browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

O Futuro Está Chamando – O Credo da Liberdade

Posted by on 28/10/2016

avestruz-homem

O Futuro Está Chamando – O Credo da Liberdade

Não há nada mais comum na história do que um povo oprimido se levantar contra seus governantes e, com grande sacrifício de recursos e de sangue, derrubar o antigo regime somente para descobrir depois que o substituiu por outro regime tão ruim ou até pior. Na maior parte da história, tem sido o hábito humano enfocar nas personalidades (nos “SALVADORES DO POVO”, como aqui no Brasil…) em vez de nos princípios. As pessoas pensam que o problema está com o homem que governa, não com o sistema que o sustenta.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

O Futuro Está Chamando – O Credo da Liberdade

Por G. Edward Griffin — Em Freedom Force International, revisado pelo autor em 31/01/2015 em http://www.freedomforceinternational.org

INTRODUÇÃO AO CREDO DA LIBERDADE
Não há nada mais comum na história do que um povo oprimido se levantar contra seus governantes e, com grande sacrifício de recursos e de sangue, derrubar o antigo regime somente para descobrir depois que o substituiu por outro regime tão ruim ou até pior. Isso acontece porque é fácil saber o que não gostamos em um sistema político, mas não é tão fácil concordar com o que seria melhor.

liberty-in-tears-at-usa

Na maior parte da história, tem sido o hábito humano enfocar nas personalidades (nos “SALVADORES DO POVO”, como aqui no Brasil…) em vez de nos princípios. As pessoas pensam que o problema está como o homem que governa, não com o sistema que o sustenta. Assim, elas meramente substituem um déspota por outro, pensando que, de alguma forma, o novo será mais sábio e mais benevolente. Mesmo se o novo governante tiver boas intenções, ele pode ser corrompido pelas tentações do poder; e, nos raros casos em que não é, ele eventualmente é substituído por outro que não tem as mesmas auto-restrições.

Enquanto o sistema permitir, é apenas uma questão de tempo até que um novo déspota ascenda ao poder. Para impedir que isso aconteça, é necessário enfocar o sistema, e não as personalidades. Para fazer isso, é tão importante conhecer o que defendemos como é saber contra o que lutamos. Até mesmo hoje, como tanta conversa sobre lutar para defender as liberdades, quem pode se levantar e definir o que isso significa? Para alguns, a liberdade significa simplesmente não estar atrás das grades de uma prisão. Quem pode definir a essência da liberdade pessoal?

 Quem pode olhar para dentro dos seus olhos e dizer: “Nisto eu acredito, e acredito por esta razão, e por esta, e por esta também.” O mundo está precisando de algo em que acreditar, uma declaração de princípios que não deixe espaço para mal-entendidos; um credo que todos de boa fé com relação aos outros seres humanos possam aceitar com clareza de mente e força da decisão.

Há um velho ditado que diz que se você não se alinha com alguma coisa, então você se deixará seduzir por qualquer coisa. O Credo da Liberdade que você vai ler é o terreno sólido que nos permitirá permanecer firmes contra todas as panaceias políticas totalitárias e ou populistas do nosso tempo, e também as do futuro. O Credo da Liberdade expressa a ideologia central que une os membros da Freedom Force. 

populismo-istoé

O Credo da Liberdade é o terreno sólido que nos permitirá permanecer firmes contra todas as panaceias políticas totalitárias e populistas do nosso tempo…

Ele não é como a plataforma de um partido político, que tipicamente é uma declaração de posições em uma longa lista de questões específicas e que muda de ano para ano para acomodar os ventos mutáveis da opinião pública. Em vez disso, o credo é definido em termos de princípios amplos que não mudam com o tempo e que não estão de forma alguma focados em questões específicas.

Se esses princípios forem seguidos, então a maioria das aflitivas questões políticas e sociais do nosso tempo podem ser rapidamente resolvidas em confiança que a ação resultante será consistente com a justiça e com a liberdade.Embora eu seja o autor do Credo, não posso reivindicar os créditos. 

Liberty Liderando o povo-by Eugene Delacroix

A Liberdade Guiando o Povo, de Delacroix (1830): uma personificação da liberdade. A liberdade, antigamente, era vista como resultado de batalhas e de imposição de vontades e justiças.

Qualquer pessoa familiarizada com os tratados clássicos sobre a liberdade reconhecerá que a maioria de seus conceitos foi tirada dos grandes pensadores e autores do passado. Meu papel foi simplesmente o de ler a literatura, identificar os conceitos, organizá-los em uma seqüência lógica, e condensá-los em uma única página.

O Credo da Liberdade
A Natureza Intrínseca dos Direitos
Acredito que somente os indivíduos têm direitos, não o grupo coletivo; que esses direitos são intrínsecos a cada indivíduo, não concedidos pelo Estado; porque, se o Estado tiver o poder de concedê-los, também terá o poder de negá-los, e isso é incompatível com a liberdade pessoal.

Acredito que um governo justo deriva seu poder unicamente dos governados. Portanto, o Estado não deve se atrever a fazer algo além daquilo que os cidadãos individuais também têm o direito de fazer. Caso contrário, o Estado é um poder em si mesmo e torna-se o “mestre”, em vez de um servo da sociedade.

liberdade-mahatma-ghandi

Supremacia do Indivíduo
Acredito que uma das maiores ameaças à liberdade é permitir que qualquer grupo, independente de sua superioridade numérica, negue os direitos da minoria; e que uma das principais funções de um governo justo é proteger cada indivíduo da cobiça e das paixões da maioria.

Liberdade de Escolha
Acredito que objetivos sociais e econômicos desejáveis são melhor alcançados pela ação voluntária do que pela coerção da lei. Acredito que a tranqüilidade social e a irmandade sejam melhor alcançadas pela tolerância, persuasão, e o poder do bom exemplo do que pela coerção da lei. Acredito que aqueles que estão enfrentando necessidades são melhor servidos pela caridade, que é dar do seu próprio dinheiro, em vez de por meio de políticas de bem-estar social, que dão o dinheiro de outra pessoa (Impostos) por meio da coerção da lei.

Igualdade Debaixo da Lei
Acredito que todos os indivíduos devam ser iguais debaixo da lei, independente de sua origem nacional, grupo étnico, religião, gênero, educação, status econômico, estilo de vida ou opinião política. Da mesma forma, nenhuma classe deve receber tratamento preferencial, independente do mérito ou da popularidade de sua causa. Favorecer uma classe em detrimento de outra não é igualdade debaixo da lei.

liberdade-em-protesto

Liberdade é um estado de espírito e não se “conquista” essa condição em campos de batalha 

Papel Apropriado Para o Governo
Acredito que o papel apropriado para o governo é negativo, não positivo; defensivo, não agressivo. O governo deve proteger, não prover; porque se o Estado receber o poder de prover para alguns, precisará também tirar de outros, e uma vez que esse poder seja concedido, existem aqueles que o buscarão para seu próprio proveito. Isso sempre leva ao saque (Corrupção desenfreada) legalizado e à perda da liberdade.

Se o governo for poderoso o suficiente para nos dar tudo o que queremos, também será poderoso o suficiente para tirar de nós tudo o que temos. Portanto, a função correta do governo é proteger as vidas, a liberdade e a propriedade de seus cidadãos; nada mais. O melhor governo é o menor governo.

Os Três Mandamentos da Liberdade
O Credo da Liberdade está baseado em cinco princípios. Entretanto, na aplicação do dia-a-dia, eles podem ser reduzidos para apenas três códigos de conduta. Considero-os como os Três Mandamentos da Liberdade. 

Griffin-liberdade-pilares

  1. Direitos Individuais
    Não sacrificarás os direitos de um indivíduo ou de uma minoria para o suposto direito do grupo.
  2. Igualdade Debaixo da Lei
    Não apoiarás qualquer lei que não se aplique a todos os cidadãos igualmente.
  3. Liberdade de Escolha
    Não usarás de coerção para qualquer propósito, exceto para proteger a vida humana, a liberdade ou a propriedade.

Os Três Pilares da Liberdade
Outro modo de ver esses princípios é considerá-los como os três pilares da liberdade. Eles são os conceitos subjacentes à ideologia do individualismo, e o individualismo é a base indispensável da liberdade.

Autor: G. Edward Griffin
Freedom Force International, em http://www.freedomforceinternational.org – Data da publicação: 4/10/2005 – 
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com – A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/futuro-1.asp


Partes anteriores em:

  1. http://thoth3126.com.br/o-futuro-esta-chamando-1-o-abismo-entre-individualismo-e-coletivismo-a-polarizacao-do-sistema/
  2. http://thoth3126.com.br/o-futuro-esta-chamando-2-organizacoes-secretas-e-agendas-ocultas/
  3. http://thoth3126.com.br/o-futuro-esta-chamando-3-dias-de-infamia/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

Thoth-flordavidawww.thoth3126.com.br

One Response to O Futuro Está Chamando – O Credo da Liberdade

  1. caboclo

    Bacana o artigo, achei que iria acabar falando em liberdade total do individuo, e aí no finalzinho diz que a VIDA HUMANA DEVE SER PROTEGIDA, o que proíbe o aborto, assim como este item 1 : “Não sacrificarás os direitos de um indivíduo ou de uma minoria para o suposto direito do grupo.”

    Isso sim é liberdade com moral, humanidade e consciência.
    Isso sim é uma liberdade em consonância com a ordem.
    Namastê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *