browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

China quer Desbancar o dólar americano ao Lançar o Petro-Yuan padrão Ouro

Posted by on 29/03/2018

Em um movimento maciço e sem precedentes contra o domínio global do dólar americano, o altamente antecipado Petro-Yuan da China foi lançado em Xangai. Sendo a China a maior consumidora de petróleo do mundo, essa nova moeda para compra de petróleo é um fator de mudança internacional que foi um movimento previsto pela China para competir diretamente – e posteriormente desvalorizar – o dólar norte americano.

Tradução, edição e imagensThoth3126@protonmail.ch

China se Move para Desbancar o Dólar Norte Americano ao Lançar o Petro-Yuan padrão Ouro

Fonte: http://thefreethoughtproject.com/us-dollar-death-blow-china-petro-yuan/

Os analistas de mercado chamam o plano, anunciado por Pequim em setembro, de um grande movimento contra o domínio global do dólar – e o seu status de moeda de reserva. O governo chinês supostamente planeja permitir que o contrato futuro de petróleo com preço em yuan seja totalmente conversível em ouro.

Conforme relatado antes aqui, além de servir como uma ferramenta de cobertura para as empresas chinesas, o contrato permitirá o aumento do uso do yuan na liquidação de trocas comerciais.

Esses contratos permitirão que os parceiros comerciais da China paguem com ouro ou convertam o yuan em ouro sem a necessidade de manter o dinheiro em ativos chineses ou transformá-lo em dólares, de acordo com a Bloomberg.

Essencialmente, o novo marco permitirá que exportadores, como a Rússia, o Irã ou a Venezuela, evitem as sanções dos Estados Unidos trocando petróleo em yuan convertível em ouro – negando assim a hegemonia do petrodólar.

Na segunda-feira, a negociação dos novos contratos futuros de petróleo para liquidação em setembro começou na Bolsa Internacional de Energia de Xangai a $ 440,20 iuanes ($ 69,70 dólares) por barril, informa o jornal chinês South China Morning Post. Cerca de 18.540 lotes foram vendidos e comprados até o momento.

Como a Bloomberg relata, o Petro-Yuan é um desafio direto ao domínio do dólar. No entanto, se vai ou não ter um efeito imediato, devemos esperar as próximas semanas. 

Shady Shaher, chefe de estratégia macro do banco Emirates NBD PJSC, de Dubai, diz que faz sentido, a longo prazo, olhar para transações em yuan, porque a China é um mercado chave, mas levará anos. O colunista da Bloomberg Gadfly,  David Fickling,  argumenta que a China não tem “quase a influência no mercado de petróleo necessária para realizar tal golpe”. Por outro lado, pagar em yuan pelo petróleo pode se tornar parte do “One Belt One Road”, do presidente Xi Jinping. para desenvolver laços comerciais da China em toda a Eurásia, incluindo o Oriente Médio. A participação chinesa na oferta pública inicial de ações da Saudi Aramco  poderia ajudar a influenciar a opinião da Arábia Saudita em aceitar o yuan, que hoje é usado em apenas cerca de 2% dos pagamentos globais.

Carl Weinberg,  economista líder e diretor administrativo da High Frequency Economics, vai ainda mais longe, prevendo uma grande mudança de paradigma. Weinberg disse à CNBC  no ano passado que a China provavelmente “obrigará” a Arábia Saudita a abandonar o petrodólar e, em vez disso, começará a negociar petróleo em yuan – uma medida que ele diz que provavelmente precipitará o restante do mercado de petróleo que abandonará o dólar norte-americano. como a moeda de reserva global.

Na cúpula do BRICs no ano passado,  o presidente russo, Vladimir Putin,  expressou o apoio da Rússia ao Petro-Yuan para desafiar especificamente a “injustiça” do domínio global do dólar.

“A Rússia compartilha as preocupações dos países do BRICS com a injustiça da arquitetura financeira e econômica global, que não dá a devida consideração ao peso crescente das economias emergentes. Estamos prontos para trabalhar em conjunto com nossos parceiros para promover reformas de regulação financeira internacional e para superar a excessiva dominação do número limitado de moedas de reserva ”.

Como o respeitado jornalista / analista geopolítico Pepe Escobar explica: “superar a dominação excessiva do número limitado de moedas de reserva” é a maneira mais polida de declarar o que os BRICS vêm discutindo há anos; como contornar o dólar americano, bem como o petrodólar.

“É mais uma mudança de jogo para os EUA. Assim que outros países tiverem uma alternativa real e confiável ao dólar americano, eles podem despejar seus dólares e títulos da dívida dos EUA e mudar para o yuan, o que pode desencadear uma crise fatal do dólar sem precedentes. Se isso acontecer, não só haverá inflação das tarifas, mas também da enxurrada de dólares ”, disse Ann Lee, professora adjunta de Economia e Finanças da Universidade de Nova York e autora do livro “O que os EUA podem aprender com a China”.



É hora de lembrar a China do seu lugar

O início no dia 26 de março de 2018 dos contratos futuros de petróleo no yuan chinês, apoiado em ouro, está sendo amplamente visto como uma vitória chinesa na guerra financeira em curso pelo controle do planeta Terra.  Também é um bom momento para lembrar à China que o mundo NUNCA trocará o controle da máfia judeu sionista khazar pelo controle da máfia chinesa.

O Ocidente será eternamente grato pela ajuda fornecida pelas sociedades secretas asiáticas em sua batalha para libertar-se do controle da máfia khazar que adora satanás-Lúcifer. Como iremos apontar, esta batalha está prestes a terminar em vitória para a humanidade.

No entanto, os judeus khazares, que nunca deveriam ser subestimados, estão apelando para o ego (ele… sempre o EGO humano) de certos líderes chineses, prometendo-lhes o papel de rei-deus babilônico do planeta Terra. Em troca do apoio chinês para sua agenda, muitos líderes chineses estão se apaixonando por isso e sonhando com uma ditadura chinesa em todo o planeta.


“E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas”.  Apocalipse 12:3


Portanto, a China precisa ser lembrada de algumas coisas. A primeira é que o Ocidente ainda tem o poder de acabar com a China. A White Dragon Society (WDS) e seus aliados lutaram arduamente para derrotar uma facção no Ocidente que queria fazer exatamente isso. Assim, em vez de obliterar a China, o Ocidente transferiu deliberadamente sua perícia industrial e técnica para ajudar a China a se modernizar e se desenvolver. 

Isso porque era a coisa certa a fazer e porque o Ocidente quer ajuda asiática em uma campanha para acabar com a pobreza e impedir a destruição ambiental planetária. Além disso, a China e outros países asiáticos foram ajudados em sua modernização porque um acordo entre o Oriente e o Ocidente para a paz mundial é necessário para acabar com a quarentena em que o planeta Terra está agora.

Com isso em mente, vamos agora ver as últimas notícias da batalha em curso pelo planeta Terra. Nessa frente, há uma séria travessia entre os EUA e a China no período que antecede o início do comércio chinês de Ouro / Petróleo / Yuan (GOY) que está sendo visto com razão como uma ameaça ao petrodólar e à hegemonia financeira do dólar dos EUA.

A reação dos EUA foi impor tarifas sobre importações chinesas no valor de US$ 60 bilhões e contratar o neoconservador radical John Bolton como conselheiro de segurança nacional para o presidente dos EUA, Donald Trump. A mensagem dos EUA para a China foi claramente:

“Vamos parar de comprar suas coisas, cortar o suprimento de petróleo do Oriente Médio e usar a Coréia do Norte como uma desculpa para começar uma guerra”.

A reação chinesa, em contraste, foi buscar compromisso e paz. negociação, lembrando aos EUA que estava totalmente preparado para qualquer eventualidade.

Apesar do burburinho dos EUA, uma rápida olhada nas cartas que cada lado está segurando torna óbvia a probabilidade de a China emergir como um vencedor da batalha como Pirro em qualquer guerra comercial. Isso pode ser visto levando as coisas ao extremo e imaginando os EUA pararem todo o comércio com a China, e a China despejando todas as suas ações do Tesouro dos EUA no mercado causando uma debacle da moeda americana. 

Os americanos veriam uma queda imediata em seus padrões de vida, já que perderiam acesso a produtos chineses baratos, enquanto um dólar em queda tornaria as importações do resto do mundo muito mais caras. Além disso, levaria muitos anos para os americanos construírem fábricas para substituir os bens que estão acostumados a obter da China, e o resultado final seria muito mais caro.

A China, por sua vez, perderia o acesso à soja e grãos dos EUA, mas poderia substituí-los por suprimentos de fontes como a Rússia e o Brasil. A perda de dólares norte-americanos ganhos através de seu superávit comercial com os Estados Unidos também privaria a China de grande parte da moeda forte que vem usando para aumentar seu poder em todo o mundo. No entanto, é provável que a China tenha estabelecido o GOY em parte para ter um substituto pronto para os petrodólares que perderia em uma guerra comercial com os EUA.

É interessante notar, a propósito, que um dos traders mais ativos no primeiro dia da negociação da abertura da bolsa em Shanghai com Yuan padrão Ouro foi a empresa da família judeu khazar Rothschild, a Glencore. Também é interessante notar que “cerca de 12 milhões de barris do contrato de setembro mais ativo de Xangai mudou de mãos nos primeiros 55 minutos de negociação, mais do que o contrato mais ativo para o Brent”.

Na superfície, parece que os judeus khazares Rothschilds e seus irmãos da máfia khazar estavam ao lado da China contra os EUA. No entanto, se você analisar as coisas em um nível mais profundo, uma imagem muito diferente emerge. Nesta, os khazares Rothschilds e seus colegas mafiosos khazares enfrentam uma derrota catastrófica.


Matrix (o SISTEMA de CONTROLE)

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando despertar. 

Mas até que nós consigamos despertá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso as transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você  para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …” 


Muito mais informações, leitura adicional:

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

thoth(172x226)www.thoth3126.com.br

10 Responses to China quer Desbancar o dólar americano ao Lançar o Petro-Yuan padrão Ouro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.