browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Rússia e China abandonam o dólar americano

Posted by on 08/11/2014

dolar=papelhigiênico

Rússia e China abalam o dólar americano

A aproximação e o estreitamento das relações comerciais da Rússia e da China ameaça a continuação da prosperidade do dólar americano, consideram os especialistas em comércio internacional.

Durante a recente visita a Moscou do dirigente chinês Li Keqiang, chefe do Conselho de Estado da China, as partes confirmaram o desejo mútuo de aumentar ao máximo o pagamentos de suas contas em rublos e yuans, referente as trocas comerciais entre os dois países. Os peritos sublinham que semelhante tendência pode acabar por derrubar o domínio econômico dos EUA e do dólar como moeda de reserva internacional.

Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

A aproximação e o estreitamento das relações comerciais da RÚSSIA e da CHINA (os dois países líderes do bloco dos BRICS) ameaça a continuação da prosperidade do dólar americano.

Por Leonid Kovachich – Voz da Rússia, 05 de novembro de 2014

Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/news/

Em maio deste ano, a gigante Gazprom (Rússia) e a CNPC (China) assinaram um contrato, válido por 30 anos, de fornecimento de gás russo à China no valor total de US$ 400 bilhões de dólares. Os primeiros pagamentos segundo este contrato serão realizados em yuans.

Por isso, o Banco Central da Rússia abriu uma linha de troca de moedas com o Banco Popular da China-BPC no valor de 150 bilhões de yuans (US$ 24,5 bilhões de dólares) em três anos. Deste modo, pela primeira vez na história, um negócio internacional no campo da energia foi realizado sem a participação do dólar, mas em yuans.

dolar X yuan

Claro que apenas um contrato de gás russo-chinês não influirá de forma alguma no destino do dólar. Porém, há razões para esperar que outros contratos comerciais no mundo também sejam efetuados e resolvidos sem o uso da moeda norte americana, assinala Andrei Vinogradov, dirigente do Centro de Prognósticos e Estudos Políticos:

“O volume do comércio entre a China e a Rússia é bastante grande. E precisamos de estabilidade. A volatilidade do câmbio do rublo em relação ao dólar influi negativamente nas relações comerciais e econômicas bilaterais entre a Rússia e a China. Por isso, ambos os países estão interessados em evitar riscos cambiais. Uma das formas de estabilização pode ser precisamente a passagem para as contas em moedas nacionais”.

A abertura pelo BC da Rússia de uma linha de troca com o BPC é o primeiro passo para a estabilização, assinala Andrei Vinogradov. Devido às sanções ocidentais, as empresas russas sentem falta de créditos baratos. Num momento em que estão fechados os habituais mercados ocidentais de capital, a linha chinesa em yuans é uma saída completamente justificada da situação, porque o BC da Rússia não terá de adquirir dólares americanos no mercado.

dolar-queda

Porém, é curioso que também outros países não afetados pelas sanções financeiras da parte do Ocidente tentam reduzir a dependência dos EUA e do dólar. No verão passado (n.t. junho/setembro no hemisfério norte), os chefes de Estado dos países membros do bloco chamado pelo acrônimo de BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) assinaram um pré-acordo sobre a criação de um conjunto de moedas de reserva e de um Novo Banco de Desenvolvimento.

No fundo, trata-se de mini-análogos regionais do FMI e do Banco Mundial, organizações que, durante os muitos anos da sua existência, se transformaram em instrumentos políticos de pressão dos interesses (nem sempre justos) dos EUA.Mais, até empresas dos EUA passaram a efetuar pagamentos em yuans. 

Segundo dados da SWIFT (Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication), no ano passado, o volume de negócios em moeda chinesa triplicou. É vantajoso para as empresas americanas recusarem o uso do dólar nas transações com os seus parceiros chineses, porque, nos negócios em dólares, aumentam as despesas em comissões.

china-russia-agreement

Em maio deste ano, a gigante Gazprom (Rússia) e a CNPC (China) assinaram um contrato, válido por 30 anos, de fornecimento de gás russo à China no valor total de US$ 400 bilhões de dólares. Os primeiros pagamentos segundo este contrato serão realizados em yuans

Parece que Pequim pensa seriamente em criar um novo concorrente de moeda de reserva mundial para o dólar. Hoje, o governo chinês realiza a política de liberalização gradual da sua política monetária. Aumentou até 2% a margem comercial em que se pode alterar o câmbio do yuan. Foram levantadas algumas limitações à movimentação de capital, considera o economista Serguei Lukonin, do Centro de Estudos da Ásia e do Pacífico:

“As autoridades chinesas querem gradualmente fazer do yuan uma moeda de reserva mundial. Para isso é aumentada a fatia do yuan nas contas internacionais. Depois, a China retirará vantagens financeiras disso. Porque o yuan será mais estável. Os exportadores poderão receber maiores lucros. E o principal é que, se o yuan se tornar uma moeda de reserva mundial, embora esse seja um longo processo, a China poderá de certa forma influir em todo o sistema financeiro mundial”.

Todavia, como assinala o perito russo, por enquanto, a parte do yuan no comércio não corresponde de forma alguma ao lugar da China na economia mundial. Nenhum banco central, além do Banco da China, guarda reservas em moeda chinesa. O yuan não é uma moeda de pagamento do sistema CLS, que engloba mais de metade de todas as operações internacionais de conversão de moeda.

russia-obama-World-Famous-Bear-Trainer

Obama e as suas relações com o “urso” russo.

Por isso será difícil num momento só diminuir a dependência do dólar, assinala Serguei Lukonin. 70% das contas mundiais continuam a ser feitas em moeda americana. O yuan vem apenas em 7º lugar no mundo quanto à frequência de utilização atualmente. Porém, nada impede que a moeda chinesa de, nos próximos tempos, subir nessa escala. Isto porque esta aumentando constantemente o número de países que quer trabalhar diretamente com o yuan, sem mais usar o dólar.

Para saber mais:

  1. http://thoth3126.com.br/o-ouro-e-o-fim-do-mundo/
  2. http://thoth3126.com.br/eua-barras-de-ouro-falsas-em-fort-knox
  3. http://thoth3126.com.br/o-ouro-dos-eua-nao-existe-mais/
  4. http://thoth3126.com.br/russia-investe-pesado-em-ouro/
  5. http://thoth3126.com.br/a-visao-das-provacoes-dos-estados-unidos-por-george-washington/
  6. http://thoth3126.com.br/eua-golpe-de-estado-a-vista-obama-um-ditador/
  7. http://thoth3126.com.br/algo-muito-grande-e-definitivo-esta-para-acontecer/
  8. http://thoth3126.com.br/barack-obama-segredos-e-mentiras-sem-fim/
  9. http://thoth3126.com.br/o-futuro-colapso-dos-e-u-a-previsto-por-jornal-da-russia/
  10. http://thoth3126.com.br/eua-a-beira-da-falencia/
  11. http://thoth3126.com.br/a-maior-fraude-financeira-da-historia-mundial/
  12. http://thoth3126.com.br/russia-e-china-assinam-acordo-de-400-bilhoes/
  13. http://thoth3126.com.br/china-um-golpe-de-estado-no-mercado-mundial-de-ouro/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth-escribawww.thoth3126.com.br

7 Responses to Rússia e China abandonam o dólar americano

  1. Omar

    Hahaha, muito bom. Gostei. Muito legal a charge do treinador de urso, ilustra bem o texto.

  2. VAULDIR COSTA ANUNCIATO

    RUSSIA E CHINA NUNCA FORAM EMERGENTES ISSO É FARSA E É TÁCITO TODOS NEM LEVAM EM CONTA…MAS EM BREVE QUANDO RUSSIA E CHINA – RESUMIREM O DRAGÃO MUNDIAL ENTÃO COMENTARÃO QUE NEM ELES NEM A INDIA SÃO EMERGENTES…SÃO PODERES OCULTOS HÁ MILENIOS NA EUROPA E ASIA.A AFRICA DO SUL É UMA RENASCENÇA…E O BRASIL SIM NO NOVO MUNDO É UM JOVEM PAÍS E CULTURA EMERGENTE NO CENARIO MUNDIAL.A LUTA CONTRA O PODER ANGLO-JUDAICO SE AGIGANTA…PROBLEMAS É DELES…ISSO É MILENAR…O EURO DE MERKEL E HOLLANDE FICARÁ NESSE FOGO CRUZADO ATÉ RUIREM COM A UNIÃO EUROPEIA…E TODOS CORRERÃO PARA AFRICA EM RENASCENÇA E PARA AMERICA DO SUL PRESERVADA…RESTINGAS CULTURAIS DELES DIRÃO SEMPRE…DEVEMOS ENFRENTAR A REALIDADE.ELA SE DESMASCARA ENFIM NO SECULO 21…11 DE SETEMBRO MATOU A ERA…11 DE SETEMBOR É DIA DO NOSSO CERRADO NOSSA CAIXA D´ÁGUA…ELES QUEREM O PLNALTO CENTRAL QUEREM BRASILIA QUEREM O PODER DO NOVO MUNDO…A EMERGIR…AZUIS E VERMELHOS AQUI NA DISPUTA COMO SE FOSSEM BRASILEIROS VERDE AMARELOS…QUANDO O DRAGÃO RUSSO-CHINA-TIBET ATROPELAR O EURO, DE MERKEL, SEUS CONTRATOS AQUI SERÃO USADOS COMO AMEAÇAS…E UMA NAÇÃO UM BRASIL DIVIDIDO EM VERMELHOS E AZUIS É UM PRATO CHEIO PARA ESTES FEROZES VERMELHOS E AZUIS DRAGÃO E TIO SAM MILENARES EM LUTAS AO SOL E NAS SOMBRAS NA CAVALEIRO E DRAGÃO…SABEM QUE NA AMERICA DO SUL PODERÃO SOBREVIVER COM SUA FEROCIDADES QUE TROUXERAM DAS ESTRELAS É CLARO NÃO DAQUI MESMO…CADÊ A REAL POLITICA VERDE AMARELA PARA VENCER ESTE MAL AZUL-VERMELHO HISTORICO???…O REI ELE VEM…EU VI…

  3. Alice

    É, estão mesmo se empenhando ferozmente para chegarem ao Brasil, os EUA e seus “aliados”. A maioria da população não está se dando conta da grande manipulação por traz dos bastidores e entraram na onda terrorista que gerou um ódio terrível entre nosso povo, inventaram até brasil vermelho e azul. Vejam só! Tenho certeza que uma força maior do que aquela obscura que tenta por a mão no nosso país NÃO VAI LOGRAR ÊXITO! A LUZ VENCERÁ!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *