browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Alternativa 3 e a Consciência global

Posted by on 17/07/2017

marte-alternativa3O artigo foi publicado originalmente em 2004 e examina as reivindicações da existência de um programa espacial secreto dos EUA / URSS que abduzia indivíduos para trabalharem numa colônia conjunta de humanos/extraterrestres em Marte. Dada a entrevista de Robert David Steele em 30 de junho de 2017 sobre crianças sendo sequestradas e chegando a Marte como adultos para serem usadas como trabalho escravo, pensei que valia a pena publicar uma vez que o artigo examina a primeira referência pública (1977) a uma colônia secreta em Marte usando trabalho escravo – a chamada ALTERNATIVA 3.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Alternativa 3 e o aumento da consciência global

bases-lua-marte-sspFinalmente, o artigo discute por que o cenário da Alternativa 3 não apareceu como previsto, e como uma rápida elevação na consciência global impediu alguns desastres (e os piores planos da Elite) e proporcionou uma oportunidade para um futuro muito mais positivo, para a nossa humanidade, onde a divulgação da existência de programas espaciais secretos e de outros segredos e acordos extraterrestres poderia ocorrer.

Os links foram atualizados e alguns vídeos / gráficos foram inseridos. O texto permanece inalterado a partir do originalMichael Salla, Ph.D. [13/07/2017]


Alternativa 3 e “Consciência Global”: Identificando um Novo Fator Estratégico para Responder a Extraterrestres

A Alternativa 3 começou como um documentário de ciência transmitido na televisão britânica pela Anglia Television em junho de 1977 e transmitiu para vários outros países da Europa e da Austrália, Nova Zelândia, mas nunca para os EUA. A alternativa 3 foi a última de uma série de documentários denominados Science Report. A Alternativa 3 começou com os pesquisadores pesquisando uma suposta “fuga de cérebros” na Grã-Bretanha (indivíduos talentosos que emigraram para outros países) e depois descobriram que essas pessoas haviam simplesmente desaparecido. Mais pesquisas focadas na suposta possibilidade deles tendo sido levados para trabalhar em locais não revelados. Mais investigação revelou que o ambiente da Terra está passando por grandes mudanças, enntre outros motivos, devido aos gases de efeito estufa e que um esforço secreto está em andamento para mover um número pequeno de pessoas humanas para locais seguros.

De acordo com um suposto cientista britânico, as autoridades sabiam há muito (nota Thoth: desde o final da década de 1940, quando os norte americanos receberam o livro – Yellow Book – amarelo dos extraterrestres, contando a história da Terra) tempo que o ambiente global já estava se deteriorando tão a sério, que três soluções radicais ou “alternativas” foram contempladas:

  1. A alternativa 1 foi pôr fim à degradação ambiental e usar medidas extremas, como explosões atômicas na atmosfera da Terra, para permitir a saída dos gases de efeito estufa. 
  2. A alternativa 2 era mover o suficiente da população para locais subterrâneos seguros para garantir a continuidade do governo e a sobrevivência nacional. 
  3. A alternativa 3 era a opção mais radical, de estabelecer bases na Lua e Marte e movimentou a maior parte da população para garantir a sobrevivência da humanidade, abandonando o planeta Terra.

O documentário entrevistou um suposto astronauta dos EUA, Bob Grodin, que afirmou que quando ele foi à lua que outros já estavam em palavras que ecoavam os alegados comentários de Neil Armstrong quando na lua: “Mas encontramos alguns visitantes … Eles já estavam na lua por um bom tempo julgando pelas instalações … Estou dizendo que existem outras espaçonaves lá fora. Eles estão alinhados nas fileiras do outro lado da borda da cratera … “[ Fonte ]

O documentário terminou com um filme que foi supostamente contrabandeado por um cientista britânico assassinado que mostrou um desembarque dos Estados Unidos em Marte e um astronauta anunciando: “Menino, quando eles tiraram isso, será o maior dia da história. 22 de maio de 1962, estamos em Marte e temos vida”.

A Alternativa 3 causou um alvoroço imediato, uma vez que o Relatório da Ciência foi uma série bem respeitada de documentários científicos que tinha um histórico para conteúdo informativo credível e muito bem pesquisadas. Em 1977, não havia algo como a Internet e a TV a cabo, assim mostra que o Relatório da Ciência era muito influente e alcançou uma ampla audiência. A televisão Anglia começou a dizer aos telefonistas preocupados que o show era ficção e que os pesquisadores e as pessoas entrevistadas no show eram atores. Você pode ler um bom resumo de como a Alternativa 3 foi televisionada aqui   [para ver a Alternativa 3 on-line, vá aqui ].

Depois de todo o furor causado pelo que agora foi declarado um documentário de televisão fictício, um dos indivíduos envolvidos na produção da Alternativa 3 escreveu um livro um ano depois que se tornou instantaneamente uma teoria da conspiração popular. O livro, Alternativa 3, desenvolveu outros temas mencionados no documentário com material que, indiscutivelmente, não poderia ser incluído no show. Watkins afirmou que civis estavam sendo seqüestrados e levados para colônias em Marte e na Lua (isso ainda na década de 1970 do século passado).

O autor Leslie Watkins, emigrou para a Austrália, e depois explicou que o livro era “ficção baseada em fato” e afirmou que o show original também era uma versão ficcional de fato. Para muitos, o documentário da Alternativa 3 era apenas um engano elaborado, envolvendo atores, e que o livro de Watkins era apenas um exemplo das pessoas envolvidas tentando ganhar dinheiro com a popularidade do documentário.

Mesmo que a Alternativa 3 envolvesse atores que organizassem um documentário que fosse um engano com cientistas britânicos fictícios e um astronauta americano fictício, há uma série de coisas que fazem suspeita a história de toda essa saga. Primeiro, o Science Report era um documentário britânico bem respeitado produzido pela Anglia Television. Por que a Anglia TV e os produtores do Relatório de Ciência arriscaram sua reputação para produzir um engodo que provocaria protestos por seus leais espectadores?

Marte-Base-goode-cramer

Em segundo lugar, por que o Relatório de Ciência usaria atores para representar um cientista britânico respeitado e um astronauta dos EUA, cujas identidades poderiam facilmente ser encontradas como fictícias? Finalmente, o que tudo isso tem a ver conosco em agora no século XXI e a presença extraterrestre não divulgada?

Deixe-me agora oferecer minhas reflexões sobre o que realmente aconteceu com a Alternativa 3, e seu significado exópico. Eu acredito que a Alternativa 3 pretendia divulgar ao público em geral uma verdade que era muito perturbadora para ser anunciada através de canais políticos convencionais e de forma ABERTA. A “verdade” era os dados científicos não revelados publicamente que indicavam que o ambiente da Terra estava rapidamente entrando em colapso como resultado de várias causas e que os eventos atingiriam um ponto em que mudanças devastadoras na Terra estavam a um piscar de olhos.

A conclusão alcançada pelas autoridades governamentais foi que haveria mudanças ambientais devastadoras que ameaçariam a sobrevivência da humanidade na superfície da Terra. Daí foram feitos intensos esforços para se preparar para tal contingência através das três alternativas discutidas no documentário e livro da Alternative 3.

As alegadas bases na Lua e em Marte eram locais possíveis (e os mais próximos e viáveis) para deslocar um número significativo de civis para escapar de qualquer catástrofe ambiental iminente. Quanto à forma como os EUA e outros países conseguiram estabelecer bases na Lua e Marte sem conhecimento público, a resposta reside na assistência tecnológica fornecida pelos extraterrestres que forneceram a tecnologia (desde os anos 1940, na Alemanha nazista, na URSS, EUA) em troca de vários recursos terrestres.

No livro do coronel Phillip Corso, “The Day After Roswell”, ele descreveu um plano ambicioso para construção de uma base na lua que foi possível graças a tecnologias extraterrestres recuperadas da espaçonave extraterrestre do acidente de Roswell. Enquanto o livro apresenta a base da Lua como um projeto não realizado, a implicação que Corso está fazendo com a inclusão desses capítulos é que a base da Lua foi realmente construída, mas que ele não poderia oficialmente divulgar isso no seu livro (naquele momento).

A recente série de livros, Millennial Hospitality (2002), lançada por um antigo observador meteorológico da USAF , Charles Hall, demonstra a extensão que o governo trocou de tecnologia com um grupo de extraterrestres chamados de “brancos (Tall Whites) altos”. Os Tall Whites forneceram a tecnologia para a construção de espaçonaves impulsionadas por energia nuclear que poderiam viajar até pelas regiões vizinhas do nosso sistema solar, e até mesmo providenciaram visitas à Lua e, possivelmente, a Marte para os generais da USAF em suas espaçonaves mais avançadas.

Assim, a série de livros de Hall presta apoio a supostos denunciantes, como Michael Relfe, que afirma ter viajado para Marte e servido durante 20 anos em uma colônia humana secreta. Hall também apoia o testemunho de um ex-membro da US Naval Intelligence, William Cooper, que alegou ter visto documentos que descrevem bases secretas na Lua e Marte. Pode-se supor que extraterrestres, como os Tall Whites, forneceram informações de inteligência sobre a iminente catástrofe planetária, e provavelmente efetuaram acordos e negócios com o governo (Deep State) oculto onde ambos se beneficiariam em caso de uma catástrofe global.

Quanto às causas não reveladas que provocarão um colapso ambiental global dramático, pode-se especular: gases de efeito estufa e gases de redução da camada de ozônio, uma iminente mudança dos pólos, a aproximação/queda de um grande cometa / meteoro, a chegada do Planeta X, o sol que apresentaria mega atividade, uma guerra nuclear iminente e / ou o uso de tecnologias exóticas providas por raças extraterrestres visitantes. Há muitas evidências para apoiar cada um desses fatores como possíveis causas de mudanças ambientais devastadoras na Terra para breve e que se pensa serem inevitáveis, então deixo ao leitor pesquisar a plausibilidade de cada uma dessas hipóteses.

Minha conclusão é que o governo oculto que controlava assuntos extraterrestres estava convencido (SABE) de que um colapso ambiental em todo o planeta era e continua sendo cada vez mais iminente, por isso, para preparar aqueles que poderiam ter uma chance de sobreviver na superfície da Terra, disseram ISSO secretamente a equipe de produção do canal Anglia e liberaram informação da Alternativa 3. A ideia era colocar material factual suficiente no documentário para que aqueles que estavam alertas (conscientes) o suficiente pudessem tomar as medidas que fossem necessárias para sobreviver as catástrofes que estavam prestes a acontecer.

Ao mesmo tempo, o documentário tinha que ser, obviamente, um engodo usando atores que interpretavam personalidades fictícias para que ele pudesse ser facilmente descartado por aqueles que poderiam entrar em pânico se realmente fosse “verdade”. Dessa maneira, o governo oculto conseguiria manter sua palavra, mantendo uma negação plausível sobre a verdade do que foi apresentado sobre o assunto.

secret-space-program-UFOs

Eu acho que isso explica melhor porque o Science Show fez todo o esforço para produzir a Alternativa 3, e superou a reação pública previsível, uma vez que foi dito aos seus espectadores que o show era um engodo, que não era real. Para mim, essa explicação é a mais plausível em relação à razão pela qual a Anglia TV e o Science Report prosseguiram com a produção e a transmissão da Alternative 3.

Então, se o Science Show estava televisando a Alternativa 3 para alertar aqueles que estavam mais conscientes o que realmente estava acontecendo e se o governo oculto estava secretamente atrás da produção da Alternativa 3 para testar a reação pública e preparar aqueles que poderiam ter uma chance de sobreviver a uma catástrofe global prevista, então por que as mudanças na Terra não aconteceram… AINDA? Afinal, há 40 anos que a Alternativa 3 foi exibida, então, se o governo das oculto estivesse realmente atrasado para promover a conscientização pública sobre o que eles achavam que as evidências sugeridas de forma conclusiva estavam logo adiantadas, como suas avaliações sombrias poderiam ter errado tanto?

Penso que é aqui que chegamos a algumas conclusões interessantes, uma vez que o governo sombrio teria tido recursos científicos impressionantes e dados tecnológicos necessários para alcançar sua avaliação do que está para acontecer em nosso planeta. Quando você combina a avaliação sombria que o governo oculto alcançou, com previsões de colapso ambiental iminente informado por extraterrestres que se comunicaram com contatados / abduzidos e predições da calamidade global por uma série de psíquicos ao longo dos anos 1980 e 1990, fica claro que a o governo oculto, as raças extraterrestres visitantes e os psíquicos perderam algo vital nas suas previsões de uma iminente catástrofe ambiental. Qual fator ou variável o governo oculto, extraterrestres e psíquicos falharam em fazer suas avaliações sombrias sobre o futuro da humanidade na superfície da Terra?

A resposta que acredito é que todos não conseguiram estimar a relevância da elevação da “consciência global” em seus modelos preditivos e análises das forças que dariam origem a um colapso planetário. A melhor fonte para entender o conceito de “consciência global” e como isso afeta a evolução da vida na Terra é Tielhard de Chardin e seu conceito de “noosfera” .

A noosfera era um composto evolutivo de pensamentos, sentimentos e relacionamentos sociais da humanidade que evoluíram firmemente para uma manifestação mais completa do potencial humano. Os pensamentos de De Chardin sobre uma “consciência global” foram suportados de forma independente por teóricos como Carl Jung, que descobriram arquétipos do “inconsciente coletivo” da humanidade.

Em vez de apenas uma abstração inventada por pensadores progressistas, o conceito de consciência global é representado fisicamente hoje através da infra-estrutura de comunicação da internet. A internet provavelmente mais do que qualquer outra coisa simboliza fisicamente a noosfera ou uma “consciência global” que Chardin argumentava ser um fator crítico na evolução da humanidade.

Agora, isso nos leva à questão de como a “consciência global” pode ser a variável faltante, mas fundamental que explica os modelos preditivos falhadas do governo oculto, informações fornecidas por extraterrestres e visões psíquicas que sugeriram que eventos ambientais devastadores eram inevitáveis e, assim, faziam a Alternativa 3 necessário. Pode-se afirmar que a consciência global de alguma forma afetou o meio ambiente global para diminuir, retardar ou mesmo evitar a catástrofe global prevista pelos pesquisadores que informaram ao governo oculto, raças extraterrestres e os psíquicos.

Foi demonstrado por um projeto de pesquisa na Universidade de Princeton que os principais eventos globais afetam a “consciência coletiva” ou a noosfera. Eventos-chave como a morte da Princesa Dianna e Madre Teresa, o (faldo) atentato em N. York ao WTC de 11 de setembro, terremotos importantes e outros eventos internacionais significativos têm um impacto mensurável na consciência global. Então, se os eventos globais se registrarem ou impactar na consciência global, pode funcionar de outra maneira? Em outras palavras, a consciência global pode afetar os eventos globais de forma a alterá-los significativamente?

A idéia de que a consciência pode alterar a realidade física é encontrada em várias tradições místicas, como os princípios herméticos praticados pelos gregos antigos. Essa idéia foi popularizada para estudantes de física quântica por Fritjoff Capra, que escreveu o Tao of Physics em 1974. Essencialmente, os físicos quânticos estavam descobrindo que o observador de comportamentos subatômicos era um fator na compreensão do comportamento dessas partículas. Essa realização abriu a porta para a idéia de que a consciência humana afeta o comportamento observado das partículas subatômicas. Assim, passando de partículas subatômicas para eventos globais, pode-se perguntar se as mudanças na consciência global impactam em eventos globais?

Responder a esta pergunta primeiro exige entender se houve recentemente mudanças dramáticas na consciência global e quais podem ser os fatores que impulsionaram essa mudança. A idéia de que a consciência global pode mudar e evoluir não é nova, pois isso é algo que Pierre Teilhard de Chardin, filósofo e sacerdote jesuita propôs, e eventualmente o colocou em apuros com as autoridades da Igreja Católica. Então, se houve recentemente mudanças dramáticas na consciência global, o que poderia ter conduzido isso?

Muitos argumentaram que a Terra e nosso sistema solar entraram em uma nova região da galáxia que possibilita uma forma mais evolutiva de consciência global. Isso foi referido como o “Cinturão de Fótons” e tem sido considerado uma região que afeta elevando as freqüências da Terra, do Sol e dos outros planetas em nosso sistema solar.

Outros teóricos argumentaram que o plano do nosso sistema solar entrou em alinhamento com o núcleo galáctico da Via Láctea, impactando assim o aumento da consciência global. Todos esses podem ser fatores que impulsionam mudanças na consciência global, mas o fator mais instrumental tem sido as comunicações tornadas possíveis pelo desenvolvimento da internet.

A melhor evidência de uma mudança dramática na consciência global é o desenvolvimento da internet e das comunicações globais e ciber-comunidades que isso gerou. O crescimento de grupos de discussão do yahoo, por exemplo, permitiu que indivíduos de todo o planeta se encaixassem um com o outro, estabelecessem conexões, compartilhassem redes, dividissem dúvidas e conhecimento e estabeleçam novas identidades que dividam as identidades mais provinciais / nacionais dominantes nos dias pré-internet. 

secret-space-program-engenharia-reversa

Mais significativamente, a internet tornou possível que as comunidades compartilhem informações e tomem medidas para lidar com os problemas planetários à medida que surgiram. A internet tem sido um desenvolvimento tecnológico dramático que possibilitou rápidas mudanças na consciência global. Essa mudança é incomparável na história humana e talvez apenas o estabelecimento da imprensa no século 15 rivaliza com ela, mas ainda assim guardadas as devidas proporções.

Então, se é aceito que a consciência global se deslocou para formas que refletem uma comunidade global mais integrada, tornada possível pela infra-estrutura de comunicação da internet e cibercomunicações como os grupos de discussão do Yahoo, e todas as mídias sociais, isso pode impactar em nossa realidade global? De outra forma, uma humanidade global mais unificada afeta o mundo físico que nos rodeia? Esta é uma questão difícil de responder, mas, no entanto, aponta para a idéia de que as mudanças na consciência global são um fator ou uma variável importante a se ter em conta na análise do impacto de possíveis mudanças ambientais catastróficas na Terra.

O fato de que numerosos grupos em todo o planeta começaram a ter um grande interesse no meio ambiente e a ajudar com problemas como eles foram levados à atenção do público, demonstra o poder de pressão da consciência global quando focado em um determinado conjunto de problemas como as mudanças ambientais globais ou no combate à corrupção. Na minha opinião, o fracasso do governo oculto (da Cabala, Illuminati, Bilderberg, da Elite, etc…) em influenciar a “consciência global” em suas avaliações de um potencial colapso ambiental, explica por que eles foram dramaticamente confundidos no planejamento de inevitáveis mudanças ambientais destrutivas.

Então, se a consciência global é a variável que falta na determinação da probabilidade de danos ambientais destrutivos, como isso pode ser efetivamente tido em conta nas futuras ameaças de segurança global contempladas pelo governo oculto e pelos extraterrestres? Provavelmente, a ameaça global mais séria, para além de uma catástrofe ambiental, é representada por raças extraterrestres que se infiltraram no nosso planeta e representam uma ameaça a longo prazo para a soberania humana devido à sua superioridade tecnológica e as vantagens que isso lhes dá na criação de pactos comerciais com a Governo oculto.

De fato, os livros de Charles Hall apontam para extraterrestres brancos e altos (Tall Whites) e provavelmente outras raças extraterrestres, tendo imposto acordos às autoridades governamentais das sombras do governo oculto dos EUA que envolvem a extração de recursos terrestres significativos para locais fora do mundo em troca de know-how tecnológico e permissão para extraterrestres se instalarem em bases na Terra.

Há evidências fortes nas revelações de Hall de que os brancos (Tall Whites) altos estão conduzindo um comércio interestelar usando grandes quantidades de recursos da Terra, possivelmente incluindo civis seqüestrados. Significativamente, Hall descreve a impotência sentida pelos militares em lidar com a superioridade tecnológica dos brancos (Tall Whites) altos.

Esses temas são vividamente demonstrados no filme recente The Forgotten, que dramatiza o fenômeno de civis sendo abduzidos por extraterrestres que desaparecem com registros e memórias deles sendo excluídos, enquanto as agências de segurança nacional são impotentes para impedir os extraterrestres responsáveis por isso.

Abaixo o episódio original da Anglia Television, ALTERNATIVE 3, apresentado em Abril de 1977:

Se a consciência global fosse o fator faltante na prevenção de desafios ambientais inevitáveis, uma vez que esses problemas foram trazidos à atenção do público em geral, então pode ser similar a um fator que pode afetar as relações com as raças extraterrestres hostis que extraem recursos terrestres e, possivelmente, seres humanos para fora da Terra.

Enquanto as agências de segurança nacional podem se sentir impotentes para parar tais práticas devido à sua inferioridade tecnológica percebida, a consciência global pode mais uma vez desempenhar um papel construtivo para evitar uma ameaça que ainda não é divulgada ao público em geral. Usar a consciência global contra a ameaça representada pelos visitantes extraterrestres com fome de recursos podem ser as melhores agências de defesa da segurança nacional que impedem uma ameaça que ainda não é divulgada ao público em geral.

A consciência global sob a forma de um público global interconectado, empoderado e informado ainda não é apreciada como um bem estratégico pelas agências de segurança nacional responsáveis por lidar com ameaças à soberania, à liberdade e ao bem-estar a longo prazo da humanidade global. Uma vez que a consciência global é conscientizada da ameaça representada por extraterrestres com fome de recursos que visitam a Terra, então serão encontradas soluções para garantir a dignidade e a integridade da humanidade diante de raças extraterrestres tecnologicamente avançadas.

A consciência global (em crescimento contínuo e exponencial) é uma importante variável estratégica para lidar com os desafios globais colocados pela presença extraterrestre e requer uma reversão profunda da política de não divulgação em vigor há mais de cinco décadas pelos EUA e outros grandes governos nacionais.

© Michael E. Salla, PhD 


contagem-regressiva-azul“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria (a massa ignorante do Pão e Circo) das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela”. {Caroline Myss}

“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.”  –  Arcanjo Miguel


Muito mais informações:

  1. http://thoth3126.com.br/illuminati-1-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite/
  2. http://thoth3126.com.br/eua-sabiam-sobre-acordo-nazista-com-extraterrestres-de-draco/
  3. https://thoth3126.com.br/secredos-ocultos-e-proibidos-da-sociedade-secreta-nazista-vril/
  4. https://thoth3126.com.br/os-nazistas-construiram-bases-em-antigas-ruinas-na-lua-e-em-marte/
  5. https://thoth3126.com.br/corey-goode-fala-sobre-maldek-o-super-planeta-que-explodiu/
  6. https://thoth3126.com.br/nazistas-alemaes-explorando-o-sistema-solar-a-partir-de-base-em-marte/
  7. https://thoth3126.com.br/existencia-de-estacoes-espaciais-secretas-serao-reveladas-em-breve/
  8. https://thoth3126.com.br/o-segundo-sol-esta-chegando-profecia-maia/
  9. https://thoth3126.com.br/aliens-reptilianos-nordicos-nazismo-e-a-luta-pelo-controle-da-terra
  10. https://thoth3126.com.br/ruinas-ets-antigas-descobertas-na-antartida-atlantida-e-a-derrota-da-cabala/
  11. https://thoth3126.com.br/ruinas-ets-antigas-descobertas-na-antartida-e-a-derrota-da-cabala-2/
  12. https://thoth3126.com.br/presidente-dos-eua-eisenhower-e-os-alienigenas-no-controle-da-humanidade/
  13. https://thoth3126.com.br/guerras-no-sistema-solar-entre-a-ssp-alliance-e-a-cabalailluminatidracos/
  14. https://thoth3126.com.br/siemens-implicada-no-rastreamento-de-trabalhadores-escravos-no-espaco/
  15. https://thoth3126.com.br/novos-documentos-do-majestic-12-comprovam-contatos-dos-eua-com-ets/
  16. https://thoth3126.com.br/novo-documento-majestic-12-corrobora-aterrissagem-de-ufo-em-aztec-eua/
  17. https://thoth3126.com.br/fim-do-kali-yuga-a-era-da-degradacao-a-vinda-do-kalki-avatar/
  18. https://thoth3126.com.br/roma-fundada-em-21-de-abril-de-753-a-c-em-breve-vera-seu-fim/
  19. https://thoth3126.com.br/o-fim-da-igreja-de-roma-profecias-de-sao-malaquias/
  20. https://thoth3126.com.br/vaticano-sempre-encobriu-e-manipulou-a-historia-desde-o-mundo-pre-diluvio/
  21. https://thoth3126.com.br/religioes-se-unem-em-preparo-a-chegada-dos-deuses-extraterrestres/
  22. https://thoth3126.com.br/papa-vai-anunciar-chegada-de-um-salvador-extraterrestre-de-acordo-com-livro/
  23. https://thoth3126.com.br/mantenha-sua-bolha-da-realidade-permeavel-aos-novos-tempos/
  24. https://thoth3126.com.br/divulgacao-da-existencia-e-contato-com-ets-pelo-vaticano-e-lideres-religiosos/
  25. https://thoth3126.com.br/marduk-o-anticristo-foi-coroado-rei-do-planeta-na-africa/
  26. https://thoth3126.com.br/o-segredo-de-fatima-que-profetizou-a-destruicao-da-igreja-catolica/
  27. https://thoth3126.com.br/a-chegada-das-grandes-esferas-ao-sistema-solar/
  28. https://thoth3126.com.br/anuncio-de-salvador-extraterrestre-pelo-vaticano-provocara-uma-guerra-religiosa/
  29. https://thoth3126.com.br/vaticano-atua-com-a-inteligencia-militar-dos-eua-para-divulgar-extraterrestres/
  30. https://thoth3126.com.br/exodo-faccoes-da-cabala-entram-em-conflito-nos-ceus-da-antartica/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

3 Responses to Alternativa 3 e a Consciência global

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *