browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

O Pais diz NÃO ao desgoverno, incompetência e corrupção endêmica …

Posted by on 16/03/2015

lula-e-dilma

Multidão saiu às ruas contra o governo Dilma

Centenas de milhares de pessoas (quase dois milhões em todo país) foram às ruas participar das manifestações convocadas para este domingo (15/03) por organizações diversas em dezenas de cidades do Brasil e até no exterior.

O objetivo da maioria: cobrar o impedimento da presidente, acusando-a de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras. E não pode ter sido coincidência a escolha desta data para exercer este precioso direito garantido pela Constituição, já que neste dia nossa jovem democracia completou seus 30 anos, após a posse de José Sarney na Presidência, em 1985.

Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

O Pais diz NÃO ao desgoverno, incompetência e corrupção endêmica. Multidão saiu às ruas para protestar contra o governo de Dilma Roussef

Fonte: http://dw.de/p/1ErHV

Centenas de milhares de pessoas – segundo estimativas da PM, mais de 1,8 milhão – saíram às ruas de dezenas de cidades do Brasil e do exterior neste domingo (15/03) para protestar contra a corrupção generalizada e a presidente Dilma Rousseff, em marchas com potencial para aumentar a pressão sobre um governo já minado por escândalos, corrupção generalizada, crise econômica e perda de apoio político.

protestos-15demarço-brasilia.01

Cerca de 50 mil manifestantes se concentraram na esplanada dos ministérios em Brasilia em protesto contra o governo de Dilma Roussef.

No dia dos 30 anos da redemocratização, o desejo de mudança que se manifesta no cenário nacional há pelo menos dois anos voltou a aparecer. Mas, diferentemente dos protestos de meados de 2013, desta vez de forma mais clara: os manifestantes nas ruas de todos os 26 estados do país e do Distrito Federal estavam contra o governo – muitos falando em impeachment; alguns pedindo até intervenção militar.

Os protestos começaram ainda pela manhã. Levaram uma multidão a locais simbólicos do país, como a praia de Copacabana, que reuniu cerca de 50 mil pessoas, e o Congresso Nacional em Brasília, que teve mais de 50 mil manifestantes. E viveram seu ápice pela tarde, em São Paulo, quando mais de 1 milhão de pessoas – segundo a PM – foram à Avenida Paulista. Segundo o Instituto Datafolha, o público máximo que passou pelo local foi de 210 mil pessoas.

brasil-gigante-despertou

O “GIGANTE” parece que finalmente despertou para cumprir com o papel que lhe é PREDESTINADO…

Os manifestantes se concentraram, sobretudo, nas áreas mais nobres e centrais das cidades. Tinham muitas vezes o rosto pintado de verde amarelo, se envolviam na bandeira nacional e trajavam a camisa da seleção brasileira. “Nossa bandeira jamais será vermelha”, bradava um grupo na Avenida Paulista.

Também assim se vestiu o senador tucano Aécio Neves, que declarou apoio aos protestos, mas se limitou a aparecer na janela de seu apartamento no Rio, vestindo uma camisa da seleção brasileira. Depois, em vídeo postado nas redes sociais, declarou que o 15 de março ficaria marcado como o “dia da democracia”:

“Depois de refletir muito, eu optei por não estar nas ruas neste domingo, para deixar muito claro quem é o grande protagonista destas manifestações. E ele é o povo brasileiro, o povo cansado de tantos desmandos, de tanta corrupção. Mas o caminho só está começando a ser trilhado”, afirmou.

protestos-15demarço-riodejaneiro.01

Centenas de milhares de manifestantes foram às ruas nas principais cidades do país. Maior adesão foi registrada em São Paulo, onde a PM calculou que mais de 1 milhão de pessoas tomaram a Avenida Paulista. No Rio de Janeiro (foto) foram registradas cerca de 50 mil pessoas.

Sem destaque para políticos

Os protestos foram organizados de forma espontânea através de redes sociais, convocados por grupos de diferentes cartilhas, mas que têm em comum o desejo de mudança e a insatisfação com o governo Dilma.

Com cerca de 300 mil seguidores no Facebook, o “Vem pra Rua”, por exemplo, afirma que não há base jurídica para um impeachment. Já o “Movimento Brasil Livre” (MBL) diz que defende o liberalismo econômico e a participação mínima do Estado na economia. Ele chegou a organizar uma fila para pessoas interessadas em participar de um abaixo-assinado para retirar Dilma do poder.

gigante-acordou-brasil

“Não somos a favor do impeachment. Agora o momento é de eles reavaliarem os valores que perderam, como ética, (responsabilidade, compromisso COM O PAÍS) com o respeito, e principalmente cuidar da coisa pública, que é pra isso que eles foram eleitos”, afirmou Paulo Pagani, coordenador de outro grupo, o “Limpa Brasil”.

Como em 2013, políticos não tiveram vez nos protestos. Alguns foram vistos nas ruas, como o ex-candidato a presidente pelo Partido Verde Eduardo Jorge e o deputado federal Paulinho da Força (SD-SP). Mas nenhum teve espaço em carros de som e alcançou qualquer protagonismo.

Ao todo, houve protestos em pelo menos 152 municípios brasileiros e em algumas cidades do exterior, como Londres e Lisboa. Acostumados a serem hostilizados pelos manifestantes, como ocorreu em 2013, os policiais chegaram a ser aplaudidos nos protestos deste domingo, que não tiveram nenhum registro significativo de violência.

protestos-15demarço-paulista

O labirinto político de Dilma Rousseff

A falta de perfil negociador para lidar com o Congresso e restrições dentro do próprio PT complicam situação da presidente Dilma Roussef ainda mais no momento em que ela enfrenta sucessivos escândalos, crise econômica, corrupção, falta de apoio (base) política e até pressão por impeachment.

O início do segundo mandato não tem sido fácil para a presidente Dilma Rousseff. Mesmo com a base aliada sendo maioria no Congresso, ela não consegue aprovar ou vê devolvidas suas propostas. Dentro do próprio PT há restrições à afilhada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – e isso em meio ao escândalo da Petrobras, da crise econômica e da pressão pró-impeachment, fruto de uma eleição que deixou o país polarizado.

protestos-15demarço-paulista.02

A avenida Paulista completamente tomada pela multidão protestando de forma pacífica contra o governo de Dilma Roussef.

De todas as derrotas que Dilma sofreu desde a eleição, a que poderá custar mais caro veio da Câmara dos Deputados. Com um discurso de independência do Executivo, Eduardo Cunha (PMDB), que liderou uma rebelião de parlamentares contra o governo no ano passado, venceu por grande margem de votos (267 a 136) o candidato do Palácio do Planalto, Arlindo Chinaglia (PT).

De olho no posto mais alto, o comando petista abriu mão de concorrer a outros cargos da Mesa Diretora e, diante da derrota de Chinaglia, o partido acabou ficando de fora dela.

protestos-15demarço-paulista.01

São Paulo registrou mais de 1 milhão de pessoas, segundo estimativas da PM. Elas foram à Avenida Paulista para protestar contra a presidente Dilma Roussef, o PT e a corrupção no Brasil. A multidão superou todas manifestações dos demais estados juntas. O ápice do protesto foi o Hino Nacional, cantado pela multidão, e a presença do ex-jogador Ronaldo num dos caminhões de som.

O cargo de presidente da Câmara é cobiçado por concentrar poderes que podem facilitar – ou dificultar – a vida do Executivo. É o presidente, por exemplo, que define a pauta de votação.

No Senado, Dilma amargou outra derrota ao ver suas medidas de ajuste fiscal serem barradas pelo presidente Renan Calheiros, também do PMDB – um partido da base aliada. O fato de tanto Cunha quanto Calheiros estarem sendo investigados na Operação Lava Jato piora ainda mais o clima entre eles e Dilma.

CHUVA/PALACIO DO PLANALTO

Nuvens negras e céu turbulento se apresentam para o governo de Dilma Roussef

“Parte da crise nas alianças deve ser creditada à incompetência do setor de articulação política do próprio governo. O núcleo duro do governo Dilma não possui nenhum político com perfil de negociador e articulador. Não que sejam maus políticos, ou incompetentes – eles apenas não têm perfil e experiência para fazer a política do ‘varejo’, do dia a dia das negociações com Congresso, empresários e movimentos sociais”, afirma o cientista político Pedro Floriano Ribeiro, da Universidade Federal de São Carlos.

Mas a equipe do governo não é a única responsável por esse distanciamento – a própria presidente não participa muito do jogo político. Para o especialista Pedro Arruda, da PUC-SP, a entrada tardia de Dilma na política e a resultante falta de experiência no “varejo” das articulações políticas são fatores que prejudicam o desempenho da presidente.

O cientista político David Fleischer, da UnB, acrescenta que a participação dos partidos da base aliada nas decisões do governo – um modelo da era Lula – caiu no governo Dilma, o que ajuda a complicar a situação da presidente.

carta-15-16-17-tarot

Pela ordem: CARTA 15, o mal, a ignorância, a corrupção, as trevas são abatidos pelo raio (LUZ) que provoca a queda da Torre, a CARTA 16, o poder “PELO PODER”, situação que é sucedida pela Estrela, CARTA 17, o poder feminino criativo da deusa substituindo o CAOS … e 31 é o inverso de 13 … Saiba mais no LINK

Às deficiências na articulação política somam-se, ainda, os problemas de imagem e (o pretenso) carisma da presidente – cuja popularidade não para de cair, tendo sido reduzida a um dígito. “Lula tinha uma aprovação maior nas pesquisas de opinião. Apoio popular é muito importante para um presidente comandar a sua coalizão de base”, reforça.

Arruda argumenta na mesma linha. “Dilma, de fato, não tem o carisma nem a desenvoltura para falar em público que o Lula tinha. E não ter essa capacidade de retórica e articulação a prejudica muito”, diz o cientista político.

RPR/abr/ots – © 2015 Deutsche Welle – Deutschland – Alemanha


  • Na Era de Ouro, as pessoas não estavam conscientes de seus governantes.
  • Na Era de Prata, elas os amavam e cantavam. 
  • Na Era de Bronze, elas os temiam.
  • E por fim, na Era do Ferro, elas os desprezavam.
  • Quando os governantes minam a confiança popular, as pessoas comuns (e Deus) perdem sua fé nos governantes. Retirado do Tao Te Ching 

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

25 Responses to O Pais diz NÃO ao desgoverno, incompetência e corrupção endêmica …

  1. Glenda

    Na real, já que São Paulo é a cidade com maior rejeição ao PT e a Dilma no BRASIL, que tenham sido 1 milhão de pessoas protestando na cidade que, sozinha, tem 10 milhões de habitantes. 1/10? É isso mesmo? UMA em cada DEZ pessoas querem tirar a escolha de outras NOVE? O outro milhão (se é que foi isso) espalhou0se pelo Brasil a fora, que tem mais de 200 milhões de habitantes! Mesmo se considerarmos todos os votos válidos, 105 milhões de votos, não seriam nem 2% e vcs ficam dizendo que foi um “grande” protesto? Manipulação nua e crua! Que absurdo!

  2. Joaquim Caldas

    COMO SE AUTENTICA UMA FRAUDE ELEITORAL.
    Menos de quatro meses da fraude eleitoral que elegeu Dilma.O povo desmoraliza as urnas eletrônicas(principalmente nos estados de Minas e Pernambuco),estes estados foram os responsáveis pela impostura ao cargo de presidente,ou sejam,deram a vitória pra Dilma.Agora pasmem! Minas tem 20 milhões de habitantes,com 65% de eleitores.Pernambuco tem 10 milhões de habitantes com 60% de eleitores.Setenta porcento se vestiram de verde e amarelo contra Dilma,nestes estados.Como estes estados deram a vitória pra Dilma?
    Mais de 2 milhões foram as ruas,é verdade.Mas não contaram com as pessoas que se vestiram e não foram protestar,ficara nos barzinhos,em casas nas ruas onde moram,e ate mesmo aos supermercados e shopings.Calcula-se 70% de 200 milhões de brasileiros,manifestaram-se de verde e amarelo.

  3. Joaquim Caldas

    O domicílio de ladrões,quando alisam,é o cemitério ou a cadeia.A Petrobrás foi a última vítima.Entenderam agora porque Dilma tanto lutou e foi torturada? A boca do cofre da Petrobrás?

  4. Joaquim Caldas

    Na hora que os militares quiserem,e o povo pedir,já se faz testamento,fundamentado no decálogo de Lenin: o Brasil não tem assistência de seus políticos democráticos,mas sim,assistidos por uma organização criminosa chamada socialistas internacionais.Não trabalham para o povo brasileiro.São todos obedientes ao decálogo de Lenin.Ver no GOOGLE.
    Artigo – 10 – Procure catalogar todos aqueles que possuem armas de fogo,para que elas sejam confiscadas no momento oportuno,fazendo,assim,com que seja impossível oferecer qualquer resistência à nossa causa.Esse e outros artigos do decálogo foram implantado na constituição,através de decreto lei,foi aí que começou o mensalão.O decreto de Lenin esta infiltrado na constituição,que movimenta os ladrões ao projeto de poder dos comunistas,nada à pátria.Cadeia pra todos os comunistas infiltrado no crime de lesa-pátria.

  5. Sylvia

    Linda a manifestação da Nação na alegria e na paz.
    Obrigada amada Gaia, nossa mãe gentil.

    O uol/folha/datafolha só distorce informação… tombarão logo após o desgoverno.

    “Não entrem no drama. Não acreditem naqueles que estão em um velho paradigma. Não é apropriado a nenhum Ser Humano acreditar que há tanto medo que eles perecerão. É para isto o seu contrato, manter esta luz, em cada país, em cada idioma. Há muitos fazendo o que vocês estão fazendo. Há o objetivo onde vocês realmente são responsáveis por mudar a energia do planeta, um dia de cada vez, com alegria, saúde e propósito”. Em http://thoth3126.com.br/a-grande-mudanca/
    Grata Thoth <3

  6. Thoth3126

    Caro Gregório é um despertar de CONSCIÊNCIA de um povo que não aguenta mais o velho jeito de se fazer política, a crise é do sistema. Não se trata de A ou B, contra ou a favor de alguém, disto e daquilo. Se trata apenas de se sentir ENOJADO com a situação de um GIGANTE como o Brasil e protestar contra. É simples assim. E a culpa talvez seja do FHC, quem sabe… Muita Luz e Paz.

  7. julio Cezar Dias

    Muito me admiro vcs do thoth, falam dos iluminantes com frequência, sabe que eles estão em todos os lugares do mundo, e que eles estão por traz destas manifestações, seja controlando a mídia ou através desse partido que se chama PSDB, que são todos parceiros dos aluminites, não era o povo que estava protestando era a elite, não vi nem um negro nem um desdentado, só vi gente bonita, e essa não é a cara do Brasil, vamos falar de misticismo que melhor. deixa a politica pra escoria da sociedade. se é pra pedir a saida da Dilma tem que pedir do sr Geraldo Alquimim que tem que ser investigado na sabesp.

  8. Marco Aurelio Aranha

    Bom dia,
    Concordo com o Sr Julio Cezar Dias, PSDB / PT / PMDB…todos os partidos que entram na Presidencia vão roubar, vivemos uma falsa Democracia e uma falsa Liberdade.
    Precisamos de um código de “HAMURRABI” e que os Deuses voltem a Terra urgentemente ou apareçam se estiver escondidos nesto “oco” planeta. Eles devem ter ficados enojados com tanta merda que fazemos e sumiram e foram para outro lugar neste vasto Universo, tolos são os humanos que se matam em nome de Deus…
    Abs.

  9. gustavo postal

    So uma correcao, nao foram 2 milhoes e sim foram 8 milhoes.

  10. Thoth3126

    Meu caro nós estamos do NOSSO lado e isto NÃO é culpa do FHC. Voce é livre para ler o que bem entender e acreditar no que quiser e não precisa ler e nem aceitar o que publicamos assim como somos livres para publicar o que quisermos, mesmo voce considerando “estranho”, pois vivemos em um pais LIVRE. Muita Luz e Paz.

  11. gustavo postal

    Por gentileza vejam a reportagem do site http://www.portalmetropole.com, toda essa crise nacional tem uma mao politica (corrupcao), mas tambem uma grande maozinha americana. O governo americano nao aceita a denuncia do governo brasileiro com as escutas da NSA, a relacao do governo brasileiro com o BRICS, (para quem nao sabe e um grupo não alinhado de economias emergentes –Brasil, Rússia, Índia, China e ÁfricadoSul), grupo que esta tentando tirar a egemonia americana, tanto politica quanto economica. Nao sou afiliado a nenhum partido politico, nunca me envolvi em politica, mas aos 37 anos fui obrigado a repensar meus conseitos, so estou tentando entender o que esta acontecendo. Crendo que quase todos brasileiros estao com a mesma duvida.

  12. ivo

    Caro Thoth, tudo o que nós vimos neste dia 15 foi apenas um grande balcão de negócios onde uma imensa colcha de retalhos protestava corporativamente, cada um pedindo o que lhe convém, não vi unidade de objetivo dos protestantes. Querem mudar a regra do jogo com o jogo em andamento. Devemos ser melhores do que estas mesquinharias, me tornei um grande fã deste site mas não foi por reportagens assim. E nada é culpa do FHC.

    • Thoth3126

      Caro Ivo não estamos à procura de fãs, ou de pessoas que concordem com o nosso pensamento. Apenas publicamos aquilo que consideramos ÚTIL para quem busca informação. E “balcão de negócios” é o que foi feito com a Petrobras. Muita Luz e Paz.

  13. Aline

    Fiquei um pouco decepcionada com sua atitude Thoth. Você deu umas respostas um pouco ríspidas a alguns de seus leitores e no final diz: Muita luz e paz. Citar o FHC também foi um tanto irônico.
    Desculpe, mas soou um pouco debochado.

  14. julio Cezar Dias

    Gostei Francisco Ernesto Guerra, esses crápulas, junto com o sr FHC e seu partido ja deram o nosso nióbio de graça para os EUA, agora estão tentando pegar o petróleo na mão grande, mas não vai ser assim como eles estão pensando que vai ser, vai ser diferente ai os negros e os desdentados vão dar as caras. a reeleição do sr FHC foi financiada pelos crápulas que queriam o nióbio, eles não queriam a vale por causa de ferro, aço, estanho e outros minerais de baixo custo, eles queriam a vale justamente por que o nióbio daria pra sustentar uma nação com bons hospitais e escola decente pra todo mundo, sem vc precisar pagar plano de saúde ou escola para os seus filhos.

  15. Andressa

    Achei estranha a postagem também.

  16. Beatriz

    Estou impressionada com a quantidade de comentários repudiando uma expressão social e o que ela pode significar de fato. Os fatos são de tal modo escancarados, que não dá pra dizer que a população não tenha sido provocada, vocês acreditarem que de certa forma esse clima politico e econômico foi orquestrado não me incomoda, mas acreditar que os revoltosos são todos massa de manobra que nem entendem esse clima de insatisfação geral é ingenuidade! Afinal de contas, esse não foi um protesto só da elite, rica em oportunidades e informação, esse também foi um protesto da camada mais vulnerável da sociedade, camada que com certeza já sente e com muito mais força os resultados das ingerências administrativas dos nossos governantes.

  17. Beatriz

    Thoth, você não tem interesse por fazer um post sobre o Foro de São Paulo?

  18. Thiago

    Não há nenhum lado inocente nessa manifestação . O povo está insatisfeito com o sistema é os corruptos que estão fora do governo estão insatisfeitos por não estarem na “onda” de oportunidades… Hoje o vilão é o PT, num passado recente era o PSDB, mas o que pouco ouço falar é sobre o PMDB que sempre esteve junto na sujeira com ambas lideranças .
    Vamos abrir a mente sem vestir camisas partidárias , há interesse externo na mudança de governo que, convenhamos , PRECISA MUDAR principalmente pela ausência de gestão demonstrada… Agora vir gestão do PSDB será tão ruim qto, levando em consideração o passado e a forma de agirem hoje… Solução que seja efetiva não ha! Isso é o que existe hoje… Namastê

  19. Thoth3126

    Caro Gregório, em virtude do local em que voce reside, e pelas mudanças que se avizinham celeremente, sugerimos que voce leia o seguinte post: http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/. Muita Luz e Paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *