browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

O Retorno de Inanna: I – Melinar e os Eus dimensionais

Posted by on 16/11/2016
inanna-kundalini-dragao

“Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento?” – Provérbios 1:22

O Retorno de Inanna: “Eu, Inanna, retorno para contar como faz cerca de 500 mil anos, a minha família de Nibiru tomou posse da Terra e alterou o genoma humano com o fim de produzir uma raça de trabalhadores criada para extrair ouro destinado à esgotada atmosfera de Nibiru, nosso planeta e lar original.

Como somos tecnologicamente muito superiores, esta raça de trabalhadores — a espécie humana — nos adorava como a deuses. Aproveitamo-nos deles (de voces) para liberar guerras em meio de nossas disputas familiares intermináveis até que, de um modo estúpido, desatamos sobre a Terra a terrível arma Gandiva (artefatos nucleares), que enviou uma onda de radiação destrutiva por toda a galáxia”

“Isto chamou a atenção dos membros da Federação Intergaláctica. E então, por causa de nossas próprias ações irresponsáveis em seu planeta, vimo-nos restringidos pela BARREIRA DE FREQUÊNCIA, imposta pela FEDERAÇÃO, uma prisão de freqüência que congelou a nossa evolução”.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Parte II – Capítulo I do livro “O Retorno de Inanna (Nibiru). Os deuses ancestrais e a evolução do planeta Terra“, de V.S. Ferguson

Retornem comigo à antiga Suméria, a Babilônia, ao vale do rio Indus e ao Egito. Dentro de meus Templos do Amor, dou a conhecer segredos antigos da união sexual cósmica nibiruana e de meus matrimônios sagrados. Através de meus olhos contemplem a Torre de Babel, o Grande Dilúvio, os Túneis das Serpentes e os cristais em espiral na pirâmide de Gizé.

piramide-vortice-luz-02

Viajem comigo pelo tempo até a Atlântida, a Cachemira e o Pacífico Noroeste dos Estados Unidos à medida que encarno em meu Eu multidimensional para pôr a funcionar os códigos genéticos que estão latentes dentro de sua espécie e para libertar a Terra do controle por freqüências que exerce meu primo, o tirano deus Marduk (Baal, LÚCIFER)“.

Partes iniciais:

  1. http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru-inanna-fala/
  2. http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru/
  3. http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-ninhursag-03/

SEGUNDA PARTE: MELINAR E OS EUS MULTIDIMENSIONAIS 

I.- OS SAPATOS VERMELHOS 

O ano é 1994, o lugar: Planeta Terra, a cidade de Nova Iorque, a parte ocidental superior. Graciela sai de um táxi na esquina da Broadway e a rua 78 apertando firmemente uma bolsa de compras de um das lojas mais exclusivas da cidade. Alegre e nervosa ao mesmo tempo, ela reflete sobre seu estado mental. Acaba de pagar quase $ 300 dólares por um par de sapatos vermelhos de salto muito alto, uma soma exorbitante por um par de sapatos.

Depois de muitos anos meditando e procurando a verdade, de viajar por todo mundo e de procurar respostas em milhares de livros, está de pé nas perigosas ruas de Nova Iorque, apertando firmemente um par de sapatos que custam o suficiente para alimentar a uma família de seis pessoas durante um ano em algum país de terceiro mundo.

ilha-de-manhattan

Manhattan, New York.

Uma queixosa voz chega à consciência de Graciela. Olhe e vá a uma jovem mulher desajeitada sentada sobre uns degraus de concreto. Está suja, andrajosamente vestida e visivelmente perturbada. Seu rosto está machucado. A mulher chora histericamente e grita: “Não tenho nada, não tenho onde viver, não tenho o que dar a meus filhos!” Seu desespero enche a rua enquanto suplica aos transeuntes.

Como estão em Nova Iorque naturalmente, todo mundo a ignora. A bolsa com os sapatos se volta mais pesada nos braços de Graciela. Com um sentimento de covardia e culpabilidade, ela abre discretamente sua bolsa e saca uma nota de 20 dólares. Toma precauções para não atrair a atenção de assaltantes potenciais. Caminha lentamente para a triste mulher e deixa cair a nota em suas mãos calejadas e ansiosas.

A mulher salta de alegria e grita aos quatro ventos: “VINTE DÓLARES!” Meu Deus, esta mulher me deu vinte dólares! Todas as pessoas que estavam perto deram a volta e olharam à mulher e a Graciela. Ela sabe que se permanecer um minuto mais será acossada por outros mendigos desesperados.

inanna-espera

No meio do pânico, Graciela começa a correr se esquivando do tráfico pesado enquanto cruza a Broadway e a 78 para chegar ao Riverside Drive. Entra em um edifício de apartamentos, cumprimenta o porteiro e toma o elevador. Recosta seu corpo contra suas cômodas paredes, enquanto seu coração pulsa apressadamente. Os sapatos já não estão com ela.

Em outra dimensão Inanna, a formosa deusa de Nibiru, está sentada em um ovoide transparente contemplando as projeções multidimensionais de seu Eu que ela lançou no contínuum do espaço/tempo. Começa a sentir uma sensação de temor e pânico de um dos seus Eus. Centraliza-se sobre a área da turbulência e vê a imagem de Graciela no elevador. O coração da garota se acelera perigosamente, possivelmente é necessário um pouco de quietude.

Graciela escuta uma voz familiar em sua mente: “te acalme, está tudo bem. Foi algo muito generoso de sua parte ter ajudado a essa pobre mulher. Respira profundamente e te acalme”. Enquanto abre a porta de seu apartamento Graciela começa a chorar. Dois formosos pastores alemães negros saltam de alegria ao recebê-la, beijam suas lágrimas e lhe dão as boas-vindas à casa. Ela abraça a seus dois anjos guardiães com agradecimento.

Graciela se dirige à janela. Depois de viver vinte anos em Nova Iorque por fim vive em um apartamento com uma magnífica vista do rio Hudson. O apartamento fica no piso vinte; possivelmente um piso por cada andar. Da segurança de seu balcão elevado ela olha para baixo ao Riverside Park. É primavera e os casulos de cerejeiras estão em plena floração.

INANNA-ISHTAR

Estela suméria com a representação da deusa Inanna.

A beleza é enganosa, pois oculta as caixas de papelão que estão detrás das árvores e que são o lar de muitos indigentes. De cima os vê claramente. “Já não posso agüentar isto. Sinto-me tão impotente frente a um desespero tão cansativo”. Ela recorda o homem que vive no parque durante todo o inverno e que se cobre com jornais para se proteger do frio.

Em um temor mútuo, seus olhos se encontraram mais de uma vez. Os olhos do homem expressavam sua dor e desesperança, penetravam nas profundidades da alma de Graciela deixando-a com um sentimento de impotência total.

A dor que produz a cidade é mais do que ela pode suportar. Sonha com as montanhas do Noroeste do Pacífico, com bosques de cedro e água pura. Abraça a seus cães e promete empacotar e abandonar a cidade, o que para ela se converteu em uma promessa vazia.

Inanna relaxa, sabe que Graciela recebeu as imagens do santuário da montanha e as absorveu dentro de seu ser. Muito em breve ela estará sozinha com as estrelas na Montanha Perdida. Fora do caos da grande cidade ela poderia escutar Inanna e, no silêncio do bosque, poder chegar a recordar.

inanna-jardins-babilonia-nibiru

Possivelmente esta mulher tenha mais êxito do que seus outros Eus. Possivelmente esta ativará os genes regressivos e poderá reunir-se aos outros Eus que estão perdidos em meio de suas crenças. Talvez esta jovem mulher tenha êxito onde muitos falharam.

Saiba mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-genesis-e-adao-e-eva/
  2. http://thoth3126.com.br/o-vaticano-e-o-regresso-do-planeta-x/
  3. http://thoth3126.com.br/cidades-annunaki-encontradas-na-africa/
  4. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-livro-perdido-de-enkiea/
  5. http://thoth3126.com.br/conselho-de-nibiru-parte-i/
  6. http://thoth3126.com.br/conselho-de-nibiru-parte-ii/
  7. http://thoth3126.com.br/cientistas-encontram-genes-extraterrestre-em-dna-humano/
  8. http://thoth3126.com.br/emmanuel-origens-da-humanidade-racas-de-ets-arcanjos/
  9. http://thoth3126.com.br/naves-gigantes-se-aproximam-da-terra/
  10. http://thoth3126.com.br/maldek-e-nibiru-mais-dois-planetas-de-nosso-sistema-solar/
  11. http://thoth3126.com.br/baalbek-antiga-plataforma-de-pouso-para-espaconaves-extraterrestres/
  12. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-livro-perdido-de-enkiea/
  13. http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru-inanna-fala/
  14. http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru/
  15. http://thoth3126.com.br/insider-da-dhs-fala-de-crise-de-magnitude-sem-precedentes-sendo-preparada-nos-eua/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione autor e fontes.

Thoth-flordavidawww.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *