browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Sinkhole enorme na Inglaterra

Posted by on 23/07/2016

cowshill-sinkhole.01

Um enorme Sinkhole (Sumidouro) com cerca de 100 pés de largura (cerca de 30 metros) apareceu durante uma noite em Pennines e é tão profundo que você não pode ver o fundo.

O Sr. Hensby, 71, que mora em Cowshill, perto de Bishop Auckland, Durham County, disse: “Eu não sei onde isso vai acabar. “O buraco ainda está crescendo. É espantoso. Se você tivesse ouvido o barulho, da terra caindo com estrondo quando aconteceu pela primeira vez, então você entenderia como foi aterrorizante.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Um enorme Sinkhole com cerca de 100 pés de largura (cerca de 30 metros) apareceu durante noite em Cowshill (Pennines) e é tão profundo que você não pode ver o seu fundo

Por Chris Pleasance para MAILONLINE – Fonte: http://www.dailymail.co.uk

• Agricultor John Hensby, 71, diz que a sua parceira Sam Hillyard, 39, descobriu o buraco numa quinta-feira de manhã;
• Desde então o enorme buraco só tem crescido, ele esta preocupado pois há previsão de chuvas, o que poderá aumentar o colapso;
• Ele também está preocupado que seus cães ou uma das ovelhas que pastam nas pastagens ao redor poderiam cair no enorme buraco:

cowshill-sinkhole.05

Um sumidouro com cerca de 30 metros (100 pés) de largura apareceu durante a noite de quarta-feira nas Pennines e foi descoberto pela primeira vez por Sam Hillyard, 39, quando ela estava andando com seu cães na manhã do dia seguinte. 

“Minha parceira Sam estava andando com um de nossos cães, quando ela descobriu o enorme buraco na nossa terra, há cerca de 80 metros de distância da nossa casa.

“O terreno é cercado por uma fazenda de ovelhas e há duas ou três perambulando ao redor no momento. Se uma ovelha caísse no buraco, então seria o fim dela. Seria o mesmo para os dois cães. Você não seria capaz de chegar até eles ou até mesmo de vê-los”.

Sr. Hensby acredita que o colapso pode estar ligado a mineração de ferro ou de chumbo na área, do século 19, embora ele tenha sido incapaz de encontrar evidências de um eixo da mina que possa ter entrado em colapso.

cowshill-sinkhole.04

O Sr. Hensby também teme que seus cães ou uma das suas ovelhas que pastam nos campos ao redor poderiam cair no buraco, e ele não seria mais capaz de salvá-los.

Embora a mineração de chumbo começasse nos Pennines cerca de 2.000 anos atrás, as operações comerciais não começaram até meados dos anos 1800 e continuou até o início de 1900, começando de novo por alguns anos durante a Primeira Guerra Mundial.

Por esta altura o cenário estava repleto de chaminés e enormes rodas d’água que foram usados para classificar minério útil do solo e outras sucatas, embora apenas alguns permanecem até hoje.

As minas também produziram minério de zinco, minério de ferro, e fluorspar também conhecido como fluorita, embora as áreas sejam menos conhecidas para estes minérios.

Cowshill-sinkhole-Locator_Graphic_

Sr. Hensby, que vive com sua parceira Sam, um acadêmico da Universidade de Durham, acrescentou: “De tempos em tempos pequenos buracos se abrem em nossa terra, mas nunca soube que eles fossem tão grandes antes.

“Alguns especialistas do conselho municipal vieram inspecionar o buraco ontem, mas não temos certeza do que pode ser feito. Estamos cruzando os dedos para que ele não fique muito maior, mas já está se aproximando de um passeio público agora.

cowshill-sinkhole.03

O proprietário das terras, o Sr. Hensby acredita que o buraco poderia ter sido causado por uma mina de minério de ferro ou uma mina de chumbo, ambos operados na região no século 19. 

Ele acrescentou que está trabalhando para aumentar a população de aves selvagens em sua terra, e espera que o surgimento do enorme sinkhole não venha a ter um impacto negativo em seus planos.

Saiba mais aqui:

  1. http://thoth3126.com.br/category/mudanca-nos-polos-e-campo-eletromagnetico-do-planeta/
  2. http://thoth3126.com.br/buraco-sinkhole-gigante-surge-na-russia/
  3. http://thoth3126.com.br/sons-misteriosos-sendo-ouvidos-em-todo-o-planeta/
  4. http://thoth3126.com.br/poderosa-emissao-de-onda-de-energia-do-nucleo-da-terra-foi-gravado/
  5. http://thoth3126.com.br/sons-estranhos-nos-ceus-da-terra-explicados-por-cientista/
  6. http://thoth3126.com.br/poderosa-energia-emitida-pelo-centro-da-galaxia-foi-registrada/
  7. http://thoth3126.com.br/o-cinturao-de-fotons-acelera-as-mudancas/
  8. http://thoth3126.com.br/o-futuro-dos-eua-por-ned-dougherty/
  9. http://thoth3126.com.br/sinkholes-surgem-por-todo-o-planeta/
  10. http://thoth3126.com.br/sinkholes-mais-dois-buracos-surgem-na-siberia/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

Thoth-flordavidawww.thoth3126.com.br/

 

 

5 Responses to Sinkhole enorme na Inglaterra

  1. Silvio José Benevides e Maia

    Sinais/execuções preparatórias.

  2. Silvio José Benevides e Maia

    O ineditismo desse tipo de acontecimento autoriza incluir esse fenômeno entre os de natureza transicional.

    Vale sentir a narrativa, em mais esse precioso trabalho da equipe de Thoth3126.

    Não é absurdo supor tratem-se, os sikholes, de entradas intras alinhavadas.

    Pelas informações do suporte Ramatis (1/3 de trigo, 2/3 de joio) e densos demográficos terráqueos (população em cerca de 7 bi), podemos deduzir seguramente que a migração para a Intra seja de por volta de 2.3333… bi de humanimais, fora os animais e possíveis outras vidas.

    E esses 2.3333… bi de pessoas e demais vidas resgatandas estão espalhados pelo mundo todo, e não reunidos em determinado lugar, donde a razão lógica do pipocar sinkhole pelo mundo.

    Cada um terá exatamente o que merece e somos eternos, de modo que inocência alguma precisa ficar preocupada, devendo-se apenas manter-se informados, acessando-se esses trabalhos dedicados das equipes a serviço da luz, para que não se fique com cara de vaca atolada no brejo ou apavorado, na chegada do que terá der acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *