browser icon
You are using an insecure version of your web browser. Please update your browser!
Using an outdated browser makes your computer unsafe. For a safer, faster, more enjoyable user experience, please update your browser today or try a newer browser.

Plêiades – O Compromisso de evoluir na Terceira Dimensão – XXI

Posted by on 30/09/2016

O Compromisso de evoluir na Terceira Dimensão – Capítulo XXI

Segundo o nosso ponto de vista, todos têm conhecimen­to, só precisam ativar a memória arquivada dentro do seu ser. Percebemos que alguns de vocês, devido a seu estágio experi­mental, estão gemendo e chorando, pedindo: “Precisamos de ajuda e assistência agora e sempre!” Permitam-nos, então, su­gerir uma avenida por onde possam definitivamente caminhar – uma fórmula que funciona …

UMA MENSAGEM DAS PLÊIADES 

Edição e imagens:  Thoth3126 @protonmail.ch

CAPÍTULO XXI – O Compromisso de evoluir na Terceira Dimensão, livro Mensageiros do Amanhecer, de Barbara Marciniak

http://www.pleiadians.com/

… A fórmula é bem simples. Todos os dias, em todos os momentos, devem determinar com clareza o que desejam vivenciar. Talvez o que vocês desejam se enquadre na catego­ria de ‘impossível’, tendo em conta as fronteiras das limita­ções alheias.

Imbuídos do sentido do merecimento e da graça divina, descubram no vosso íntimo aquilo que lhes traz felici­dade. O que os faz sentir leves, ligados e vivos? Que desejo vocês têm que irá trazer paz ao planeta que ocupam com o vosso ser? Quaisquer que sejam estes desejos comecem a querê­-los. Chamem-nos para vocês dizendo: “É minha intenção ter harmonia em minha vida.

É minha intenção ter saúde e ener­gia que me levem a avenidas criativas. É minha intenção que eu seja bem provido de coisas materiais; que abrigo, alimento e todas as coisas de que eu precise para viver me sejam dadas em grande abundância para que eu as partilhe com os outros seres.” Vocês não foram treinados a pensar assim.

Duas ou três vezes por dia, dediquem uma pequena porção do vosso tempo a estabelecer com clareza o que que­rem. Todos os dias, abram os vossos centros de energia dentro e acima do vosso corpo chamando a frequência da luz. Nós a denominamos pilar de luz. Visualizem um raio de luz entran­do nos doze chakras os sete dentro do corpo e os cinco fora deles. Chakras são centros de informação, ou vórtices, que, uma vez ativados, começam a girar. Ao girarem, criam um mo­vimento que ativa os filamentos de códigos-luminosos para que trabalhem juntos e se reagrupem formando as doze héli­ces evolutivas das células.

O nosso sistema solar orbita o Sol Central das Pleiâdes, Alcyone (estrela maior e mais brilhante na foto) dando uma volta completa (um ANO SOLAR) a cada 25.920 anos, sendo que a data de 21 de dezembro de 2012, o FINAL do 13º Baktun do Calendário MAIA marca o final de um desses anos solares. Em astronomia também é conhecida como o Aglomerado estelar aberto M-45, as Sete Irmãs, a Constelação das Plêiades, com os sóis/estrelas principais de Alcyone, Maia, Electra, Taygeta, Atlas, Pleyone, Celaeno, Asterope e Merope.

Para atingir o equilíbrio perfeito no corpo físico, é muito importante que seja praticado regularmente algum tipo de pro­grama de respiração profunda. Um tipo de programa em que a respiração seja muito importante, a oxigenação seja praticada, trazendo oxigênio para o corpo. Outra atividade recomendada para quem deseja uma rá­pida aceleração de energia é girar. Recomendamos que girem trinta e três vezes, ao menos uma vez por dia. Girem da es­querda para a direita, no sentido horário, focalizando a vossa visão no polegar, contando e girando. Podem começar as trinta e três voltas muito lentamente. Se conseguirem girar trinta e três vezes, três vezes por dia, ou seja, noventa e nove vezes, bem, não sabemos dizer quanto tempo irão conseguir perma­necer no planeta – pelo menos nesta dimensão.

Quando tiverem terminado de girar, quantas vezes tenham conseguido juntem as palmas das mãos na altura do peito, mantendo os olhos abertos e equilibrem-se com os pés abertos na largura dos ombros, para se sentirem ancorados, e ainda sentirem o giro ao mesmo tempo. Isso vai acelerar tremendamente a rotação do sistema dos chakras dentro do vosso corpo, pro­vocando uma aceleração no ritmo em que vocês conseguem receber e interpretar os dados. Portanto, os métodos a serem usados são; intenção, res­piração, usar o pilar de luz e girar. Vamos incluir mais um: como seres eletrônicos que alteram a frequência num ritmo muito veloz,recomendamos que bebam muita água: água fres­ca, água purificada ou água mineral.

A água age como condu­to ou condutor. Mantém o vosso sistema aberto e fluindo. Existem muitas outras coisas que podem fazer. Apren­dam a ter experiências de alteração da consciência sem perder o controle. Cultivem-nas e usem-nas para reunir informação, mudar as probabilidades, andar no corredor do tempo e alte­rar suas próprias vidas. Então saiam deles com o uso total e completo da vossa vontade, respeitando estes estados altera­dos. Quando aprenderem a fazer isso, a aceleração será abso­lutamente fenomenal.

Quando houver muitas consciências no planeta registrando este tipo de capacidade, a rede inteira que organiza e monitora a consciência humana irá alterar-se. Mais energia poderá chegar ao planeta, porque existem pessoas ca­pazes de recebê-la. Todo o mundo pode aprender a acomodar e respeitar essa energia porque ela deve ser recebida. É como um poço de petróleo. Qual a utilidade de um poço de petróleo se estiver aberto, jorrando aqui e ali?

Bem pouca, pois criaria muita su­jeira. No entanto, quando vocês tomam essas dádivas da Ter­ra, como poços de petróleo, fontes de gás natural ou cachoeiras e as combinam com a vossa vontade, unem um propósito, uma maneira de direcionar a energia. E então as pessoas que conse­guem direcionar estes recursos naturais sentir-se-ão invadidas por um bem estar delicioso. O aspecto mais importante de todo o processo de direcionar e abrigar energias é, antes de tudo, valorizar, respeitar o planeta Terra e a experiência planetária.Vocês estão recebendo recursos naturais incríveis e devem contê-los e direcioná-los.

O ser humano é muito mais do que somente a imagem que vemos refletida no espelho com os olhos materiais todas as manhãs …

Assim, serão indivíduos muito ricos nos planos de acessibilidade e maestria. Muitos de vocês querem alcançar planos superiores e ficar lá, esquecendo que a sua missão é aqui na Terra. Preci­sam aprender a ficar ancorados. Nem todos compreendem a necessidade de ter os pés bem firmes no chão. Em breve irão perceber que, ao entrarem numa aceleração cada vez maior, sem ter âncoras – sem terem algo que os ligue e junte vários mun­dos em um – terão problemas com o vosso sistema nervoso. Quando as frequências se alteram e chega mais luz ao corpo, os veículos específicos começam a receber mais dados.

Às vezes ficam entediados de viver no vosso mundo, só que­rendo receber cada vez mais dados e esquecem daquilo que consideram a vida mundana. Se não estiverem ancorados, não terão como permitir que a informação entre na vossa realida­de e seja usada. Ela pode simplesmente sobrecarregar o vosso sistema, ou vocês podem não conseguir traduzir o que estão recebendo e ficar muito nervosos. Precisam equilibrar muitos mundos ao mesmo tempo.

Como fazer isso? Pela intenção, pela prática e por decreto. O ancoramento permite a fusão de mundos, o acesso a muitos mundos. Permite-lhes sentir ondas de energia e direcioná-las para o lugar e o momento onde elas forem necessárias – vocês se tornam super-homens.

Uma boa forma de se ancorar é sair de casa e sentar na terra. Saiam, então, sintam a Natureza. Fiquem de pé ou sentem-se perto de uma árvore por alguns minutos. Sentem-se ao sol e leiam, recebendo o brilho da luz solar. Ou nadem, colo­quem seus pés na água. Estes são os elementos. Eles formam a Terra, por isso vocês podem senti-los. À medida que evoluem e a espécie inteira se encaminha para a fusão de dimensões, o vosso sistema nervoso deve ser capaz de traduzir toda essa informação, que irá mudar a forma como vocês definem o vosso mundo. Esse momento está che­gando. Nos últimos anos, as informações que possuíam torna­ram-se mais públicas.

Quem são vocês, como frequência, disfarçados de humanos e qual são especificamente o vosso trabalho nesse período? É essencial saberem quem são, o que estão fazendo e quando. À medida que se tornarem interdimensionais e multidimensionais, que as frequências mudarem e as energias acelerarem, o vosso corpo sofrerá uma mudança drástica mui­to rápida, que o sistema nervoso, condutor de informação, pre­cisará administrar. Devem aprender a administrar diversas realidades de uma vez, ter consciência daquilo que estão fazendo e ter um lugar – a Terra – para onde transferir a informação.

Um número muito maior de pessoas, que não se interessavam por extraterrestres ou desenvolvimento pessoal passaram a se interessar por esses assuntos ou, pelo menos, tomaram conhecimento deles. Estão sabendo que exis­te um movimento crescente e algo está mudando em todo o mundo, não apenas nos Estados Unidos. Atualmente há um conflito de energias, que vocês po­dem chamar tanto de escaramuça quanto de grande batalha. A batalha terá ainda maior importância porque se trata de uma luta entre frequências (Luz X Trevas), onde será decidido que frequência pre­valecerá no planeta e quem irá possuir, manipular e treinar essa frequência.

Os sete centros principais de energia do corpo humano, os sete chakras, que nos conectam com a consciência superior e divina.

Não estari­am aqui se não fosse importante para vocês ancorar informa­ção e energia à Terra. Por isso, quando se sentirem eletrizados ou energizados, percebam que se encontram num estado alte­rado. É necessário que percebam, também, quantas versões de estados alterados existem e acionar o comando interior para se tornarem condutores destas energias. Quando souberem que se encontram num estado alterado, recebendo informação, energia de cura, exaltação ou ânimo, devem agir como um fio condutor, como um canal de informação.

Canalizem a energia através do vosso corpo e reconheçam o estado de expressão multidimensional que estão vivenciando. Registrem tudo, mas não analisem. Deixem simplesmente que a energia seja filtrada através de vocês para a Terra e, mais tarde, tudo fará sentido. Podem descobrir o vosso corpo emocional decretando que confiam nas emoções. Decretem que acreditam que as emoções são boas, seguras, que podem levá-los a algum lugar, que são benéficas, que não são incompreendidas. Todas as vezes que emoções são liberadas observem o que elas podem fazer por vocês. Quando brigam com um filho e ele grita com vocês, depois vocês se sentem mal e choram, observem as vossas emoções.

O que a emoção está fazendo com vocês? Todas as vezes que vivem uma emoção estão acessando informações de varias realidades. Encontrem essa freqüência e mantenham-na. Existe uma crença universal de que as emoções são incontroláveis. Não são. Vocês conseguem não só controlá-las, como manter o controle sobre si mesmo. Emoções podem transformar-se em frequências internas, veículo que os leva a atingir a essência mais profunda do ser. A sintonia com estas frequências os fará desenvolver uma forma de encarar a emo­ção sem a julgar, apenas de reconhecê-la e sentir. Observem o que podem fazer com uma emoção. Para onde os leva?

Qual o próximo passo? Procurem distanciar-se do evento que a de­sencadeou. Esse procedimento pode ajudá-los. Trabalho corporal libera emoções. Vocês vêm usando os tecidos e os músculos do corpo como uma armadura para pro­teger o esqueleto. Estes tecidos adensaram-se para impedir que as informações contidas nos ossos chegassem à superfície. Há que atravessar todas essas camadas para atingir a verdade que se encontra dentro do vosso corpo. O vosso projeto, ou aquilo que vieram realizar no plane­ta, fica ativado quando vocês se aproximam.

Parece aquela brincadeira de criança: vocês escondiam uma coisa e, quando alguém chegava perto, diziam: “está esquentando”. O corpo começa a “esquentar” quando o seu projeto começa a concreti­zar-se, saindo da mente lógica para a experiência. Isto aconte­ce porque vocês estão se alinhando com o vosso propósito. É o corpo, não a mente, quem recebe as informações. Se concede­rem liberdade às emoções, terão uma experiência muito mais satisfatória do que se as julgarem, tentarem controlá-las e não perceberem o processo pelo qual estão passando, vocês precisam das vossas emoções.

Esta afirmação é indispensável para a vossa evolução. Algumas pessoas orgulham­-se de não terem emoções, logo elas vão descobrir que aquilo de que se orgulham as acabará destruindo. Podem sentir que já trabalharam algumas coisas com os vossos pais. Seria mais correto dizer que tiveram o maior nú­mero possível de visões num dado período. Quando trabalham o corpo, usam cristais, ou criam alguma espécie de movimen­to para ancorar mais energia à Terra, ampliam a vossa visão global. As informações são escritas e armazenadas nas pedras. Elas também são escritas e armazenadas nos ossos. Por isso é tão importante trabalhar a estrutura óssea, pois ela abriga grande parte da vossa experiência nesta encarnação.

Deixem as emoções aflorarem, não se policiem se encontrarem casos que julgavam encerrados. Digam: “Maravilha! Tem mais aqui! Adoro isso!” Usem a experiência como se estivessem desco­brindo uma mina de ouro, como se descobrissem que são pessoas saudáveis, recém nascidas.Todas as emoções desenterradas, foram vocês que decidiram desenterrar. Não podem imaginar a limpeza que estão fazendo. Estão abrindo verdadeiras avenidas de conscientização para o planeta inteiro, não apenas para vocês. A grande vantagem de tudo isso é que esta limpeza abrange os temas mais fáceis. Os temas mais complicados, difíceis, vi­rão mais tarde, quando estiverem tão saturados deles que nem se importarão mais. Tudo vem na hora certa.

A mutação que está ocorrendo nada mais é do que um ‘plug’ novo que faz a ligação dos dados interiores com os exte­riores. A limpeza é o acesso a todos os corpos emocionais, que tanto temiam usar. È necessário acessar o corpo emocional para compreender o corpo espiritual. O corpo físico e o corpo men­tal andam de mãos dadas assim como o corpo emocional e o corpo espiritual. Como o corpo espiritual é não físico, e vocês estão aprisionados no plano físico, precisam acessar todos os planos não-físicos através das vossas emoções.

Os seres humanos possuem a tendência de gostar tanto de seus dramas que se perdem no processo do processamento. O processamento pode se tomar uma forma de vida. Isto não adianta. Não é “legal” estar sempre processando e dizendo para os outros: “Não me chamem, estou processando. Estou mergulhado em meus problemas. Ainda não descobri nada.” Sim, os vossos dramas pessoais precisam ser examinados, eles são um banquete que os alimenta. Ok Alimentem-se, mas to­quem a vida e preparem outros banquetes. Deixem de apegarem-se as perolas do passado temendo, que se estes temas forem esclarecidos, nada mais interessante acontecera na vossa vida. É bom colocar o processamento em perspectiva.

O corpo humano está evoluindo e mudando. Vocês po­dem achar que necessitam de uma determinada combinação de nutrientes, porque foi assim que lhes ensinaram. No entan­to/ neste caso específico, irão esquecer tudo o que aprende­ram/ irão escutar o corpo e permitir-lhe expressar sua vontade. Apostamos que muitos de vocês, no ano passado, tiveram von­tade de comer coisas diferentes. Não se sentiam bem comendo o que estavam acostumados porque a vibração de certos ali­mentos é tão baixa que se toma incompatível com a vossa.

“Como devem saber, na indústria da carne, os bois, porcos e galinhas não são alimentados com comida. Vivem em pequenos compartimentos, e a maioria nem vê a luz do dia. Defecam uns sobre os outros, pois vivem em pequenas caixas metálicas empilhadas. É assim que são criados. São alimentados por esteróides e antibióticos substâncias que não constituem exatamente uma comida saudável. Não são criados com amor. Quando são levados para o matadouro, tampouco são mortos com amor. Ao comê-los, vocês estão ingerindo esta vibração.Não se esqueçam de que todas as coisas possuem uma vibração. Os animais foram colocados no planeta para serem vossos companheiros, para viverem na terra, para fornecer­-lhes alimento e agasalho, se necessário.

Tudo feito com amor. Se vocês moram numa fazenda e criam suas galinhas e porcos, alimentam-nos com comida e, quando chega a hora de abatê-­los, fazem-no com compaixão e amor, está certo. Dão qualida­de de vida aos animais que, por sua vez, se reciclam dando amor e qualidade de vida em troca. Isto é o ideal. Esta foi a realidade durante muito tempo neste planeta. No entanto, já não é mais a vossa realidade. Estejam atentos para as vibra­ções de tudo o que os cerca.

Deixem o vosso corpo dizer o que ele quer. Permitam-se querer mudar, porque o vosso corpo, ao tentar elevar sua vi­bração e criar um corpo de luz, vai querer afastar-se de certos alimentos. Emitam a intenção de querer mudar a dieta e de­pois emitam a intenção de que as coisas cheguem a vocês. Não nos cansamos de enfatizar que vocês são muito mais do que seres físicos. Existem em diversas realidades, e possuem mi­lhares de guias. Portanto, precisam ser mais claros nas vossas intenções. O que vocês querem? Afirmem: “Quero evoluir. Quero mudar minha dieta. Quero aumentar a minha intuição. Sejam claros naquilo que querem. As palavras é minha intenção possuem um tremendo poder.

Para ter a verdadeira saúde, é necessário que as doze hé­lices estejam completamente mudadas e evoluídas dentro das células, para ativar a plena capacidade cerebral. Ainda vai de­morar um pouco para que as doze hélices sejam completamen­te ativadas, embora possam começar a ser ligadas. Algumas pessoas já tiveram a experiência de tê-las ligadas, mas não ativadas. Quando forem ativadas, o cérebro inteiro começará a operar e vocês se tomarão gênios.

Saberão tudo, usarão tele­patia, serão capazes de fazer qualquer coisa, porque no vosso interior está a Biblioteca Viva. Vocês têm o cartão que lhes per­mite acessar toda a espécie de informação armazenada em qualquer ponto do planeta. Como todas as vossas aspirações poderão se tomar rea­lidade, gostaríamos de pedir-lhes que se tomassem Portado­res de Frequência impecáveis. Mantenham dentro de si conhecimento e informação da mais elevada ordem, a ordem do ser ilimitado. Ao viver a frequência, vocês a tomam acessí­vel a todos que encontram, andando pela rua, comprando nas lojas, ou simplesmente repousando a cabeça no travesseiro, à noite, sabendo quem são. Chegará o momento em que não mais precisarão procu­rar informação fora de si mesmos.

Quando este momento che­gar, nós e outros seres semelhantes, viremos para deflagrar a mudança, para fazê-los girar, reuni-los e colocá-los em gru­pos, feito drusas de cristal, refletindo uns para os outros e car­regando-se eletromagneticamente. Ao trabalharmos com vocês criamos centelhas luminosas que permitem aberturas. À me­dida que estas aberturas internas ocorrem passam a vibrar de uma forma que afeta todos à vossa volta. Quando alguma coi­sa provoca um sinal, um clic, em determinada pessoa, ela en­via uma frequência de reconhecimento e outras pessoas captam essa frequência. É assim que cresce a mente grupal.

Ocorre sem que compreendam racionalmente, façam uma ima­gem, ou percebam, pois se trata de um processo eletromagné­tico dentro do corpo. Vocês criam o aumento de energia, de acordo com a vossa capacidade de administrá-la. Cada indivíduo deve voltar-se para a multidimen­sionalidade. Uma parte do Eu toma a decisão e diz: Ok que­ro embarcar nessa experiência multidimensional. O que é que eu quero fazer? O desejo deve vir primeiro.

O desejo é a per­cepção que os coloca no momento. Depois, precisam decidir o que vão fazer com esse desejo. Pode ser que o esqueçam ama­nhã. Para estruturar este desejo e demonstrar a vossa serieda­de em relação a ele, devem participar de eventos, movimentos, rituais e cerimônias que demonstrem o vosso compromisso. Depois, devem estruturar a vossa vida para que ela seja um sinal do vosso empenho. Seria como se andassem e vivessem em oração. As igrejas mandam que as pessoas rezem, peçam a certos senhores perdão por determinadas ações e peçam também tudo o que quiserem.

Estamos lhes sugerindo uma ora­ção viva, um processo em que cada momento do dia tenha o seu significado e sirva para lhes mostrar o caminho devido ao vosso comportamento e à vossa concentração no objetivo de suas orações. A oração viva pressupõe uma intenção muito clara em relação aos objetos que se encontram no seu ambiente: ter um altar, objetos sagrados, e não possuir nada que não seja bas­tante significativo. Nós sabemos que sugerir que não mante­nham na vossa realidade nada que não possua um significado seria um abalo para muitos de vocês.

Contudo, quantos não estão se descartando de coisas que não mais desejam em sua vida, quer seja aquele casaco que já dura há quinze invernos e está cheio de buracos de traça embaixo do braço, ou o compa­nheiro que vêm carregando há trinta e cinco anos e que tem mais do que alguns buracos de traça? É um desafio livrar-se, de tudo que não tenha significado na vossa vida, no entanto é essencial. Montar um altar em conjunto é uma ótima forma de pro­mover um ritual. Os rituais despertam a memória celular e os fazem recordar os ensinamentos da antiguidade que estão armazenados dentro de cada um. Os rituais trazem estes ensi­namentos para a vossa memória ativa.

Colocam vocês no mo­mento presente e os levam de um aqui e agora em expansão, para outro momento que respeita os aspectos da Mãe Terra que possuem significados pessoais. Todas as coisas existem porque alguém decidiu energizá-las. Tudo pode ser energizado. Cabe ao poder da mente individual ativar a vontade e usá-la para reestruturar a realidade. Não há ninguém no plano terrestre, nos dias atuais, que não esteja impulsionado para a evolução. Ninguém, sem este impulso, teria vindo para cá. Todos os portais que foram aber­tos e os projetos destinados a esta época estavam condiciona­dos a trabalhar direcionados para a auto-motivação, auto-aceleração e evolução rápida do ser humano.

Este livro mesmo é um processo, um deflagrador. As chaves estão es­condidas dentro dele. Incentivamos vocês a seguirem o im­pulso que está sussurrando no vosso ouvido: “Vocês fazem parte da Família da Luz e a Terra é a Biblioteca Viva”. Iremos seduzi-los e ajudá-los, afirmando que há muitas recompensas. Mesmo não podendo garantir que os desafios irão terminar, vocês vão atingir uma condição de grande sabedoria. Aprendam a ler os símbolos e sigam os impulsos à sua mais elevada conclusão.

Ser multidimensional significa abrir os canais e sintonizar-se em várias frequências para receber a transmissão de conhecimentos. Não há palavras suficientes no vosso vocabulário, ou nos vossos dicionários para exprimir os sentimentos que há nos planos não-físicos. O Espírito de que estamos falando abrange muitas idéias. Refere-se basicamente àquilo que é não-físico, ou não pertence à visão da terceira dimensão. Podem comparar este fascínio, este salto, a um gigantes­co pulo de trampolim, sem retorno. Vocês balançam, balan­çam, pegam impulso e lançam-se em direção ao reino do Espírito. Isto não quer dizer que estejam perdidos, destruídos ou que as vossas moléculas tenham sido disseminadas.

Trata­-se simplesmente do grande salto que todos os antigos xamãs da Terra praticavam e possuíam como potencialidade – uma forma de contatar formas inteligentes e de prestar assistência à espécie humana em evolução. A multidimensionalidade é, para nós, um estilo de vida. Nós percebemos que parte do nosso desafio como mestres consiste em traduzir a maneira como vivemos para sistemas que estão evoluindo. Para tranquilizá-los, este é um processo para o qual estão se en­caminhando, embora como encontrá-lo dependa de cada um. Queremos que sejam capazes de se dirigir até à beira de um penhasco, dar um passo e permanecer no ar perto da beira do despenhadeiro.

Queremos que fiquem lá. Queremos que reconheçam a parte herética que há em cada um: a parte que sabe, que vai escancarar essa realidade e estabelecer um novo paradigma de consciência. Tal façanha não será realizada por um líder mundial; será feita pelas massas, pois as massas es­tão prontas para isso. Nessa época haverá milhões de Guardiães da Luz aqui no planeta. Tudo o que precisam fazer é evoluir. O vosso tra­balho atual é intensamente ligado ao Eu, o veículo físico que ocupam neste momento. É o Eu que lhes permite jogar este jogo agora. Amem-no, respeitem-no, acalentem-no, cuidem dele direitinho, falem muito bem dele e mantenham a inten­ção firme de que ele vai atingir sua plena capacidade.

É só isso que precisam para se abrirem e contatarem a vossa Família da Luz. Então, preparem-se para descobrir quem a luz encon­trou, quem ela vai apresentar a vocês e quem é, na verdade, a luz. Amor é o que vocês sentem quando ultrapassam a luz. Vocês precisam da luz, que é informação, para acessar esse amor. Sem a freqüência da informação, a frequencia do amor é incompreendida.

Quando a frequência do amor vem primei­ro, sem a freqüência da Luz, vocês acham que o amor está fora de vocês, em vez de compreenderem que o amor são vocês. En­tão fazem o que as pessoas no planeta têm feito há eons: vene­ram e endeusam tudo e acham que o amor está fora em vez de estar dentro. Nós decidimos vir a este planeta trabalhar com a luz, para fornecer-lhes informação, os fortalecer e, finalmente, ativar os vossos projetos de acordo com as informações. Agora que já estão informados e compreenderam contra o que devem lutar durante a infusão multidimensional de luz na vossa identidade, vão começar a viver a frequência do amor.

Esta frequência do amor permitirá que estendam o amor a outras versões do vosso Eu multimensional, criando urna cura maciça da vossa consciência em vários níveis. As experiências que irão ter nestes planos de atividade podem ser muito for­tes. Irão provocar tremendas alterações, mas vocês andarão com um sorriso de orelha a orelha, deixando as outras pessoas curiosas com o que possa ter-lhes ocorrido. Se comportarão assim porque vão estar na vibração do êxtase. Estarão numa vibração de conectividade, e todas as coisas e pessoas atraídas para vocês farão parte desta vibração.

Tudo o que não estiver em ressonância com esta frequência não conseguirá sequer se aproximar de vocês. Na verdade, quando entrarem em resso­nância com as frequências mais elevadas, quem não estiver nestas frequências nem mesmo conseguirá enxergá-las. Quando operarem na frequência da informação, soma­da à da criação e amor, trabalharão disseminando esta fre­quência – não trabalhando pelos outros, mas permitindo-lhes sentirem a vossa frequência, quando entrarem em contato com vocês.

O vosso valor é inestimável, vocês sabem. Quem for ca­paz de dominar estes temas – e não há razão para que todos não o façam – será muito solicitado neste período. Serão consi­derados super-humanos. Contudo, não devem separar-se do resto da população. É o lugar de ensinar a todos e de mostrar­-lhes como podem fazer o mesmo (para os que tiverem interesse). As frequências serão dadas e partilhadas livremente para que todas as pessoas descubram o que podem fazer para si mesmas. É assim que este planeta vai evoluir.

Mais informações e capítulos anteriores em:

http://thoth3126.com.br/category/pleiades/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e a citação das fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

5 Responses to Plêiades – O Compromisso de evoluir na Terceira Dimensão – XXI

  1. Marcos roberto fernandes vicente

    Muito grato…

  2. Mateus

    QUE INSPIRAÇÃO!

  3. Jéssica Duarte

    Ola irmão.

    Grata por estas belas informações. Obrigada por guiar meus caminhos e fazer-me entender, entender meu Eu e minha missão neste lugar.

    Sinto meu corpo se emocionar enquanto digito essas poucas palavras.
    Farei o meu melhor e rezo todos os dias para que meus irmãos caminhem juntamente comigo.

    Que possamos enviar luz a todos que cruzarem nosso caminho…

    Namaste _/\_

  4. Nair Medeiros

    Gratidão , lendo este texto esclarece em minha mente muitas coisas em que vivenciei na minha infância até os dias de hoje. Situações e sentimentos sem explicação! Hoje busco essa expansão da consciência e sinto a percebo que dias melhores virão para o nosso planeta. O AMOR rege a minha VIDA. Muita Luz para todos! Namaste

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *