browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Australia: Tempestades monstro de areia bloqueiam sol, a de gelo destrói carros e derruba árvores

Posted by on 22/01/2020

Como se os incêndios florestais e as tempestades de granizo violentas não fossem suficientes, para adicionar mais problemas para os australianos, vastas tempestades de poeira envolveram grandes áreas de Nova Gales do Sul, na Austrália, para encerrar um fim de semana de tempo intenso, em que até a luz do sol foi bloqueada. Uma tempestade de granizo no leste do país despejou do céu pedaços de gelo tão grandes e pesados que mataram e machucaram pássaros, e deixaram veículos com janelas quebradas e amassados pelos impactos. 

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Tempestades monstruosas de areia bloqueam a luz do sol, enquanto os problemas climáticos da Austrália continuam

Fonte:  https://www.rt.com/news/478770-monstrous-dust-storms-block-sun/

O vídeo das testemunhas oculares mostra a enorme parede de areia caindo sobre os pobres australianos que só podiam assistir de boca aberta e surpresos (pelo menos até a tempestade chegar) antes que toda a área estivesse encoberta e fosse engolida pela gigantesca nuvem de poeira.

Os moradores das cidades de Narromine, Parkes e Dubbo, no estado de Nova Gales do Sul, só podiam admirar a nuvem ameaçadora, que crescia ainda mais antes de encobrir todos eles.

O Bureau of Meteorology da Austrália emitiu alertas severos de tempestades e ventos durante o fim de semana, à medida que as condições climáticas se alinhavam para gerar paredes maciças de poeira com centenas de metros de altura. As rajadas atingiram 107 km / h na cidade de Dubbo e 94 km / h em Parkes.

Os satélites MODIS da NASA registravam as vastas nuvens de poeira que se acumulam no meio do país desde 11 de janeiro, devido a um período prolongado de seca, exacerbado pelos recentes mega incêndios que assolaram o país.

“As tempestades de poeira que afetam o centro-oeste de Nova Gales do Sul são uma conseqüência direta de dois anos de seca e uma cobertura vegetativa muito reduzida na superfície do solo”, disse Stephen Cattle, cientista de solo da Universidade de Sydney.

Tempestade com queda de imensas pedras de granizo destroem janelas de carro que foram esmagadas por granizos épicos, enquanto tempestades atacam o leste da Austrália

ASSISTA: Janelas de carro destruídas por queda de enormes pedras de granizo, enquanto tempestades atacam o leste da Austrália, que ainda esta lutando com a crise dos devastadores incêndios florestais, agora foi atingida por uma intensa tempestade nessa segunda-feira, que deixou duas pessoas feridas com queda de raios e viu dezenas de carros danificados por uma grande tempestade com queda de enormes pedras de granizo.

Alguns dos danos causados por pedras de granizo em Canberra em 20 de janeiro de 2020 © Peter Swanton via REUTERS

A tempestade de granizo despejou do céu pedaços de gelo tão grandes e pesados que mataram e machucaram pássaros, e deixaram veículos com janelas quebradas e amassados pelos impactos. 

Os mapas das mudanças do juízo final no mundo e os planos de fuga dos bilionários

No subúrbio de Miranda, em Sydney, alguns motoristas ficaram presos dentro de seus carros depois que ventos fortes derrubaram árvores – em cima de seus veículos.

Pessoas azaradas o suficiente para serem pegas durante a intensa chuva rapidamente procuraram cobertura para se protegerem da queda do granizo, e muitas imagens compartilhadas das consequências em Canberra mostrando carros danificados, amassados e com os vidros quebrados.

Enquanto isso, dois turistas que visitam as Montanhas Azuis de New South Wales ficaram feridos por um raio, segundo relatos locais. Ambos estão em condições estáveis no hospital.


As mudanças climáticas que o planeta esta enfrentando são inevitáveis, causarão grandes mudanças e tem como causa FATORES EXTERNOS, algo que muitos cientistas já descobriram. Saiba mais em:


“Haverá muitas mudanças dramáticas no clima do planeta, muitas mudanças nas condições meteorológicas  na medida em que o TEMPO DA GRANDE COLHEITA se aproxima RAPIDAMENTE ao longo dos próximos anos. Você vai ver a velocidade do vento em tempestades ultrapassando 300 milhas (480 quilômetros) por hora, às vezes.

Deverão acontecer fortes tsunamis e devastação generalizada NAS REGIÕES COSTEIRAS, e emissão de energia solar (CME-Ejeção de Massa Coronal do Sol)  que fará  importante fusão e derretimento das calotas de gelo nos polos, e subseqüente aumento drástico no nível do mar, deixando muitas áreas metropolitanas submersas em todo o planeta“. Saiba mais: AQUI


Mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.