browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Mudanças climáticas: Rios secam em São Paulo

Posted by on 02/11/2014

mudanças-climáticas-frogsPesquisa da Unesp mostra que mais da metade de nascentes dos rios no noroeste paulista secaram

A estiagem está mostrando um de seus lados mais trágicos: nascentes de vários rios importantes da região noroeste paulista desapareceram e várias outras estão secando.

Pesquisadores da Unesp da região de São José do Rio Preto (SP) visitaram mais de 50 nascentes e córregos e alertam para a importância da preservação.

Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Das 54 nascentes de rios da região NOROESTE do estado de São Paulo, 29 delas estão secas, revela pesquisa da Unesp.  Segundo dados, 34 tem menos da metade de água que tinham há dez anos.

Em 02/11/2014 13h00  – Do G1 Rio Preto e Araçatuba

http://g1.globo.com/sao-paulo/

Onde a água nascia em abundância, agora nem sinal dela. Em 2003, os pesquisadores recolheram amostras de dezenas de córregos e nascentes do interior de São Paulo. Agora, eles voltaram a esses locais e constaram que a situação piorou muito.

nascente-rionoroestesp

Onde antes havia nascente, agora há apenas LIXO, sujeira e seca (Foto: Reprodução / TV TEM)

“Em uma década de diferença, conseguimos quantificar que 81% desses riachos anteriormente mostrados, perderam qualidade aquática de maneira geral e perderam volume de água”, explica a pesquisadora Lilian Casatti.

Das 54 nascentes documentadas na pesquisa, 34 tem menos da metade de água que tinham há dez anos e 29 estão secas. É o caso da nascente do rio São José dos Dourados, um dos mais importantes da região noroeste de São Paulo. Até bem pouco tempo a área toda era coberta de água e agora, a nascente simplesmente desapareceu e deu lugar a um caminho tomado de lixo.

calor-sao-paulo

Termômetro registrando o calor durante a tarde na avenida Paulista, em São Paulo, em outubro, apenas o começo da primavera.

Na nascente do rio Preto, um dos mais importantes de São Paulo, hoje quase não dá para ver a água. No lugar cresceu uma vegetação típica de terrenos assoreados. “Nesses dez anos a gente teve um grande assoreamento, que é a descida de terra das partes mais altas para as mais baixas e provoca a redução do volume de água nas minas”, explica a pesquisadora Jaqueline Zeni.

Segundo os especialistas, o que faltou na maior parte das minas que secaram são as chamadas matas ciliares. Elas funcionam como os cílios que protegem os olhos da poeira. No caso dos córregos elas impedem que terra, areia e outros sedimentos acabem bloqueando a saída da água nas nascentes.

riosjdourados

O rio São José dos Dourados, um dos mais importantes da região noroeste de São Paulo. Até bem pouco tempo a área toda era coberta de água e agora, a nascente simplesmente desapareceu e deu lugar a um leito tomado de lixo.

“Manter a vegetação do lado desses riachos, reflorestar esses riachos é o primeiro passo para agente tentar inverter essa situação, que é uma situação preocupante. Agente tem que começar a plantar árvores do lado desses riachos para poder colher água senão vamos enfrentar mais situações extremas como já estamos vendo”, finaliza Jaqueline.


 Ao entardecer, dizeis: haverá bom tempo porque o céu está rubro. E pela manhã: hoje haverá tempestade porque o céu esta vermelho-escuro. Hipócritas ! Sabeis, portanto discernir os aspectos do céu e não podeis reconhecer  OS SINAIS DOS TEMPOS?”  Mateus 16: 2 e 3


Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/chile-forte-tremor-de-8o-graus-tsunami-de-dois-metros/
  2. http://thoth3126.com.br/yellowstone-forte-tremor-no-super-vulcao-hoje/
  3. http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/
  4. http://thoth3126.com.br/chile-novo-e-forte-tremor-de-78o-richter-quinta-feira/
  5. http://thoth3126.com.br/carta-de-um-politico-da-noruega-sobre-2012/
  6. http://thoth3126.com.br/brasil-o-territorio-sagrado-para-a-deusa-e-seus-filhos/
  7. http://thoth3126.com.br/vulcao-cumbre-vieja-mega-tsunami-pode-atingir-o-brasil/
  8. http://thoth3126.com.br/o-futuro-dos-eua-por-ned-dougherty/
  9. http://thoth3126.com.br/profecias-de-joao-um-cavaleiro-templario/
  10. http://thoth3126.com.br/costa-oeste-dos-eua-e-futuro-grande-terremoto/
  11. http://thoth3126.com.br/mudancas-climaticas-o-impacto-sera-grave-abrangente-e-irreversivel/
  12. http://thoth3126.com.br/mudancas-climaticas-calor-recorde-em-s-p-e-rio-de-janeiro/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes !

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

3 Responses to Mudanças climáticas: Rios secam em São Paulo

  1. Dinarte Araujo Neto

    Pra voces não existe Geoengenharia Climática por trás deste ecogenocídio climático??

    • Thoth3126

      Caro Dinarte, a Geoengenharia é apenas mais um número dessa equação, mas o principal fator de mudança É NATURAL. Muita Luz e Paz.

  2. souzamir

    Ele repreende ao mar, e o faz secar, e esgota todos os rios; desfalecem Basã e o Carmelo, e a flor do Líbano murcha.

    Naum 1:4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *