browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Chuva de Meteoros Orionids na madrugada de 21 e 22 de outubro

Posted by on 20/10/2015

asteroide-2003QQ47

Chuva de meteoros Orionids de outubro (pico nas noites de 21 e 22) de 2015.

Em 2015, a chuva de meteoros Orionids deverá atingir o pico entre 20 e 24 de outubro – durante a fase da Lua crescente, o que irá tornar mais fácil para se ver o chuveiro para os observadores de ambos os hemisférios Norte e Sul. A chuva de meteoros Orionids é uma das duas chuvas de meteoros associados com o Cometa Halley.


Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Chuva de meteoros Orionids de outubro (pico nas noites de 21 e 22) de 2015.

Fontes:  http://www.timeanddate.com/http://g1.globo.com

Ele é chamado Orionids porque os meteoros parecem surgir ou irradiar desde a Constelação de Órion (onde estão situadas as Três Marias), o Caçador.

O evento astronômico Orionids ocorre no final do mês de outubro e o seu radiante está na constelação de Órion. Esta chuva de meteoros terá seu auge no dia 21 de outubro de 2015, mas ela é bastante irregular.

orion-constelação

A Constelação de Órion

Um bom espetáculo pode ser experimentado nas madrugadas entre os dias 20 e 24. Uma melhor visualização poderá ser obtida a partir do leste, após a meia-noite. A chuva de meteoros Eta Aquarids que ocorre em maio é a segunda chuva de meteoros criada pelos destroços deixados pelo cometa Halley em sua passagem pelo sistema solar.

 O Halley é um cometa periódico que leva cerca de 76 anos para fazer uma revolução completa em torno do Sol. Na sua próxima passagem, ele será visível da Terra em 2061.

Onde posso ver os meteoros Orionids

Os Orionids podem ser vistos pelos espectadores de ambos os hemisférios, sul e norte. Embora não seja necessário olhar em uma direção particular para desfrutar de uma chuva de meteoros – simplesmente deitar no chão e olhar para o céu diretamente acima de você e então será obrigado a ver alguns meteoros riscando o céu- os astrônomos sugerem que os observadores do Hemisfério Norte olhem para o céu do sudeste, enquanto que os do hemisfério sul (Brasil) devem olhar para o céu ao seu nordeste.

orionids_meteor-shower-mapa

Quando visualizar as Orionids

Segundo o astrônomo Jorge Mario Carvano, do Observatório Nacional, o pico da chuva de meteoros pode ocorrer no dia 21. É improvável que haja uma colisão desses corpos celestes com a superfície do planeta. O melhor momento para se ver a queda de meteoros Orionids é um pouco antes de anoitecer e logo após a meia-noite.

“— A chuva de meteoros ocorre devido ao encontro na órbita da Terra com partículas de algum corpo que libera poeiras. Neste caso, é o cometa Halley — explica. — Os rastros de cometas tendem a ser pouco resistentes e não formam meteoritos, os corpos celestes que colidem com o planeta”; segundo o astrônomo Jorge Mario Carvano, do Observatório Nacional

A Localização no céu

A chuva de meteoros Orionid é visível em meados de outubro. A melhor data é agora, em torno de 20 e 21 de outubro de 2015. Nota: Os tempos são para a data de 20 de Outubro de 2015. Definir a sua localização

cometa-halley
Escombros e detritos do Cometa Halley (foto acima) faz com que ocorra a Chuva de meteoros anual chamada de Orionids. NASA / ESA / Max-Planck-Institute for Research Sistema Solar

Um meteoro (um provável ORIONIDS) foi visto cruzando o céu do Rio de Janeiro e de outras cidades da Região Sudeste, na madrugada da sexta-feira (16). Muitas pessoas conseguiram ver um clarão no céu e alguns observatórios registraram o fenômeno.

Em entrevista ao G1, o astrônomo Marcelo de Cicco, coordenador do projeto Exoss, uma organização sem fins lucrativos que estuda meteoros, informou que o meteoro passou em alta velocidade pela atmosfera terrestre sobre o Rio, caindo no oceano a cerca de 200 quilômetros da costa.

meteoro-rio-madrugada-16102015

Um provável meteoro Orionids provocou clarão ao cair nos céus do Rio de Janeiro na madrugada de 16, sexta-feira.

Passagem de meteoro causa clarão azul no céu do Rio de Janeiro: Segundo astrônomo, fragmentos caíram a 200 quilômetros da costa. Estação em São Sebastião (SP) também registrou fenômeno no céu.

“Estamos avaliando ainda e não tenho dados conclusivos, mas acredito que pode ter sido um meteoro de cerca de um quilo, não era pequeno”, disse. Ele explicou que o projeto já recebeu cerca de 30 relatos de pessoas que viram o fenômeno em diversas partes do Rio ( Seropédica, Botafogo, Barra da Tijuca, Jacarepaguá)  e ainda regiões do Sul do estado.

Segundo o astrônomo, a luz provocada pelo objeto também foi vista em alguns locais de Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina. Com apoio dos relatos o fenômeno será analisado nos próximos dias pelos especialistas, mas dados preliminares indicam que ele tinha um brilho  intenso, nas cores azul e verde, bem maior do que a luz da lua cheia.

meteoro-meteorito-asteroide

Como visualizar os Orionids

Aqui estão algumas dicas sobre como maximizar o seu tempo ao procurar olhar para a queda dos meteoros Orionids:

  • Saia da cidade para um lugar onde as luzes artificiais dos grandes aglomerados urbanos não impeçam a sua visualização;
  • Se você está ao ar livre vendo o chuveiro durante o seu pico, você não precisa de nenhum equipamento especial. Você deve ser capaz de ver a chuva com seus próprios olhos sem auxilio de de nhum telescópio.

Nighted Vail

  • Leve um cobertor ou uma cadeira reclinável confortável com você – para se observar a queda de meteoros, assim como qualquer outro tipo de estrela que voce quer ver é um jogo de espera epaciência, e você precisa estar confortável. Além disso, você pode não querer ir embora cedo até que você tenha desfrutado do espetáculo majestoso de fogos de artifício celestes.
  • Verifique o tempo e o horário do nascer e o pôr da lua para a sua localização antes de sair, e planeje a sua visualização em torno deste momento.

Durante muitas noites seguidas, os observadores do céu antes do amanhecer podem ver meteoros riscando os céus vindos da direção da constelação de Orion, perto do “ombro” do caçador. Em 2015, os meteorologistas esperam que os Orionids em seu pico em outubro 21-22, caiam à taxa de 20-25 meteoros por hora.

Mais informações sobre cometas e meteoros em:

  1. http://thoth3126.com.br/meteoros-podem-estar-a-caminho-da-terra/
  2. http://thoth3126.com.br/explosao-e-queda-de-meteoro-na-russia-destruicao-e-feridos/
  3. http://thoth3126.com.br/meteoro-na-argentina-explosao-em-novas-imagens/
  4. http://thoth3126.com.br/meteoro-explodiu-nos-ceus-dos-eua/
  5. http://thoth3126.com.br/nasa-chuva-de-meteoros-e-estrelas-cadentes-imagens/
  6. http://thoth3126.com.br/meteoro-explode-sobre-a-espanha/
  7. http://thoth3126.com.br/licoes-do-impacto-de-meteoro-na-russia/
  8. http://thoth3126.com.br/asteroide-2014rc-passa-raspando-a-terra-dia-0709/
  9. http://thoth3126.com.br/chuva-de-meteoros-perseidas-de-agosto/
  10. http://thoth3126.com.br/nasa-chuva-de-meteoros-e-estrelas-cadentes-imagens/

Permitida a reprodução desde que mantido na formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

12 Responses to Chuva de Meteoros Orionids na madrugada de 21 e 22 de outubro

  1. Gil

    Uma pena São Paulo estar tão poluída, não vamos conseguir ver nada. Snif…

  2. Fabi Mells

    moro em Recife, bem pertinho do litoral…
    vou aproveitar o maximo…
    😉

  3. Silvio José Benevides e Maia

    Monitoramento Dos Corpos Celestes

    Acoplado à mensagem marco de Jesus via GESH oportunamente republicada ontem, assinalando esse encerramento cíclico, alvo da atenção turística sideral, pudemos ver o vídeo trazido ao Espaço Sementes e repassado à multilistalivre para apreciação pública, em que foram expostas muito boas informações sobre esse sagrado trabalho monitorante.

    Existentes desde sempre, as transformações do fluído universal diretas e/ou sucessivas em planetas ou moradas de vidas, são aparemente equilibradas pelo que podemos chamar de engenharia gravitacional constantemente monitorada -ao menos em nosso entorno vislumbrável da infinitude, mas também em nosso modo de ver não havendo por que ter de ser diferente fora daí só por se tratar de infinitude.

  4. Joao Gilberto

    Olá, gostaria de saber se vocês tem alguma informação sobre os clarões que aconteceram nas madrugadas de 16 de outubro 2015 no rio e em recife… o céu estava nublado e as pessoas acordaram com estrondos e clarões no céu. Eu li um pouco sobre o projeeto blue beam, poderia ser isso? voces tambem nao tem um post sobre esse projeto sinistro…
    muito obrigado.

    • Thoth3126

      O Projeto Bluebeam foi desmantelado. No Rio e em outros estados do sudeste e do sul várias pessoas testemunharam a queda de meteoros e clarões nos céus da madrugada de ontem (16-10). É provável que sejam meteoros da chuva anual dos Orionids. Muita Luz e Paz.

  5. Patricia

    Meu tio, que estava acordado em sua habitual insônia, viu um clarão entrar pelas frestas da janela (veneziana). Eu, como sempre, não vi nada e só fiquei sabendo no dia seguinte! Mas se foi apenas um objeto de um quilo, não foi um clarão extenso demais para ser visto por tantos lugares?
    Já vi chuva de meteorito e superlua vermelha quando criança, numa época que internet era FC… hoje, com tanta informação, nem vejo mais quando é Lua Nova ou Cheia :'(

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *