browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Black Knight, um satélite Alien espião em órbita da Terra a 13 mil anos?

Posted by on 12/06/2019

black-knight-cavaleiro-negro-sateliteO (Black Knight) Cavaleiro Negro do espaço, um satélite extraterrestre em órbita da Terra ?? 

Em Disneyland of the Gods – Disneylândia dos Deuses, John Keel escreve sobre o satélite Black Knight. Não importa o almanaque. Você não vai encontrá-lo listado como um Sputnik ou Explorer. O Black Knight é o nome dado a um blip de radar descoberto em 1960

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Este misterioso satélite foi encontrado em uma órbita polar, algo que nem os EUA nem os soviéticos haviam realizado ainda nos anos 60. 

Fonte: http://www.excludedmiddle.com – Por John Carter 


“Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela Luz, porque “a Luz tudo manifesta”. Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Aproveitando o tempo; porquanto os {atuais} dias são maus”. –  Efésios 5:13-16


Foi constatado ser várias vezes maior e várias vezes mais pesado do que qualquer coisa capaz de ser lançado com foguetes de nossa civilização em 1.960. Ele não deveria estar lá fora, mas estava e continua em órbita. 

Se isso não bastasse, os operadores de radioamadores começaram a receber mensagens estranhas do Cavaleiro Negro. Um operador decodificou uma série dessas mensagens como um mapa estelar. O mapa centrado na estrela Epsilon da Constelação de Bootes como seria vista da Terra há cerca de 13.000 anos (n.t. exatamente o momento do dilúvio universal bíblico).

Lembre-se, as estrelas não se movem como planetas, mesmo depois de 13 mil anos, e Epsilon Bootes está se movendo em nossa direção. Apenas as estrelas vizinhas aparecem em posições ligeiramente diferentes após esse período de tempo. Será que o Cavaleiro Negro um cartão telefônico alienígena? 

black-knight-satelite-newspaper

Para ler a noticia inteira acesse o jornal no dia da sua publicação, há 59 anos atrás em: http://news.google.com/newspapers?nid=hXZnTIgIr50C&dat=19600211&printsec=frontpage&hl=en

Talvez o efeito mais estranho associado com o Cavaleiro Negro é o longo atraso de eco (Long Delayed EchoLDE). O efeito observado é que os sinais de rádio ou televisão enviados para o espaço se recuperam segundos (ou até dias) depois, como se fosse gravado e retransmitido por um satélite. Eles não começaram com o Cavaleiro Negro, mas eram parte de seu mistério. Keel coloca os primeiros LDEs na década de 1920. Não é no livro de Keel, mas, em 1974, que um outro mistério entrou em órbita terrestre.

Nenhum radar capturou ou viu isto. Nenhum operador de rádioamador escutou. Um homem contatou o satélite Cavaleiro Negro, ou melhor, foi contatado por ele. Esse homem foi um escritor e autor de ficção científica Philip K. Dick (1928-1982). Dick é provavelmente melhor conhecido do público em geral por ter escrito as histórias em que os filmes Blade Runner (1982), Total Recall (O Vingador do Futuro-1990), e Screamers  (1996) foram baseados. Antes dos filmes, havia os livros escritos por ele. É aí que vamos encontrar o próprio encontro de Dick com o satélite Cavaleiro Negro. 

bootes-constelação(Arcturus)

A partir de fevereiro de 1974, Dick teve uma série de experiências “místicas (substitua por “paranormal”, “forte” ou  “psicótica”, se voce quiser). Quando ele morreu, oito anos depois, ele ainda não tinha certeza de sua origem ou do significado das suas experiências. Com base nisso ele deixou para trás o que ele chamou de Exegese , uma anotação com cerca de 8.000 páginas, com cerca de um milhão de palavras de diálogo contínuo “consigo mesmo”, escrito tarde, muito tarde da noite. Nestas anotações é onde vamos encontrar o retorno do Black Knight (Cavaleiro Negro)

Muito pouco dessa Exegese de Dick foi publicado. O material Black Knight formou o núcleo de quatro romances – Radio Free Albemuth, VALIS, The Divine Invasion, e The Transmigration of Timothy Archer. Eles permanecem ainda sendo impressos. Todos os quatro são considerados como autobiográficos. O elemento fundamental em cada um é o próprio contato de Philip K. Dick com o Cavaleiro Negro, que ele chamou de Vast Active Living Intelligence System (Vasto Sistema de Inteligência de Vida Ativa)  VALIS para ser breve. Em uma série de visões e coincidências, VALIS revelou-se a Dick como um satélite antigo de outro mundo.

Ele foi enviado para cá há muito tempo por seres com três olhos de um planeta que orbita a estrela Fomalhaut (n.t. É a estrela Alpha Piscis Austrini mais conhecida como Fomalhaut, é a estrela mais brilhante da constelação de Peixe Austral, e é uma das 4 estrelas reais dos persas – junto com Antares, Aldebaran e Regulus). Eles construíram a nossa civilização, nos ensinaram a escrever e as ciências, em seguida, voltaram para o seu próprio mundo. VALIS (o satélite Black Knight) foi deixado para trás para estimular certos indivíduos quando a civilização precisasse de um impulso. Se isso soa como Erik Von Daniken encontrando a Cientologia, continue lendo..

Albemuth é o nome que Dick deu à estrela Fomalhaut na Radio Free Albemuth. Eu acredito que ele tomou esse nome do árabe al-Behemoth, que ele usou para significar “baleia”. Fomalhaut esta na boca do peixe na constelação de Piscis Australis, o Peixe Austral.Em VALIS mudou-se sua origem para Sirius, provavelmente após a leitura do livro The Sírius Mistery, de Robert K.G. Temple (O Mistério de Sírius). Ele também ofereceu um nome alternativo para o satélite Cavaleiro Negro: Zebra. Ele o chamou de zebra por causa de sua capacidade de imitar seus arredores. Vamos discutir isso em um momento, quando voltarmos para as LDEs, atraso nas ondas de eco do rádio. 

Fomalhaut (Alpha PsA)

O contato do Dick começou com uma visão de Fogo de Santelmo enchendo seu apartamento. Era uma chama rosa estranha que ardia, mas não se consumia (n.t. um tipo de sarça ardente dos tempos modernos). Ele diz que seu gato também viu. Era mais forte à noite. Dick se deitava na cama e era incapaz de dormir, assistindo ao show de luzes. Ele a comparou a uma rápida sucessão de pinturas modernas pelos estilos de Klee e Kandinsky.

Em um ponto, ele se perguntou se os cientistas soviéticos estavam trabalhando com os alienígenas em  experimentos de psicotrônica. Ele pensou que eles poderiam estar irradiando imagens para ele a partir de um Museu de Moscou. Seus sonhos durante este período assumiram uma nova natureza, tanto que ele começou a se referir a eles como sonhos tutelares por causa de seu conteúdo rico em informações. Ele também experimentou inúmeras visões durante seu estado de vigília. 

Em algumas de suas visões, Dick viu cientistas soviéticos  nos bastidores em correria para manter o funcionamento do satélite alienígena. Textos estranhos que pareciam ser manuais de operação russos foram detidos para ele ver. Os construtores, como ele chegou a chamar os alienígenas, às vezes eram vistos flutuando dentro de grandes tonéis de água, observando a operação. O sistema complexo inteiro foi aparentemente criado exclusivamente para seu benefício! 

Dick viu VALIS como uma entidade benigna. Ele viu a sua posição como um professor, às vezes protetora. (Digo “protetora” ao invés de “protetor” porque VALIS lembrava a Dick de sua irmã gêmea Jane, que morreu na infância.) Ele creditou a VALIS a tomar conta de sua vida, recuperando um monte de renda devido por royalties não pagos a ele, e até mesmo o conserto de sua máquina de escrever. 

Enquanto ouvia o rádio um dia, Dick ouviu as palavras dos Beatles “Strawberry Fields Forever” mudar para um aviso de VALIS: “Seu filho tem uma hérnia inguinal direita diagnosticada A hidrocele estourou, e ele desceu para o saco escrotal. Ele requer atenção imediata, ou vai morrer em breve”. Dick o levou às pressas para o hospital e descobriu que tudo que lhe foi dito era verdade. O médico programou uma cirurgia para o mesmo dia. 

Dick ocasionalmente ouvia outras mensagens, menos positivas, do seu “rádio” durante a noite, mesmo quando ele estava desligado. É certo que, ao ouvir vozes e alegar assédio de um feixe de energia são sintomas de doença mental, mas parece haver algo mais no trabalho aqui. Qualquer um pode reivindicar loucura, coisas incríveis, mas somente Philip K. Dick produziu obras de arte por causa disso.

No final, porém, ele pode ter se superexposto a ela. Quando ele deu a entender em VALIS, muito de uma coisa boa poderia matá-lo. Dick teve outra visão. Ele viu o fogo cor de rosa se Santelmo se aglutinar em uma porta perfeitamente proporcional a fórmula matemática da constante áurea {Fibonacci}. Através da porta, ele viu a Grécia antiga, ou algum outro país do Mediterrâneo. 

cristo-ichtius

ΙΧΘΥΣ-Peixe em grego, uma palavra símbolo para Cristo nos primeiros tempos do cristianismo

Mais tarde, ele se arrependeu de não entrar por aquela porta. Isso nos traz de volta para o assunto sobre as LDEs, o atraso nas ondas de eco do rádio. Como Dick ficou olhando para o Y em um adesivo ICHTHYUS (n.t. Peixe em grego, uma palavra símbolo para Cristo nos primeiros tempos do cristianismo) em sua janela uma tarde, ele ponderou estas ocorrências estranhas. Na medida que fez isso, ele viu a cidade antiga de Roma primeiro desvanecendo e permanecendo sobreposta sobre a realidade da Califórnia de 1974. A experiência durou até fevereiro e março. Ele ainda não sabia o que era a visão e o que era real, mas quando ele olhava para o lado e, em seguida, olhava para trás, Roma antiga ainda estava lá. 

A mensagem que ele aceitou como sendo de VALIS nos mandando é que ainda viveríamos (n.t. absolutamente correto, ainda vivemos sob o império romano em termos de civilização: senado, fórum, prefeitos, direito romano, corrupção, etc…) no tempo dos antigos romanos. Nada mudou, ainda vivemos sob o domínio de um império cruel, depravado e corrupto, e o apocalipse católico está MUITO próximo. VALIS previu a queda de um rei. Nixon (escândalo Watergate) deixou o cargo de presidente dos EUA logo depois. Como Dick disse em VALIS , O Império romano nunca terminou.” Esta frase de efeito foi demonstrada a ele em um de seus sonhos tutelares.

Se este conceito de uma “realidade” sobreposta a outra é difícil de se conceituar e aceitar, vamos considerar um paralelo de fontes mais ortodoxas (!). Sem tentar estabelecer ou negar a sua validade, o campo da arqueologia psíquica tenta fazer exatamente o que Dick viu acontecer com ele. Isto é semelhante a visualização remota com um elemento de tempo envolvido, em vez de espaço.

O Ônibus espacial Columbia encontra o Black Knight Satellite em órbita da Terra: 

Este autor está na posse de um pequeno número de correspondência inédita descrevendo outras experiências desse tipo de fenômeno. Uma delas chama o satélite alienígena de “Max”. Dick não era o único a “conversar” com ele. 

Embora a visão de Dick de Roma desaparecesse, seus sonhos tutelares continuaram por mais seis anos. Assim também fez a voz AI (Inteligência Artificial), uma voz feminina suave ouvida em momentos de estresse e durante devaneio hipnótico. Este era o aspecto da VALIS que lhe fez lembrar de sua irmã gêmea Jane. Ele alegou ter ouvido pela primeira vez essa voz durante um exame de física do ensino médio (que lhe deu as respostas que precisava da prova) 25 anos antes. Durante esse período Valis  lhe disse:

“O Chefe Apollo está prestes a voltar. A Santa Sophia (a Sabedoria da Deusa, o Sagrado Feminino e seu resgate planetário) vai nascer de novo. “ELA” não seria aceitável antes. Buddha está no parque e Siddhartha dorme (mas vai despertar)… O tempo (n.t. da mudança e conclusão do atual ciclo da humanidade) pelo qual você esperava chegou “.

guerratotal

Roma ainda esta de pé, através das “legiões” de soldados das forças armadas dos EUA, um pais controlado por sionistas khazares, nazistas, illuminati, Bilderberg, Wall Street, DEEP STATE, etc… Para ser instrumento de implantação de uma NWO-Nova Ordem Mundial.

Isso esta escrito na Exegese. Dick o citou em VALIS. 

É tudo pareceu terminar em 17 de Novembro de 1980. Dick afirmou ter tido uma teofania nesse dia, embora testemunhas não notarem nada de anormal. Dick, de repente compreendeu Deus como ser infinito, por sua natureza incompreensível. Em outras palavras, a Exegese não iria resolver nada, porque não havia resposta nenhuma.

Dick realmente parou de escrever por um tempo por causa disso, mas voltou logo a escrever novamente. Era a procura, a busca que era importante para ele, acima de tudo. Ele escreveu The Divine Invasion (A Invasão Divina) em torno deste tempo, que foi quando a voz finalmente parou de conversar com ele. 

Dick persistiu em especular durante o ano restante de sua vida, e conseguiu produzir mais uma novela antes do fim – publicada a título póstumo: The Transmigration of Timothy Archer (A Transmigração de Timothy Archer).

Dick sofreu o primeiro de vários ataques cardíacos em fevereiro de 1982 e morreu poucos dias mais tarde, no hospital, em 2 de março. Ele tinha apenas 53 anos. 


Ufólogo diz que FOTO tirada pela NASA mostra satélite alienígena

O ufólogo Scott Waring afirmou ter encontrado um satélite de origem extraterrestre em uma foto tirada pela NASA que poderia ter ligação à famosa teoria da conspiração denominada Cavaleiro Negro.

A foto mais famosa de suposto Cavaleiro Negro foi tirada pela NASA em 1998.

De acordo com as teorias da conspiração sobre o Cavaleiro Negro (Black Knight), existe ao menos um satélite artificial de origem extraterrestre orbitando a Terra em uma órbita hoje quase polar, o que seria ocultado pela NASA.

Recentemente, o famoso caçador de extraterrestres Scott Waring reviveu essa teoria bizarra, examinando uma foto tirada pela missão Apollo 10 da NASA. Em seu blog etdatabase.com, Waring revelou ter encontrado na foto um objeto único orbitando a Terra. Trata-se de um objeto que voa perto do nosso planeta, mas a uma grande distância da câmera.

O ufólogo usou software de edição de fotos sofisticado para manipular digitalmente a imagem no intuito de estudar mais precisamente o objeto misterioso.

“Ele [o objeto] é alongado. Astronautas já disseram ter visto alongamentos em forma de ‘L’ voando em vaivém pela nave deles. O veículo tem grandes apêndices e parece quase biomecânico ou a uma nave viva. Esta foto se encaixa com descrições de satélite do Cavaleiro Negro na órbita ao redor da Terra”, disse Waring, citado pelo portal Express.


A MATRIX, O SISTEMA de CONTROLE MENTAL“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar. Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle Mental. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

 

 

3 Responses to Black Knight, um satélite Alien espião em órbita da Terra a 13 mil anos?

    • Thoth3126

      Tudo é possível, abatido ou não, sempre será noticia.

      • Rafael

        Bom, isso é verdade.

        Se foi destruído, virou história e serve de alerta. Se, ao contrário, ainda está lá nos vigiando, é mais um motivo para nos mantermos alertas.

        PAZ e LUZ, meu caro!

Deixe uma resposta para Thoth3126 Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.