browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Mudanças climaticas: Tempestade de gelo mata na China

Posted by on 23/03/2013

Tamanho granizo Dongguan

Mudanças Climáticas:

Pedras de gelo de tamanho maior do que ovos, chuvas torrenciais e ventos de até 177 quilômetros por hora vêm provocando devastação em 5 províncias do sul da China desde a terça-feira, dia 19 de Março de 2013.

‘Todas as regiões do sul da China devem adotar medidas para se proteger das consequências das tempestades de granizo e dos ventos fortes’, alertou o Centro Meteorológico em um comunicado.

Tradução, composição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Fontes http://beijingcream.com e http://english.peopledaily.com.cn 

 http://www.bullfax.com e http://news.xinhuanet.com

Mudanças climáticas: Pedras de gelo de tamanho maior do que ovos, chuvas torrenciais e ventos de até 177 quilômetros por hora vêm provocando devastação em 5 províncias do sul da China desde a terça-feira, dia 19 de Março de 2013.

PEQUIM, 22 Mar 2013  – Os serviços meteorológicos da China pediram nesta sexta-feira que as regiões do sul do país se preparem para enfrentar nos próximos dias tempestades e fortes chuvas, depois que as intempéries deixaram 24 mortos esta semana.

Um automóvel danificado seriamente pelas enormes pedras de gelo que caíram durante a tempestade.

Mais de 1,5 milhão de pessoas foram afetadas pelas condições climáticas adversas esta semana nas províncias de Fujian, Jiangxi, Hunan, Guangdong e Guizhu. No total, mais de 215.000 pessoas tiveram que ser deslocadas, indicou o Ministério de Assuntos Civis.

O registro provisório de vítimas era na quinta-feira de 24 mortos e quatro desaparecidos, de acordo com o ministério. O sul da China é atingido com frequência por fortes chuvas, tempestades e tufões, que encerram o inverno.

Danos causados por granizo Dongguan 4

Uma chuva de granizo fora do normal varreu o sul da China na noite passada, atingindo Fujian, Hunan e Guangdong, mas o lugar que sofreu o pior impacto foi a cidade de Dongguan, em Guangdong, onde os relatórios preliminares dizem que pelo menos oito pessoas morreram e 136 ficaram feridas por causa das pedras.

De acordo com o SCMP , “velocidades de vento máximas foram registrados em 49,1 metros por segundo (177 quilômetros por hora), e maior precipitação de chuva foi registrada em 40,6 milímetros em Dalingshan”.

“Testemunhas compararam o granizo como “pedras de gelo que cairam do céu” do tamanho de ovos e disseram que “o barulho soava como uma percussão interminável.”

A julgar por algumas imagens, o granizo que caiu na região era ainda maior do que os ovos em algumas partes do local.

A tempestade provocou a morte de pelo menos 24 pessoas até a tarde desta sexta-feira. Na quarta-feira, uma balsa virou em um rio na Província de Fujian, matando 11 pessoas e deixando outras quatro desaparecidas. Aproximadamente 215 mil pessoas foram retiradas de suas residências e o prejuízo está estimado em R$ 900 milhões.

Mesmo após caírem dos céus, pedras de gelo continuavam do tamanho de ovos, algumas até maiores, causando enormes estragos em carros, casas e matando pessoas.

As autoridades chinesas alertaram a população do sul do país para se preparar para mais tempestades. A previsão é de que o mau tempo continue até domingo dia 24 de março.

Permitida a reprodução desde que mantido a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *