browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Vaticano sabe do regresso do “Planeta X” – Parte 3, final

Posted by on 08/07/2016

 planetasO VATICANO e o Regresso ao nosso sistema solar do “Planeta X” , Parte 3, FINAL.

Esta página é uma versão reformatada da entrevista original sobre o Planeta X e o VATICANO  publicada no Projeto Camelot.

Transcrição da entrevista de Luca Scantamburlo: Parte final, na Itália, feita por Kerry Cassidy (KC) e Bill Ryan (BR). O VATICANO e o Regresso do “Planeta X”- FINAL

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

 O VATICANO e o Regresso ao nosso sistema solar do “Planeta X” , Parte 3, FINAL.

Fonte: http://projectavalon.net

Começo da entrevista – PARTE 3, FINAL 

KC: E não é verdade que nos contaste que Zecharia Sitchin sugeriu que Harrington morreu subitamente, em circunstâncias duvidosas?

Luca Scantamburlo

LS: Eu tive a sorte de poder entrevistar o Dr. Zecharia Sitchin para a revista italiana UFO Notiziario (Notícias de OVNI) no verão passado, em 2006. E nas linhas que ele mandou – porque foi uma entrevista por escrito – Zecharia Sitchin apenas realçou que ficou chocado assim que soube, assim que descobriu, que Harrington, um homem jovem e vigoroso, tinha falecido.

Mas ele não fez nenhuma referência específica, ele apenas deixou algumas reticências no final da frase. Ele não fez quaisquer insinuações. Sabem, ele apenas sugeriu estar muito admirado do cavalheiro que ele entrevistou em agosto de 1990 estar morto. Porque ele era um homem brilhante, um cientista brilhante. Ele tinha 50 anos. Morreu devido a um câncer, segundo a biografia.

Mas um dos pontos mais importantes, segundo essa biografia – que está disponível no site do Observatório Naval dos E.U.A. e foi escrita por um dos colegas dele, Dr. Worley, se me recordo do nome – segundo a biografia (que foi muito bem escrita) no final da carreira dele, Robert Harrington perdeu o interesse de procurar pelo Planeta X, pela busca do Planeta X.

Mas, se vocês prestarem atenção aos artigos que Robert Harrington escreveu no decorrer da carreira dele; bom, tem-se a impressão de ser exatamente o oposto. Um dos os últimos artigos data de 1999, se estou correto, e ele ainda estava convencido de que o Planeta X existe em algum lugar fora do sistema solar.

A diferença entre Zecharia Sitchin e a hipótese de Harrington é que a hipótese de Harrington estava mais centrada num tipo de órbita não cometária. Zecharia Sitchin, de acordo com os estudos dos textos antigos, está convencido de que a órbita de Nibiru é cometária, por causa do texto que está em evidência.

KC: OK. Podemos… Vamos voltar às informações do jesuíta.

LS: Estou certo que queres me perguntar se sei se existe uma data, se o jesuíta, possivelmente, deu alguma data.

KC: OK.

LS: Nenhuma data. Ou seja, grande parte das informações que o jesuíta forneceu a Barbato estão agora em domínio público, no meu site, no site dele, na revista Nexus New Times (Nexus Tempos Novos), por causa da entrevista…

KC: OK. O que é que NÃO está em domínio público?

LS: Eu não sei. Não posso responder à essa questão. Eu sei um par de coisas. Em primeiro lugar, as três letras estranhas nas marcações que classificam a Filmagem do Jesuíta e que vocês podem ver na introdução, as três letras iniciais, SVS, são um mistério; eram um mistério há alguns anos atrás e ainda são um mistério hoje. Barbato não quer falar a cerca disto, por opção dele. Outro mistério é sobre o que o jesuíta contou a Barbato acerca da natureza dos Anunnaki. Este é um ponto sensível.

KC: O que queres dizer por “a cerca da natureza dos Anunnaki”?

LS: Sim. Sobre a aparência deles. Sobre a história deles. Quero dizer, vejam por exemplo Livro Perdido de Enki, um dos livros mais espantosos escritos por Zecharia Sitchin. Não há comentários da parte de Sitchin, quaisquer comentários. Apenas a tradução dos textos antigos. Vocês lêem esse texto e verão que a história antiga desses deuses da Mesopotâmia é uma história de guerras, de (deuses) pessoas de ANU-NIBIRU (invejosas), dos… Sabem, todas as más relações que tivemos. E também, muitas vezes, momentos gentis… momentos de generosidade, bondade. Discussões, sabem. Momentos de paz. Conflitos/Momentos de paz. Sabem?

Sobre o Livro Perdido de Enki saiba mais em:

  1. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki/
  2. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-atestado/
  3. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-primeira-tabuleta-parte-1/
  4. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-primeira-tabuleta-parte-2-final/
  5. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-segunda-tabuleta/
  6. http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-terceira-tabuleta/

KC: Mas, diga-me uma coisa. Sabes que Barbato teve esta informação que foi dada pelo jesuíta e que não divulgou.

LS: Sim. Ele disse-me isto.

KC: O Barbato está perturbado por essa informação?

LS: Ah, eu posso imaginar que se pelo menos metade de toda esta estória for verdade – apenas metade, não que a estória completa seja verdadeira. Conseguem imaginar quantos problemas podemos vir a ter – ele pode vir a ter, eu posso vir a ter, até mesmo todas as pessoas? Porque a dada altura, se todas essas evidências surgirem, então vocês podem juntar as peças. Se todas as evidências surgirem, sabem… Estou a falar de um ponto de vista mais científico, mais próximo de alguma coisa que vocês não estejam à espera.

Políticos – como o político japonês, no Japão, recentemente mencionou, apenas há alguns meses atrás, algo sobre OVNIs. Mencionaram algo acerca de uma presença extraterrestre. Foram três, estou a falar de três políticos japoneses na qualidade de cidadãos em frente a um jornalista. Por exemplo, o Ministro da Defesa, da Defesa Exterior; o líder dos japoneses e até o Ministro da Educação disse algo. Em uma semana! Se outros líderes se apresentassem com informações acerca deste problema… Por isso, penso que definitivamente existe a possibilidade de vocês terem, sabem… como posso dizer? Conhecem o mito antigo da Caixa de Pandora? Sabem? E o problema é, as pessoas estarão preparadas? Não apenas para a verdade mas também para a responsabilidade de enfrentar a verdade. Porque se uma verdade deste gênero surgir, teremos de tomar algumas decisões em relação ao que fazer.

anunnaki-movie (1)

BR: Mas há duas situações completamente diferentes que estão a ser descritas aqui. Uma é a presença de um vasto corpo planetário – seja qual for a sua natureza – que está VINDO em nossa direção, causando possivelmente efeitos no Sol, causando possivelmente outros efeitos se a órbita passar perto da Terra… Problemas de mudanças na órbita e na Terra, efeitos de ressonância na crosta da Terra. Todo o tipo de coisas desse gênero. Outra situação que pareces estar descrevendo é a de que este planeta pudesse ser habitado. E temos de colocar esta questão em nome das pessoas que possam estar lendo isto. E isso é que, parece ser impossível que possamos ter um planeta lá fora que pudesse ser habitado com formas de vida humanoides. Por que haveria alguém querer viver lá, quando a temperatura está a uns duzentos graus Celsius negativos…

LS: Sim.

BR: ….e o Sol seria apenas um pequeníssimo ponto brilhante no céu? Estaria muitíssimo escuro.

LS: Tens toda a razão.

BR: E se esse planeta for suficientemente grande para poder causar sérios problemas numa escala geofísica, então será um gigante gasoso ou até o que os astrônomos chamam de uma Estrela Anã Marrom. É um tipo de estrela que ficou a meio da sua formação. Não é verdadeiramente um planeta.

LS: Segundo a minha opinião, em primeiro lugar, se Nibiru existir, ele entrou no nosso sistema solar como um intruso. Isso significa que num passado longínquo, ele pertencia a outro sistema solar, outro sistema estelar. Sabem… as pessoas pensam no universo como um lugar pacífico. Não é assim. Temos uma perspectiva estranha.

O universo é um local violento. Devido a nossa noção de tempo, sabem, parece que nada acontece no sistema solar. Mas por vezes, algo acontece e vocês dizem: Bom, talvez o universo seja um pouco diferente; talvez o sistema solar seja um pouco violento às vezes. Por exemplo, há uns anos, um cometa em pedaços, sabem, caiu em Júpiter, o cometa Shoemaker-Levy 9.

Se este planeta, há bilhões de anos, fazia parte de outro sistema estelar e possivelmente por causa da estrela ter explodido e se ter tornado antes numa gigante vermelha; talvez depois disso tenha havido outra transformação, talvez este planeta tenha deixado o sistema estelar dele. É por isso, sabem, que a gravitação solar poderia afetar este planeta.

KC: OK. Mas deixe-me fazer-te uma pergunta. Porque o que queríamos saber é, o que teria o jesuíta dito a Barbato, que tu dizes que é bastante “difícil”? Ele é muito cuidadoso como investigador e ele deve ter alguns conhecimentos científicos. Ele escreveu artigos sobre ciência. Então ele deve ter questionado o jesuíta para que ele lhe dissesse: Como pode ser isso? Sabes que outro tipo de evidência o jesuíta deu-lhe além da fita de vídeo que mostra…

LS: Ele lhe deu as fotografias, por exemplo.

KC: Certo.

LS: [aponta para a fotografia do Aurora na revista] Esta. Ele deu a Barbato…

KC: Mas ele deu-lhe dados científicos, de que tu tenhas conhecimento?

LS: Eu não penso que ele lhe tenha fornecido dados científicos, mas os dados científicos estão mesmo debaixo dos nossos olhos, por que… Em primeiro lugar, eu lhes falei que Robert Sutton Harrington era um astrônomo interessado no Planeta X.

KC: Hum hum.

LS: Ele não foi o único. Outra pessoa foi Patrick Moore, o famoso astrônomo científico. Ele escreveu apenas algumas linhas sobre o Planeta X. Mas o que ele escreveu… Se vocês forem ler o que Patrick Moore, o astrônomo Britânico, escreveu a cerca do Planeta X, vocês dirão: Sim, pode existir. E existem outras pessoas que estão, sabem, um pouco interessadas. Por exemplo, há algumas semanas, a New Scientist, uma das principais revistas Britânicas, escreveu um artigo sobre a possibilidade do Planeta X. E neste artigo há uma discussão sobre o trabalho recente de um matemático e físico oriundo do Brasil. Ele é um cientista ítalo-brasileiro  que agora está trabalhando no Japão. Ele fez um Doutoramento em Ciências da Terra e Ciências Planetárias da Universidade de Kobe (Japão) e está a trabalhar na possibilidade da existência do Planeta X.

Por exemplo… Um momento. [levanta-se e retira um livro da prateleira] Este é um livro antigo que foi escrito em 1926 e foi reeditado várias vezes. Esta é a edição de 1944. O seu título é Os Elementos da Astronomia. Foi escrito por um astrônomo, Edward Arthur Faith, um Professor de Astronomia no Colégio Carleton. Eu comprei este livro nos E.U.A., na Flórida. E na página 221 temos algo acerca de Plutão. Eu vou ler para vocês. Fala sobre a massa de Plutão, que era desconhecida no século passado até o ano de 1978, quando Christie e Harrington descobriram Caronte. Vou citar: “A massa é incerta [a massa de Plutão]mas segundo Wiley é aproximadamente a mesma da Terra.” Eles pensavam que a massa de Plutão era igual a massa da Terra.

[lendo] “Se a massa fôr tão pequena como esta, nunca poderia ter produzido as perturbações que Lowell encontrou em Urano… (Lowell é o cientista que inventou o termo “Planeta X”) …nem as que Pickering encontrou em Netuno. Por esse motivo é possível que um planeta muito mais maciço ainda esteja por se descobrir. A pesquisa está a prosseguir no Observatório Lowell.” Este é um livro científico. A massa de Plutão é menor que a massa da Terra, muito menor. São dados científicos.

BR: Um dos problemas que temos aqui é que o termo “Planeta X” está a ser utilizado por diferentes astrônomos de maneiras diferentes. Alguns deles referem-se ao Planeta X como sendo o planeta desconhecido e também, alguns outros, referem-se a ele como sendo o décimo planeta que está de fato depois de Plutão ou Caronte.

LS: Existem milhares de corpos celestiais para além de Plutão, porque pertencem ao Cinturão de Kuiper.

BR: Sim.

LS: O problema é: Estamos falando de um corpo cósmico/celestial que regressa ao nosso sistema solar como um cometa? Ou estamos a falar de um corpo celestial muito mais maciço?

manipulação-ocidente-nwo

BR: Sim.

LS: VINDO de fora do sistema solar. Esta é a questão principal.

BR: Sim. Mas não respondeste à minha questão. Tenho de mencionar isto porque se nós incluirmos esta parte na entrevista, os nossos ouvintes vão reparar que não respondeste. E é: Como pode existir vida

LS: Sim.

BR: …neste objeto que está assim tão longe do sol?

LS: De que forma pudemos ir à Lua? Porque nós desenvolvemos a tecnologia espacial, nós desenvolvemos o voo espacial. Quero dizer, não estou a falar sobre… Se outras raças extraterrestres atingiram um bom nível tecnológico e, sabem, não se destruíram uns aos outros como estamos fazendo aqui no nosso planeta – porque não somos capazes, ao que parece, de gerir os recursos do nosso planeta. Se eles conseguiram passar do ponto, o ponto crítico, de autodestruição, eles podem sobreviver em quaisquer condições. Quaisquer condições. Porque eles podem, sabem… Eles podem construir bases subterrâneas. Eles podem construir naves-mãe.

Em condições naturais, a resposta é: Não para vida inteligente como nós. Mas em condições artificiais, debaixo da superfície do planeta – sim. Porque nós desenvolvemos, sabem, uma civilização muito sofisticada. Nós conseguimos chegar ao satélite; nós enviamos sondas espaciais ao espaço profundo. Nós conseguimos, sabemos, voar dentro da nossa atmosfera e fora dela. Esta é a minha possível resposta para a vossa questão.

Se esta raça vem de outro sistema estelar, eles sobreviveram talvez debaixo da superfície e eles têm muitos postos avançados, talvez, até no nosso sistema solar; talvez em Marte, talvez, nos satélites de Júpiter. E talvez eles também tenham postos avançados aqui na Terra, até mesmo agora.

KC: OK.

LS: Este é um problema político, uma questão política.

KC: Certo.

BR: Na Filmagem do Jesuíta, existe um objeto pequeno que se vê perfeitamente. Parece ser uma pequena lua, ou uma nave espacial, ou…

LS: O problema é que no decorrer… Os fotogramas são… Sabem, trata-se de uma filmagem. É feita fotograma a fotograma. Sabem? Estamos a falar de milhares e milhares de fotogramas. Mas o comportamento do objeto não é o comportamento típico de um possível satélite. Porque de repente o objeto – o objeto misterioso – aparece. E passado alguns segundos o objeto desaparece.

Então, se a filmagem for verdadeira, é uma observação verdadeira feita no espaço profundo de um planetoide e significa que estamos perante uma possível nave espacial que se podematerializar e desmaterializar. O problema aqui é: A filmagem é autêntica ou falsa?

[ri] O que Barbato nos disse é que ele verificou as credenciais do denunciante, do garganta profunda.[fala devagar e enfaticamente] Ele era na realidade um jesuíta que cumpria os deveres dele noVATICANO. Este é o mais…

Acima: Os Annunaki em painéis e estelas sumérios, assírios, também são encontrados na cultura dos egípcios e maias. Aqui são representados com o símbolo para Nibiru acima da Árvore da Vida. Nas quatro antigas civilizações citadas, existe uma evidente presença de seres extraterrestres de todos os tamanhos e até de gigantes.

BR: O jesuíta DISSE o que era esse objeto? Ou Barbato foi apenas capaz de imaginar?

LS: Não sei nada sobre isso.

BR: Outra questão que eu gostaria de te fazer é: tens conhecimento do testemunho do Dr. Bill Deagle?

LS: Bill Deagle?

BR: Deagle, Bill Deagle.

LS: Não, peço desculpa.

BR: OK. Deixa-me resumir o motivo da pergunta, muito claramente. Ele diz… Ele trabalhou dentro do governo dos E.U.A., por muitos anos, e agora ele é um denunciante. Ele diz que os jesuítas estão no topo da pirâmide de todas as agências de inteligência do mundo. Ele fala sobre o “Projeto” Omega – isto é o que ele diz. E também diz que os jesuítas estão a dirigir e a controlar o telescópio do Polo Sul (South Pole Telescope-SPT), que existe essencialmente para observar o objeto que está se aproximando pelo SUL. Você tem algum comentário registrado sobre tudo isto? (n.t. Entrando no sistema solar vindo pelo SUL do mesmo, em uma trajetória perpendicular ao eixo leste-oeste de todas as óbitas planetárias de nosso sistema solar).Ver mais sobre o SPT em: 

LS: Existe um aspecto de todo este assunto, que Barbato não disse nada. E estou surpreendido que todos os ufologistas, todos os supostos investigadores, não tiveram interesse em investigar. Porque eu posso compreender, sabem. Por exemplo, eu escrevi muitos artigos. Mas não escrevi nada sobre o que estou a falar agora. Estou a falar das três letras que vocês podem ver na introdução da Filmagem do Jesuíta: SVS.

O que o jesuíta disse a Barbato na entrevista que lhe concedeu – porque depois da entrevista que Barbato me concedeu em setembro de 2006, se recordo corretamente – Barbato, no site dele na internet, divulgou a entrevista que o jesuíta lhe concedeu. E ele disse que o núcleo de todas as sociedades secretas que operam agora no nosso planeta é SVS. Ninguém escreveu uma linha sequer sobre o assunto. Barbato não disse mais nada porque, talvez… Eu posso compreendê-lo. Se fôr sensível…

KC: Então, o que pode ser? Sabes alguma coisa acerca de tudo isto – SVS?

LS: Eu não sei nada acerca disto. Mas, posso vos dizer uma coisa. Pensem nas pesquisas do Dr. Steven Greer. Ele disse por muitas vezes que estamos destruindo o nosso planeta, porque a nossa tecnologia é baseada em combustíveis, sabem? Nós queimamos os nossos combustíveis. Talvez existam inteligências extraterrestres que descobriram outras fontes de energia, de forma que possamos travar a crise energética.

PORQUE é que até agora, sabem, todas as fontes alternativas de energia não conseguiram conquistar um lugar na sociedade? Porque existem muitos interesses a “tirar vantagens do petróleo”. Uma Pergunta: é possível que haja alguma coisa que impeça as energias livres, sabem, de se tornarem acessíveis? Sim? É claro. E vocês pensam que estas pessoas estão a agir em segredo ou estão a agir de outro jeito, publicamente? Claro que não. Se eles fizerem isso…

KC: O Steven Greer não disse também no livro dele…

LS: Sim.

KC: No livro mais recente…

LS: Sim.

KC: Qualquer coisa sobre os jesuítas? Que ele foi abordado por uma pessoa que disse…

LS: Sim. Ele teve um encontro no passado. Ele escreveu isso num dos capítulos do livro, Verdades Escondidas, Conhecimentos Proibidos, se bem me lembro do título do livro. Ele disse que nos primeiros anos da década de 90, do século passado, ele teve um encontro. E um dos informantes do “mundo obscuro” disse-lhe: Se quiseres saber mais alguma coisa, vou ter de perguntar a algum jesuíta. E isto foi DEPOIS do testemunho de Barbato. Por isso é uma confirmação indireta do que Barbato nos contou. E estou muito surpreendido pelo Dr. Steven Greer não ter dito nada sobre o testemunho de Barbato.

Sobre o Governo Secreto nos EUA:

  1. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua/
  2. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua-ii/
  3. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua-iii/
  4. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua-4-final/

Gostaria de salientar outro ponto. Parece que esta possível estrutura SVS pode ser o famoso Governo Secreto, sabem? Quantas pessoas dizem: Existe um Governo Secreto. O que é isso? Quem são essas pessoas? Talvez pela primeira vez tenhamos uma evidência, uma evidência forte que aponta para a existência disso. E deixem-me dizer-vos outra coisa. Esta filmagem foi – segundo o que eu entendi – foi… Como você diz… interceptada pelo jesuíta que contatou Barbato. E esta estrutura SVS não é uma estrutura legal. Se um serviço secreto do Vaticano existir, sabem, isso existe a título secreto, mas é uma estrutura legal. Quero dizer, se a administração do Vaticano criou um serviço secreto, eles fizeram-no no passado, mas, Papa após Papa… Podem imaginar quantos dossiês foram preparados para o próximo Papa. Então, estamos a falar de uma estrutura secreta que é perfeitamente legal.

Mas sabem, se a dada altura uma outra  estrutura surgiu, como esta suposta SVS… Sim. Talvez esta seja uma das razões por quê [bate palmas com força] o jesuíta e os seus colegas se apresentaram. Ouça, gente, nós temos problemas diferentes. Um é a vinda do Planeta X. O outro é que algumas pessoas decidiram fazer algo, em diversos países do mundo, sem o conhecimento da população. E, talvez essas pessoas sejam responsáveis pela situação que estamos AGORA a enfrentar. Possivelmente – esse é o meu ponto de vista – (o atentado em N.York)11 de setembro de 2001 talvez esteja relacionado com isto.

Não posso conceber que as únicas razões para os E.U.A. estarem perdendo tantas vidas dos seus filhos, sabem, moços novos, soldados e matando civis ao acaso – não é por acaso – e a perder a reputação face ao mundo… porque nestes últimos anos, depois de 11 de setembro de 2001 (alusão ao atentado às Torres Gêmeas em N. York), a administração dos E.U.A. perdeu muita reputação devido e essas decisões… Não posso crer que os únicos motivos são os motivos econômicos. São, retirar vantagens do petróleo. Não. Isso não é possível. Claro que muito dinheiro também constitui um bom motivo. Mas, tenho certeza que o 11 de setembro, o Planeta X e esta possível estrutura secreta são peças de um grande (e mesmo) quebra cabeça. Essa é a minha opinião. 

Uma Conversa de Luca Scantamburlo com Gorbachev

KC: Tens uma fotografia de um homem atrás de ti.

LS: Sim.

KC: E eu gostaria que nos contasses a estória que nos contaste antes.

LS: Sim. Ali à vossa esquerda, está o meu cartão formal de identificação para um encontro que ocorreu em Veneza, numa ilha de Veneza, na Lagoa de Veneza, em junho de 2006. O título era Mídia – Entre os Cidadãos e o Poder. E eu era o correspondente para o Grupo Editorial Olímpia, que publicava várias revistas. Duas delas eram Tecnologia & Difesa (Tecnologia & Defesa) e uma outra era UFO Notiziario (Noticias de OVNI) para as quais escrevi diversos artigos até 2006. Para estas duas revistas, Tecnologia & Difesa e UFO Notiziario, nessa época, eu fui o correspondente.

Então eu participei dessa conferência de imprensa que foi dada por Mikhail Sergeyevich Gorbachev em junho de 2006. E tive a sorte de ter tido a chance de poder fazer perguntas ao antigo Presidente da União Soviética. E quando peguei no microfone… [aponta para a fotografia de Gorbachev pendurada na parede] Esta fotografia… Eu tirei estas fotografias. Este é um detalhe das várias fotografias que eu tirei ao longo desse dia. E quando peguei no microfone, eu levantei-me na frente de todos. Estavam ali talvez uns 40 ou 50 jornalistas, jornalistas italianos, até mesmo algumas estações de televisão. E eu o questionei acerca da conversa que ele teve com Ronald Reagan em Gênova, no ano de 1985.

Paul Hellyer, o ex Ministro de Defesa do Canadá, declarou em audiência pública no senado dos EUA que tanto o Canadá bem como o próprio EUA tem conhecimento de Extraterrestre, e que ele próprio viu UFOs.

A minha questão era sobre as declarações extraordinárias que foram feitas por Paul Hellyer, o antigo Ministro de Defesa do Canadá. De qualquer forma, eu estava a falar acerca de Ronald Reagan e das alusões dele a uma possível ameaça extraterrestre, de um possível planeta alienígena. Porque Ronald Reagan fez diversas afirmações – penso que foram cinco – sobre uma possível ameaça à humanidade, à espécie humana, por parte de um planeta extraterrestre.

E no decorrer do meu discurso, do meu pequeno discurso, Gorbachev interrompeu: Sim, sim, eu sei. Você sabe que Ronald Reagan falou comigo sobre este assunto. Então, eu disse a Gorbachev: Sim, eu sei, em Gênova, em 1985. Nessa altura, teve lugar o primeiro encontro, a primeira reunião de cúpula, entre Gorbachev e Ronald Reagan. E então, depois, eu continuei e perguntei-lhe: E VOCÊS falaram sobre uma possível ameaça extraterrestre – uma invasão extraterrestre. E não usei estes termos.

Sobre as declarações de Paul Hellyer, antigo Ministro de Defesa do Canadá:

  1. http://thoth3126.com.br/ufos-e-ets-ex-ministro-canadense-confirma-existencia-de-vida-extraterrestre/
  2. http://thoth3126.com.br/eu-acredito-em-ovnis-e-eu-os-vi-entrevista-com-o-ex-ministro-da-defesa-do-canada/ 

Mas em todo o caso, eu sugeri que ele tivesse falado sobre uma possível ameaça extraterrestre. E perguntei-lhe: É verdade? Está correto? E ele não respondeu. Ele não respondeu. Ele disse: Eu não me recordo. Não me recordo. Para mim, isto significa: Seria melhor se nós mudassemos de assunto.

Mas de qualquer forma, ele foi um cavalheiro. Por quê? Porque ele não o negou. Ele não o negou, mesmo quando lhe pedi que comentasse as declarações feitas por Paul Hellyer, o antigo Ministro da Defesa do Canadá. E o antigo Ministro, Paul Hellyer, disse que George Bush e a administração dele estava a fazer os preparativos para uma guerra intergalática. Que, sabem, soa ridículo. Mas se esta declaração foi feita por um antigo líder político de um país importante, não soa ridículo, para mim.

Em todo o caso, no fim, ele me respondeu sobre a possível ameaça dos NEOs – Near Earth Objects (Objetos Próximos da Terra-Asteroides) – e sobre as declarações de Paul Hellyer. Ele disse algo como: Estamos no campo das hipóteses. E esse foi um ponto de vista honesto, mas sabem, também demonstra que seria melhor [faz um gesto de pausa com as mãos], sabem, ou ele não estava interessado no assunto, ou então queria mudar o tema da conversa.

Mas o mais importante é que mais tarde, em outubro de 2006, ele foi  convidado de um programa televisivo. E nessa ocasião, em frente ao público italiano, na televisão, em frente aos jornalistas – porque os jornalistas foram importantes na altura, perguntaram-lhe algo sobre OVNIs e sobre a conversa com Reagan. Ele recordou… ele lembrou-se daqueles dias e disse, sabem, um pouco mais acerca do encontro com Ronald Reagan e o que Ronald Reagan lhe disse sobre uma possível ameaça.

Naquele tempo, sabem, existia a guerra fria com a União Soviética e os E.U.A. não conseguiam encontrar a forma de acabar com essa guerra fria. Gorbachev disse ao público italiano, na televisão: Nessa altura, estávamos nos jardins da vila em Gênova, em novembro de 1985, e nós discutíamos bastante, sabem, enquanto tínhamos essa conversa particular nós íamos caminhando. A dada altura, Ronald Reagan deteve-se e disse, “Ouça, Gorbachev. E se neste momento surgisse um ataque de algum lugar, subitamente, do espaço, poderíamos unir as nossas forças? Poderíamos nos juntar?”

E Gorbachev disse: Eu não sei o que você pensa, mas sim, penso que poderíamos agir assim.

Estas não foram as palavras exatas que ele proferiu, mas este é o significado. O que isto quer dizer? Significa que no meio de tempos difíceis, sabem – havia a guerra fria, a Cortina de Ferro – Ronald Reagan e Gorbachev, numa reunião oficial, falaram da possível ameaça extraterrestre para a humanidade, para a espécie humana, para a natureza humana. E Gorbachev… não negou isto. Postado em Setembro 2015.

Fim da entrevista

Mais informações em:

  1. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-genesis-e-adao-e-eva/
  2. http://thoth3126.com.br/cidades-annunaki-encontradas-na-africa/
  3. http://thoth3126.com.br/maldek-e-nibiru-mais-dois-planetas-de-nosso-sistema-solar/
  4. http://thoth3126.com.br/o-genesis-e-a-epopeia-de-gilgamesh/
  5. http://thoth3126.com.br/conselho-de-nibiru-parte-i/
  6. http://thoth3126.com.br/cientistas-encontram-genes-extraterrestre-em-dna-humano/
  7. http://thoth3126.com.br/conselho-de-nibiru-parte-ii/
  8. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-livro-perdido-de-enkiea/

Permitida a reprodução desde que respeite a formatação e mencione as fontes.

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

11 Responses to Vaticano sabe do regresso do “Planeta X” – Parte 3, final

  1. Tony

    Boa materia.
    Eu moro em Roma a 10 anos e tenho muitas historias a respeito dos jesuitas que eu poderia contar.
    Mais recentemente a alguns anos atras um grade amigo meu que tem um restaurante em CAMPO DI FIORI ao centro historico estava fazendo uma reforma para ampliamento do banheiro.
    Quando no meio da obra o piso sedeu e abriu um enorme buraco abaixo deles onde dava diretamente acesso a um tuneu muito largo escuro e que pela direção dele seguia diretamente ao Vaticanos.
    Muito relutante ele e outro pedreiro que aki chamamos de MURATORE,
    desceram com uma corda para verifica se a possivel cavidade fosse um antigo porão abandonado do predio e poderia ser utilisado como deposito.
    Apenas 20 minutos depois que eles estvam dentro do tunel ainda verificando se as parede poderiam resistir a um intervento chegaram 3 carro com 6 agentes com belos ternos civis todos armados e os retiraram do tunel aos berros alegando serem do SERVIÇO SECRETO DO VATICANO e que aquele tunel era monitorado por cameras infra vermelho sensores de movimento etc para monitorar possiveis invasores.

    Então lendo essa materia me lembrei de uma parte de nossa conversa que ele me disse que quando o tiraram do tunel, os agentes lhe mostraram suas carteiras de identificação que estava escrito em letras em destaque a sigla SVS ou seja SECRET VATICAN SERVICE.

    Por isso acredito que faça muito sentido oq este artigo conta pois aki em Roma muitas coisas estranhas acontecem e a cidade esta cheia de mensagens subliminares por todos os cantos.

    Um dos sinais mais evidentes é um mural enorme que decora uma fachada esterna de uma igeja que esta na PIAZZA DEL POPOLO onde se pode ver dentre varios simbolos esotericos e maçonico vemis o simbolo da Piramide com o olho que tudo vê bem grande e em destaque igual a da nota de 1 dolar.
    Esta la para quem quiser ver.
    Mas como a arquitetura da cidade é muito deslumbrantes cheia de detalhes e monumentos por toda parte a maioria dos turistas não reparam nesse detalhe incrivel que conecta diretamente a igreja catolica com os Iluminatis.
    Abraço a todoss
    Arrivederci….

  2. Arthur

    Como são podres esses Católicos que se dizem colaboradores de Deus.

  3. Dinho

    Alguém sabe quem é o cientista ítalo-brasileiro mencionado na entrevista pelo Scantamburlo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *