browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Americanos estão em plena revolta contra imposição de novos bloqueios pelos ‘políticos’

Posted by on 20/12/2020

Ecoando o governador de Nova York, Andrew Cuomo, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, alertou os residentes da cidade esta semana para se prepararem para um “fechamento total” como parte dos esforços contínuos para desacelerar a disseminação do COVID-19. É melhor que as duas autoridades eleitas não prendam a respiração à espera do cumprimento de suas ordens. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Norte Americanos estão em revolta plena contra imposição de bloqueios pela ‘pandemia’.  Individualmente e em grupos organizados, as pessoas estão resistindo às ordens de bloqueio impostas por governantes tirânicos e psicopatas.

Fonte:  Reason  –  Por J.D. Tuccille

Evidências em todo o país mostram que muitos norte americanos estão fartos de ordens de bloqueio que empobrecem suas vidas e cidades e isolam socialmente as pessoas, e estão se revoltando contra os políticos frequente e completamente hipócritas que as emitem.

“O governador disse em uma entrevista ao New York Times no fim de semana que devemos nos preparar para a possibilidade de um fechamento total. Eu concordo com isso”, disse o prefeito de Blasio a entrevistadores em 14 de dezembro. “Precisamos reconhecer que isso pode estar chegando. e temos que nos preparar para isso agora, porque não podemos deixar esse vírus continuar crescendo”.

sipaphotoseleven293578

(Steve Sanchez/Sipa USA/Newscom)

O prefeito comentou após a decretação da proibição de Cuomo de jantares em restaurantes da cidade de Nova York. A decisão foi emitida uma semana depois que os residentes de Staten Island aplaudiram o dono de bar Daniel Presti, que foi preso por desafiar as restrições à pandemia.  Dias depois, Presti atropelou com seu carro um auxiliar do xerife que tentou prendê-lo novamente por continuar a servir aos seus clientes. Infelizmente ambas as pernas do policial foram quebradas.

Embora o nível de resistência violenta de Presti contra os bloqueios seja muito extremo, ele não está sozinho em sua oposição. De costa a costa, empresas e indivíduos estão ignorando regras restritivas que ameaçam seus meios de subsistência, o emprego, uma vida digna, pois sufocam o contato social e ameaçam estrangular as interações necessárias da vida cotidiana.

“Outra paralisação simplesmente não é uma opção para nós”anunciou a cervejaria  Seven Sirens Brewing Company de Bethlehem, Pensilvânia, na semana passada em sua página do Facebook. 

“Nós e milhares de outras pequenas empresas em todo o país simplesmente não sobreviveremos. […] Depois de falar com nosso banco, funcionários, famílias, advogados e funcionários do governo local … decidimos que não cumpriremos mandatos de desligamento futuro. Continuaremos a operar com as mesmas medidas comprovadamente seguras que implementamos há 5 meses.”

A cervejaria é apenas uma das muitas empresas listadas pela Pennsylvania Opening Businesses / Desafie o Governador , que tem mais de 43.000 membros no Facebook enquanto escrevo. O grupo incentiva o público a patrocinar qualquer pessoa que infringe as regras do estado a continuar oferecendo bens e serviços a clientes dispostos a utilizá-los.

“Muitos leitores apoiam empresas que podem permanecer abertas desafiando as ordens de fechamento do coronavírus da Pensilvânia”observou o jornal Morning Call sobre a resposta pública a tais histórias. ReOpen Minnesota Coalition representa de forma semelhante centenas de empresas que desafiam as ordens de fechamento do governo e levanta dinheiro para a defesa legal contra ações de execução do estado.

“Os últimos nove meses colocaram desnecessariamente os pequenos empresários e funcionários na lamentável posição de ver seus sonhos evaporarem diante de seus olhos e suas famílias ficarem sem capacidade de atender as necessidades básicas”comentou o grupo esta semana sobre o efeito dos bloqueios de pandemia. Ele pede que o governador Tim Walz despoje seus poderes de emergência e ignore as restrições para que as pessoas possam decidir por si mesmas quando e como viverem suas vidas ao interagir.

Na costa oeste, muitos restaurantes também abrem suas portas aos clientes, apesar das ordens dos políticos estaduais em contrário. “Enquanto algumas das maiores cadeias e corporações estão seguindo os pedidos, muitas das lojas familiares dizem que apenas [o delivery] entrega de comida simplesmente as deixaria fora do mercado”informou a ABC News na semana passada.

O conselho municipal de Solvang, uma comunidade movida pelo turismo no condado de Santa Bárbara, na Califórnia votou recentemente por ignorar as ordens de fechamento que ameaçam os meios de vida dos seus moradores. Funcionários municipais “determinaram que a cidade de Solvang não executará ativamente essas últimas ordens de fechamento do estado, e que a cidade solicite que os reguladores do condado e do estado priorizem a educação e que também não  cumpram as ordens dentro dos limites da cidade”, de acordo com uma carta da Prefeito Ryan Toussaint.

Nada disso deve ser uma surpresa. As pequenas empresas tomaram conta das restrições que as impedem de receber clientes para vender seus produtos e receber um justo dinheiro; os dados coletados pelo Yelp mostram muitos deles fechando permanentemente. Os restaurantes, que tradicionalmente têm margens de lucro estreitas para começar, foram especialmente atingidos.

“Muitos daqueles nas cidades gêmeas [Minneapolis–Saint Paul] e na grande indústria de restaurantes de Minnesota disseram ao Star Tribune que sentem que nunca mais se recuperarão”relatou o Minneapolis Star Tribune  nesta semana.

“A partir de hoje, 17% dos restaurantes – mais de 110.000 estabelecimentos – estão fechados permanentemente ou por longo prazo” como resultado da crise econômica deste ano, anunciou a National Restaurant Association em 7 de dezembro. O cansaço com os pedidos de bloqueio foi previsto por especialistas meses atrás e divulgado pelo público em números crescentes.

Restrições renovadas provavelmente serão atendidas por “conformidade silenciosa, conformidade crítica ou resistência visíveladvertiu o Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências (SAGE) da Grã-Bretanha em junho.

Os americanos “estão muito menos dispostos a obedecer aos conselhos de lockdowns locais hoje do que estavam nas primeiras semanas da pandemia de coronavírus nesta primavera”relatou  o instituto Gallup no mês passado. Quarenta e nove por cento “dizem que muito provavelmente ficariam em casa por um mês se as autoridades de saúde pública recomendassem, devido a um surto grave do vírus em sua comunidade. Isso contrasta com a maioria sólida na primavera que disse que provavelmente obedeceria com esse conselho de abrigo no local, incluindo uma alta de 67% no final de março / início de abril”.

Os políticos atiçaram ativamente as chamas da resistência com suas “regras são apenas para os pequenos” [os “camponeses”], eles mesmos hipocritamente desprezando suas próprias ordens. Em meio a uma enxurrada de exemplos de alto perfil, o caro encontro do governador da Califórnia, Gavin Newsom, com outros funcionários jantando no restaurante The French Laundry se destaca por sua arrogância. Por que as pessoas normais levadas à beira da pobreza e do desespero deveriam prestar atenção aos ditames de tais criaturas?

Gavin-Newsom-French-Laundry-Fox-11

Gavin Newsom em um jantar no restaurante chique French Laundry em 6 de novembro (KTTV): Em 6 de novembro, quando o governador da Califórnia Gavin Newsom (D) se sentou para um jantar chique no elegante restaurante The French Laundry, em Napa Valley, o estado da Califórnia estava no meio de uma onda de COVID-19 . Newsom e outras autoridades estaduais enfatizaram a importância de seguir as regras de distanciamento social e usar máscaras/focinheiras em locais públicos, conforme determinado por uma ordem emitida pelo próprio governador em junho. Eles hipocritamente  instavam os californianos a renunciarem aos jantares de Ação de Graças e outras reuniões sociais privadas, que eles identificaram como uma fonte importante de transmissão do vírus.

Aflitos, com muita raiva dos políticos e “especialistas” de tudo que é tipo e após a devida consideração, muitos norte americanos decidiram que não deveriam mais  obedecer aos “seus líderes”.  Individualmente e em grupos organizados, muitas vezes com o apoio das pessoas de suas comunidades, os cidadãos estão resistindo às ordens de bloqueio que consideram mais ameaçadoras à sua existência do que o próprio COVID-19.

O prefeito de Blasio, Cuomo e seus psicopatas e tirânicos colegas próximos e distantes podem anunciar em alto e bom som novas restrições à vida, aos negócios, ao lazer e a convivência social, mas encontrarão fileiras cada vez menores dispostas a ouvi-los [parece que os ‘camponeses’ estão reagindo].


“Parece duvidoso se, de fato, a política de “Botas no rosto” pode continuar indefinidamente.  Minha própria convicção é que a oligarquia governante encontrará maneiras menos árduas e perdulárias de governar e de satisfazer sua ânsia de poder, e essas formas serão semelhantes às que descrevi em Admirável Mundo Novo [uma verdadeira profecia publicada em 1932]Na próxima geração, acredito que os governantes do mundo descobrirão que o condicionamento infantil e a narco-hipnose são mais eficientes, como instrumentos de governo, do que e prisões e campos de concentração, e que o desejo de poder pode ser completamente satisfeito sugerindo às pessoas que amem sua servidão ao invés de açoita-los e chutando-os até à obediência. ”  Carta de Aldous Huxley  EM 1949 para George Orwell autor do livro “1984” 


Mais informação adicional:

Permitido reproduzir desde que mantida a formatação original e a conversão como fontes.

phi-cosmoswww.thoth3126.com.br

One Response to Americanos estão em plena revolta contra imposição de novos bloqueios pelos ‘políticos’

  1. Silvio J B Maia

    Os políticos querem é grana, e o povo que se exploda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.