browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

SERPO-Zeta Reticuli-2, 3 e 4- Programa de Intercambio EUA-ETs

Posted by on 25/09/2016

serpo-zetaProjeto SERPO – O Programa de Intercâmbio dos EUA com ETs do sistema solar binário de Zeta Reticuli – Post nºs 2, 3 e 4.

A liberação gradual dos documentos confidenciais relativos a um programa de intercâmbio ultra-secreto de doze militares dos E.U.A. com habitantes extraterrestres de SERPO, um planeta do sistema solar de Zeta Reticuli, entre os anos de 1965-1978.

“Parecia que já estávamos viajando cerca de 24 horas ou mais. Sem janelas (na espaçonave) para ver para fora.  Inicialmente nos disseram que levaríamos cerca de 270 de nossos dias (nove meses) terrestres para chegarmos ao Planeta SERPO“…

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch

Serpo-Programa secreto de Intercâmbio de doze militares dos EUA com extraterrestres do sistema solar duplo de Zeta Reticuli 1 e 2.– Postagens 2, 3 e 4.

Fonte:  www.serpo.org

A seguir a declaração de um Tenente-Coronel da Força Aérea dos EUA, USAF,  atualmente (em 2005) AINDA trabalhando no Pentágono – O nome não foi identificado. (Óbvio)…

Eu imprimi todas as informações… e providenciei  uma cópia 

Vi os seus olhos e a sua expressão facial. Depois que ele terminou, ele declarou:

Oh meu Deus, quem na Terra faria a liberação desse material secreto?” 

Eu então lhe perguntei se toda essa informação (sobre SERPO) era real, sua resposta foi simples: 

SIM, TUDO É REAL”.

Postagem nº 2 – por Anonymous (4 de novembro de 2005)

Paul não está correto. Havia duas mulheres (na equipe enviada a SERPO), sendo uma médica e outra sendo uma lingüista.

Houve um período de escuridão no planeta, mas não treva total à noite. O planeta Eben SERPO está localizado dentro de um sistema solar por nós denominado Zeta Reticuli [dois graus de magnitude 5, duas estrelas amarelas, semelhante ao nosso Sol perto da Grande Nuvem de Magalhães, ao sul da eclíptica]. O planeta tem dois sóis, mas seus ângulos orbitais são pequenos e permitiam que houvesse alguma escuridão na noite do planeta dependendo da localização.

O planeta era inclinado como a Terra, o que permitiu a parte norte ser mais fria. Ele é um pouco menor que o tamanho da Terra. A atmosfera era semelhante à da Terra e tem os elementos do CHON [carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio] em sua atmosfera. O sistema solar de Zeta Reticuli esta aproximadamente 38 anos-luz distante de nosso sistema solar (cerca de 360 trilhões de km). A nossa equipe levou nove meses em uma espaçonave (UFO) dos Eben para cobrir a distância até o planeta Serpo.

Durante a viagem, cada um dos nossos membros da equipe ficavam freqüentemente tontos, desorientados e sofriam com dores de cabeça. A embarcação não sofre o efeito de qualquer tipo de gravidade durante a viagem. A embarcação alienígena era muito grande e permitiu que a equipe fizesse exercícios a bordo durante a viagem até Serpo.

Quando a equipe chegou ao planeta Eben Serpo, eles levaram vários meses para se adaptarem à atmosfera local. Durante o período de adaptação, eles sofreram dores de cabeça, tonturas e desorientação.  Os sóis brilhantes do planeta Eben apresentaram também problemas para o time da Terra. Embora tivessem óculos de sol, eles ainda sofreram com a luz e com o perigo de exposição ao sol. Os níveis de radiação na superfície do planeta era um pouco maior do que a da Terra. Eles tiveram o cuidado de cobrir os seus corpos em todos os momentos.

O planeta dos Ebens não tinha formas de refrigeração, exceto na indústria. A temperatura do planeta, na porção central (equatorial), ficou entre 94 ° F (34 º C) e 115 ° F (46 º C). O planeta possui nuvens e lá também chove, mas não freqüentemente. No hemisfério Norte, a temperatura cai para entre 55ºF e 80ºF. Essa temperatura era muito fria para os Ebens, ou no mínimo fria para a maioria. Nossa equipe encontrou Ebens que vivem no hemisfério norte do planeta, mas em aldeias muito pequenas.

Nossa equipe finalmente se mudou para o norte a fim de permanecer em local mais fresco. O transporte terrestre utilizado pelo nosso time era semelhante a um helicóptero. O sistema de alimentação de energia era um dispositivo fechado que fornecia energia elétrica e sustentação para a aeronave. Era muito mais fácil de voar e os nossos pilotos aprenderam o sistema dentro de poucos dias. Os Ebens  possuem veículos que flutuam acima do chão por levitação e não tem qualquer pneus ou rodas.

Os dois Sóis (Estrelas) Zeta Reticuli 1 (em cima) e 2 (abaixo)

Haviam líderes, mas nenhuma forma real de governo central. Não houve praticamente nenhum crime visto pela equipe. Eles tinham um exército, que também atua como a nossa força policial. Mas nenhuma arma ou armas de qualquer tipo foram vistos pela nossa equipe. Havia reuniões regulares em cada pequena comunidade. Havia uma grande comunidade, que atua como o ponto central da civilização. Toda a indústria esta nesta única grande comunidade. Não havia dinheiro.

Cada Eben toma para si somente o que eles precisavam. Nenhuma loja, centro comercial ou locais de compras. Havia centros de distribuição central, onde os Ebens obtêm os itens que eles necessitam. Todos os Ebens trabalham com alguma capacidade produtiva. As crianças eram mantidas muito isoladas. O único problema que os membros de nossa equipe encontraram foi quando eles tentaram fotografar as crianças Eben. O Exército gentilmente escoltou-os para fora do local e advertiu-lhes para não fazê-lo novamente.

Voltar à Informação (continua abaixo)

Postagem nº 3 – por Anonymous (07 de novembro de 2005)

Estatísticas sobre o planeta Eben foram coletadas pela nossa equipe. Aqui estão os dados pertinentes sobre o planeta SERPO para a sua lista de discussão do assunto UFO:

Diâmetro: 7.218 milhas
Massa: 5,06 x 1024
Distância do Sol nº 1: 96.500.000 milhas
Idem do Sol nº 2: 91.400.000 milhas
Luas: 2
Gravidade na superfície: 9.60m / s2
Períodos de rotação: 43 horas
Orbita: 865 dias
Inclinação Pólo Norte: 43 graus
Temperatura: Min: 43 º F / Máx: 126 ° F
Distância da Terra: 38,43 anos luz (1 ano luz=9,46 Trilhões de km)
Nome do Planeta Serpo
Planeta mais próximo ao Serpo: OTTO
Distância: 88 milhões de milhas (colonizado pelos Ebens de Serpo como base de pesquisa, mas sem habitante natural do planeta)
Número de planetas do Sistema Solar (Zeta Reticuli ) Eben: Seis
Planeta Habitado mais próximo planeta Serpo: Silus (Silus é composto por criaturas de vários tipos, mas não com formas de vida inteligente. Os Ebens de Serpo usam o planeta para mineração de recursos naturais).
Distância: 434 milhões de milhas

Tivemos visitantes de nove outros sistemas estelares durante a estada da equipe da Terra no Planeta Serpo Os Grays, que algumas pessoas caracterizam como sendo como os Ebens de Serpo, mas não o são.

Eles vieram de um planeta (provavelmente chamado de Apu) que fica no sistema solar de Alpha Centauri A. [Alpha Centauri é um sistema estelar/solar de estrela múltipla, o mais próximo de nosso sistema solar com cerca de 4,3 anos luz de distância, com uma magnitude de -0,3 e é a terceira estrela mais brilhante no céu da Terra (Para nós do hemisfério sul, é a estrela mais brilhante bem próxima do Cruzeiro do Sul)

É um sistema solar composto por dois sóis, estrelas amarelo e laranja de magnitudes 0.0 e 1.4. Há ainda uma terceira estrela muito mais fraca, uma anã vermelha de magnitude 11 chamada de Próxima Centauri. Esta é a estrela mais próxima e vizinha do nosso Sol, 4,2 anos-luz de distância ou cerca de 0,2 anos-luz mais próxima de nós do que os outros dois membros mais brilhantes do sistema Alpha Centauri, anteriomente citadas.]

Assinalada na foto, o sistema solar de Alpha Centauri (Toliman) ao lado de Beta Centauri (Hadar) tendo à sua direita a Constelação do Cruzeiro do Sul.

terceira classe de seres visitantes de Serpo veio de uma estrela do tipo G2 do sistema da Constelação de Leão.

[Constelação de Leão ou Constelação de Leo Minor? : Distâncias entre estrelas de LEO intervalo 20-25 – 77 de anos-luz de distância. De notável interesse é Gamma Leonis, que é uma gloriosa estrela dupla composta por dois SÓIS gigantes laranja dourado de magnitudes 2.4 e 3.5. Eles são um par de binárias genuínas que orbitam uma a outra a cada 600 anos.

LEO MINOR: Espremido entre Leão e a Constelação da Ursa Major, com brilho de sua estrela Beta Leonis Minoris que tem uma magnitude de 4,2. É uma estrela dupla que esta distante 145 anos-luz do nosso sistema, com um período orbital de 37 anos.]

Outra classe de visitantes veio de um sistema estelar G2 em Epsilon Eridani  (A Constelação de Eridanus é uma das mais longas nos céus da Terra).

[Epsilon Eridani é uma das mais próximas estrelas visíveis a olho nu do nosso sol. Trata-se de um sol com 10,5 anos-luz de distância, com uma magnitude de 3,7. Embora um pouco mais fria e mais fraca que a do nosso Sol, é por outra maneira muito similar.]

Os visitantes foram classificados por um código. O código, que foi usado para classificação foi: “Entidades Extraterrestre” (ETE). ETE-2 eram os Ebens de Serpo, os Grays de Alpha Centauri A eram ETE-3, e assim por diante.

et-silencio

O “Red Book” (Livro Vermelho), lista nove espécies diferentes de seres humanos  visitantes à Serpo. Nós determinamos recentemente que alguns dos visitantes eram do mesmo tipo de raça, mas com uma forma de vida criada/reproduzida artificialmente em laboratório, mecânica (os CORTS) “. Eles eram seres híbridos que foram criados em laboratório (clonagem) e não por nascimento natural.

As criaturas eram mais parecidas com robôs em seu comportamento, apesar de serem inteligentes e poderem tomar decisões. Eles podem ser os visitantes ETs  “hostis” a que algumas pessoas relatam ter encontrado em contatos na Terra. No melhor de meu conhecimento, não tivemos mais qualquer visitação na terra desde 1985,  com os Ebens de Serpo.

Voltar à Informação (continua abaixo)

Postagem nº 4 – por Anonymous (09 de novembro de 2005)

Obrigado pelo encaminhamento do fluxo de minhas informações em sua lista de e-mail e sem me identificar. Sei que poderia ser um pouco difícil para você manter o meu nome em sigilo com as crescentes e enormes pressões, mas não quero revelar minha identidade neste momento, talvez para Richard C. Doty no devido tempo, pois as suas perguntas e comportamento on-line parecem ser as mais justas, de mente aberta, e suas perguntas foram as mais razoáveis como percebi quando monitoro as respostas online após cada nova postagem minha sobre o assunto Serpo.

Eu também percebo na sua lista de pessoas que têm inúmeras questões  de sondagem. Vou tentar respondê-las, mas você deve entender que toda esta informação está contida em um volumoso e enorme livro. Há literalmente centenas de páginas de cálculos científicos tentando entender as leis físicas do planeta Serpo, sua órbita, etc, e eu não poderia relacionar todas essas informações via e-mail.

Nossos cientistas tinham as mesmas perguntas e dúvidas, tal como colocado pelo seu público. Nossos cientistas questionaram os membros da nossa equipe e as informações que recolheram. Eles, os cientistas não conseguiam entender como a órbita de Serpo poderia girar em torno dos dois sóis na distância medida.

No fim, nossos cientistas descobriram que algumas coisas relacionadas a esse sistema particular de sóis binários eram diferente em leis da física em relação ao nosso sistema. Havia algumas dúvidas sobre como nossa equipe medira a órbita e sobre outros cálculos com base na falta de uma base de medição do tempo estável. Por alguma razão – e eu não penso que isto sempre foi determinado – os nossos instrumentos de medição do tempo não funcionaram em Serpo.

et-silencio-01

Agora, considerando isso, você pode entender o difícil trabalho, os membros da equipe teve de fazer nossos cálculos, sem nenhum tempo como referência. Eles tinham que vir acima com um método alternativo para medir velocidades, órbitas, distâncias, etc

Um grande desafio: Tentar resolver um problema de física, em outro planeta, com outras leis da física sem ser capaz de medir o tempo da e como na Terra!!!!

Então você vê, nossa equipe fez o máximo que podia com os instrumentos que tinham e com as dificuldades em que eles tentaram desenvolver cálculos científicos. É difícil para qualquer cientista baseado na Terra para compreender a física diferente em outros sistemas solares e em outros planetas com diferentes referências e leis atuando.

Uma das perguntas que me enviaram envolvia a Lei do Movimento Planetário de Kepler. Nossa equipe tinha essa informação. Nós tivemos alguns dos melhores cientistas militares na equipe. Mas se você considerar a Lei de Kepler, que exige tempo e nosso time só podia medi-lo de maneira convencional. Foi determinado que as Leis de Kepler não se aplicam a um sistema solar fora da Terra (Assim como a maioria de nossas “leis científicas” desenvolvidas pelos nossos “sábios cientistas da Terra”).

Comentário do MODERADOR: (Victor Martinez) 
[Johannes Kepler foi um astrônomo e matemático alemão, 1571-1630  que descobriu e formulou a Teoria do Movimento Planetário Orbital através da descoberta da órbita Elíptica do planeta Marte que levaram à publicação em 1609 de suas três leis do movimento planetário].

1) Primeira lei: Declara  que um planeta se move em uma trajetória elíptica, com o sol em um ponto de foco.
2) Segunda lei: Declara que o planeta se move mais rápido quando mais perto do sol e mais lento quando mais longe do sol.
3) Terceira lei: Torna possível calcular a distância relativa do planeta do sol. Especificamente, a lei estabelece que o cubo da distância média do planeta ao Sol é igual ao quadrado do tempo que leva o planeta para completar sua órbita.]

CONCLUSÃO: Uma das coisas que os nossos cientistas baseados em Terra aprenderam com os dados de Serpo foi a NÃO aplicar suas leis da física da Terra de uma forma universalNão funciona do mesmo modo lá fora !!!! (Grandes sábios…)

A idade de Serpo foi estimada em cerca de três bilhões de anos. Os dois sóis do sistema existem à cerca de cinco bilhões de anos, mas apenas por estimativa.

A civilização Eben de Serpo foi estimado com cerca de apenas 10 mil anos de idade. Eles evoluíram a partir de outro planeta, não originariamente em Serpo. No planeta original dos Ebens a vida foi ameaçada pela atividade vulcânica extrema. Os Ebens tiveram que se mudar para o planeta Serpo, a fim de proteger a sua civilização. Isso ocorreu a cerca de 5.000 anos atrás em “nossa” escala de tempo

Os Ebens tiveram uma grande guerra interplanetária com outra raça a cerca de 3.000 anos atrás. Eles perderam muitos milhares de indivíduos nessa batalha. Os Ebens  eliminaram completamente todos os seus inimigos. Eles nunca mais lutaram uma outra guerra desde então. Os Ebens são viajantes espaciais durante os últimos 2.000  anos e os primeiros de sua espécie que visitaram a Terra foi há cerca de 2.000 anos atrás.

Por que o número da população dos Eben  são apenas de cerca de 650.000 indivíduos (nos anos de 1970)?  Eles têm uma civilização muito estável e estruturada. Cada macho tem uma companheira. Eles estão autorizados a se reproduzirem (em algo do mesmo modo com que nos reproduzimos sexualmente), mas estão limitados a apenas um número específico de crianças. A nossa equipe visitante nunca viu uma família com mais de dois filhos em Serpo.

civilização Eben esta tão estruturada que eles planejam o nascimento de cada criança, com espaçamento entre eles para permitir um agrupamento social mais apropriado da civilização. As crianças Eben amadurecem a um ritmo super rápido, comparadas às crianças da Terra. Nossa equipe assistiu a nascimentos ao vivo, atendidas por um médico dos Ebens, e depois assistiu ao desenvolvimento da criança durante um período de tempo, “tempo” do membro da equipe. Eles amadureceram em uma taxa rápida para os padrões da Terra.

A civilização dos Ebens tem cientistas, médicos e técnicos. Existe uma instituição de ensino no planeta. Se um ser for escolhido, ele participa da instituição e aprende o trabalho que será melhor qualificado e adequado para o indivíduo. Apesar de ter sido extremamente difícil avaliar ou medir, a equipe estimou o QI de cada Eben ser de 165 (Em nosso planeta seria considerado um Gênio).

Os Ebens não tem nenhum governante único, como um “Presidente”. Existe um “Conselho de Governadores“, que a equipe conheceu. Este grupo controla cada ação sobre o planeta. Os membros do conselho parecem participar dele em torno de um longo tempo. Desde que os Ebens não envelhecem – ou pelo menos a nossa equipe não conseguiu detectar o envelhecimento enquanto lá esteve- era difícil julgar a idade de cada membro.

ufocerrogordojunho2006

Havia cerca de 100 aldeias ou locais diferentes para se viver no planeta para os Ebens. Eles  usam apenas uma pequena parcela de seu território. Eles fizeram minas de minerais em áreas remotas do planeta e tem uma grande planta industrial na porção sul do planeta perto de um corpo de água. Nosso time determinou que esta planta tem algum tipo de operação de hidrelétricas.

Os Ebens também desenvolveram um tipo diferente de geração de energia elétrica e sistema de propulsão para veículos. Ele era desconhecido para a nossa equipe e eu não acho que nós nunca realmente a entenderemos.  Eles foram capazes de acessar um vácuo/vazio e trazer de volta uma quantidade enorme de energia a partir desse vazio (O mesmo método de geração de energia que existiu em Atlântida). 

Os alojamentos de nossa equipe no planeta, que consistia de vários edifícios pequenos, possuíam eletricidade alimentada por uma pequena caixa. Esta pequena caixa fornecia toda a energia necessária para nossa equipe. Ironicamente, os equipamentos elétricos que a nossa equipe trouxe da Terra na viagem trabalharam com sua única fonte de energia.

Os Ebens morriam. Os membros da nossa equipe viram as mortes, alguns por acidentes e demais por causas naturais. Os Ebens enterravam  os corpos, similar ao nosso método. Nossa equipe viu dois acidentes aéreos envolvendo seus veículos usados somente dentro do seu planeta.

Os Ebens adoram um Ser Supremo. Parecia ser uma espécie de divindade relacionada com o Universo. Eles realizavam serviços diários, normalmente no final do período de trabalho em primeiro lugar. Eles tinham um edifício ou igreja que ocupavam para o seu culto.

Nossa equipe deixou a Terra em 1965 em uma grande nave espacial Eben e voou para Serpo em viagem com duração de cerca de nove meses com medição pela equipe em nosso tempo terrestre. Para a nossa equipe retornar para a Terra, eles viajaram em uma nave Eben mais recente tecnologicamente. O tempo estimado pela nossa equipe para o retorno, foi de sete meses.

ADENDO do Moderador (Victor Martinez)

Documento informativo do ”Projeto Aquarius”  ABOVE TOP SECRET / MAJIC (MJ-12) EYES ONLY

(TS / Orcon) – A maioria dos documentos governamentais relativas aos avistamentos de OVNIs, incidentes e as políticas governamentais, incluindo o “Projeto Blue Book”, foram lançados ao público ao abrigo da FOIA ou em vários outros programas de libertação de informações.

O Grupo MJ-12 sentiu os restantes documentos e informações (não relacionadas com o “Projeto Aquarius”), relativamente aos fatos tecnológicos em questões de problemas médicos alienígenas, o fato de que um alienígena foi capturado vivo e sobreviveu a três anos, sob segredo, não pode ser liberado ao público por temer que as informações seriam obtidas por SHIS. Havia outras informações obtidas a partir dos EBEs, que foi considerada sensível, e não liberável ao público.

Imagem de luzes EM FORMAÇÃO no céu da manhã sobre Salem, MA, a radio estação alegou ser um objeto voador não identificado, ou UFO/OVNI, também conhecido como um disco voador; as fotos foram tomadas por Shell Alpert da Guarda Costeira e testemunhado pelo seu colega de Guarda Costeira, Thomas E. Flaherty, em 16 de JULHO de 1952. Prováveis espaçonaves oriundas do planeta SERPO, sistema solar de ZETA RETICULI (Fotos do arquivo do Projeto Aquarius).

 Notavelmente, o “Projeto Aquarius”, Volume IX, que pertence ao traçado da primeira visitação (desse planeta SERPO) alienígena da Terra há cerca de 5.000 anos atrás. Os  EBEs relataram que dois mil anos atrás, seus ancestrais plantaram uma criatura humana sobre a terra para ajudar os habitantes de nosso planeta no desenvolvimento de uma civilização. Essa informação foi muito vaga e mesmo a informação exata da identidade ou antecedentes sobre este homo sapiens não foi obtida.

Sem dúvida, se esta informação fosse divulgada ao público em geral, poderia causar um pânico mundial. MJ-3 desenvolveu um plano que irá permitir a liberação do Projeto Aquarius, Volumes I a III. O programa de lançamento de informações exige uma libertação gradual das mesmas ao longo de um período de tempo, a fim de condicionar o público para divulgações futuras. O Anexo 5 deste briefing contém algumas orientações para futuros lançamentos ao público.]

Comentário (por Paul McGovern):

Por vezes, a verdade é difícil de entender, principalmente por pessoas de mente fechada”. (Frase Lapidar !!!)

Por favor, leia a declaração que Einstein fez a uma sociedade científica alemã em 11 de maio de 1934. Eu não vou citá-lo realmente, mas ele disse que as mais estúpidas das pessoas no mundo são os cientistas que mantêm suas mentes fechadas para novas idéias (e também aqueles que se deixam influenciar pelas suas “opiniões científicas).

Você está tentando embasar o nosso entendimento científico sobre um outro mundo. Nós descobrimos um bom tempo atrás que esse tipo de pensamento bloqueia o progresso. Nós nunca poderíamos ter entendido os dons dos EBEs visitantes se tivéssemos pessoas como os cientistas atuais com mente bloqueada tentando descobrir. Nos tivemos alguns cientistas de mente aberta que foram capazes de pensar além do domínio da ciência baseada em nosso Planeta Terra.

Eu não sou cientista, mas sei o suficiente para manter minha mente aberta. Eu não posso atestar a origem das estatísticas de Victor, mas sei que ele deve estar falando de conhecimento, pois é o mesmo conhecimento que li há anos. Basta as pessoas manterem a mente aberta. Depois de fechar a mente, você está perdido em seus próprios pensamentos equivocados.

Os dados completos sobre o Planeta SERPO contam em cerca de três mil páginas. 

Continua em próximas postagens…)

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á  Mateus, 7, vers. 7 e 8

Mais informações em

  1. http://thoth3126.com.br/dulce-book-conexao-draconiana-reptiliana-capitulo-13/
  2. http://thoth3126.com.br/category/serpo-zeta-reticuli/
  3. http://thoth3126.com.br/projeto-serpo-programa-de-intercambio-com-zeta-reticuli-2/
  4. http://thoth3126.com.br/programa-de-intercambio-com-serpo-01/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

2 Responses to SERPO-Zeta Reticuli-2, 3 e 4- Programa de Intercambio EUA-ETs

  1. Franklyn

    This piece of writing presents clear idea in favor of
    the new visitors of blogging, that in fact how to do running
    a blog.

  2. paulo

    Muito interessante esta matéria… Clareou minha mente para um monte de coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *