a América do Norte, observa o relatório, ele dividiu-se em “muitos/numerosos” pedaços com alguns deles sendo expulsos em uma trajetória “orbital de maior altitude que a dos aviões” e a maior parte caindo de volta à Terra menos de 24 horas depois, quando, em 18 de maio, sobre a nação sul-americana da Argentina, foi registrado que um meteorito explodiu ao entrar na atmosfera, causando também a ocorrência de tremores pela onda de choque da explosão.

Meteoro explode espetacularmente através do céu no Estado de Nova Iorque:

Com dezenas de milhares (se não centenas de milhares) destes fragmentos de meteoritos (estimados entre 5-60 centímetros) ainda deverão cair na atmosfera do nosso planeta entre 18-20 maio, este relatório diz que, tanto o centro Okno e os dados do satélite Kanopus determinaram que as ” áreas / regiões ” com maior probabilidade de serem afetados por este lixo espacial ficava entre a Groenlândia e a Austrália devido a órbita original norte-sul da queda deste meteorito, com o ponto central sendo o Oriente Médio. 

Como um número (não identificadas neste relatório) de sistemas de míssil superfície-ar S-400 [ o sistema de mísseis mais capaz e letal de longo alcance de defesa aérea no planeta ] estão atualmente destacados na Síria e temendo que alguns pedaços maiores de escombros do meteorito não se queimasse na atmosfera em cima da reentrada poderia ativá-los, se caisse dentro de sua faixa de radar, este relatório continua, e por causa disso o ADF enviou um alerta aos comandantes destas forças comunicando-os sobre o que poderia ocorrer.

queda-meteoros-crescimento-mapa

Houve um aumento considerável do número de meteoros que atingem a atmosfera da Terra entre 2013 (cerca de 3600) para o no de 2015, com cerca de 9300 ocorrências, quase o triplo.

Menos de 48 horas após este aviso que foi emitido pelo ADF, no entanto, como observa o relatório, o voo 804 do Airbus da EgyptAir (sobrevoando o Mar Mediterrâneo a caminho para o Cairo a partir de Paris), aparentemente, voou para o espaço da atmosfera contendo os escombros de meteoritos onde foi atingido por um fragmento causando uma descompressão explosiva de sua estrutura, que destruiu a aeronave e matou todos os 66 passageiros e tripulantes a bordo.

Este relatório observa ainda que o primeiro relatório desta explosão do avião foi recebida de um navio mercante grego que relatou que sua tripulação tinha testemunhado um clarão no céu por volta do momento da explosão que derrubou o Voo 804 da EgyptAir causando o seu desaparecimento, isto é estranhamente semelhante a um relatório de pilotos espanhóis que viram um ” clarão intenso ” na área onde o voo 447 da Air France caiu ao largo da costa do Brasil em 01 de junho de 2009 matando todos os seus 228 ocupantes a bordo e que a especulação de que ele também foi derrubado por fragmento de meteorito tem sido muito discutido.  

egyptair-acidente

O Airbus da Egypt Air que foi derrubado em voo sobre o mar Mediterrâneo

Também é importante observar sobre este relatório na sua conclusão, onde especialistas do Ministério da Defesa afirmam que os EUA foi alertado pelo ADF quando o aviso foi emitido para os comandantes das baterias de mísseis S-400 [ comandantes russos e norte-americanos se falam diariamente ] sobre a possibilidade da queda de meteoritos ser capturada pelos radares mas optaram por não usá-lo para si ou transmiti-lo a qualquer um de seus aliados, o que se torna compreensível quando visto à luz do aumento vertiginoso dos meteoritos que atingem a nossa atmosfera na Terra, e que ninguém ainda é capaz de explicar, e agora faz com que cada avião civil se torne um alvo em potencial.

Saiba mais em

  1. http://thoth3126.com.br/algo-muito-grande-e-definitivo-esta-para-acontecer/
  2. http://thoth3126.com.br/explosao-e-queda-de-meteoro-na-russia-destruicao-e-feridos/
  3. http://thoth3126.com.br/nasa-chuva-de-meteoros-e-estrelas-cadentes-imagens/
  4. http://thoth3126.com.br/meteoros-podem-estar-a-caminho-da-terra/
  5. http://thoth3126.com.br/terrorismo-russia-diz-que-bomba-derrubou-aviao-no-egito/
  6. http://thoth3126.com.br/aviao-da-egyptair-desaparece-sobre-o-mediterraneo/
  7. http://thoth3126.com.br/egito-e-grecia-encontram-corpos-e-destrocos-do-aviao-da-egyptair/
  8. http://thoth3126.com.br/bola-de-fogo-explodiu-sobre-atlantico-a-mil-quilometros-da-costa-do-brasil/
  9. http://thoth3126.com.br/os-riscos-da-queda-de-um-grande-asteroide/

Permitida a reprodução desde que respeite a formatação original e mencione as fontes.

Thoth-flordavidawww.thoth3126.com.br

 

 

One Response to Meteorito pode ter derrubado Airbus do voo 804 da EgyptAir

  1. Silvio José Benevides e Maia

    A possibilidade de interpretar corretamente depende da instrução cerebral suficiente, especialmente com os dados paranormais, onde estão as causas.

    Mas há vezes e não poucas em que para se saber o que de fato rolou é necessária informação específica.

    Cada vida é uma preciosidade de Deus. Cada projeto reeencarnatório em execução aqui deu todo um trabalho a muita gente para rolar. O critério universal primordial é o da utilidade.

    Que utilidade então poderia ter o monitoramento sideral não impedir?

    Tempos atrás lemos uma passagem em que era de um avião explodir no ar, mas sem comprometimento da integridade perispiritual dos passageiros e tripulantes -não me lembro por que nem se isso foi informado no livro. Assim, agentes de equipe de desencarnação postaram-se atrás de cada tripulante e passageiro no aguardo do momento de agir rapidamente, desligando todos de seus corpos físicos segundos antes da explosão, para que os danos não atingissem os corpos perispirituais, o que sem dúvida provocaria a segunda morte, resultando na trabalheira que é a construção de um novo perispírito.

    Havendo sido o meteorito, aparentemente tratam-se de desfechos kármicos em ambos os casos, pois não se pode afirmar não serem outros os motivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *