browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Sociedades Secretas alemãs esconderam antigas Super-Armas dos nazistas

Posted by on 23/11/2020

O controle de Adolf Hitler sobre a Alemanha nazista era estritamente limitado quando se tratava de desenvolver superarmas a partir de tecnologias altamente avançadas encontradas por sociedades secretas, que exploravam o mundo antigo para localizar e desenvolver tecnologias que poderiam facilmente ter mudado o curso da Segunda Guerra Mundial a favor dos alemães.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Sociedades Secretas alemãs esconderam antigas Super-Armas dos nazistas durante a Segunda Guerra Mundia

Fonte:  Exopolitics.org

No último episódio do Cosmic Disclosure , o insider denunciante do programa espacial secreto, Corey Goode, descreve mais do que leu em “smart glass pads” contendo informações confidenciais às quais ele teve acesso durante seus 20 anos de serviço num programa secreto espacial dos EUA. Ele revela extensas expedições mundiais conduzidas por sociedades secretas alemãs para encontrar tecnologias avançadas construídas por antigas civilizações humanas ou deixadas por visitantes extraterrestres.

Goode afirma que o conhecimento dessas tecnologias avançadas estava concentrado nas regiões dos Himalaias na Índia, China e Tibete. As sociedades secretas alemãs, e mais tarde as SS nazistas, enviaram expedições a essas regiões onde encontraram pergaminhos e livros antigos, e os realocaram de volta para a Alemanha junto com alguns dos monges e escribas locais que podiam interpretá-los.

Essas expedições começaram imediatamente após a Primeira Guerra Mundial e culminaram na década de 1930, quando o Partido Nazista de Hitler chegou ao poder, de acordo com Goode. Ele descreve Thule, Vril e “Black Sun” como as principais sociedades secretas alemãs envolvidas nessas expedições.  

Embora haja extensa literatura sobre o papel da Sociedade Thule na ascensão de Hitler ao poder, há menos conhecimento sobre as sociedades Vril e “Sol Negro” ( Schwarze Sonne alemão ). A Sociedade Thule foi criada em 17 de agosto de 1918, e a Sociedade Vril foi formada logo depois como uma ramificação. Esta última foi formada por médiuns [mulheres] que usaram suas habilidades psíquicas para comunicação com antigas civilizações subterrâneas ou extraterrestres.

Em seu livro, The Black Sun: Montauk’s Nazi-Tibetan Connection , Peter Moon descreve essa sociedade Black Sun como composta por figuras importantes da SS de Heinrich Himmler. (para consumo externo as SS, SchutzStaffel-Esquadrão de Proteção, mas  cujo significado real era SCHWARZE SONNE – SOL NEGRO, um astro invasor, uma estrela Anã Marron [ Brown Dwarf ] a quem os membros das S.S. prestavam culto secretamente…)

De acordo com Goode, a sociedade do Sol Negro cooperou estreitamente com as sociedades Thule, Vril e outras sociedades secretas na formação da facção alemã separatista na Antártica e na América do Sul. A implicação é que, embora a sociedade do Sol Negro fosse formalmente ligada à SS de Himmler, sua lealdade primária era para com Thule, Vril e outras sociedades secretas.  

Liderados por Ernst Schäfer (Centro) a expedição nazista ao Tibete partiu de navio em 1937, mas encontrou obstáculos logo ao chegar a costa da Índia onde pretendia desembarcar. As autoridades britânicas desconfiavam das verdadeiras intensões da expedição e negaram acesso aos portos sob seu controle. Schäfer e Himmler (Waffen S.S.) ficaram furiosos e fizeram uma queixa formal. Temendo um incidente diplomático, o Primeiro Ministro britânico Neville Chamberlain garantiu um salvo conduto para que a Expedição prosseguisse.

Isso leva a uma conclusão fascinante. Himmler acreditava que a sociedade SS Black Sun havia se infiltrado com sucesso nas sociedades secretas alemãs e iria compartilhar os segredos dos programas avançados de espaço e tecnologia destas últimas na Antártida e na América do Sul. Isso levou à firme convicção de Himmler e Hitler de que as super-armas seriam eventualmente desenvolvidas e lançadas a tempo de vencer a guerra. Em vez disso, uma decisão provavelmente foi tomada por Thule, Vril e outras sociedades secretas de sacrificar o regime nazista de Hitler, e os membros da sociedade Sol Negro não transmitiu as tecnologias que possuiam.  

No livro, Insiders Reveal Secret Space Programs and Extraterrestrial Alliances , a evidência é apresentada de que a primeira nave espacial antigravidade foi construída pela Sociedade Vril com o apoio de membros ricos da Sociedade Thule e posteriormente com o apoio oficial nazista. São apresentadas evidências de que protótipos de disco voador Vril foram realmente encontrados na Alemanha e realocados para os EUA

Ao contrário da erudição histórica convencional de que Hitler era o governante absoluto da Alemanha nazista, Goode pinta um quadro muito diferente com base no que leu em “smart glass pads”. O poder real estava concentrado nas mãos das sociedades secretas alemãs, que decidiam quais tecnologias seriam lançadas para o esforço de guerra nazista.

Enquanto a Segunda Guerra Mundial se desenrolava com o aumento das derrotas nazistas, Goode afirma que as sociedades secretas alemãs não estavam interessadas em ajudar Hitler a reverter a maré da guerra:

Eu acho que havia [algumas] tecnologias adquiridas e integradas em seu programa espacial secreto que eles estavam desenvolvendo. Mas eles estavam desenvolvendo isso para seus próprios [propósitos] quando o assunto era, eles não se importavam em [a Alemanha vencer] a Segunda Guerra Mundial, a pátria mãe [ou] usar essa tecnologia para derrotar os Estados Unidos e seus inimigos que estavam envolvidos com a guerra.

Enquanto a Alemanha nazista buscava programas de armas avançadas com base no que a SS de Himmler havia descoberto, as tecnologias mais avançadas foram mantidas longe de Hitler e levadas para locais remotos na América do Sul e numa base subterrânea construída na Antártica.

Nessas localizações remotas, bem longe da destruição generalizada que ocorria na Europa e partes da Ásia, as sociedades secretas alemãs estavam livres para desenvolver um programa de tecnologia paralelo ao que estava sendo desesperadamente perseguido pela SS nazista. As sociedades secretas construíram naves espaciais e tecnologias de armas altamente avançadas, e as mantiveram bem longe do conhecimento ou do controle de Hitler.

A partir de 1939, quando a primeira base na Antártica foi finalmente estabelecida pela Alemanha nazista, sociedades secretas repatriaram os cientistas mais talentosos para formar uma facção alemã dissidente. Goode descreve três bases construídas em locais que antes haviam sido usados ​​por uma antiga civilização subterrânea da Terra que ajudava as sociedades secretas alemãs. O programa de construção continuou durante a guerra e se acelerou com a iminente derrota da Alemanha nazista.

Quando o Almirante Byrd chegou à Antártica em janeiro de 1947, na famosa Operação Highjump, criada para desalojar os alemães, ele encontrou as sociedades secretas alemãs separatistas, cujas tecnologias eram muito mais avançadas do que as possuídas pelas SS de Himmler, que acabavam de ser derrotadas. A Marinha dos EUA sofreu uma derrota impressionante nas mãos da facção alemã nazista dissidente, ao atacar suas bases no continente gelado.

Há evidências históricas sólidas que apóiam as afirmações incríveis de Goode. É sabido que a SS nazista tinha um grupo de pesquisa chamado Ahnenerbe (alemão para “herdado dos antepassados”) que de fato conduziu expedições ao Tibete, América do Sul e outros lugares em busca de conhecimentos e tecnologias antigas. A sociedade nazista SS Ahnenerbe poderia muito bem ter sido o guarda-chuva de pesquisa para as sociedades secretas alemãs descritas por Goode.

A Expedição Alemã ao Tibete foi uma expedição científica de maio de 1938 a agosto de 1939, liderada pelo zoólogo alemão e oficial SS Ernst Schäfer.

Além disso, sabe-se que a Sociedade Thule foi a patrocinadora do Partido dos Trabalhadores Alemães [Deutsche ArbeiterparteiDAP], que foi o antecessor do Partido Nazista. As crenças da Sociedade Thule sobre o desenvolvimento de seres humanos moral, intelectual e fisicamente superiores (German Ubermensch ) foram incorporadas como princípios-chave no desenvolvimento da ideologia nazista. As elites de Thule escolheram Hitler para liderar o nascente Partido Nazista porque acreditavam que poderiam controlá-lo facilmente.

Historiadores convencionais nos contam que Hitler se voltou contra seus antigos patrocinadores, assumiu o poder absoluto e baniu as sociedades secretas . Em vez disso, de acordo com Goode, Hitler nunca foi mais do que um fantoche das sociedades secretas alemãs que decidiam quais informações e tecnologias avançadas liberariam para ele enquanto seguisse suas políticas militaristas.

episódio mais recente do Cosmic Disclosure adiciona mais detalhes sobre as tecnologias avançadas encontradas e desenvolvidas por sociedades secretas alemãs que foram divulgadas anteriormente por Goode em um episódio anterior e em uma entrevista por e- mail . Mais evidências históricas que apoiam as incríveis alegações de Goode podem ser encontradas em Insiders Reveal Secret Space Programs and Extraterrestrial Alliances .

As revelações de Goode levam a uma conclusão surpreendente. Sociedades secretas alemãs exploraram e patrocinaram o regime nazista de Hitler persuadindo-o a fornecer recursos para a construção da infraestrutura tecnológica para um programa espacial alemão separatista na Antártica e na América do Sul [em base nos Andes, no sul do Chile].

As sociedades secretas alemãs prometeram compartilhar tecnologias avançadas que permitiriam a Hitler conquistar a Europa. Em vez disso, eles enganaram Hitler e permitiram o colapso da Alemanha nazista.

Talvez mais perturbadoramente, Goode afirma que as sociedades secretas alemãs finalmente juntaram forças com sociedades secretas baseadas nos Estados Unidos e passaram a se infiltrar no Complexo Industrial Militar dos Estados Unidos. O resultado foi o desenvolvimento de muitas naves espaciais avançadas sob o controle de sociedades secretas alemãs e seus aliados norte-americanos, que Goode se refere como a “Frota Negra” [Dark Fleet] – um programa espacial secreto baseado nos princípios nazistas extraídos da Sociedade Thule.

Nos últimos anos, de acordo com Goode, outros programas espaciais secretos se uniram para impedir e expor as atividades históricas da Frota Negra e seus aliados nazistas. À medida que mais revelações acontecem, a humanidade se encontrará informada e eventualmente livre da manipulação de longa data por sociedades secretas que usam tecnologias avançadas para limitar o potencial de evolução do ser humano.

© Michael E. Salla, Ph.D.


“Conhece-te a ti mesmo e conheceras todo o universo e os deuses, porque se o que tu procuras não encontrares primeiro dentro de ti mesmo, tu não encontrarás em lugar nenhum” – Frase escrita no pórtico do Templo do Oráculo de Delphos, na antiga Grécia.

“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria (a massa ignorante do Pão e Circo) das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela”.  {Caroline Myss}


Mais informações sobre ANTÁRTIDA, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida na formatação original e mencione as fontes.

phi-golden-ratiowww.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.