browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Meteoro na Argentina: explosão em novas imagens

Posted by on 24/04/2013

 Astrônomos confirmam que bola de fogo que explodiu no céu da Argentina domingo de madrugada era um meteoro.

Não foi só em Santiago del Estero que foi experimentado o estranho fenômeno. Os habitantes das províncias de San Miguel de Tucumán, Catamarca, La Rioja, Chaco, Corrientes, Córdoba, Santa Fe e San Miguel de Tucumán também viram a explosão e o flash de luz nos céus. Em alguns locais também se ouviu um estrondo da explosão do meteoro. A província de Salta agora também se juntou ao avistamento da passagem, explosão e do impacto do meteoro.

Thoth3126@gmail.com

Especialistas explicaram o fenômeno de domingo (21) à imprensa local. Rocha atingiu atmosfera a 130 mil km/h e se desintegrou explodindo sobre os céus de Santiago Del Estero.

http://www.lanacion.com.ar e G1

Atualizado em 23/04/2013 09h30

Astrônomos argentinos confirmaram à imprensa local que a bola de fogo vista no céu do norte do país na madrugada de domingo (21) era um meteoro. Além do clarão, o fenômeno provocou um forte estrondo e até pequenos tremores nas províncias de Santiago del Estero, Chaco, Salta, Córdoba, Tucumán e Catamarca.

Em determinado momento da explosão a noite se iluminou como se fosse dia, de tão intensa que foi a luz produzida pela flash da explosão do meteoro.

“À noite, é possível observar entre cinco e dez meteoros por hora, e em geral são do tamanho de um grão de areia. O que aconteceu ontem [domingo, dia 21, às 03:30 da madrugada, hora local] foi um bólido de um tamanho maior. Uma rocha espacial de 40 a 45 centímetros que ingressou [na atmosfera] a mais de 130 mil quilômetros por hora”, afirmou Jorge Coghlan, diretor do Observatório Astronômico de Santa Fé, em entrevista à Rádio Continental.

Vídeo: Durante um show misteriosamente se cortou o som e se viu a passagem da queda e explosão do meteoro por trás das cenas, veja imagens:

Segundo o astrônomo, o meteoro se desintegrou devido ao atrito com a atmosfera – o que provocou o clarão e o estrondo. Por isso, mesmo se tiver restado algum pedaço, será muito difícil localizá-lo. Pela nomenclatura usada pelos cientistas, se algum pedaço for encontrado, agora será chamado de meteorito; antes disso, a rocha em contato apenas com a atmosfera recebe o nome de meteoro.

Mariano Ribas, coordenador da área de Astronomia do Planetário de Buenos Aires, afirmou que o meteoro do norte da Argentina tem uma semelhança com o meteoro que caiu na Rússia e deixou mais de mil feridos em fevereiro.

“A origem é semelhante, mas esse foi muito inferior a aquele, ainda que daquela vez, pela força do impacto, só foi possível resgatar poucos fragmentos do meteorito”, afirmou o cientista ao jornal “Clarín”.

Ao longo dos últimos dias, a Terra foi atingida por uma chuva de meteoros, que ocorre quando o planeta cruza a órbita de algum cometa e alguns fragmentos muito pequenos penetrem a atmosfera.

Saiba mais emhttp://thoth3126.com.br/argentina-meteoro-explode

Meteoro na Rússia: Mariano Ribas, coordenador da área de Astronomia do Planetário de Buenos Aires, afirmou que o meteoro do norte da Argentina tem uma semelhança com o que caiu na Rússia e deixou mais de mil feridos em fevereiro.

Ao entardecer, dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. E pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu esta vermelho-escuro. Hipócritas ! Sabeis, portanto discernir os aspectos do céu e não podeis reconhecer  OS SINAIS DOS TEMPOS?”  Mateus 16: 2 e 3

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

15 Responses to Meteoro na Argentina: explosão em novas imagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *