browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

China estaria se preparando para guerra contra EUA?

Posted by on 08/01/2019

As fontes de máxima tensão nas relações entre Pequim e Washington são a questão sobre a livre navegação no mar do Sul da China e o status da ilha de Taiwan além da guerra de sanções comerciais entre as duas maiores economias do globo. Estas são as principais razões que poderiam iniciar um confronto armado entre China e EUA, de acordo com especialistas.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

Estaria a China se preparando para uma guerra contra os EUA?

Fonte:  https://br.sputniknews.com/

O presidente chinês, Xi Jinping, ordenou que as Forças Armadas do país acelerassem seu treinamento e se preparassem para uma possível guerra, informou a edição do jornal South China Morning Post.

“Todas as unidades militares devem compreender corretamente as principais tendências nacionais de segurança e desenvolvimento, e fortalecer seu senso de dificuldades, crises e batalhas inesperadas”, afirmou o líder do país durante reunião com a administração da Comissão Militar Central chinesa.

“A preparação para a guerra e para o combate deve ser a mais profunda para garantir uma resposta eficaz em tempos de emergência”, acrescentou. O presidente explicou que atualmente o mundo vive um período de grandes mudanças, enquanto a China dispõe de grandes possibilidades para o desenvolvimento estratégico.

Xi Jinping procura aumentar a capacidade defensiva do Exército chinês desde o início de seu mandado em 2012. A edição destaca que em 2019, o líder chinês planeja intensificar as atividades nesta direção. Anteriormente, o jornal militar chinês alertou também as tropas para se prepararem para a guerra.

As principais áreas de possíveis conflitos com forças militares dos EUA  são o mar do Sul da China e Taiwan, que o gigante asiático considera como sua província rebelde, que deveria se reincorporar à Pequim. Os Estados Unidos representam um opositor para Pequim em ambas as áreas. Washington insiste na livre navegação nas águas do mar do Sul da China, o que implicaria a possibilidade de exercer missões de patrulhamento na área.

Além disso, os EUA expressam seu apoio a Taiwan e se opõem às reivindicações territoriais de Pequim. Na ilha não há embaixada dos EUA, no entanto, o Instituto Americano em Taiwan (AIT), de fato, exerce funções de embaixada.  Em outubro de 2018, dois navios da Marinha dos EUA cruzaram o estreito de Taiwan, causando preocupações à China.

Ao mesmo tempo, o diretor do AIT, William Brent Christensen, apontou que qualquer tentativa de determinar o futuro de Taiwan com meios não pacíficos representa uma ameaça à segurança regional e advertiu que os EUA não permitirão que isso aconteça.

Por sua vez, o coronel aposentado do Exército Popular de Libertação da China, Yue Gang, sugeriu que os EUA não fazem nada mais do que buscar medidas de pressão sobre Pequim no contexto da atual guerra de sanções comerciais sino-americana. “Durante o próximo ano, os EUA poderão usar Taiwan e o mar do sul da China como moeda de barganha para conseguir o que querem da China no que diz respeito à atual guerra comercial”, indicou ele.

O Depto de Estado (realções Exteriores) dos EUA lançam alerta para cidadãos norte americanos que vão viajar para a China

O Departamento de Estado dos EUA emitiu uma advertência para os cidadãos norte-americanos que viajam para a China para irem com mais cautela, acusando Pequim de “imposição arbitrária de suas leis locais”.  As autoridades norte-americanas emitiram o alerta de viagem de nível 2 nesta quinta-feira, sugerindo que aqueles que planejam visitar a China procedam com maior cautela. O alerta alega que a China “reivindicou ampla autoridade” ao deter cidadãos americanos e não permitir que eles deixassem o país.

O alerta também sugere que o envio de mensagens eletrônicas que critiquem o governo chinês pode ser suficiente para provocar detenção ou deportação. Eles alegam que as autoridades chinesas podem negar aos detidos acesso aos serviços consulares dos EUA ou submetê-los a “interrogatórios prolongados e prisões prolongadas”.

As autoridades dos EUA recomendam que as pessoas carreguem seus passaportes com eles o tempo todo e registrem sua viagem com o programa “viagem inteligente” do governo. Isso ocorre no mesmo dia em que um promotor público de Pequim afirmou que dois cidadãos canadenses detidos em meados de dezembro tinham “sem dúvida” violado a lei chinesa, apesar de as acusações oficiais ainda não terem sido arquivadas.

Embora ambos os lados neguem que o caso esteja ligado à detenção da executiva da gigante de eletrônicos Huawei, Meng Wanzhou, no Canadá, nove dias antes, muitos especulam que a detenção foi realizada em retaliação. O movimento internacional vem contra um contexto mais amplo de continuado conflito comercial entre a China e os EUA, que registrou as acusações originais contra Meng.

O Departamento de Estado dos EUA introduziu um sistema de advertência de viagem de quatro níveis, codificado por cores em 2018. O Nível 1 aconselha os viajantes a “tomarem as precauções normais”, e aplica-se a países como Áustria, Bélgica e Estônia. O nível 2 recomenda que os viajantes “exerçam maior cautela”, como é o caso da China. O nível 3 pede que os americanos “reconsiderem a viagem” para países como o Haiti e o Paquistão, enquanto o nível 4 simplesmente avisa “não viaje” e aplica-se a 11 países, incluindo Iraque, Afeganistão e Coreia do Norte.


A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE): “A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar.
Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …”


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.