browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

2017 e 2018, cinco asteroides destruidores se aproximam da Terra

Posted by on 26/05/2017

O principal astrônomo da NASA, Ron Baalke, revelou que cinco asteroides passarão em extrema proximidade da Terra nos próximos meses. Ao mesmo tempo, cientistas acreditam que haja mais asteroides, ainda não detectados e desconhecidos, e que não estamos prontos para lidarmos com eles, pois demoramos muito para identificá-los.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Ano dos asteroides destruidores: 2017 pode se tornar o último da humanidade. Essa informação foi publicada pelo principal astrônomo da NASA no Twitter.

Fonte: https://br.sputniknews.com/

O principal astrônomo da NASA, Ron Baalke, revelou que cinco asteroides passarão em extrema proximidade da Terra nos próximos meses. A primeira ameaça de asteroide para a Terra se trata do 2017 BS5, que se aproximará do planeta no dia 23 de julho.

“E o primeiro anjo tocou a sua trombeta, e houve saraiva (de pedras) e fogo misturado com sangue, e foram lançados na Terra, que foi queimada na sua terça parte; queimou-se a terça parte das árvores, e toda a erva verde foi queimada”.  Apocalipse 8:7

Cinturão de asteroides

Cinturão de asteroides

Seu diâmetro atinge entre 40 a 90 metros e passará, em princípio,  a 1.211.734 quilômetros de distância do nosso planeta, um pouco menos do que a distância média [A distância comum da Terra para a Lua é 384 400 quilômetros (238 857 milhas)]entre a Lua e a Terra.

Mas existe outro e ainda mais preocupante — o 2012 TC4. Esse asteroide tem um menor diâmetro (de 12 a 27 metros), não obstante irá se aproximar de nós a 57.659 quilômetros em 12 de outubro. Claro que para nós é muito longe, mas em dimensões e distâncias (e nossa capacidade de cálculo) espaciais e cósmicas são apenas alguns passos. Lembre-se que a distância média entre a Terra e a Lua é de apenas 384.400 quilômetros.

Os três outros asteroides passarão pelo nosso planeta em 3 de dezembro de 2017, 24 de fevereiro  e 2 de abril de 2018, respectivamente.

meteoro-meteorito-asteroide

Será que estamos prontos para enfrentar o impacto de um asteroide na superfície da Terra?

Não. No documento oficial, publicado pelo Conselho nacional de Ciência e Tecnologia dos EUA, estamos despreparados para encontrá-los. Há muitos anos, cientistas vêm tentando encontrar meios para nos proteger da ameaça representada por asteroides.

“E o segundo anjo tocou a trombeta; e foi lançada no mar uma coisa como um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a terça parte do mar”.  Apocalipse 8:8

Um poderoso flash luminoso foi visto nos céus nas regiões de Chelyabinsk, Tyumen e Sverdlovsk, também na República russa de Bashkiria e no norte do Cazaquistão quando um meteoro explodiu sobre a região:

Asteroides podem chegar a qualquer momento, sem avisar. Assim, em 15 de fevereiro de 2013, um asteroide de 17 metros de diâmetro golpeou inesperadamente a cidade de Chelyabinsk (um centro de pesquisas nucleares) e afetou e feriu mais de 1.500 habitantes, além de destruir inúmeros prédios com a onda de choque de sua explosão.

Levando isso em consideração, a NASA decidiu melhorar os métodos utilizados para garantir nossa proteção planetária, caso venhamos a ser ameaçados no futuro. Mas para cumprir tais metas, os EUA devem buscar ajuda internacional para enfrentar essas estrondosas ameaças vindas de muito longe.

chelyabinsk-meteoro

Meteoro russo demonstra que cerca de 20 milhões de rochas espaciais ameaçam a Terra, os cientistas russos e norte americanos alertaram em relatório. O meteoro que explodiu sobre a região dos Montes Urais na Rússia, com o centro do evento em Chelyabinsk, em 15 de fevereiro de 2013, nos demostrou que o perigo de rochas espaciais caindo sobre a Terra é muito maior do que se pensava, concluiu um grupo internacional de cientistas, após meses de estudo.

O que aconteceria se um asteroide colidisse com a Terra?

Segundo um simulador de colisões de asteroides da Universidade de Purdue (nos EUA), se o asteroide em questão tivesse 34 metros, no momento em que ele penetrasse a nossa atmosfera planetária, ele explodiria em mil pedaços. Liberaria sua energia equivalente a 700 quilotoneladas (doze vezes mais potente do que a energia liberada durante ataque com bomba nuclear [atômica] contra Hiroshima). A única coisa que sentiríamos seria um estrondo semelhante ao que  ocorre em uma cidade grande, como em Chelyabinsk, potencialmente podendo ser altamente destrutivo .


“E o terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas”.  Apocalipse 8:10

ContagemRgressiva“E o quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e (ficasse) semelhantemente a noite”.  Apocalipse 8:12

E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na Terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo.” Apocalipse 9:1


Saiba mais acessando:

  1. http://thoth3126.com.br/um-misterioso-e-novo-corpo-celeste-foi-descoberto-ha-30-anos/
  2. http://thoth3126.com.br/nemesis-uma-estrela-ana-marrom-companheira-de-nosso-sol/
  3. http://thoth3126.com.br/maldek-e-nibiru-mais-dois-planetas-de-nosso-sistema-solar/
  4. http://thoth3126.com.br/o-governo-oculto-secreto-nos-eua/
  5. http://thoth3126.com.br/eventos-incriveis-acontecendo-na-antartica/
  6. http://thoth3126.com.br/nosso-sol-poderia-ser-um-sistema-binario/
  7. http://thoth3126.com.br/carta-de-um-politico-da-noruega-sobre-2012/
  8. http://thoth3126.com.br/o-vaticano-e-o-regresso-do-planeta-x/
  9. http://thoth3126.com.br/uma-visao-pessoal/
  10. http://thoth3126.com.br/o-maior-dos-segredos/
  11. https://thoth3126.com.br/esa-terra-sofre-ameaca-potencial-de-impacto-de-500-asteroides/
  12. http://thoth3126.com.br/novo-telescopio-no-polo-sul-spt-south-pole-telescope/
  13. https://thoth3126.com.br/mais-um-cometa-verde-aproxima-se-da-terra/
  14. https://thoth3126.com.br/programa-espacial-secreto-a-vida-numa-nave-de-pesquisa-corey-goode/
  15. https://thoth3126.com.br/nasa-agindo-para-minerar-ferro-e-niquel-em-asteroide-psyche-gigante/
  16. http://thoth3126.com.br/bob-dean-e-os-segredos-sobre-ufos-e-racas-de-ets-parte-1a/
  17. https://thoth3126.com.br/existencia-de-estacoes-espaciais-secretas-serao-reveladas-em-breve/
  18. https://thoth3126.com.br/explosao-e-queda-de-meteoro-na-russia-destruicao-e-feridos/
  19. https://thoth3126.com.br/misteriosa-estrela-de-megaestrutura-alienigena-volta-a-piscar/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

5 Responses to 2017 e 2018, cinco asteroides destruidores se aproximam da Terra

  1. elsa

    Última atualização: 2017-02-02 23:20 UTC
    Próximas abordagens próximas à Terra
    1 AU = ~ 150 milhões de quilômetros
    1 LD = Distância Lunar = ~ 384000 quilômetros
    DO DIA 23 =96000 KM = 0,4 LD E 0.001 AU
    DO DIA 12 = 38400 KM = 0,0001 AU

    Nome do objeto 2006SR131 Data de Aproximação 2017-Set-23 Miss Distance [AU]0,0011 Miss Distância [LD] 0,4 Diâmetro estimado [m] 11,0 *H [mag] Brilho máximo Velocidade Relativa [km / s][mag]15,1Velocidade Relativa [km / s]8,8
    Nome do objeto Data de Aproximação Miss Distance [AU] Miss Distância [LD] Diâmetro estimado [m] H [mag] Brilho máximo [mag] Velocidade Relativa [km / s]
    2006SR131
    2017-Sep-23
    153.600
    11.0
    2012TC4
    2017-Oct-12
    38.400
    19.0
    2012 TC₄ é um asteroide Apollo e próximo da Terra que no dia 12 de outubro de 2017 fará uma aproximação máxima da Terra estimada entre 0,00008818 e 0,002896 UA ou 0,034 a 1,127 distâncias lunares. Wikipédia
    Período orbital: 609 dias
    Descobrimento: 4 de outubro de 2012
    Magnitude absoluta: 26,7
    Grupo de asteroides: Asteroide Apollo
    Descobridor: Pan-STARRS
    site ESA. risco para Terra

  2. Ediberto Luiz da Silveira

    “O conhecimento, compartilhado, faz diferença”
    Ediberto Luiz da Silveira
    27.05.17

  3. Clovis

    Bom dia. Com a explicação, entendi que se não cais na Terra em 12-10-17, provavelmente vai cair em 609 dias, 2019. Vamos aguardar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *