browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Visita à Base das Forças das Trevas no Lado Oculto da Lua

Posted by on 20/07/2017

BASE-HUMANA-LUATudo bem. Bem-vindos ao nosso programa “Divulgação Cósmica”. Eu Sou o seu anfitrião, David Wilcock. e estou aqui com o insider e informante dos programas secretos dos EUA, Corey Goode. E hoje temos uma convidada muito especial, seu nome é Niara Isley. Ela é autora de um livro, “Facing the Shadow, Embracing the Light” (Enfrentando a Sombra, Abraçando a Luz, em tradução livre). Então, Corey, seja bem vindo ao show.(7,25)

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

As Trevas ocupam o Lado Oculto da Lua

Fonte: https://spherebeingalliance.com/

Corey Goode: Obrigado.

David: E Niara, seja bem vindo ao show.

Niara Isley: Muito obrigado.

David: Para o propósito de nossos espectadores, vamos supor que eles ainda não leram o seu livro. Eles provavelmente vão querer le-lo depois de ler isso. Você trabalhou nas forças armadas dos EUA.

Niara: Sim.

David: Então é assim que você começeu isso. Então, você poderia nos contar uma breve história de como isso acabou acontecendo com você?

Niara: Bem, eu estive trabalhando na Força Aérea (USAF) de 1979 a 1983. Eu era uma especialista em radar de auto track. Isso é um radar de artilharia de mísseis de superfície-ar e radar anti-aeronáutico.

Corey_goode-Niara_David

Corey, Niara e David

David: Ok.

Niara: E há um radar de varredura do céu, como um radar de controle de tráfego aéreo. E então, ele chama diferentes instalações de radar e informa: “Você tem uma aeronave entrando em tal e tal grau de elevação e azimute e essa faixa e, por favor, aponte seu radar naquela parte do céu e veja se você pode captar esse cara, rastreei-o por cinco minutos. ” E então, se o localizássemos fixamente por cinco minutos, era considerado para ser abatido.

David: certo.

Niara: Era basicamente, um radar de procura automática, ele pões um alvo muito pequeno em uma aeronave em voo. E é um ponto de mira. Então, se nós tivéssemos uma base de mísseis SAM (surface-to-air missile) ativa, um local de mísseis de superfície para o ar, então nós íamos pressionar um botão, disparar um míssil e derrubar essa aeronave dos céus. O que nós estávamos fazendo era ensinar pilotos a pilotarem contra detecção de radar inimigo para aumentar sua capacidade de sobrevivência em um cenário de guerra.

David: Ah! E onde isso começou? Onde você estava trabalhando, que local?

Niara: Eu estava estacionada na Nellis Air Force Base

David: Nellis? Uau!

Niara: em Nevada.

David: Agora, esse é um dos que, se você já estudou e sabe o fenômeno UFO, ouvimos muito sobre isso.

Niara: E então eu fazia parte de um grupo que operava estações de radar em Tonopah e Tolicha Peak uma vez por semana, a cada duas semanas. E então, sairíamos e faríamos o nosso trabalho. E foi durante esse tempo, quando eu estava em Tonopah, que eu fui levada no meio da noite para testar o radar em “aeronaves especiais”, que eram extraterrestres ou engenhos extraterrestres produzidos por meio de engenharia reversa.

David: Então, acho que, antes de mais, de apenas mais uma pergunta, gostaria de saber qual era a posição que você ocupava no momento em que isso aconteceu?

Niara: Eu era uma Airman First Class.

David: Ok. Então, quanto tempo você estava fazendo esse trabalho antes de ter esta “tarefa especial”?

Niara: Eu era nova no trabalho. Foi em abril de 79, quando entrei. E depois do campo de treinamento e assim por diante, e então fui para Nellis depois do início do ano novo em 1980.

David: Então é exatamente quando Reagan assume o controle da Casa Branca. E, como você disse, Corey, que um influxo maciço de financiamento entra no complexo militar-industrial e no SSP- Programa Espacial Secreto.

Corey: Sim, e isso também é. . . Em 1980, quando o Solar Warden foi lançado.

David: Então eles disseram que era uma tarefa especial de radar e espaçonaves especiais ou algo assim?

Niara: Eles não me disseram muito sobre nada. Eles apenas tratam você como gado. Você é apenas uma pessoa que sabe como usar o radar, para o que você é pago. Você é levado para lá. Você coloca o equipamento e faz o que lhe dizem. Nós recebemos uniformes para usar sem insígnias de classificação e sem marcas de nome. Nós fomos proibidos de falar um com os outros além do que era necessário para executar o radar e tentar rastrear as aeronaves. Eles efetivamente nos isolaram um dos outros através do medo. “Não conversem uns com os outros – além do que é absolutamente necessário – e estaremos observando você o tempo todo”.

David: Isto foi em geral, não apenas nesta tarefa especial.

Niara: Isto era em geral. Esta foi a tarefa especial.

David: Ah, na tarefa especial.

Niara: Uh-huh. Porque durante o dia no meu trabalho regular, eu usaria meu uniforme regular com insígnias e marcas com meu nome. . .

David: certo.

Niara:. . . E coisas assim. Mas esses uniformes foram dadas. . . Nada identificando qualquer coisa. Eles não queriam que tivéssemos qualquer meio de pesquisar através da nossa memória e pensarmos: “Ah, eu vi essa etiqueta com o nome”, ou “Eu vi esse patch”, ou “Eu vi essa marca de identificação”. Eles queriam tentar manter tudo o mais genérico e secreto possível.

David: Além de Corey, eu tive vários insiders com quem eu falei e que trabalharam no que poderíamos chamar de Programa Espacial Secreto, e o elemento MAIS consistente que você ouviria de todos eles era de que não tinham permissão para conversar entre si.

area51-NTS-NellisAFB-Map

Área gigantesca da NELLIS AIR FORCE RANGE, onde, entre outras coisas, esta situada a famosa ÁREA-51, assinalada no centro do mapa.

Se eles conseguíssem conversar com ETs, eles só poderiam falar sobre o seu trabalho. Não tinham permissão para fazer perguntas fora das suas tarefas. E é um ambiente muito repressivo no qual, se você se afastar muito ligeiramente dessas diretrizes, você poderia levar um pontapé no traseiro ou mesmo uma bala de rifle em sua cabeça, esse tipo de coisa.

Niara: Sim. Mhm.

David: E Corey, claro, também teve as mesmas experiências. Na verdade, nós apenas estávamos falando sobre ser apanhado por essas pessoas do Complexo Industrial Militar e que o cara não estava usando nenhum. . .

Corey: Sim, eram aviadores. Eram da Força Aérea. E eles não estavam vestindo uniformes ou alguma insígnia.

Niara: Sim.

David: Esses são os pequenos detalhes que eu percebo como pesquisador, fazendo isso por 20 anos, falando com insiders. Então muitas coisas surgem que simplesmente não pode ser apenas coincidências nos relatos.

Niara: Certo.

David: Há muitas coisas que se alinham.

Corey: Tenho uma pergunta.

Niara: Claro.

Corey: Quando você estava nesta tarefa especial de usar radares para capturar espaçonaves desconhecidas para as baterias antiaéreas, você poderia descrever. . . Você conseguiu dar uma boa olhada nestas naves desconhecidas?

Niara: Não, não consegui dar uma boa olhada no interior da van do radar, na frente do escopo. Mas quando terminamos com o teste e saímos e ficamos no convés da camionete do radar, quando eu percebi que os oficiais estavam dentro do compartimento do radar para discutir os resultados do teste. . . Do meu ponto de vista, não conseguimos rastrear essas coisas. As espaçonaves poderiam literalmente aparecer em uma parte do céu e depois piscar e estar em algum outro lugar. Então eles não podiam ser rastreados (de tão velozes) pelo radar.

E eu acho que é o que eles queriam do teste, confirmar que aquelas espaçonaves não poderiam ser rastreadas. Então, quando eu estava de pé no convés da van onde estava instalado o radar, então sim, eu vi as espaçonaves. Eu vi provavelmente entre 12 a 15. Não registrei a quantidade exata. O que eu focalizei foi a que estava mais próxima. Estava a menos de 50 a 75 jardas (entre 45,72 e 68,58 metros) de distância. Eram enormes e em formato de um prato, um disco, de cor laranja brilhante no fundo.

David: Oh, uau!

Niara: E o fundo era como um tipo transparente de cobertura ou um metal muito fino. E parecia que havia luzes acesas em seqüência em torno do fundo da nave.

Corey: Brilhando através dela?

Niara: Sim brilhando através do metal, sim. E então eu estava assistindo, e havia um som vindo da nave, que era como caixas de som em um show de rock quando não há música chegando e todos estão apenas sentados lá, zumbindo com um pouco de estática. Esse era o som. E então houve a vibração e o sentimento vindo disso também, mesmo a essa distância.

Corey: Sim, ainda está muito perto.

secret-space-program-engenharia-reversaNiara: Uh-huh. Você poderia sentir um pouco de formigamento no ar porque aquela coisa estava deixando um campo cheio de energia.

David: Vocês estavam rastreando essas aeronaves não convencionais o tempo todo? Ou foi quando você fez essa diferente tarefa em Tonopah?

Niara: Quando fiz essa nova tarefa em Tonopah, onde fui levada no meio da noite, porque geralmente, eu tinha um trabalho que executava de dia quando sairíamos e nós rastrearia aeronaves regulares, você sabe, F-16s, F -4s, e tudo o que estava lá voando para tentar treinar pilotos para voar contra o radar inimigo.

David: Então, quando você foi levada para Tonopah para executar essa tarefa especial, no início, você está apenas rastreando essas aeronaves não convencionais. Ou você foi abduzida imediatamente?

Niara: O trabalho principal era o trabalho normal do dia, e então essa coisa de trabalhar à noite aconteceria de vez em quando. Eles vieram e me levaram no meio da noite, e então aconteceria as coisas estranhas.

David: Quando você diz “o meio da noite”, tipo a que horas?

Niara: Depois da meia-noite, entre a meia-noite e as 2:00 da manhã.

David: É exatamente quando eles iriam buscá-lo. [David está falando com Corey.]

Corey: Sim.

Niara: Sim.

David: A mesma coisa. Então você . . . Você sabia? . . Deixe-me perguntar-lhe isso. Começou logo com você rastreando essas aeronaves não convencionais antes de qualquer tipo de seqüestro ter ocorrido? Ou as abduções começaram ao mesmo tempo em que você estava rastreando as aeronaves não convencional?

Niara: A meu conhecimento, as abduções começaram no momento em que eu estava rastreando essas aeronave.

David: Ok.

Niara: Mas eu fui abduzida pelos Greys, eu sou uma abduzida pelos Greys desde a minha infância, tão cedo quanto a primeira infância.

David: Ah.

Niara: E escrevo no meu livro que tive a impressão de que as pessoas que estavam trabalhando comigo no exército sabiam que eu era uma abduzida.

Corey: Clifford Stone!

Niara: Mhm.

Corey: Isso nos lembra de Clifford Stone.

Niara: Sim.

David: Bem, também é o que você disse, Corey. . .

Corey: Certo.

David: . . . Que esses MILABs (Military Abductions-Abduções efetuadas por militares em conjunto com alienígenas Greys)

são. . . Eles sabem quem está sendo raptado.

Corey: Eles sabem.

David: Eles rastreiam todos os que foram abduzidos.

Niara: E há outro cara, Dan Sherman. Ele escreveu o livro intitulado “Above Black: Project Preserve Destiny”  que é o título. E ele disse o mesmo. Ele foi treinado como um comunicador intuitivo, novamente, também foi isolado de seu outro companheiro de treinamento, sem permissão para falar um ao outro, mesma ordem completa lá.

David: certo.

Niara: Uh-huh.

David: Obviamente, no momento em que isso estava acontecendo, grandes filmes como “Close Encounters of the Third Kind” saíram. Então, quando você está vendo essa nave, você está pensando: “Ok, isso é um disco voador, isso é um OVNI”? Ou eles estavam tentando dizer que era um dos nossos?

Niara: Não, eles não me disseram nada.

Corey: Sim. O gado não precisava saber.

Niara: Sim. Eles apenas fizeram aquilo. E outra coisa sobre a história de Dan Sherman que é realmente importante é que ele como um comunicador intuitivo, estava rastreando pessoas que estavam sendo abduzidas pelos Greys.

David: Certo.

abdução-exame

Niara: É realmente importante porque ele seria o único que forneceu informações sobre pessoas que estão sendo abduzidas pelos Greys com e para as forças armadas.

David: Certo.

Niara: E você se pergunta sobre isso. Por que você leva alguém que já teve experiências extraterrestres? Talvez porque o choque de ver a tecnologia não será tanto quanto se você estiver trabalhando com um abduzido, ou isso ou aquilo. Você pode apresentar todos os tipos de diferentes razões.

Ou talvez haja alguma faculdade especial que eu tenha como ser humano que outros seres humanos que não são abduzidos não têm. Eu não sei o que é, mas certamente eu adoraria obter algumas respostas.

David: Eu só estou querendo saber se havia um ponto antes, talvez as coisas realmente tenham sido traumáticas e horríveis, onde você teve aquele momento de “Uau! Estes são UFO’s! Eles estão me fazendo rastrear OVNIs! Isso é incrível.”

Niara: Sim.

David: Isso aconteceu?

Niara: Principalmente, eu estava com medo, porque eu só tinha uma “autorização secreta de segurança” na época.

David: Ah.

Niara: E eu pensei: “O que eu estou vendo é classificado até agora acima de “Top Secret”, que isso está me assustando como o inferno. Está me assustando muito mesmo pelo que eu estava mesmo vendo aquilo. “

E eu estava certo de ficar com muito medo, porque depois de terminarmos, fomos levados a um ônibus com janelas pintadas e levados ao que eu também pensava ser. . . Era a Área 51, em uma instalação (S4 ?) subterrânea lá, ou eu ouvi recentemente que havia uma instalação subterrânea em Tonopah.

E então fomos colocados numa sala de espera onde. . . vamos ver . . . As cadeiras eram diagonais. Então, se o quarto fosse quadrado aqui, as cadeiras foram colocadas diagonalmente com as costas aqui. Estávamos de frente para a parede. E atrás de nós, havia uma porta dupla com luz vindo do corredor. Mas as luzes estavam no quarto. [Em outras palavras, As pessoas sentadas nas cadeiras estavam de frente para a parte escura da sala. As portas duplas e a luz do corredor estavam atrás de todos.] Novamente, meu pensamento é que eles estavam tentando disfarçar os detalhes que poderiam ser mostrados pela luz para nos manter, de novo, um pouco na sombra um com o outro, de modo que estivéssemos proibidos de falar um com o outro. Mas se estivéssemos sentados ao lado de outros experientes e sombrios ao nosso lado, você sabe, você começa a ter idéias.

Sim. Eles só queriam prosseguir. E então eles nos chamaram um a um. E eu contei essa história tantas vezes. Eles nos chamaram um a um para este pequeno quarto. Quando foi minha vez, entrei lá. Eu me deitei em uma mesa de exame de aço inoxidável, totalmente vestida e colocada lá por bastante tempo.

E havia um guarda de segurança portando uma arma lateral num coldre e em pé no descanso do desfile na sala, tipo ao lado da parede ao pé da mesa examinadora. Então, finalmente, um homem entrou com um casaco branco, dizendo: “Fique calma”, três vezes em uma voz real.

E quando ele caminhou ao meu lado direito, ele apareceu com um movimento suave. Ele tem um . . . Na sua mão havia uma agulha hipodérmica, e ele surgiu, com um movimento suave, e me injetou no lado do pescoço com algum produto químico desconhecido que me colocou imediatamente em trauma químico.

E então, de repente, dois caras estavam de cada lado de mim, de cada lado da mesa, levantando-me da mesa e me levando por um longo trecho de escadas. E fui jogada em uma pequena cabine onde experimentei os efeitos da injeção.

David: Quando você diz “trauma químico”, o que isso significa para as pessoas que não sabem?

Niara: Foi como ter uma convulsão instantânea.

Alien Abduction ExaminationDavid: Oh, uau!

Niara: Era como [Niara joga a cabeça para trás e seu corpo se agita incontrolavelmente.]. . . como isso. E o produto químico foi direto para o cérebro. Onde quer que eles injetassem, eles queriam que ele fosse direto ao cérebro.

David: Uau!

Niara: Eu estava tremendo. Eu não poderia realmente me mexer. A minha consciência estava se alterando.

E aqui . . . Esta é uma suposição incomum, mas é apenas uma suposição baseada. . . É um palpite educado baseado na experiência e em algumas outras coisas que eu tenho criado na minha própria mente.

Mas porque eu tenho sido uma pessoa espiritual toda a minha vida, meditando e todos os tipos de inclinações e perseguições espirituais, tenho que me perguntar por causa dos efeitos da injeção. Quero dizer, senti que estava indo. . . Que o vínculo molecular entre minhas moléculas estava sendo dissolvido, e eu ia me dissolver e correr por um dreno no chão da pequena cabine em que eles me colocavam. Era realmente um sentimento aterrador.

David: quais foram os efeitos sobre a sua consciência? Você conseguiu ter pensamentos claros, ou você começou a se tornar muito incomodadao?

Niara: eu não tive pensamentos claros até mais tarde.

David: Ok.

Niara: Mas eu tive grandes despertares psíquicos. Lembro-me de acordar na minha cama em Las Vegas, Nevada, no apartamento que eu estava alugando no momento. E uma manhã, eu acordei, e era como se toda a realidade parecesse absolutamente tão frágil quanto poderia ser, como tudo o que eu teria que fazer era piscar ou espirrar, e a realidade se quebraria diante dos meus olhos.

E fechei os olhos novamente e eu disse: “Tudo o que está acontecendo aqui, é realmente, realmente desconcertante, e é meio assustador, e eu quero que vá embora”. E então, quando eu abri meus olhos novamente, as coisas estavam mais normais.

David: Corey, você falou antes do treinamento psíquico que estava sendo feito que envolve injetáveis que parecem fazer algo para a consciência. Então, você poderia nos falar brevemente nisso um pouco sobre o que estamos falando aqui?

Corey: sim. Estes eram medicamentos farmacêuticos que eles iriam dar às pessoas regularmente para aprimorar suas habilidades intuitivas e psíquicas. E eles também dariam esses tipos de injeções, para aqueles que eram telespectadores remotos ou influenciadores remotos. Então isso é consistente.

Niara: Eu só me senti assustada, e eu lembro de curvar-me em uma posição fetal, como, uma pequena bola com meus braços ao redor dos meus joelhos no chão naquela cabine. E quando os efeitos da injeção terminaram, eu gritei e gritei e gritei.

David: Uau!

Niara: (Suspiros) E então – isso é realmente difícil – e eu tive dificuldade em acreditar nisso porque eu simplesmente não queria acreditar que outros seres humanos poderiam ser tão cruéis com alguém de suas própria espécie. Mas fui arrastada para fora daquela sala depois que os efeitos da injeção estavam acabando, e eu fui atacada sexualmente por dois guardas de segurança enquanto oito pessoas assistiam. E uma das pessoas que estavam assistindo era um extraterrestre Grey.

David: Meu Deus!

Niara: E o alien Grey, curiosamente, talvez por causa das minhas experiências de infância com os Greys e pela juventude adulta, talvez eu estivesse sensibilizada com a sua telepatia, mas eu poderia jurar que ouvi o Grey pensar que ele estava meio incrédulo com os seres humanos fazendo aquilo com um de sua própria espécie, que nos sujeitariam a esse tipo de violência.

David: Uau! Parecia haver alguma diferença em como o Grey foi tratado em relação aos demais? Atuou de forma diferente, ou as pessoas o estavam tratando de maneira diferente?

Niara: tive a impressão de que algumas das pessoas sentadas nas cadeiras não queriam estar lá. Eles não queriam testemunhar o que estavam testemunhando porque eles estavam dizendo a esses caras, provavelmente, algo como: “Bem, se você falar, isso é o que suas esposas, filhas ou irmãs vão receber”.

David: Eles estavam usando um tipo similar de uniforme que apresentava falta de características discriminatórias?

Niara: Eram pessoas em roupas civis.

David: Oh, civis?

Niara: Sim.

David: Ok.

Niara: Sim, as pessoas sentadas nesses oito assentos estavam vestidas de civil, e havia o Grey ET e depois as pessoas militares na sala. . . Eles podem até não ter sido militares regulares. Eles podem ter sido trabalhadores contratados pelos militares.

David: Certo.

Niara: E eu digo isso porque nossos militares regulares são principalmente pessoas muito boas, você sabe?

aliens-abductions

Corey: Sim.

Niara: Eu não acho que eles se prestariam a esse tipo de coisa.

Eu também pensei que o único guarda de segurança loiro que foi tão brutal para mim, acho que ele poderia ser um psicopata ou um sociopata que eles tiraram da prisão e trabalharam fazendo esse tipo de coisa porque ele não tinha consciência de fazer as coisas horríveis quando as fez.

Corey: Sim, eles procuram esses tipos de pessoas para esses programas.

Niara: Sim. Uh-huh.

Corey: E também, estou muito familiarizado com eles usando “trauma sexual” para remover memórias ou para controlar uma pessoa em um nível muito profundo.

Niara: Uh-huh.

David: Mais alguma coisa aconteceu com você após o estupro? Ou você foi levada de volta para sua base original?

Niara: me injetaram algo para me fazer dormir. E então eu suponho que eles me carregaram inconsciente de volta ao ônibus. Eles provavelmente me carregaram de volta  e então me jogaram no meu quarto de hotel, me colocaram na cama para se certificar de que eu não ficaria ali completamente vestida e que fosse acordar e pensar: “O que diabos aconteceu comigo durante a noite?”

David: Você poderia nos levar ao próximo evento significativo que você se lembra de acontecer após essa experiência traumática inicial?

Niara: A próxima grande coisa é que eu fui levada para a Lua. A próxima grande coisa com a qual eu realmente estava lidando.

David: Então, o que eu gostaria de saber, então, vamos passar por esse passo a passo.

Niara: Ok.

David: Então, novamente, você estava trabalhando na Nellis Air Force Base na maioria das vezes?

Niara: Bem, é engraçado porque, quando você trabalha no alcance do radar, pelo menos naquela época, quando você estava trabalhando no campo do radar – eu acho que eles têm civis fazendo esse trabalho agora – mas você trabalharia lá uma semana em um horario, e então você ficaria na Nellis por uma semana trabalhando em torno da área da base de Nellis.

David: Ok.

Niara: Então depois você voltaria a fazer mais uma semana. Então, todas as outras semanas, havia uma equipe diferente lá em cima.

Então fiquei uma semana, uma semana de folga, uma semana depois de trabalho, e mais uma semana de folga. E assim, uma semana em que eu estava trabalhando em Nellis, eu fui arrancada da cama no meio da noite, a rotina usual.

David: Quem te retirou da cama? Como eles se pareciam?

Niara: Aquele guarda de segurança loiro, ele era como meu manipulador.

David: Ok.

Niara: Ele geralmente estava sempre presente para cada uma das situações em que me encontrei.

David: E ele estava em uniforme, ou como ele estava vestido?

Niara: ele estava vestindo uniforme camuflado para o deserto.

David: Ok.

Niara: Às vezes, eu acho, ele usava outras coisas, mas isso era principalmente o que ele usava. E ele tinha cabelo loiro, olhar muito frio, olhos azuis e bigode loiro.

Então, quando eu estava falando sobre aquela rampa onde você podia olhar para as espaçonaves, da maneira como ele me levou, ele me levou, como, por uma porta de garagem aberta ao lado da montanha. E fomos ao nível do solo, onde a espaçonave  estava parada estacionada. E havia todas essas luzes dentro, e as pessoas estavam trabalhando em torno da nave. E havia uma pequena escada que subia desde debaixo da embarcação.

Este guarda de segurança, ele me entregou umas roupas prateadas para eu colocar. E eu tive que tirar minhas roupas e colocá-las sem usar nada por baixo. Você tinha que usá-las sobre a pele nua. Essa roupa prateada tinha uma faculdade estranha, onde assim que. . . Estava sem forma, E então você a colocava, e então se tornaria como uma espécie de embalagem de vácuo em seu corpo. E tinha luvas e botas que fariam o mesmo. Você colocaria as botas, e eles seriam atraídas e comprimidas contra sua pele.

David: Ouvi falar sobre isso de outros insiders.

Niara: Sim.

David: E Corey, você provavelmente está familiarizado com esse tipo de coisa também.

Niara: Sim. Então foi isso que eu vesti. E então eu calcei as botas. Não coloquei as luvas, mas as tinha comigo.

E o guarda de segurança loiro levou-me à escada para entrar na espaçonave. E ele me disse: “Quando você chegar lá, vá para a direita e deite-se. Há dois outros caras lá. Você se deitara entre os outros dois caras que estão deitados no chão.

David: E como a nave se parecia em seu interior?

Niara: Muito básico, não há muitos recursos. Havia algumas cadeiras em torno deste console central.

David: Ok.

Niara: E havia um feixe, um pilar bastante largo, bem pelo centro da nave.

David: Esse é o guia de onda gravitacional para o sistema de propulsão.

Niara: Sim. E enquanto eu estava deitada no chão lá, havia um reptil que saiu por trás desse feixe. E eu olhei para ele, e toda minha respiração saiu do meu corpo. Era como, você sabe, eu simplesmente não podia acreditar no que estava vendo.

reptilianos-alien

Ser reptiliano de casta inferior, soldado, com cerca de de 2,40 metros de estatura

David: Qual era o tamanho do ser reptiliano?

Niara: Ele era muito, muito alto.

David: Ok.

Niara: Pelo menos, 8 pés (cerca de 2,42 metros de estatura).

David: E qual era a superfície da sua pele? Como lhe pareceu? Quais as cores?

Niara: Cor tipo de verde azeitona. E não ficou à vista para que eu pudesse ve-lo por muito tempo. Ele se moveu para fora por trás desse pilar, e então voltou para onde tinha vindo.

David: Tem pupilas nos olhos com fenda vertical?

Niara: Sim.

David: E qual era a cor dos olhos?

Niara: Amarelo.

David: Ok. Tinha dentes afiados?

Niara: Sim.

David: Você poderia descrever as mãos e os pés desse ser?

Niara: Sim. eram como Garras.

David: Bem, isso é extremamente consistente com os relatórios de Corey sobre os reptilianos.

Niara: Uh-huh. Sim.

Corey: É muito perturbador recordar um encontro com um desses seres.

Niara: Sim.

David: Com base no que ela está dizendo. . . Nós falamos sobre o fato de que os Dracos Royal White são reptilianos brancos, que há um nível, uma casta mais baixa (de guerreiros, soldados) que é de uma cor escura e preta. O tipo que ela descreve, onde você acha que eles se encaixam na hierarquia que você conhece?

Corey: São como as abelhas operárias ou os soldados.

David: Ok. Então você está deitado lá, e esse ser aparece de repente, e você vê isso, e você tem medo extremo.

Niara: Mhm. Sim.

David: E então ele simplesmente se retira depois disso?

Niara: Bem, é como se fosse uma espécie de movimento, e ele se moveu para fora de dentro do feixe. E então, recuou para onde. . .

Corey: Para um painel de controle, por trás disso?

Niara: Sim. Pode ter sido o piloto. Ou talvez houvesse um piloto alien Grey, mas não vi o piloto.

Mas alguns seres humanos entraram antes que a espaçonave decolasse, e eles ocuparam as cadeiras. E então, eu e os outros dois caras que estavam sendo enviados para a Lua estavam sendo enviados como carga humana. Isso é tudo o que posso dizer. Foi assim que eu me senti. Eu me senti como uma carga humana.

David: Você foi amarrada ao chão?

Niara: Não.

David: Ok.

Niara: Não, eles conseguem muito com medo e intimidação.

Corey: Mhm. É difícil entender a pessoa média, quando você foi submetido a esse tipo de ambiente, como você pode ser tão facilmente intimidado e fazer o que lhe dizem.

Niara: Sim. Uh-huh.

David: Como cheirava dentro da espaçonave?

Niara: Eu acho que estava cheirando àquela criatura reptiliana. Havia um cheiro de almíscar para isso.

David: Corey usou a mesma palavra.

Corey: Sim. Eles geralmente são marcados pelo seu superior que os controla com um spray almiscarado.

Niara: Uh-huh. Sim.

David: Uau!

Niara: Sim. Mas quando aterrissamos na lua, nos disseram para desembarcar da nave e caminhar direto para o prédio mais próximo. E não devíamos olhar para a direita, esquerda ou para cima ou para baixo.

David: Mas você poderia respirar sem um aparelho para isso.

reptiliano-real-draco-branco-goode

Um reptiliano DRACO ROYAL WHITE, oriundo de um planeta do sistema solar de THUBAN, na constelação de Draco (Dragão) com cerca de 4,25 metros de estatura, com peso em torno de 1.360 quilos, ombros de 1,50 metros, estão no topo da pirâmide no comando de nosso planeta e se alimentam das nossas emoções negativas, como o ÓDIO, RAIVA, MEDO, FANATISMO, LUXÚRIA, LASCÍVIA, CORRUPÇÃO, etc…. Operam a partir de níveis mais sutis, VAMPIRIZANDO nosso campo (AURA) ENERGÉTICO. Tem bases na Lua e em Marte.

Niara: Eu poderia respirar sem um aparelho de respiração. Então também. . .

David: Quando você olhou para cima, o que você viu?

Niara: Na verdade eu não tinha permissão para levantar os olhos, mas eu rolei os olhos para ver se havia uma abóbada lá em cima porque pensei: “Não estou vestindo um traje espacial e estou em outro planeta, e estou respirando. ” Então eu não tinha certeza do que pensar nisso. Ou há atmosfera na Lua, ou eu estava sob uma cúpula.

David: Alguma coisa parece incomum enquanto você estava olhando ao seu redor?

Niara: Não.

Corey: Olhos nas botas. Ha.

Niara: Sim. Sim, isso é muito bonito. Os olhos nas botas são bons. Então eu estou caminhando. Eu não tinha meus olhos nas minhas botas. Tinha minha cabeça direta na minha frente assim.

David: Pareceu mais como apenas uma outra instalação militar?

Niara: Sim.

David: Havia um monte de coisas militares convencionais?

Niara: É como se eles tivessem os mesmos velhos edifícios militares feios que eles tinham na Terra e os colocaram  na Lua.

Corey: Exatamente.

David: Ha, ha, ha.

Niara: Ha, ha.

Corey: As mesmas portas.

Niara: Tipo cabanas Quonset e. . .(Quonset= Um edifício feito de metal ondulado e com uma seção transversal) semicircular

David: certo.

Niara: Sim. Todo tipo de coisas. Então eu andei por ali. Quero dizer, de certa forma,. . .

David: Neste edifício?

Niara:. . . Você não conseguiu perceber que estava na Lua porque os edifícios são tão parecidos com os da Terra.

David: E eles lhe disseram para ir ao prédio mais próximo?

Niara: Era uma espécie de grande edifício. E nós fomos para lá, e havia muitos quartos e corredores e coisas assim. E nós apenas fomos para esse quarto.

David: Ok.

Niara: Então, as duas coisas que eu me lembro mais sobre essa viagem particular para a Lua foi o trabalho que fiz, onde eles me fizeram operar algum tipo de equipamento de escavação eletromagnética porque estavam escavando diferentes áreas da Lua para construir mais edifícios.

E havia essa coisa em que eles incorporaram duas placas de metal no chão. E então, quando eles ligaram o equipamento eletromagnético, era como se esses dois pratos fossem dois pólos de um ímã que são como pólos. E eles repeliam, mas muito poderosamente. E estes dois pratos se separariam e escavam toda essa área enquanto se separavam.

David: Esmagando as rochas quando elas atacam?

Niara: Sim. Uh-huh.

David: Uau!

Niara: Sim. Era tão forte o campo magnético que eles estavam usando. E você tem que ter cuidado com a força de um campo magnético porque temos minerais em nosso sangue que poderiam ser puxados.

David: Uau!

Niara: Então, havia isso.

David: E eles treinaram você sobre como fazer esta perfuração, ou essa mineração?

Niara: Sim. Bem, não havia muito a fazer. Você apenas operava a maquinaria, e você tinha que ficar em sua pequena coisa. Você sabe, tantas pessoas foram, devemos dizer, “apagadas” por causa do assunto UFO-OVNI. Ouvi dizer que cerca de 400 pessoas foram mortas para encobrir o incidente do resgate de um disco voador que caiu em Roswell.

David: Uau!

Niara: Eu não acho que eles estão realmente em liberdade de simplesmente dispor de pessoas assim, especialmente pessoas como eu que eles arrancaram de sua vida normal, regular e cotidiana e colocaram nessa situação. Portanto, é muito importante que suas técnicas de controle mental e as técnicas de controle da mente, sejam ajustadas ao ponto que você depois não vai se lembrar, pelo menos não imediatamente, do que foi feito para você ou por onde você estave. Mas eles querem que tudo seja encoberto. Então, eles continuam fazendo isso. . . É uma combinação de traumas e drogas.

David: E Corey, você disse que as técnicas funcionam tão bem que apenas uma pequena porcentagem de pessoas realmente lembra de algo, certo?

Corey: Sim. Sim, apenas 3 a 5%.

David: certo.

Niara: então havia o equipamento de escavação.

David: Ok.

Niara: Era uma coisa. E então, havia muito trabalho manual, como empilhar caixas e mover coisas dessa prateleira para outra prateleira, ou apenas um monte de trabalho de elevação e transporte. A comida era terrível. Era algo que eu chamaria de uma espécie de papa e talvez pão seco e talvez um pouco de água. E então, à noite, não tinha permissão para dormir. Essa foi outra parte da programação.

Corey: Privação do sono.

Niara: A privação do sono tem sido enorme. A privação do sono por si só é um gatilho para o PTSD (Posttraumatic stress disorder) para mim. E eu tive muita privação de sono na minha vida.

David: Havia algo extraterrestre ou não convencional que você viu enquanto estava lá nesta base?

Niara: Quando eu estava fora fazendo a escavação, eu iria pegar vislumbres de ver extraterrestres. E os que eu lembro eram muito, muito altos e delgados. E eles não se pareciam com os Greys tradicionais. Não tenho certeza de quais espécies ou raças eram. Mas foi um deles, que descobri em uma sessão de hipnose posterior, que pode ter me ajudado a sair dessa situação.

David: Uau!

Niara: Sim. Porque eles poderiam me ver energeticamente. E eles olharam para mim, e eles podiam me ver energeticamente. E eles simplesmente disseram: “Eles realmente não deveriam fazer isso com essa mulher”.

David: Então você esteve lá fora, e agora como uma figura pública você faz palestras. Espero que você receba mais convites porque acho que sua história é muito importante.

Niara: Sim. Uh-huh.

David: Você acha que os Illuminati tem uma vulnerabilidade? Você acha que eles são invencíveis? Ou você acha que existe uma maneira de que isso possa ser revertido em favor da humanidade?

Niara: Sim poderia ser absolutamente virado em favor da humanidade, porque eu sei que você sabe [David], e eu sei que você sabe [Corey] que tudo é consciência. Tudo é consciência. E este material físico que vemos aqui é subjacente e efeito da energia que torna isso possível.

David: Certo.

Niara: E essa energia e essas partículas subatômicas são influenciadas pelo pensamento, consciência e intenção (vontade). E tudo o que estamos olhando. . . Você já ouviu falar das Pedras Guias da Georgia (Georgia Guidestones), certo?

David: Claro.

Niara: Ok. Os Guidestones da Geórgia pensam que devemos ter a população reduzida para o que, 500 milhões?

David: Sim.

Niara: Uh-huh. OK. Você sabe por que eles querem fazer isso? Porque eles estão assustados até a morte. Eles estão assustados de morte que 7 bilhões de pessoas poderiam despertar e tirar o jogo deles apenas pelo poder da consciência. E nem precisa ser todos os 7 bilhões. Só tem que ser um montante para haver, atingir um ponto de inflexão. E essas são as pessoas que espero a quem estejamos chegando com nossas histórias, mesmo hoje, agora, com os que nos leem.

David: Você tem palavras espirituais de inspiração que você gostaria de compartilhar com as pessoas que estão despertando e para quem acredita em sua história neste momento?

Niara: Sim. Gostaria apenas de dizer, percebi que tanta programação foi feita na raça humana há tantos milênios para tentar programar (controlar) nossa consciência. E esta é a verdadeira Matrix, pessoal. Está tentando programar a nossa consciência num mundo que os mantém controlados e nos mantém sujeitos a eles. E é tudo uma mentira pois somos nós que temos o poder real.

O poder de nossa consciência é o poder real neste planeta, e todos nós vivemos abaixo dele agora mesmo. Somos nós que alimentamos a máquina, alimentando a Matrix, a besta, com o poder de nossa consciência programada pelo medo, programada pelos Illuminati, para criar uma versão da realidade onde eles estão no controle de nós e de tudo.

E tudo o que temos que perceber é que isso é uma grande mentira, e que precisamos recuperar nosso poder pessoal, e que precisamos perceber isso através do poder de nossa consciência, vontade e intenção. . . E precisamos usar a negatividade no mundo de forma positiva.

Isso significa que quando você olha algo como uma história, vi recentemente que a Grande Barreira de Corais está morta, então você pode aceitar isso ou você pode transformá-lo. Você pode dizer: “Uau! Há uma história de que a Grande Barreira de Corais está morta. Eu vou entrar em minha consciência, e eu vou vê-lo prosperando e viva e voltando a sua plena glória. “

E use seu poder de sua consciência sobre isso. Então, cada vez que você vê algo lá que o assusta, não se afaste do medo. Apenas perceba, “Sim, isso é uma coisa assustadora, e agora eu vou transformá-la completamente em 180 graus, e eu vou visualizar algo bonito que eu quero ver isso em lugar do MEDO”.  E eu exorto também que, se você estiver em um lugar onde o tempo o permita, vá lá e faça essa visualização. E tire seus sapatos e coloque seus pés na Terra, porque a própria Terra quer que este processo de evolução humana ocorra.

Base da DARK FLEET (FROTA NEGRA, COMPOSTA por alienígenas e humanos dissidentes) de forma trapezoidal existente na Lua

E assim como quando vimos pessoas tocando coisas em (no filme) “Avatar” no chão, e as plantas se iluminariam, isso também acontece aqui. Não vemos visivelmente, mas também acontece aqui. OK? Estamos conectados com nossa mãe Terra, assim como os nativos peles vermelhas norte americanos nos ensinaram ao longo dos tempos. Então pegue carona e faça isso.

E lembre-se do que disse, Cristo através de Jesus disse: “Onde três ou mais estiverem reunidos em meu nome”? Tente fazer com que um casal de amigos saia com você com os pés descalços na Terra. Todos segurem e escolham aquela coisa que você deseja visualizar como curada e completa. E podemos mudar este planeta, e podemos retomá-lo, e podemos torná-lo um jardim novamente. Eu acredito que isso é possível com todas as fibras do meu ser.

Corey: Eu também.

David: Como se sente, Niara, para que gente como Corey e William Tompkins se apresentem tão notavelmente validando seu testemunho?

Niara: é um alívio. É um alívio porque você coloca uma história como a minha, e você sabe que pelo menos metade das pessoas que lêem o livro vão achar que você é ganhadora. E o que for.

Mas eu não tenho nenhum investimento em pessoas acreditando no livro. Eu só quero que as pessoas tenham uma idéia dos tipos de coisas que estão acontecendo aqui na Terra. E fiz muitas pesquisas. E eu coloquei toneladas de links de pesquisa no livro, porque eu queria que as pessoas percebessem que eu não sou apenas uma voz solitária na região selvagem que vem com isso.

Eu faço parte de toda uma cultura e toda uma comunidade de pessoas que estão saindo dizendo que isso é real e isso está acontecendo. E se não parar, estamos todos em risco.

David: Eu sei de ouvir sua história que vai haver uma validação muito mais.

Niara: Há muito mais.

David: E eu a aplaudo por sua bravura e sua coragem de sair hoje à público e expor sua história. . .

Niara: obrigada.

David: . . . E compartilhando isso com o mundo. É uma coisa muito pessoal para você. E eu simplesmente amo você, e eu quero que você saiba disso. E eu estou aqui com você enquanto passamos por isso juntos.

Niara: obrigado.

David: obrigado.

Niara: Obrigado a ambos.

David: E quero agradecer as pessoas em casa pelo seu apoio a ela e por esse esforço que estamos fazendo para tentar trazer a paz para este planeta e para todos os seres que vivem na Terra. Então vamos ver você na próxima vez. Isto é “divulgação cósmica”. Sou David Wilcock aqui com Corey Goode e Niara Isley. Obrigado por nos assistir.


contagem-regressiva-azul“A exposição à verdade muda a tua vida, ponto final – seja essa verdade uma revelação sobre a honestidade e integridade pessoal ou se for uma revelação divina que reestrutura o teu lugar no Universo. Por esse motivo é que a maioria (a massa ignorante do Pão e Circo) das pessoas foge da verdade, em vez de se aproximar dela”. {Caroline Myss}

“O medo é a emoção predominante das massas que ainda estão presas no turbilhão da negatividade da estrutura de crença da (in)consciência de massa. Medo do futuro, medo da escassez, do governo, das empresas, de outras crenças religiosas, das raças e culturas diferentes, e até mesmo medo da ira divina. Há aversão e medo daqueles que olham, pensam e agem de modo diferente (os que OUVEM e SEGUEM a sua voz interior), e acima de tudo, existe medo de MUDAR e da própria MUDANÇA.”  –  Arcanjo Miguel


Muito mais informações:

  1. http://thoth3126.com.br/illuminati-1-revelacoes-de-um-membro-no-topo-da-elite/
  2. http://thoth3126.com.br/eua-sabiam-sobre-acordo-nazista-com-extraterrestres-de-draco/
  3. https://thoth3126.com.br/secredos-ocultos-e-proibidos-da-sociedade-secreta-nazista-vril/
  4. https://thoth3126.com.br/os-nazistas-construiram-bases-em-antigas-ruinas-na-lua-e-em-marte/
  5. https://thoth3126.com.br/corey-goode-fala-sobre-maldek-o-super-planeta-que-explodiu/
  6. https://thoth3126.com.br/nazistas-alemaes-explorando-o-sistema-solar-a-partir-de-base-em-marte/
  7. https://thoth3126.com.br/existencia-de-estacoes-espaciais-secretas-serao-reveladas-em-breve/
  8. https://thoth3126.com.br/o-segundo-sol-esta-chegando-profecia-maia/
  9. https://thoth3126.com.br/aliens-reptilianos-nordicos-nazismo-e-a-luta-pelo-controle-da-terra
  10. https://thoth3126.com.br/ruinas-ets-antigas-descobertas-na-antartida-atlantida-e-a-derrota-da-cabala/
  11. https://thoth3126.com.br/ruinas-ets-antigas-descobertas-na-antartida-e-a-derrota-da-cabala-2/
  12. https://thoth3126.com.br/presidente-dos-eua-eisenhower-e-os-alienigenas-no-controle-da-humanidade/
  13. https://thoth3126.com.br/guerras-no-sistema-solar-entre-a-ssp-alliance-e-a-cabalailluminatidracos/
  14. https://thoth3126.com.br/siemens-implicada-no-rastreamento-de-trabalhadores-escravos-no-espaco/
  15. https://thoth3126.com.br/novos-documentos-do-majestic-12-comprovam-contatos-dos-eua-com-ets/
  16. https://thoth3126.com.br/novo-documento-majestic-12-corrobora-aterrissagem-de-ufo-em-aztec-eua/
  17. https://thoth3126.com.br/fim-do-kali-yuga-a-era-da-degradacao-a-vinda-do-kalki-avatar/
  18. https://thoth3126.com.br/roma-fundada-em-21-de-abril-de-753-a-c-em-breve-vera-seu-fim/
  19. https://thoth3126.com.br/o-fim-da-igreja-de-roma-profecias-de-sao-malaquias/
  20. https://thoth3126.com.br/vaticano-sempre-encobriu-e-manipulou-a-historia-desde-o-mundo-pre-diluvio/
  21. https://thoth3126.com.br/religioes-se-unem-em-preparo-a-chegada-dos-deuses-extraterrestres/
  22. https://thoth3126.com.br/papa-vai-anunciar-chegada-de-um-salvador-extraterrestre-de-acordo-com-livro/
  23. https://thoth3126.com.br/mantenha-sua-bolha-da-realidade-permeavel-aos-novos-tempos/
  24. https://thoth3126.com.br/divulgacao-da-existencia-e-contato-com-ets-pelo-vaticano-e-lideres-religiosos/
  25. https://thoth3126.com.br/marduk-o-anticristo-foi-coroado-rei-do-planeta-na-africa/
  26. https://thoth3126.com.br/o-segredo-de-fatima-que-profetizou-a-destruicao-da-igreja-catolica/
  27. https://thoth3126.com.br/a-chegada-das-grandes-esferas-ao-sistema-solar/
  28. https://thoth3126.com.br/anuncio-de-salvador-extraterrestre-pelo-vaticano-provocara-uma-guerra-religiosa/
  29. https://thoth3126.com.br/vaticano-atua-com-a-inteligencia-militar-dos-eua-para-divulgar-extraterrestres/
  30. https://thoth3126.com.br/exodo-faccoes-da-cabala-entram-em-conflito-nos-ceus-da-antartica/
  31. https://thoth3126.com.br/alternativa-3-e-a-consciencia-global/
  32. https://thoth3126.com.br/controle-segredos-dos-reptilianos-da-draco-alliance/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *